Liturgia Diária – 30/01/2023

SANTA MARTINHA, Virgem e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Loquébar”

Pouco se sabe de Santa Martinha, venerada em Roma como virgem e mártir. No seculo VIII, foi construída em sua honra uma igreja no lugar onde fora um anexo do senado romano.

O estado de virgindade sempre foi considerado pela Igreja, a justo título, como um estado privilegiado. Esta vida isenta de divisões, dada toda inteira a Deus, sem que nada a possa desviar, corresponde às aspirações mais profundas da alma cristã; exprime, no que há de mais religioso, o ideal que anima toda a Igreja. Ao glorificar as virgens consagradas, a Igreja celebra o seu destino, canta as núpcias da alma cristã com Deus.


Páginas 956; 870 a 875 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 28/01/2023

S. PEDRO NOLASCO, Confessor

Festa de 3ª Classe – Missa “Justus” com orações próprias e comemoração de Sta. Inês (2ª festa)

Nasceu no Sul da França; fundou com S. Raimundo (23 de jan.) a Ordem dos Mercedários, para livrar os Cristãos presos pelos Mouros.


Páginas 953 a 954, 864 a 867 do Missal Quotidiano.


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 26/01/2023

SÃO POLICARPO, Bispo e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa Própria

Discípulo do Apóstolo S. João e amigo do mártir S. Inácio, foi ele mesmo condenado à morte nas chamas, mas saindo delas ileso foi morto por golpes de espada com a idade de 80 anos.


Páginas 951 a 952; 820 a 823 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 7:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 24/01/2023

SÃO TIMÓTEO, Bispo e Mártir

Festa de 3ª Class e- Missa “Statuit” (1) com Epístola própria

Era discípulo do Apóstolo S. Paulo, que lhe dirigiu duas cartas (Epístola) e lhe teve grande amizade. Morreu como Bispo de Éfeso.


Páginas 946; 817 a 820 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 7:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 23/01/2023

S. RAIMUNDO DE PENAFORTE, Confessor

Festa de 3ª Classe – Missa “Os Justi” (Confessores) com Coleta própria, com comemoração de S. Emerenciana, Virgem e Mártir

Natural da Espanha, foi célebre jurisconsulto. Entrou na ordem de S. Domingos e mais tarde fundou com S. Pedro Nolasco (28 de jan.) a ordem dos Mercedários. A Oração alude ao milagre que Ele fez viajando sobre o seu manto, como se fora em um barco, das ilhas Baleares até Barcelona.


Páginas 945, 861 a 864 do Missal Quotidiano. 


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino. 


Liturgia Diária – 21/01/2023

SANTA INÊS, Virgem e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa Própria

Semelhante a Sta. Luzia, Inês guardou fidelidade ao Esposo Divino, apesar de graves lutas. Cruelmente martirizada, morreu aos 13 anos. Por cima de sua sepultura, levanta-se uma das mais antigas e belas basílicas edificadas pelo imperador Constantino. Seu nome está no Cânon da Missa.


Páginas 941 a 943 do Missal Quotidiano.


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 19/01/2023

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa do domingo, com comemoração dos Ss. Mário, Marta, Audíface e Abacum, Mártires e de S. Canuto

Jesus Cristo é o Rei da criação, e por isso, toda a terra O deve adorar e louvar como a seu Redentor (Introito, Gradual). Por seu nascimento tornou-se nosso Irmão e por sua morte recebeu-nos em herança. Pela Eucaristia continua a comunicar-nos os frutos de seu nascimento, de sua vida e de sua morte. Vemo-Lo hoje, nas bodas de Caná (Evangelho), realizando seu primeiro milagre: a conversão da água em vinho. Aqui converte o vinho em seu Preciosíssimo Sangue, a fim de, por meio deste milagre, repetido através dos séculos, comunicar aos homens a sua divindade. É justo, pois, que digamos no Ofertório: “Vede quanto bem Deus fez à minha alma”.

Sobre os santos mártires: Mário, nobre persa, sua esposa e seus filhos, visitando os Cristãos presos no cárcere de Roma, foram detidos e martirizados. S. Canuto foi Rei da Dinamarca.


Páginas 99 a 103 e 934 a 937 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 7:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 18/01/2023

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa do domingo, com comemoração de S. Prisca (ou Priscila), Virgem e Mártir

Jesus Cristo é o Rei da criação, e por isso, toda a terra O deve adorar e louvar como a seu Redentor (Introito, Gradual). Por seu nascimento tornou-se nosso Irmão e por sua morte recebeu-nos em herança. Pela Eucaristia continua a comunicar-nos os frutos de seu nascimento, de sua vida e de sua morte. Vemo-Lo hoje, nas bodas de Caná (Evangelho), realizando seu primeiro milagre: a conversão da água em vinho. Aqui converte o vinho em seu Preciosíssimo Sangue, a fim de, por meio deste milagre, repetido através dos séculos, comunicar aos homens a sua divindade. É justo, pois, que digamos no Ofertório: “Vede quanto bem Deus fez à minha alma”.


Páginas 99 a 103 e 933 a 934 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 16/01/2023

SÃO MARCELO I, Papa e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Si diligis me” com Coleta própria

Este Papa governou a Igreja apenas um ano. Foi vítima da última perseguição dos Cristãos, no tempo de Maxêncio.


Páginas 932, 812 a 816 do Missal Quotidiano. 


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 11/01/2023

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa do I Domingo depois da Epifania, com comemoração de S. Higino, Papa e Mártir

Celebra-se hoje a Epifania, a manifestação da Divindade do Menino, aos doutores: o Varão eterno assentado no trono, rodeado pelos Anjos. Diante desta visão sublime só podemos assumir a atitude de humildes discípulos que pedem luz, a fim de conhecer o que devem praticar, e força para o cumprir (Oração). Na Epístola, o pequeno Doutor nos ensina os nossos deveres, e no Evangelho, temos deste ensinamento o exemplo vivo na obediência ao Pai celeste e na submissão a Maria e a José, em Nazaré.


Páginas 93 a 95 e 92 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 10/01/2023

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa do I Domingo depois da Epifania.

Celebra-se hoje a Epifania, a manifestação da Divindade do Menino, aos doutores: o Varão eterno assentado no trono, rodeado pelos Anjos. Diante desta visão sublime só podemos assumir a atitude de humildes discípulos que pedem luz, a fim de conhecer o que devem praticar, e força para o cumprir (Oração). Na Epístola, o pequeno Doutor nos ensina os nossos deveres, e no Evangelho, temos deste ensinamento o exemplo vivo na obediência ao Pai celeste e na submissão a Maria e a José, em Nazaré.


Páginas 93 a 95 e 92 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 7:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 05/01/2023

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa do dia 01/01, com comemoração de S. Telésforo, Papa e Mártir.

O Menino-Deus derrama as primeiras gotas de Sangue, e recebe o nome de Jesus, que indica a sua missão de Salvador. Assim, neste dia, a Cruz saúda o berço do Recém-nascido. Intimamente unida a seu Filho, é Maria Santíssima objeto de particular devoção por parte do povo católico. Por isso dela nos lembramos hoje nas Orações e na “estação”.

A festa é a da Circuncisão celebrada desde o século VI Moisés impunha este rito de purificação a todos os varões israelitas no oitavo dia depois do nascimento. Era uma figura do batismo pelo qual o homem havia de ser espiritualmente circuncidado pela extirpação dos vícios, e julgado digno do olhar do Senhor (Santo Ambrósio).


Páginas 76 a 78 do Missal Quotidiano.


Missa rezada às 7:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 28/12/2022

OS SANTOS INOCENTES, Mártires

Festa de 2ª Classe – Missa Própria – Estação em São Paulo

Na igreja de S. Paulo em Roma (Statio), veneram-se as relíquias dessas Testemunhas da Divindade de Nosso Senhor, que confessaram a sua fé, “não em palavras, mas sofrendo a morte” (Oração). Alegres, unimo-nos a elas e assinamos também nós este testemunho (Introito). A mesma graça nos auxiliará e nos libertará dos laços do inimigo e nos fará seguir o Cordeiro (Epístola, Gradual). O Evangelho nos narra o acontecimento histórico: como a Providência de Deus salvou ao Menino Jesus e a seus pais. Ela mesma se serviu da maldade do perseguidor para dar tão grande distinção e glória aos Santos Inocentes. Peçam eles por nós, para que também os nossos sacrifícios sejam aceitos por Deus (Secreta, Pós-comunhão), e para que a nossa vida, que é um constante morrer, seja para nós um penhor de vida eterna. .


Páginas 69 a 72 do Missal Quotidiano.


Missa rezada à 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 26/12/2022

SANTO ESTÊVÃO, Protomártir

Festa de 2ª Classe – Missa Própria – Estação em Santo Estêvão, no Monte Célio

Reunidos em espírito na igreja deste Santo, em Roma, vemo-nos rodeados dos inimigos de nossa salvação: o demônio, o mundo e a carne (Introito), mas confiantes no auxílio d’Aquele que é nosso Deus, n’Ele esperamos. Dirigindo o nosso olhar para o alto, vemos o Filho de Deus que nos animará, como deu coragem a Sto. Estêvão. Ele mesmo nos auxiliará e castigará os nossos inimigos (Evangelho). Generosamente, sigamos, pois, o exemplo de Sto. Estêvão e ofereçamos o nosso corpo e a nossa alma no altar. Este sacrifício nos purificará de nossos pecados (Ofertório e Secreta), e na Comunhão veremos como recompensa a Jesus na glória de seu Pai. Esta visão nos dará ainda força para perdoarmos a nossos inimigos e para rezarmos pela felicidade deles, como nos ensina o exemplo de Sto. Estêvão.


Páginas 61 a 65 do Missal Quotidiano.


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 14/12/2022 – Quarta-feira das Têmporas do Advento

Féria de 2ª Classe – Estação em Santa Maria Maior – Missa própria

DIA DE ABSTINÊNCIA FACULTATIVA

A “estação”, como de costume nas quartas-feiras das Têmporas, é em Sta. Maria Maior. Nesta basílica encontram-se as relíquias do presepe em que descansou o Filho de Deus feito Homem.

A Comunidade dos fiéis recomenda os jovens levitas à proteção daquela que é a Rainha do clero e já pelos antigos Padres da Igreja fora chamada: Virgem — Sacerdotisa. 

Além do caráter comum das Têmporas (ver a Introdução do Missal), visam as Têmporas do Advento especialmente a preparação para a festa do Natal.

A Missa deste dia é um ardente anelo pela vinda do Salvador. O grande profeta do Advento é Isaías e por este motivo a Igreja lê, nestes dias, as mais belas páginas de seu livro, para suscitar em nossas almas um vivo desejo pelo Reino do Cristo no mundo.


Páginas 21 a 24 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 13/12/2022

SANTA LUZIA, Virgem e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Dilexisti”, com próprios e comemoração da féria

Nasceu em Siracusa, na Sicília. Preferindo o amor divino ao amor humano, foi decapitada. Pelos muitos milagres que esta Santa operou, seu auxílio é particularmente implorado nas doenças dos olhos. Seu nome está no Cânon da Missa, depois da elevação, prova da grande veneração de que gozava já nos primeiros tempos do Cristianismo.


Páginas 922 a 924 e 13 a 16 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa rezada às 7:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 30/11/2022

S. ANDRÉ, Apóstolo

Festa de 2ª Classe – Missa própria

S. André, irmão de S. Pedro, foi chamado juntamente com este por Nosso Senhor (Evangelho). Pregou o Evangelho na Ásia Menor e nos Balcans onde foi martirizado. Seu corpo está em Amalfi e sua cabeça em Roma. Sigamos o seu exemplo na prontidão com que seguiu o chamamento do Senhor e no amor que teve à Cruz.


Páginas 903 a 906 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 26/11/2022

S. SILVESTRE, Abade

Festa de 3ª Classe – Missa “Os justi” (2) com orações próprias e comemoração de S. Pedro de Alexandria, Bispo e Mártir

Olhando para o cadáver desfigurado de um parente seu, ficou profundamente abalado. “O que este foi, eu sou, e o que este é, eu serei”. Abandonando então o mundo, retirou-se para a solidão (Oração). Mais tarde, com alguns Companheiros, fundou a Ordem dos Silvestrinos com a regra de S. Bento.


Páginas 1389 a 1390 e 867 a 870 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 25/11/2022

S. CATARINA, Virgem e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Loquebar”, com orações próprias

Dotada de inteligência brilhante e vasto saber, viveu esta Santa em Alexandria. Diante do juiz, confundiu os maiores sábios e converteu alguns deles à fé de Jesus Cristo. Condenada ao suplício da roda, como esta se quebrasse, foi decapitada. É tradição que seu corpo foi enterrado por Anjos no monte Sinai [Oração].


Páginas 1389, 870 a 875 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 23/11/2022

S. CLEMENTE I, Papa e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Si diligis me”, com introito próprio e comemoração de S. Felicidade, Mártir

Convertido por S. Paulo, foi o terceiro sucessor de S. Pedro, de 92 a 101. Exilado para a Crimeia, foi ali afogado no mar. É autor de uma carta que pertence aos mais preciosos documentos da literatura cristã dos primeiros tempos. Por isso é enumerado entre os Padres Apostólicos.


Páginas 1386, 1387 e 821 a 816, e 710 do Missal Quotidiano.


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 22/11/2022

S. CECÍLIA, Virgem e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa própria

Com Santa Inês e Santa Luzia, Cecília é uma das mais veneradas Santas desde os primeiros séculos da era cristã. Nobre cristã, converteu Valeriano e Tibério ao Cristianismo. Com os dois, foi ela decapitada. Como o golpe não tivesse sido mortal, ainda viveu alguns dias, deitada em sua casa. Na mesma posição foi enterrada e seu corpo, foi assim encontrado, intacto, em 1599.


Páginas 1384 a 1386 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 7:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 19/11/2022

S. ISABEL, Viúva

Festa de 3ª Classe – Missa “Cognovi”, com Coleta própria e comemoração de S. Ponciano, Papa e Mártir

Esposa do landgrave da Turíngia, foi expulsa de sua residência depois da morte prematura de seu marido. Com grande paciência desprendeu-se de tudo e serviu a Deus, praticando a caridade, aceitando a pobreza e a humilhação. Morreu com a idade de 24 anos.


Páginas 1382, 1383 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 17/11/2022

BEM-AVENTURADOS ROQUE GONZÁLEZ E SEUS COMPANHEIROS, Mártires

Festa de 3ª Classe – Missa “Salus autem” com Coleta própria e comemoração de S. Gregório Taumaturgo, Bispo e Confessor

Estes três Protomártires da Companhia de Jesus, nas regiões do Rio da Prata, eram zelosíssimos Missionários entre os povos selvagens daquelas regiões. Após longos anos de árduos trabalhos foram mortos dentro de poucos dias. Roque Gonzalez era natural do Paraguai, e seus dois Companheiros, Afonso Rodriguez e João dei Castilho, espanhóis de nascimento.


Páginas [44] a [45], 1381 a 1382 e 836 a 839 do Missal Quotidiano.


Missa rezada às 7:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 14/11/2022

S. JOSAFÁ, Bispo e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa própria

Monge basiliano e mais tarde Arcebispo, trabalhou muito para a união da Igreja oriental com a de Roma. Foi assassinado pelos Polacos. Deu a vida por suas ovelhas (Evangelho).


Páginas 1377 a 1379 do Missal Quotidiano. 


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino. 


Liturgia Diária – 12/11/2022

S. MARTINHO I, Papa e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Si diligis me”

Governou a Igreja de 649 a 655. Foi exilado e morreu no Quersoneso enfraquecido pelos maus tratos. É venerado, por isso, como Mártir.


Páginas 1376, 812 a 816 do Missal Quotidiano.


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 28/10/2022

SS. SIMÃO E JUDAS TADEU, Apóstolos

Festa de 2ª Classe – Missa própria

Simão pregou o Evangelho aos Judeus, e mais tarde foi com Judas Tadeu para a Mesopotâmia e a Pérsia, onde foram ambos martirizados.


Páginas 1353 a 1356 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária – 26/10/2022

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa Própria, com comemoração de S. Evaristo, Papa e Mártir

Como o povo de Deus, assentado junto aos rios da Babilônia, suspirava pelo monte Sião, assim nós outros devemos suspirar por nossa pátria eterna (Ofertório). Em espírito de humildade e penitência, cumpre-nos suportar o exílio deste mundo (Introito), e aproveitar o tempo para conhecer a vontade de Deus (Epístola). Os Cânticos anelam pela vinda do Senhor. No Evangelho devemos fazer nossas as palavras do régulo: Vinde, Senhor, curar-nos, auxiliar-nos. Vinde, Senhor, aos nossos corações pela graça do Santo Sacrifício. Vinde enriquecer-nos por vossa presença sacramental na santa Comunhão. E vinde também, Senhor, buscar-nos um dia, para a nossa pátria celestial.


Páginas 695 a 698 e 1353 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 18/10/2022

S. LUCAS, Evangelista

Festa de 2ª Classe – Missa própria

Médico em Antioquia, foi convertido por S. Paulo e acompanhou-o sempre em suas viagens (Leitura). É autor do III. Evangelho, no qual escreveu o que ouvira de S. Paulo. Além do Evangelho, escreveu os Atos dos Apóstolos. Pregou em Acaia e ali foi martirizado.


Páginas 1341 a 1344 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 7:30 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 14/10/2022

S. CALISTO I, Papa e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Si diligis me”, com orações próprias

Governou a Igreja de 217 a 222. Misericordioso para com os penitentes, teve que sofrer muitos vexames da parte dos hereges.


Páginas 1336 a 1337, 812 a 816 do Missal Quotidiano.


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 28/09/2022

S. VENCESLAU, Duque e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “In virtute”, com Coleta própria

Quando este santo Duque orava numa igreja, foi assassinado pelo próprio irmão, que não podia tolerar sua vida exemplar, cheia de amor à Sagrada Eucaristia e caridade para com os pobres.


Páginas 1304 a 1305 e 823 a 826 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 19/09/2022

S. JANUÁRIO (Bispo) E SEUS COMPANHEIROS, Mártires

Festa de 3ª Classe – Missa “Salus autem” com evangelho próprio

Bispo de Benevento, foi jogado aos animais ferozes com mais alguns Cristãos. Ficando incólume, foi decapitado. Todos os anos repete-se ainda em Nápoles, a ebulição de seu sangue, guardado num vaso, quando aproximado da cabeça do Santo.


Páginas 1295, 836 a 839 do Missal Quotidiano. 


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino. 


Liturgia Diária – 16/09/2022

Ss. CORNÉLIO, Papa, e CIPRIANO, Bispo, Mártires

Festa de 3ª Classe – Missa “Intret” com comemoração de Ss. Eufêmia (Virgem), Lúcia e Geminiano, Mártires

S. Cornélio governou a Igreja de 251 a 253. S. Cipriano, Bispo de Cartago, é célebre por seus escritos. Os dois Santos são nomeados no Cânon da Missa.


Páginas 1289 a 1291 e 830 a 833 do Missal Quotidiano.


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 08/09/2022

NATIVIDADE DE N. SENHORA

Festa de 2ª Classe – Missa Própria, com comemoração de S. Adriano, Mártir

Maria é a Aurora que nos deu o Sol da Justiça. Destinada a ser Mãe do Salvador, foi ornada pelo Criador com as mais peregrinas virtudes. É o mais fiel espelho da própria santidade de Deus. Tabernáculo do Altíssimo, foi, desde a sua entrada no mundo, a mais santa de todas as criaturas. Se celebramos o nascimento de S. João Batista por sua santidade, com mais justeza ainda deve ser celebrado o natalício da Mãe Santíssima do Salvador do mundo.

No Introito saudamos a sua dignidade de Mãe de Deus. O louvor da Sabedoria incriada, que ouvimos na Epístola, é aplicado à Santíssima Virgem por causa de sua união íntima com o Filho de Deus, união esta, determinada no plano de Deus, desde toda a eternidade. No Evangelho passam diante de nós os antepassados de Maria, e pela Comunhão tomamos parte de sua grandeza, incarnando-se em nós o Verbo Divino.


Páginas 1271 a 1274 e 823 a 826 do Missal Quotidiano.


Liturgia Diária – 29/08/2022

DEGOLAÇÃO DE S. JOÃO BATISTA

Festa de 3ª Classe – Missa própria e comemoração de S. Sabina, Mártir

Depois de celebrar a 24 de Junho o alegre nascimento de São João Batista na terra, a Santa Igreja honra hoje seu nascimento no Céu. Depois de Nosso Senhor e da Santíssima Virgem, é o único santo cujo nascimento e morte se festeja. O evangelho de hoje recorda as circunstâncias em que ele foi executado. Tivera a coragem de lançar em rosto de Herodes o escândalo da união ilegítima com sua cunhada Herodíades, cujo marido ainda vivia. Herodíades obrigou Herodes a mandar prendê-lo, e aproveitou-se de uma ocasião inesperada para alcançar, por intermédio de sua filha Salomé, a decapitação do Santo


Páginas 1256 a 1260 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre)


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 26/08/2022

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa do domingo, com comemoração de S. Zeferino, Papa e Mártir (Missa “Si diligis me”)

Da graça e da bondade de Nosso Senhor, trata a Missa de hoje. Na Epístola fala S. Paulo da graça que ele próprio recebeu como último dos Apóstolos e que, pelo Batismo, a nós também foi comunicada. No Evangelho é o próprio Jesus. Cristo quem cura, na pessoa do surdo-mudo, a humanidade inteira. Ephphetha: ainda hoje é ação simbólica na administração do Batismo. Nos Cânticos agradecemos estas graças, mas na Oração imploramos novas, porquanto precisamos aumentar a graça em nós. E’ o que melhor alcançamos pela Eucaristia. Certos estejamos que, se honramos a Deus com todos os nossos haveres (no Sacrifício Eucarístico), teremos abundância de trigo e vinho (no Sacramento Eucarístico), e assim é aumentada em nós a graça de Deus (Communio).

Sobre o santo: Governou a Igreja de 198 a 217. 


Páginas 639 a 642 e 1251 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 24/08/2022

S. BARTOLOMEU, Apóstolo

Festa de 2ª Classe – Missa própria

Bartolomeu ou Natanael é aquele verdadeiro Israelita de que fala o Evangelho de S. João. Jesus o escolheu para as fileiras dos Apóstolos (Evangelho). Ele Lhe foi fiel até a morte. (Communio) .


Páginas 1245 a 1248 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 10/08/2022

S. LOURENÇO, Mártir

Festa de 2ª Classe – Missa própria

Foi o primeiro dos Sete Diáconos em Roma. Citado pelo prefeito da cidade para entregar as riquezas da Igreja, pediu-lhe três dias. Neste tempo vendeu os vasos sagrados e deu o dinheiro aos pobres (Epístola). Morreu assado numa grelha, cantando alegremente louvores ao Senhor (Oração, Gradual).


Páginas 1222 a 1225 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 09/08/2022

VIGÍLIA DE S. LOURENÇO

Vigília de 3ª Classe – Missa própria e comemoração de S. Romano, Mártir


Páginas 1219 a 1221 do Missal Quotidiano.


Missa rezada às 7:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 06/08/2022 – Festa da Transfiguração de Nosso Senhor

Festa de 2ª Classe – Missa Própria, com comemoração dos Ss. Sixto II, Papa e Felicíssimo e Agapito, Mártires – Missa “Sapientiam”

Para fortalecer os seus Apóstolos na fé, mostrou lhes Jesus, antes de sua Paixão, os esplendores da Transfiguração (Evangelho). S. Pedro, testemunha ocular, nos anima a esperarmos o dia da transfiguração final (Epístola). Os Cânticos põem diante de nós a imagem fulgurante do Cristo, e na Comunhão recebemos o penhor de nossa própria transfiguração. Também em nossos altares vemos a sua glória, e, compreendendo o valor do Santo Sacrifício da Missa, podemos exclamar: Como são amáveis os vossos tabernáculos, Senhor!


Páginas 1210 a 1212 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa às 19:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 02/08/2022

S. AFONSO MARIA DE LIGÓRIO, Bispo, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe – Missa própria, com comemoração de S. Estêvão I, Papa e Mártir (Missa “Si diligis me”)

Santo Afonso nasceu perto de Nápoles. Obteve o grau de Doutor em Direito. Ordenado Sacerdote, após grandes lutas com o pai, fundou a Congregação do SSmo, Redentor, cujos membros se dedicam à cura das almas. Apesar dos grandes trabalhos deste apostolado, da fundação e direção de seus Conventos, ainda lhe sobrou tempo para editar importantes obras, principalmente de Teologia moral, obras que lhe mereceram o título honroso de “Doutor da Igreja”. Feito Bispo de Santa Ágata de Goti, em obediência ao Papa, aí empreendeu importantes reformas. Morreu este grande devoto do SSmo. Sacramento e de Nossa Senhora, em Pagani, no meio de seus Religiosos.


Páginas 1204 a 1207 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa às 7:00 na Capela do Colégio Santo Tomás de Aquino.


Liturgia Diária – 28/07/2022

Ss. NAZÁRIO e CELSO, Mártires, S. VITOR I, Papa e Mártir, S. INOCÊNCIO I, Papa e Confessor

Festa de 3ª Classe – Missa “Intret” com orações e Epístola próprias

Os Ss. Nazário e Celso foram martirizados na perseguição de Nero, em Milão. S. Vítor I. foi Papa de 189 a 198 e S. Inocêncio de 401 a 417.


Páginas 1195 a 1196, 830 a 833 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária – 27/07/2022

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa Própria, com comemoração de S. Pantaleão, Mártir

O Introito é um alegre convite de louvor ao Senhor, nosso Deus, que é o Rei supremo, Rex magnus, da terra. Este é o destino de cada homem e mais particularmente o dos Cristãos. Nem todos, porém, compreendem a sua missão. Vemos o mundo dividido em dois campos e não só no mundo como em cada indivíduo, existe um conflito perene entre o bem e o mal. S. Paulo, na Epístola, fala-nos do escravo do pecado e do escravo de Deus, e o Evangelho não nos deixa em dúvida sobre o que nos importa escolher. Devemos, como as boas árvores, produzir bons frutos. Só com a graça de Deus o conseguiremos. Imploremos humildemente esta graça (Oração) e alcançá-la-emos pela celebração dos santos Mistérios (Postcommunio). 


Páginas 623 a 626 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Liturgia Diária – 25/07/2022

SÃO TIAGO MAIOR, Apóstolo

Festa de 2ª Classe – Missa própria, com comemoração de S. Cristóvão, Mártir

Como S. João, filho de Zebedeu, bebeu, como primeiro dos Apóstolos, o cálice do sofrimento, em 42. Suas relíquias gozam de grande veneração em Compostela, na Espanha.


Páginas 1189 a 1192 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa rezada às 19:00 na Capela do Colégio S. Tomas de Aquino.


Liturgia Diária – 15/07/2022

BEM-AVENTURADOS INÁCIO DE AZEVEDO E COMPANHEIROS, Mártires

Festa de 3ª Classe – PRÓPRIO DO BRASIL – Missa “Intret” com orações próprias e comemoração de S. Henrique, Imperador e Confessor

Inácio nasceu era 1527 no Porto e entrou na Companhia de Jesus, em 1548. No generalato de S. Francisco de Bórgia ele foi nomeado visitador das missões nas índias e no Brasil. Designado finalmente como Superior das missões no Brasil, embarcou com 39 companheiros. Durante a viagem seguiram a vida regular, fazendo do navio um convento. Aproximando-se das ilhas Canárias foram surpreendidos por corsários calvinistas que, por ódio à religião católica, massacraram todos os missionários, em 15 de julho de 1570. Pio IX (em 1854), confirmou o culto público e solene prestado a estes Mártires.


Páginas [30] a [31] (fim do Missal), 1169, 830 a 833 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária – 11/07/2022

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa Própria, com Comemoração de S. Pio I, Papa e Mártir (Missa “Si diligis me”)

Eis como eles se amam, foi dito em louvor dos primeiros Cristãos. E não podia ser de outra forma, pois se sentiam e eram membros de um só Corpo, que é. Jesus Cristo. N’Ele amavam a Deus, o Pai comum de todos, e n’Ele amavam-se uns aos outros. Este ideal de que viviam os nossos antepassados é assim delineado e posto diante dos nossos olhos na Missa destes dias, e é uma esplêndida introdução e uma preparação, para o sacrifício comum, o centro do serviço divino que a Comunidade cristã presta a seu Criador.

São Pio I: Ocupou a Cadeira de S. Pedro de 140 a 155.


Páginas 614 a 617 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária – 02/06/2022

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa do Domingo depois da Ascenção, com comemoração dos Ss. Marcelino, Pedro e Erasmo, Mártires

A Missa deste domingo é uma transição entre a Ascensão e a Solenidade de Pentecostes. Para melhor compreensão de seu formulário, procuremos compenetrar-nos dos sentimentos da pequena Comunidade dos primeiros tempos do Cristianismo. Cheia de saudade, ela dirige o seu olhar para o Cristo que desapareceu. Ansiosa e com ardentes preces, espera a vinda do Consolador prometido. Ouve atentamente as palavras de S. Pedro, seu chefe (Epístola) . Confiantes, todos se preparam para dar testemunho da verdade, quando tiverem recebido o Espírito da verdade, que procede do Pai, e que lhes foi prometido pelo próprio Cristo (Evangelho). Estes mesmos sentimentos serão também para nós uma ótima preparação para a próxima solenidade de Pentecostes.


Páginas 535 a 538 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária – 27/05/2022

S. BEDA, O VENERÁVEL, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe – Missa “In medio”, com Coleta própria e comemoração de S. João I, Papa e Mártir

Com a idade de 7 anos entrou no Mosteiro Beneditino de Wearmoth. Sua vida foi inteiramente dedicada à oração e ao estudo. “Da oração passava ao estudo e do estudo para a oração”, diz a sua biografia. Numerosos escritos teológicos e históricos saíram de sua pena. Morreu em 735 na Inglaterra.


Páginas 1079; 856 a 860 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre)


Liturgia Diária – 18/05/2022

S. VENÂNCIO, Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Protexisti”, com orações próprias

Após longo martírio, foi decapitado em Camerino na Itália central, com a idade de 15 anos.


Páginas 1073 a 1074; 840 a 843 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária – 14/05/2022

SANCTA MARIA IN SABBATO

Missa Votiva de 4ª Classe – Missa “Salve Sancta Parens”, com comemoração de S. Bonifácio, Mártir


Páginas 802 a 805; 1070 a 1071 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária – 11/05/2022

SÃO FILIPE E SÃO TIAGO, Apóstolos

Festa de 2ª Classe – Missa Própria

Filipe de Betsaida foi um dos primeiros Apóstolos de Nosso Senhor. Pregou o Evangelho na Frigia, onde foi crucificado e apedrejado. S. Tiago menor, primo de Nosso Senhor, foi o primeiro Bispo de Jerusalém. Homem de oração e de austera penitência, foi precipitado do pináculo do Templo. Ele é o autor de uma Epístola canônica. A festa de hoje é o aniversário da Dedicação da igreja onde repousam os despojos destes dois Apóstolos do Senhor.


Páginas 1062 a 1066 do Missal Quotidiano.


Liturgia Diária – 10/05/2022

SANTO ANTONINO, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe – Missa “Statuit” com Coleta própria e comemoração de SS. Gordiano e Epímaco, Mártires

Nasceu em Florença (1389), com 16 anos fez-se dominicano. Desde 1446, Arcebispo de Florença, era modelo de pastor e exemplo de sábio. Por sua exímia direção de almas foi chamado “Antonino, o conselheiro”.


Páginas 1060 e 1061 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre)


Liturgia Diária – 07/05/2022

S. ESTANISLAU, Bispo e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Protexisti”, com Coleta própria e 2ªs Secreta e Pós-comunhão daquela missa 

Bispo de Cracóvia, foi assassinado pelo rei Boleslau, dentro da igreja de S. Miguel, por ter censurado com franqueza o mau procedimento do rei. Este Santo é o Padroeiro da Polônia.


Páginas 1059; 840 a 843 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária – 29/04/2022

SÃO PEDRO DE VERONA, Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Protexisti”, com orações e Epístola próprias

Nasceu em Verona e entrou na Ordem de S. Domingos. Grande e destemido pregador contra os hereges, foi por estes assassinado.


Páginas 1047 a 1048840 a 843 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária – 26/04/2022

Ss. CLETO e MARCELINO, Papas e Mártires

Festa de 3ª Classe – Missa “Si diligis me”, com orações no plural

S. Cleto foi o segundo sucessor de S. Pedro (72-89) e S. Marcelino ocupou a cadeira pontifícia de 296 a 304.

Na diocese de Amargosa: Nossa Senhora do Bom Conselho. Acrescentamos aqui as orações como comemoração. 


Páginas 1044, 812 a 816 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 24/02/2022

S. MATIAS, Apóstolo

Festa de 2ª Classe- Missa própria

Foi um dos 72 discípulos e pela sorte destinado a ocupar o lugar de Judas Iscariotes (Leitura). A tradição diz que pregou na Palestina e mais tarde no Egito, onde recebeu a coroa do martírio. Algumas de suas relíquias acham-se em Roma e outras em Trèves (basílica de S. Matias), onde gozam de grande veneração por parte do povo. 


Páginas 994 a 996; 172 a 177 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 09/02/2022

SÃO CIRILO DE ALEXANDRIA, Bispo, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe- Missa “In medio”, com orações próprias e comemoração de S. Apolônia, Virgem e Mártir

Foi um dos grandes Doutores da Igreja, no Oriente, e o principal defensor da verdadeira doutrina contra os Nestorianos que ensinavam haver no Cristo não só duas naturezas, como duas pessoas. Maria Santíssima seria apenas, Mãe do Homem-Cristo. No Concílio de Éfeso (431), presidido por S. Cirilo, esta doutrina foi condenada e Nossa Senhora declarada “Theotokos”, Mãe de Deus (Oração).


Páginas 979 a 980 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Liturgia Diária- 05/02/2022

SANTA ÁGUEDA, Virgem e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa Própria, com orações da Missa “Loquébar”

Para confessar a sua fé e guardar a sua virgindade sofreu atrozes martírios. O algoz lhe cortou os seios (Communio) e queimou os lados com um ferro em brasa, porém Deus, durante a noite, curou-a milagrosamente. Depois de sofrer novos martírios morreu no cárcere.


Liturgia Diária- 04/02/2022

SÃO JOÃO DE BRITO, Mártir

Festa de 3ª Classe- Próprio do Brasil – Missa “Laetabitur” com orações próprias, com comemoração de S. André Corsini, Bispo e Confessor 

Nasceu em Lisboa (1647) e entrou na Companhia de Jesus. Foi Superior da Missão nas Índias portuguesas, preso e martirizado em 1693. Foi canonizado em 1947.

NOTA: Em 1962, a Congregação para os Ritos realizou alteração no Calendário do Próprio do Brasil, transferindo esta festa de 13 para 4 de fevereiro. Isso não consta nos Missais, provavelmente por sua não atualização posterior.  

Sobre S. André Corsini: Depois de uma vida bastante mundana entrou na Ordem dos Carmelitas, onde fez penitência austera até a morte. Nos últimos anos de sua vida foi Bispo de Fiésole (Itália).


Liturgia Diária- 01/02/2022

SANTO INÁCIO, Bispo e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Discípulo de S. João Evangelista e amigo de S. Policarpo, Inácio foi Bispo de Antioquia durante 36 anos. Condenado a ser lançado aos leões, foi conduzido a Roma. Sua viagem à Cidade eterna foi, ao mesmo tempo, uma Via-sacra e um Triunfo, porque os cristãos muito veneravam este santo Bispo. Suas palavras: Eu sou trigo do Cristo (Communio), nos provam seu grande amor a Nosso Senhor e sua coragem no martírio. Com o Santo, unamo-nos a Jesus Cristo no Santo Sacrifício, para d’Ele conseguirmos a verdadeira Vida.


Páginas 960 a 962 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre).


Liturgia Diária- 28/01/2022

S. PEDRO NOLASCO, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Justus” com orações próprias e comemoração de Sta. Inês (2ª festa)

Nasceu no Sul da França; fundou com S. Raimundo (23 de jan.) a Ordem dos Mercedários, para livrar os Cristãos presos pelos Mouros.


Páginas 953 a 954, 864 a 867 do Missal Quotidiano.


Liturgia Diária- 26/01/2022

SÃO POLICARPO, Bispo e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Discípulo do Apóstolo S. João e amigo do mártir S. Inácio, foi ele mesmo condenado à morte nas chamas, mas saindo delas ileso foi morto por golpes de espada com a idade de 80 anos.


Páginas 951 a 952; 820 a 823 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963). 


Liturgia Diária- 24/01/2022

SÃO TIMÓTEO, Bispo e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa “Statuit” (1) com Epístola própria

Era discípulo do Apóstolo S. Paulo, que lhe dirigiu duas cartas (Epístola) e lhe teve grande amizade. Morreu como Bispo de Éfeso.


Páginas 946; 817 a 820 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963). 


Liturgia Diária- 22/01/2022

Ss. VICENTE E ANASTÁSIO, Mártires

Festa de 3ª Classe- Missa “Intret” com orações próprias

O primeiro era diácono em Saragossa e o segundo, monge na Pérsia. Foram sepultados em Roma e igualmente gozam de grande veneração.


Páginas 944, 830 a 833 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 21/01/2022

SANTA INÊS, Virgem e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Semelhante a Sta. Luzia, Inês guardou fidelidade ao Esposo Divino, apesar de graves lutas. Cruelmente martirizada, morreu aos 13 anos. Por cima de sua sepultura, levanta-se uma das mais antigas e belas basílicas edificadas pelo imperador Constantino. Seu nome está no Cânon da Missa.


Páginas 941 a 943 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 19/01/2022

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração dos Ss. Mário, Marta, Audíface e Abacum, Mártires e de S. Canuto

Jesus Cristo é o Rei da criação, e por isso, toda a terra O deve adorar e louvar como a seu Redentor (Introito, Gradual). Por seu nascimento tornou-se nosso Irmão e por sua morte recebeu-nos em herança. Pela Eucaristia continua a comunicar-nos os frutos de seu nascimento, de sua vida e de sua morte. Vemo-Lo hoje, nas bodas de Caná (Evangelho), realizando seu primeiro milagre: a conversão da água em vinho. Aqui converte o vinho em seu Preciosíssimo Sangue, a fim de, por meio deste milagre, repetido através dos séculos, comunicar aos homens a sua divindade. É justo, pois, que digamos no Ofertório: “Vede quanto bem Deus fez à minha alma”.

Sobre os santos mártires: Mário, nobre persa, sua esposa e seus filhos, visitando os Cristãos presos no cárcere de Roma, foram detidos e martirizados. S. Canuto foi Rei da Dinamarca.


Páginas 99 a 103 e 934 a 937 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Liturgia Diária- 18/01/2022

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração de S. Prisca (ou Priscila), Virgem e Mártir

Jesus Cristo é o Rei da criação, e por isso, toda a terra O deve adorar e louvar como a seu Redentor (Introito, Gradual). Por seu nascimento tornou-se nosso Irmão e por sua morte recebeu-nos em herança. Pela Eucaristia continua a comunicar-nos os frutos de seu nascimento, de sua vida e de sua morte. Vemo-Lo hoje, nas bodas de Caná (Evangelho), realizando seu primeiro milagre: a conversão da água em vinho. Aqui converte o vinho em seu Preciosíssimo Sangue, a fim de, por meio deste milagre, repetido através dos séculos, comunicar aos homens a sua divindade. É justo, pois, que digamos no Ofertório: “Vede quanto bem Deus fez à minha alma”.


Páginas 99 a 103 e 933 a 934 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Liturgia Diária- 11/01/2022

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do I Domingo depois da Epifania, com comemoração de S. Higino, Papa e Mártir

Celebra-se hoje a Epifania, a manifestação da Divindade do Menino, aos doutores: o Varão eterno assentado no trono, rodeado pelos Anjos. Diante desta visão sublime só podemos assumir a atitude de humildes discípulos que pedem luz, a fim de conhecer o que devem praticar, e força para o cumprir (Oração). Na Epístola, o pequeno Doutor nos ensina os nossos deveres, e no Evangelho, temos deste ensinamento o exemplo vivo na obediência ao Pai celeste e na submissão a Maria e a José, em Nazaré.


Páginas 93 a 95 e 92 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Liturgia Diária- 05/01/2022

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe – Missa do dia 01/01, com Glória, sem Credo

O Menino-Deus derrama as primeiras gotas de Sangue, e recebe o nome de Jesus, que indica a sua missão de Salvador. Assim, neste dia, a Cruz saúda o berço do Recém-nascido. Intimamente unida a seu Filho, é Maria Santíssima objeto de particular devoção por parte do povo católico. Por isso dela nos lembramos hoje nas Orações e na “estação”.

A festa é a da Circuncisão celebrada desde o século VI Moisés impunha este rito de purificação a todos os varões israelitas no oitavo dia depois do nascimento. Era uma figura do batismo pelo qual o homem havia de ser espiritualmente circuncidado pela extirpação dos vícios, e julgado digno do olhar do Senhor (Santo Ambrósio).


Páginas 76 a 78 do Missal Quotidiano.


Liturgia Diária- 28/12/2021

OS SANTOS INOCENTES, Mártires

Festa de 2ª Classe- Missa Própria – Estação em São Paulo

Na igreja de S. Paulo em Roma (Statio), veneram-se as relíquias dessas Testemunhas da Divindade de Nosso Senhor, que confessaram a sua fé, “não em palavras, mas sofrendo a morte” (Oração). Alegres, unimo-nos a elas e assinamos também nós este testemunho (Introito). A mesma graça nos auxiliará e nos libertará dos laços do inimigo e nos fará seguir o Cordeiro (Epístola, Gradual). O Evangelho nos narra o acontecimento histórico: como a Providência de Deus salvou ao Menino Jesus e a seus pais. Ela mesma se serviu da maldade do perseguidor para dar tão grande distinção e glória aos Santos Inocentes. Peçam eles por nós, para que também os nossos sacrifícios sejam aceitos por Deus (Secreta, Pós-comunhão), e para que a nossa vida, que é um constante morrer, seja para nós um penhor de vida eterna. .


Páginas 69 a 72 do Missal Quotidiano.


Liturgia Diária- Quarta-feira das Têmporas do Advento

Féria de 2ª Classe – ESTAÇÃO EM SANTA MARIA MAIOR – Missa própria

DIA DE ABSTINÊNCIA FACULTATIVA

A “estação” como de costume nas quartas-feiras das Têmporas, é em Sta. Maria Maior. Nesta basílica encontram-se as relíquias do presepe em que descansou o Filho de Deus feito Homem.

A Comunidade dos fiéis recomenda os jovens levitas à proteção daquela que é a Rainha do clero e já pelos antigos Padres da Igreja fora chamada: Virgem — Sacerdotisa. 

Além do caráter comum das Têmporas (ver a Introdução do Missal), visam as Têmporas do Advento especialmente a preparação para a festa do Natal.

A Missa deste dia é um ardente anelo pela vinda do Salvador. O grande profeta do Advento é Isaías e por este motivo a Igreja lê, nestes dias, as mais belas páginas de seu livro, para suscitar em nossas almas um vivo desejo pelo Reino do Cristo no mundo.


Páginas 21 a 24 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 10/12/2021

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração de S. Melquiades, Papa e Mártir

[…] “O Senhor vem à Jerusalém. ” Em sua primeira vinda, apareceu na Jerusalém da Terra Santa. Hoje virá à Jerusalém de nossas almas e na festa de Natal virá à Jerusalém do Novo Testamento, que é a sua santa Igreja (Introito). Nesta Igreja acharão todos a salvação: os judeus pela promessa que lhes foi feita, os pagãos, porém, pela misericórdia de Deus. E reinará a alegria e a paz pela vinda do Salvador (Epístola e Cânticos. Introito, Gradual, Ofertório e Communio). No Evangelho prova-nos S. João, de maneira engenhosa, que o Cristo é o Messias e que é Ele quem cura todas as doenças de nossa fraqueza e a nossa cegueira, ressuscita-nos da morte e nos comunica a vida da graça. Vê pois, alma cristã, o gozo que te virá de teu Deus (Communio).


Páginas 12 a 16; 921, 812 a 816 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 07/12/2021

S. AMBRÓSIO, Bispo, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe- Missa “In medio” com alguns próprios e comemoração da Féria

Por indicação divina, eleito Bispo de Milão, embora ainda catecúmeno, dentro de poucos dias recebeu todas as ordens. Grande pregador e ardoroso defensor da fé, contribuiu para a conversão de S. Agostinho. Reformou o canto sagrado e fundou o rito ambrosiano, usado ainda hoje em Milão. 


Páginas 914 a 916, 856 a 860, 08 a 11 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre)


Liturgia Diária- 30/11/2021

S. ANDRÉ, Apóstolo

Festa de 2ª Classe- Missa própria

S. André, irmão de S. Pedro, foi chamado juntamente com este por Nosso Senhor (Evangelho). Pregou o Evangelho na Ásia Menor e nos Balcans onde foi martirizado. Seu corpo está em Amalfi e sua cabeça em Roma. Sigamos o seu exemplo na prontidão com que seguiu o chamamento do Senhor e no amor que teve à Cruz.


Páginas 903 a 906 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 29/11/2021

4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração de S. Saturnino, Mártir

A terra abençoada de que nos fala a Communio, é Maria Santíssima. Ela nos deu o fruto abençoado de suas entranhas. Por isso estamos reunidos, ao menos em espírito, em sua igreja. (Statio

Compenetrados das palavras do Evangelho: “Erguei as vossas cabeças, porque se aproxima a vossa Redenção… Sabei que perto está o Reino de Deus”, voltamo-nos no começo do Ano eclesiástico para Deus, com toda a alma (Introito). Nossa Redenção é obra da bondade de Deus (Oração), mas também o é de nossa cooperação, conforme nos diz St. Agostinho: “Aquele que te criou sem ti, não te salvará sem ti”. Esta cooperação consiste em “levantarmo-nos do sono, renunciarmos às trevas e revestirmo-nos do Senhor Jesus Cristo” (Epístola). Unindo, no Ofertório, estas resoluções ao sacrifício de Jesus Cristo, receberemos na Comunhão a bênção de Deus e tornar-nos-emos uma terra abençoada que há de produzir abundantes frutos para a vida cristã.


Páginas 07 a 11 e 826 a 829 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 26/11/2021

S. SILVESTRE, Abade

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” (2) com orações próprias e comemoração de S. Pedro de Alexandria, Bispo e Mártir

Olhando para o cadáver desfigurado de um parente seu, ficou profundamente abalado. “O que este foi, eu sou, e o que este é, eu serei”. Abandonando então o mundo, retirou-se para a solidão (Oração). Mais tarde, com alguns Companheiros, fundou a Ordem dos Silvestrinos com a regra de S. Bento.


Páginas 1389 a 1390 e 867 a 870 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 25/11/2021

S. CATARINA, Virgem e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa “Loquebar”, com orações próprias

Dotada de inteligência brilhante e vasto saber, viveu esta Santa em Alexandria. Diante do juiz, confundiu os maiores sábios e converteu alguns deles à fé de Jesus Cristo. Condenada ao suplício da roda, como esta se quebrasse, foi decapitada. É tradição que seu corpo foi enterrado por Anjos no monte Sinai [Oração].


Páginas 1389, 870 a 875 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 23/11/2021

S. CLEMENTE I, Papa e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa “Si diligis me”, com introito próprio e comemoração de S. Felicidade, Mártir

Convertido por S. Paulo, foi o terceiro sucessor de S. Pedro, de 92 a 101. Exilado para a Crimeia, foi ali afogado no mar. É autor de uma carta que pertence aos mais preciosos documentos da literatura cristã dos primeiros tempos. Por isso é enumerado entre os Padres Apostólicos.


Páginas 1386, 1387 e 821 a 816, e 710 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 22/11/2021

S. CECÍLIA, Virgem e Mártir

Festa de 3ª Classe – Missa própria

Com Santa Inês e Santa Luzia, Cecília é uma das mais veneradas Santas desde os primeiros séculos da era cristã. Nobre cristã, converteu Valeriano e Tibério ao Cristianismo. Com os dois, foi ela decapitada. Como o golpe não tivesse sido mortal, ainda viveu alguns dias, deitada em sua casa. Na mesma posição foi enterrada e seu corpo, foi assim encontrado, intacto, em 1599.


Páginas 1384 a 1386 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 19/11/2021

S. ISABEL, Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com Coleta própria e comemoração de S. Ponciano, Papa e Mártir

Esposa do landgrave da Turíngia, foi expulsa de sua residência depois da morte prematura de seu marido. Com grande paciência desprendeu-se de tudo e serviu a Deus, praticando a caridade, aceitando a pobreza e a humilhação. Morreu com a idade de 24 anos.


Páginas 1382, 1383 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 17/11/2021

BEM-AVENTURADOS ROQUE GONZÁLEZ E SEUS COMPANHEIROS, Mártires

Festa de 3ª Classe- Missa “Salus autem” com Coleta própria e comemoração de S. Gregório Taumaturgo, Bispo e Confessor

Estes três Protomártires da Companhia de Jesus, nas regiões do Rio da Prata, eram zelosíssimos Missionários entre os povos selvagens daquelas regiões. Após longos anos de árduos trabalhos foram mortos dentro de poucos dias. Roque Gonzalez era natural do Paraguai, e seus dois Companheiros, Afonso Rodriguez e João dei Castilho, espanhóis de nascimento.


Páginas [44] a [45], 1381 a 1382 e 836 a 839 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 12/11/2021

S. MARTINHO I, Papa e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa “Si diligis me”

Governou a Igreja de 649 a 655. Foi exilado e morreu no Quersoneso enfraquecido pelos maus tratos. É venerado, por isso, como Mártir.


Páginas 1376, 812 a 816 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 28/10/2021

SS. SIMÃO E JUDAS TADEU, Apóstolos

Festa de 2ª Classe- Missa própria

Simão pregou o Evangelho aos Judeus, e mais tarde foi com Judas Tadeu para a Mesopotâmia e a Pérsia, onde foram ambos martirizados.


Páginas 1353 a 1356 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 18/10/2021

S. LUCAS, Evangelista

Festa de 2ª Classe- Missa própria

Médico em Antioquia, foi convertido por S. Paulo e acompanhou-o sempre em suas viagens (Leitura). É autor do III. Evangelho, no qual escreveu o que ouvira de S. Paulo. Além do Evangelho, escreveu os Atos dos Apóstolos. Pregou em Acaia e ali foi martirizado.


Páginas 1341 a 1344 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 14/10/2021

S. CALISTO I, Papa e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa “Si diligis me”, com orações próprias

Governou a Igreja de 217 a 222. Misericordioso para com os penitentes, teve que sofrer muitos vexames da parte dos hereges.


Páginas 1336 a 1337, 812 a 816 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 28/09/2021

S. VENCESLAU, Duque e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa “In virtute”, com Coleta própria

Quando este santo Duque orava numa igreja, foi assassinado pelo próprio irmão, que não podia tolerar sua vida exemplar, cheia de amor à Sagrada Eucaristia e caridade para com os pobres.


Páginas 1304 a 1305 e 823 a 826 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 23/09/2021

SÃO LINO, Papa e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa “Si diligis me” e comemoração de S. Tecla, Virgem e Mártir

Primeiro sucessor de S. Pedro, foi decapitado em Roma.


Páginas 1300 a 1301, 812 a 816 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- Quarta-feira das Têmporas de Setembro

Féria de 2ª Classe- Missa própria, com comemoração de S. Tomás de Vilanova, Bispo e Confessor, e S. Maurício e seus companheiros, Mártires – ESTAÇÃO EM S. MARIA MAIOR

DIA DE ABSTINÊNCIA RECOMENDADA

Nos países do sul da Europa, terminam neste tempo as colheitas das frutas e do vinho. Os fiéis, alegrando-se e agradecendo a Deus, ofereciam na igreja as dízimas ao Senhor. Esta prática e a lembrança das grandes festas (Ano novo, Dia de reconciliação e festa dos Tabernáculos, lembrando a saída do Egito) que se celebravam no Antigo Testamento nesta época do ano, são expressas nos textos das Leituras e Cânticos das Missas destes três dias. Aproveitemos também nós estes dias para o silêncio e a penitência. E na alegria de nosso coração, agradeçamos a Deus por seus benefícios. Como as outras Têmporas, também estas são dias de ordenações. Imploremos a Deus que envie bons obreiros à sua messe.

Sobre o santo confessor: Espanhol de nascimento, entrou na Ordem dos Agostinianos-Eremitas. Feito Arcebispo de Valência, praticou a caridade para com os pobres e necessitados, em grau heroico (Oração).


Páginas 670 a 675 e 1298 a 1300 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 16/09/2021

Ss. CORNÉLIO, Papa, e CIPRIANO, Bispo, Mártires

Festa de 3ª Classe- Missa “Intret” com comemoração de Ss. Eufêmia (Virgem), Lúcia e Geminiano, Mártires

S. Cornélio governou a Igreja de 251 a 253. S. Cipriano, Bispo de Cartago, é célebre por seus escritos. Os dois Santos são nomeados no Cânon da Missa.


Páginas 1289 a 1291 e 830 a 833 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 15/09/2021

AS SETE DORES DE NOSSA SENHORA

2ª Classe- Missa própria, com comemoração de S. Nicomedes, Mártir

Duas vezes no ano, a Igreja se lembra das Dores de Nossa Senhora. Com justa razão merece Maria Santíssima o título de “Co-redentora do gênero humano”, pois, heroicamente, ao pé da Cruz, uniu os seus sofrimentos aos de seu Filho, pela salvação do mundo.

Os textos da Santa Missa nos descrevem os sofrimentos e agonias de Nossa Senhora. Como a valorosa Judite, arriscando a vida, salvou o povo de Deus, assim Maria, sofrendo com o seu Filho, venceu a serpente infernal (Leitura) . Na Sequência, penetramos no abismo das Dores de Maria e no Evangelho a recebemos como nossa Mãe. É Jesus do trono de sua Cruz, quem nos recomenda a sua proteção maternal. No Ofertório, lembrando-lhe essa recomendação, imploramos a sua intercessão junto a Deus.


Páginas 1284 a 1289 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)