Liturgia Diária- 20/05/2019

S. BERNARDINO DE SENA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os Justi” (1) com Coleta e Evangelho próprios

Da Ordem de S. Francisco, foi pregador popular e muito fez para a renovação da vida religiosa. Com grande zelo pregou a devoção do SSmo. Nome de Jesus (Oração).


Páginas 1075 e 861 a 864 do Missal Quotidiano.


Missa às 18 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Próximas Missas: acesse e confira.


Liturgia Diária- 18/05/2019

S. VENÂNCIO, Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa “Protexisti”, com orações próprias

Após longo martírio, foi decapitado em Camerino na Itália central, com a idade de 15 anos.


Páginas 1073 a 1074; 840 a 843 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Hoje NÃO HAVERÁ Missa.


Liturgia Diária- 17/05/2019

S. PASCOAL BAILÃO, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os Justi” (1) com Coleta própria

Nasceu na Espanha e fez-se irmão leigo franciscano em Montforte, onde se distinguiu por uma grande pureza, amor à penitência e suma veneração à Ssma. Eucaristia, Foi por isso declarado Padroeiro dos Congressos Eucarísticos, por Leão XIII.


Páginas 1073 e 861 a 864 do Missal Quotidiano.


Hoje não haverá Missa.


Liturgia Diária- 16/05/2019

SANTO UBALDO, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Statuit” (2) com Coleta própria 

Natural de Gubbio (Itália), foi Bispo dessa cidade, cheio de zelo apostólico. É invocado contra os espíritos malignos (Oração).


Liturgia Diária- 15/05/2019

S. JOÃO BATISTA DE LA SALLE, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os Justi” (1) com Coleta e Evangelho próprios

Nasceu em Reims (1651), e fundou em 1681 a Sociedade dos Irmãos das Escolas Cristãs (Evangelho). Em um tempo de fome, deu sua fortuna aos pobres.


Páginas 1071 a 1072 e 861 a 864 do Missal Quotidiano.


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 13/05/2019

SÃO ROBERTO BELARMINO, Bispo, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Nasceu em 1542 e entrou na Companhia de Jesus. Mais tarde, nomeado Cardeal, foi o conselheiro teológico de vários Papas. Célebre por seus escritos contra os protestantes, morreu em Roma e foi canonizado em 1930.


Páginas 1068 a 1070 do Missal Quotidiano.


Liturgia Diária- 11/05/2019

SÃO FILIPE E SÃO TIAGO, Apóstolos

Festa de 2ª Classe- Missa Própria

Filipe de Betsaida foi um dos primeiros Apóstolos de Nosso Senhor. Pregou o Evangelho na Frigia, onde foi crucificado e apedrejado. S. Tiago menor, primo de Nosso Senhor, foi o primeiro Bispo de Jerusalém. Homem de oração e de austera penitência, foi precipitado do pináculo do Templo. Ele é o autor de uma Epístola canônica. A festa de hoje é o aniversário da Dedicação da igreja onde repousam os despojos destes dois Apóstolos do Senhor.


Páginas 1062 a 1066 do Missal Quotidiano.


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 10/05/2019

SANTO ANTONINO, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Statuit” (2) com Coleta própria e comemoração de SS. Gordiano e Epímaco, Mártires (2ªs orações próprias)

Nasceu em Florença (1389), com 16 anos fez-se dominicano. Desde 1446, Arcebispo de Florença, era modelo de pastor e exemplo de sábio. Por sua exímia direção de almas foi chamado “Antonino, o conselheiro”.


Liturgia Diária- 09/05/2019

SÃO GREGÓRIO NAZIANZENO, Bispo, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe- Missa “In medio”, com Epístola própria

Grande amigo de S. Basílio, foi em 379, Bispo de Constantinopla. Quatro anos depois retirou-se para a solidão para viver para a oração e o estudo. Seu grande saber lhe mereceu o título de “Teólogo”.


Páginas 1060; 856 a 860 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 07/05/2019

S. ESTANISLAU, Bispo e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa “Protexisti”, com Coleta própria e 2ªs Secreta e Pós-comunhão daquela missa 

Bispo de Cracóvia, foi assassinado pelo rei Boleslau, dentro da igreja de S. Miguel, por ter censurado com franqueza o mau procedimento do rei. Este Santo é o Padroeiro da Polônia.


Páginas 1059; 840 a 843 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 04/05/2019

SANTA MÔNICA, Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com Coleta e leituras próprias

Modelo de esposa e mãe, viveu esta Santa uma vida de intensa fé. Dócil e paciente, esperou a conversão de seu marido até consegui-la no leito de morte deste. Durante 28 anos rezou e suplicou entre lágrimas a Deus pela conversão de seu filho. Teve a sorte de vê-lo receber o Batismo e a grande felicidade de expirar nos braços deste grande Bispo de Cartago e Doutor da Igreja. As Leituras da Missa nos falam de sua orações e da conversão de seu filho.


Páginas 1057, 1058 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 03/05/2019

INVENÇÃO DA SANTA CRUZ

Festa de 1ª Classe– PRÓPRIO DO BRASIL– Missa própria com comemoração dos SS. Alexandre, Evêncio e Teodulo e Juvenal, Bispo e Confessor

Duas vezes no ano venera a santa Igreja a Relíquia da santa Cruz, o instrumento de nossa Redenção, santificado pelo Sangue preciosíssimo de Jesus Cristo. No dia de hoje se comemora a Invenção deste venerável Madeiro pela imperatriz Santa Helena. A Oração alude ao milagre da cura de uma doente, ocorrido nessa ocasião. Em geral os textos desta Missa lembram os benefícios e bênçãos que nos vêm da Cruz “salvadora”. No Evangelho, Jesus fala da necessidade do renascimento pelo Batismo, da fé na revelação divina e da sua exaltação na Cruz, simbolizada pela serpente de bronze.


Esta Missa não consta no Missal Quotidiano de D. Gaspar Lefebvre (1963).


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 01/05/2019

SÃO JOSÉ, OPERÁRIO, ESPOSO DA SSMA. VIRGEM MARIA

Festa de 1ª Classe- Missa Própria 

No ano litúrgico, há dois dias consagrados a São José. O primeiro comemora a 19 de março a entrada triunfante no céu do Justo, que fora escolhido por Deus para guarda de seus maiores tesouros: a Santíssima Virgem Maria e seu Filho Jesus Cristo. Lembram-se, então, sua pureza sem mancha, sua fidelidade indefectível e sua obediência prontíssima.

O segundo dia festeja o operário, que tirou da profissão de carpinteiro o sustento da Sagrada Família, e assim elevou o trabalho manual a uma dignidade inexprimível. O Santo Padre Pio XII, fixou sua data a 1º de maio para que o dia geralmente dedicado ao trabalho e aos trabalhadores seja iluminado pela lição e exemplo de São José.


Páginas 1049 a 1052 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Hoje não haverá Missa.


Liturgia Diária- Festa de Corpus Christi

FESTA DO SANTÍSSIMO CORPO DE NOSSO SENHOR

Festa de 1ª Classe- Missa Própria – Festa de Preceito

A festa do Corpo de Deus remonta ao século XIII. Instituiu-a, em 1246, o bispo de Liége, na sua diocese, a pedido instante da bem-aventurada Juliana, prioresa dum convento sito às portas da cidade, no monte Cornillon. Passados anos, Urbano IV, antigo arcediago de Liege, estendeu-a à Igreja universal. A procissão do Santíssimo, que dela faz parte, tornou a festa do Corpo de Deus, em pouco tempo, uma das mais queridas do povo. Com a sua fé na presença real, canta a Deus, nesta solenidade, o reconhecimento de todos os benefícios auferidos neste sacramento. A Eucaristia liga-se intimamente à vida da Igreja e dos fiéis. Pode-se dizer que é na Eucaristia que esta vida se vai haurir e que nela se exprime continuamente. Na Santa Missa, a Igreja atualiza sobre os nossos altares o sacrifício de Cristo, fonte da Redenção, e oferece-o incessantemente a Deus, em união com o próprio Cristo. Na Sagrado Comunhão, é a união íntima dos fiéis com Cristo, por eles imolado, que se opera, e a transformação de suas vidas pela d’Ele: nascidos para a vida da graça, nas águas batismais, alimentam-se da Eucaristia, como dum pão celeste. 

A missa e o ofício foram compostos por São Tomás. Aí se encontra, com a alma do Santo, a precisão de doutrina do grande Teólogo. 


FESTA DE NOSSA SENHORA RAINHA

Comemoração- Missa da Festa do Corpo de Deus, com 2ªs orações próprias

O povo cristão, com sua segura intuição, reconheceu sempre a dignidade real da mãe do “Rei dos reis e senhos dos senhores”. Os santos padres, doutores e papas foram os intérpretes autorizados desta tradição; e o triunfal testemunho desta crença comum resplandece na arte e na penetrante ctequese da liturgia. Por sua vez, os teólogos mostraram com sucesso quanto o título real convinha à Mãe de Deus, intimamente associada à obra redentora de seu Filho, e mediadora de todas as graças. 

Respondendo ao voto unânime dos fiéis e pastores, S.S. Pio XII instituiu, pela encíclica de 11 de Outubro de 1954 [“Ad Caeli Reginam”], a festa de Maria Rainha, sancionando assim o culto que já todos os cristãos prestavam, no seu coração, à soberana do Céu e da Terra. 


Páginas 584 a 584 e 1084 a 1086 do Missal Quotidiano.


Missa Cantada e Procissão Canônica às 9:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sl 80, 17*, 2)


O trigo e o mel evocam a entrado dos Hebreus na terra prometida, depois das privações do deserto. Figuram a Eucaristia, alimento da nossa vida sobrenatural.


Deu-lhes a comer da flor do trigo, aleluia, e inebriou-os com o mel dos rochedos, aleluia, aleluia, aleluia. Sl. Cantai ao Senhor com alegria, que Ele é o nosso auxílio. Cantai ao Deus de Jacó. Glória ao Pai.

Coleta

Ó Deus, que neste sacramento admirável nos deixastes o memorial da vossa Paixão, fazei, nós Vo-lo supricamos, que veneremos o vosso Corpo e Sangue de tal modo que mereçamos sentir constantemente os efeitos da vossa Redenção. Vós que viveis e reinais. 

Epístola (I Cor 11, 23-29)


Esta epístola, tirada da de Quinta-feira Santa, vem aqui para lembrar-nos a instituição da Eucaristia, fato que São Paulo e os evangelistas sinóticos nos transmitiram.


Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios.

Irmãos: Eu recebi do Senhor o que vos transmiti: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão e, depois de ter dado graças, partiu-o e disse: Isto é o meu corpo, que é entregue por vós; fazei isto em memória de mim. Do mesmo modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este cálice é a Nova Aliança no meu sangue; todas as vezes que o beberdes, fazei-o em memória de mim. Assim, todas as vezes que comeis desse pão e bebeis desse cálice lembrais a morte do Senhor, até que venha. Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpável do corpo e do sangue do Senhor. Que cada um se examine a si mesmo, e assim coma desse pão e beba desse cálice. Aquele que o come e o bebe sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação.

Gradual (Sl 144, 15-16)

Os olhos de todos esperam em Vós, Senhor, e Vós dais-lhes de comer a seu tempo. Abris as mãos e inundais de bençãos todo o vivente.

Aleluia (Jo 6,56-57)

Aleluia, aleluia. A minha carne é verdadeiramente alimento e o meu sangue é verdadeiramente bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue fica em Mim e Eu nele. 

Sequência (S.Tomás de Aquino – 1274)

Sião, exulta de alegria, louva teu pastor e guia com teus hinos, tua voz!

Tanto possas, tanto ouses, em louvá-lo não repouses: sempre excede o teu louvor!

Hoje a Igreja te convida: ao pão vivo que dá vida vem com ela celebrar!

Este Pão, que o mundo creia! por Jesus, na Santa Ceia, foi entregue aos que escolheu.

Nosso júbilo cantemos, nosso amor manifestemos, pois transborda o coração!

Quão solene a festa, o dia, que da santa Eucaristia nos recorda a instituição!

Novo Rei e nova mesa, nova Páscoa e realeza, foi-se a Páscoa dos judeus.

Era sombra o antigo povo, o que é velho cede ao novo: foge a noite, chega a luz.

O que o Cristo fez na ceia, manda à Igreja que o rodeia repeti-lo até voltar.

Seu preceito conhecemos: pão e vinho consagremos para nossa salvação.

Deve-o crer todo cristão: faz-se carne o pão de trigo, faz-se sangue o vinho amigo.

Se não vês nem compreendes, gosto e vista tu transcendes, elevado pela fé.

Pão e vinho, eis o que vemos; mas ao Cristo é que nós temos em tão ínfimos sinais.

Alimento verdadeiro, permanece o Cristo inteiro quer no vinho, quer no pão.

É por todos recebido, não em parte ou dividido, pois inteiro é que se da!

Um ou mil comungam dele, tanto este quanto aquele: multiplica-se o Senhor.

Eis a hóstia dividida… Quem hesita, quem duvida? Como é toda o autor da vida, a partícula também.

Jesus não é atingido: o sinal que é partido: mas não é diminuído, nem se muda o que contém.

Eis o pão que os anjos comem, transformado em pão do homem; só os filhos o consomem: não será lançado aos cães!

Em sinais prefigurado, por Abrão foi imolado, no cordeiro aos pais foi dado, no deserto foi maná…

Bom Pastor, pão de verdade, piedade, Jesus, piedade, conservai-nos na unidade, extingui nossa orfandade, transportai-nos para o Pai!

Aos mortais dando comida, dais também o pão da vida; que a família assim nutrida seja um dia reunida aos convivas lá do céu!

Amém! Aleluia!

Evangelho (Jo, 55-59)


Alimento de nossas almas, a carne de Cristo comunica-nos a vida divina, que Ele mesmo recebe do Pai; Ele é o pão descido do Céu, que nos dá a vida eterna. 


Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo, disse Jesus às multidões dos Judeus: a minha carne é verdadeiramente uma comida e o meu sangue, verdadeiramente uma bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Assim como o Pai que me enviou vive, e eu vivo pelo Pai, assim também aquele que comer a minha carne viverá por mim. Este é o pão que desceu do céu. Não como o maná que vossos pais comeram e morreram. Quem come deste pão viverá eternamente. Tal foi o ensinamento de Jesus na sinagoga de Cafarnaum.

Ofertório (Lv 21,6)

Os sacerdotes do Senhor oferecem a Deus o pão e o incenso. E é por este motivo que se conservam santos diante de Deus e não desonram o seu nome.

Secreta

Concedei, Senhor, à vossa Igreja a graça da união e da paz, misticamente simbolizadas nos dons que Vos oferecemos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Comunhão (I Cor 11, 26-27)

Todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes deste cálice, anunciareis a morte do Senhor, até que Ele venha. Por isso todo aquele que comer deste ´pão e beber do cálice do Senhor indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor, aleluia.

Pós-comunhão

Fazei-nos, Senhor, transbordar do gozo eterno da vossa divindade que está prefigurado na recepção temporal do vosso corpo e sangue. Vós que viveis e reinais. 


PARTITURAS E ÁUDIOS

 

Liturgia Diária- 30/05/2018

SÃO FÉLIX I, Papa e Mártir

Comemoração- Missa comum do I Domingo depois de Pentecostes com orações da Missa “Si diligis me”

São Félix, que governou a Igreja de 268 a 273, parece ter sido confundido com o mártir São Félix, vitima de perseguição de Aureliano. O papa São Félix foi enterrado na “cripta dos papas”, nas catacumbas de São Calisto.


LEITURAS

Epístola (I Jo 4, 8-21)

Leitura da Epístola de São João Apóstolo. 

Caríssimos: Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em nos ter enviado ao mundo o seu Filho único, para que vivamos por ele. Nisto consiste o amor: não em termos nós amado a Deus, mas em ter-nos ele amado, e enviado o seu Filho para expiar os nossos pecados. Caríssimos, se Deus assim nos amou, também nós nos devemos amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus. Se nos amarmos mutuamente, Deus permanece em nós e o seu amor em nós é perfeito. Nisto é que conhecemos que estamos nele e ele em nós, por ele nos ter dado o seu Espírito. E nós vimos e testemunhamos que o Pai enviou seu Filho como Salvador do mundo. Todo aquele que proclama que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele e ele em Deus. Nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem para conosco. Deus é amor, e quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele. Nisto é perfeito em nós o amor: que tenhamos confiança no dia do julgamento, pois, como ele é, assim também nós o somos neste mundo. No amor não há temor. Antes, o perfeito amor lança fora o temor, porque o temor envolve castigo, e quem teme não é perfeito no amor. Mas amamos, porque Deus nos amou primeiro. Se alguém disser: Amo a Deus, mas odeia seu irmão, é mentiroso. Porque aquele que não ama seu irmão, a quem vê, é incapaz de amar a Deus, a quem não vê. Temos de Deus este mandamento: o que amar a Deus, ame também a seu irmão.

Evangelho (Lc 6, 36-42)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Sede misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso. Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados; dai, e dar-se-vos-á. Colocar-vos-ão no regaço medida boa, cheia, recalcada e transbordante, porque, com a mesma medida com que medirdes, sereis medidos vós também. Propôs-lhes também esta comparação: Pode acaso um cego guiar outro cego? Não cairão ambos na cova? O discípulo não é superior ao mestre; mas todo discípulo perfeito será como o seu mestre. Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão e não reparas na trave que está no teu olho? Ou como podes dizer a teu irmão: Deixa-me, irmão, tirar de teu olho o argueiro, quando tu não vês a trave no teu olho? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e depois enxergarás para tirar o argueiro do olho de teu irmão.

Liturgia Diária- 29/05/2018

SANTA MARIA MADALENA DE PAZZI, Virgem

Festa de 3ª Classe- Missa “Dilexisti” com Coleta própria.

Santa Maria Madalena, filha de uma grande família de Florença, os Pazzi, entrou para o Carmelo aos 15 anos. Entregou-se durante toda a vida a terríveis penitências: tinha por divisa “sofrer e não morrer”. Morreu a 25 de maio de 1607, aos 41 anos. Seu corpo, que ela tinha mortificado tanto, conservou-se até nossos dias sem corrupção.

LEITURAS

Epístola (II Cor 10, 17-18; 11, 1-2)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios.

Irmãos: quem se gloria, glorie-se no Senhor. Pois merece a aprovação não aquele que se recomenda a si mesmo, mas aquele que o Senhor recomenda.  Oxalá suportásseis um pouco de loucura de minha parte! Oh, sim! Tolerai-me. Eu vos consagro um carinho e amor santo, porque vos desposei com um esposo único e vos apresentei a Cristo como virgem pura.

Evangelho (Mt 25, 1-13)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus. 

Naquele tempo, disse Jesus a Seus discípulos: o Reino dos céus é semelhante a dez virgens, que saíram com suas lâmpadas ao encontro do esposo. Cinco dentre elas eram tolas e cinco, prudentes. Tomando suas lâmpadas, as tolas não levaram óleo consigo. As prudentes, todavia, levaram de reserva vasos de óleo junto com as lâmpadas. Tardando o esposo, cochilaram todas e adormeceram. No meio da noite, porém, ouviu-se um clamor: Eis o esposo, ide-lhe ao encontro. E as virgens levantaram-se todas e prepararam suas lâmpadas. As tolas disseram às prudentes: Dai-nos de vosso óleo, porque nossas lâmpadas se estão apagando. As prudentes responderam: Não temos o suficiente para nós e para vós; é preferível irdes aos vendedores, a fim de o comprardes para vós. Ora, enquanto foram comprar, veio o esposo. As que estavam preparadas entraram com ele para a sala das bodas e foi fechada a porta. Mais tarde, chegaram também as outras e diziam: Senhor, senhor, abre-nos! Mas ele respondeu: Em verdade vos digo: não vos conheço! Vigiai, pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora.

Liturgia Diária- 28/05/2018

SANTO AGOSTINHO DE CANTUÁRIA, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

27.05

Santo Agostinho, monge do mosteiro de Santo André do monte Célio, em Roma, foi mandado para a Grã-Bretanha por São Gregório, para evangelizar os Anglo-saxões. Hoje sabe-se que foi por expresso pedido dos reis ingleses que se iniciou esta missão; aqueles soberanos queriam que os seus súditos participassem na velha civilização romana. Santo Agostinho, com quarenta confrades, teve a felicidade de converter Etelberto, rei de Kent, cuja mulher era cristã; batizou-o no dia de Pentecostes de 597 com muitos dos seus vassalos. No mesmo ano foi consagrado bispo, e em 601 o papa enviou-lhe o pálio, com a dignidade de primado da Inglaterra. Santo Agostinho morreu em maio de 604 ou 605.

LEITURAS

Epístola (I Tess 2, 2-9)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Tessalonicenses. 

Irmãos: Apesar de maltratados e ultrajados em Filipos, como sabeis, ousamos, confiados em nosso Deus, pregar-vos o Evangelho de Deus em meio de muitas lutas. A nossa pregação não provém de erro, nem de intenções fraudulentas, nem de engano. Mas, como Deus nos julgou dignos de nos confiar o Evangelho, falamos, não para agradar aos homens, e sim a Deus, que sonda os nossos corações. Com efeito, nunca usamos de adulação, como sabeis, nem fomos levados por fins interesseiros. Deus é testemunha. Não buscamos glórias humanas, nem de vós nem de outros. Na qualidade de apóstolos de Cristo, poderíamos apresentar-nos como pessoas de autoridade. Todavia, nos fizemos discretos no meio de vós. Como a mãe a acariciar os seus filhinhos, assim, em nossa ternura por vós, desejávamos não só comunicar-vos o Evangelho de Deus, mas até a nossa própria vida, porquanto nos sois muito queridos. Vós vos lembrais, irmãos, dos nossos trabalhos e de nossa fadiga. Trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós, pregamo-vos o Evangelho de Deus.

Evangelho (Lc 10, 1-9)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo: designou o Senhor setenta e dois outros discípulos e mandou-os, dois a dois, adiante de si, por todas as cidades e lugares para onde ele tinha de ir. Disse-lhes: Grande é a messe, mas poucos são os operários. Rogai ao Senhor da messe que mande operários para a sua messe. Ide; eis que vos envio como cordeiros entre lobos. Não leveis bolsa nem mochila, nem calçado e a ninguém saudeis pelo caminho. Em toda casa em que entrardes, dizei primeiro: Paz a esta casa! Se ali houver algum homem pacífico, repousará sobre ele a vossa paz; mas, se não houver, ela tornará para vós. Permanecei na mesma casa, comei e bebei do que eles tiverem, pois o operário é digno do seu salário. Não andeis de casa em casa. Em qualquer cidade em que entrardes e vos receberem, comei o que se vos servir. Curai os enfermos que nela houver e dizei-lhes: O Reino de Deus está próximo.

Liturgia Diária- Festa da Santíssima Trindade

Festa de 1ª Classe- Missa Própria

O Dogma fundamental com que toda a religião cristã se relaciona é o da Santíssima Trindade, em nome da qual todos os fiéis são batizados.

A festa da Santíssima Trindade deve ser entendida e celebrada como prolongamento dos mistérios de Cristo, como expressão solene da nossa fé na vida trinitária das Pessoas divinas, na qual fomos introduzidos pelo batismo e plea Redenção de Cristo. Só no Céu poderemos compreender como, em Cristo, nos é possível ter lugar de filhos na própria vida de Deus!

Estabelecida no século IX, a festa da Santíssima Trindade só se estendeu à Igreja universal no século XIV. Mas o culto à Santíssima Trindade enche toda a liturgia. É em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, que começa e acaba a missa, os ofícios divinos, e se conferem os sacramentos. Todos os salmos terminam pelo Gloria Patri, os hinos pela doxologia, e as orações por uma conclusão em honra das três Pessoas divinas. A Igreja faz-nos constantemente louvar e adorar o Deus três vezes Santo, que usou conosco de tal misericórdia que nos tornou partícipes da sua própria vida.


Páginas 576 a 579 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


APENAS Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana.


Liturgia Diária- 26/05/2018

SÁBADO DAS TÊMPORAS DE PENTECOSTES

Oitava de 1ª Classe- Missa Própria

The-Pentecost

As ordenações do sábado das Quatro-Têmporas de Pentecostes enquadram-se admiravelmente na missa de hoje, em que quase todas as partes cantáveis são apelos veementes e glorificação emocionante da ação do Espírito Santo. Este mesmo acento apaixonado de Pentecostes se encontra na primeira leitura, na epístola e nas duas primeiras coletas. A missa, porém, no seu conjunto, cede lugar de primazia à ideia de jejum, comum às Quatro-Têmporas (notar as três coletas e a secreta) e à oferta das colheitas, particularidade da festa de Pentecostes tanto para o antigo povo judeu, como para os cristãos.

A estrutura da Missa dos Catecúmenos, com as seis leituras entrecortadas de cânticos, lembra a antiga velada noturna, durante a qual se conferiam as ordenações.


Páginas 564 a 572 do Missal Quotidiano.


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


LEITURAS

I Leitura (Joel 2, 28-32)


Eis a profecia de Joel, citada por São Pedro no seu discurso à multidão, depois do prodígio de Pentecostes (epístola da quarta-feira passada).


Leitura do profeta Joel.

Eis o que diz o Senhor Deus: Derramarei o meu Espírito sobre todo ser vivo: vossos filhos e vossas filhas profetizarão; vossos anciãos terão sonhos, e vossos jovens terão visões. Naqueles dias, derramarei também o meu Espírito sobre os escravos e as escravas. Farei aparecer prodígios no céu e na terra, sangue, fogo e turbilhões de fumo. O sol converter-se-á em trevas e a lua, em sangue, ao se aproximar o grandioso e temível dia do Senhor. Mas todo o que invocar o nome do Senhor será poupado, porque, sobre o monte Sião e em Jerusalém, haverá um resto, como o Senhor disse, e entre os sobreviventes estarão os que o Senhor tiver chamado.

II Leitura (Lv 23, 9-11; 15-17 e 21)


O Pentecostes era entre os Judeus a festa das colheitas. Depois das primícias oferecidas na Páscoa, contavam-se cinquenta dias para a oferta dum segundo sacrifício ao Senhor. A festa atual de Pentecostes vai buscar ali as suas remotas origens.


Leitura do Livro do Levítico.

Naqueles dias, o Senhor disse a Moisés: “Dize aos israelitas o seguinte: quando tiverdes entrado na terra que vos hei de dar, e fizerdes a ceifa, trareis ao sacerdote um molho de espigas como primícias de vossa ceifa. O sacerdote agitará esse molho de espigas diante do Senhor, para que ele vos seja favorável: fará isso no dia seguinte ao sábado. “A partir do dia seguinte ao sábado, desde o dia em que tiverdes trazido o molho para ser agitado, contareis sete semanas  completas. Contareis cinqüenta dias até o dia seguinte ao sétimo sábado, e apresentareis ao Senhor uma nova oferta. Trareis de vossa casa dois pães feitos de dois décimos de flor de farinha, cozidos com fermento, para agitá-los como oferta; são as primícias do Senhor. Nesse mesmo dia anunciareis a festa e convocareis uma santa assembléia: não fareis trabalho algum servil. Esta é uma lei perpétua para vossos descendentes, em qualquer lugar onde habitardes.

III Leitura (Dt 26,1-11)


Festa das fartas colheitas da Palestina, o Pentecostes lembrava aos judeus que deviam ao Senhor o país fértil onde os havia conduzido, depois de os arrancar à terra da escravidão. Presságios da Igreja e de suas colheitas espirituais, realizadas nos santos mistérios da Páscoa e do Pentecostes cristãos.


Leitura do Livro do Deuteronômio.

Naqueles dias, disse Moisés aos filhos de Israel: Ouvi Israel, Quando tiveres entrado na terra que o Senhor, teu Deus, te dá em herança, e ali te tiveres estabelecido, tomarás as primícias de todos os frutos do solo, que colheres na terra que te dá o Senhor, teu Deus, e, pondo-as num cesto, irás ao lugar escolhido pelo Senhor, teu Deus, para aí habitar seu nome. Apresentar-te-ás diante do sacerdote, que estiver em serviço naquele momento, e lhe dirás: reconheço hoje, diante do Senhor, meu Deus, que entrei na terra que o Senhor tinha jurado a nossos pais nos dar. O sacerdote, recebendo o cesto de tua mão depô-lo-á diante. do altar do Senhor, teu Deus. Dirás então em presença do Senhor, teu Deus: meu pai era um arameu prestes a morrer, que desceu ao Egito com um punhado de gente para ali viverem como forasteiros, mas tornaram-se ali um povo grande, forte e numeroso. Os egípcios afligiram-nos e oprimiram-nos, impondo-nos uma penosa servidão. Clamamos então ao Senhor, o Deus de nossos pais, e ele ouviu nosso clamor, e viu nossa aflição, nossa miséria e nossa angústia. O Senhor tirou-nos do Egito com sua mão poderosa e o vigor de seu braço, operando prodígios e portentosos milagres. Conduziu-nos a esta região e deu-nos esta terra que mana leite mel. Por isso trago agora as primícias dos frutos do solo que me destes, ó Senhor. Dito isto, deporás o cesto diante do Senhor, teu Deus, prostrando-te em sua presença. Depois, alegrar-te-ás por todos os bens que o Senhor, teu Deus, te tiver dado, a ti e à tua casa, tu e o levita, e o estrangeiro que mora no meio de ti.

IV Leitura (Lv 26, 3-12)


A fidelidade a Deus é condição da Aliança Nova, como o fora da Antiga, e fonte de bençãos celestes.


Leitura do Livro de Levítico. 

Naqueles dias disse o Senhor a Moisés: Falarás aos filhos de Israel e lhes dirá: Se seguirdes minhas leis e guardardes os meus preceitos e os praticardes, eu vos darei as chuvas nos seus tempos. A terra dará o seu produto e as árvores da terra se carregarão de frutos. A debulha do trigo prolongar-se-á até a vindima, e a vindima até a sementeira; comereis o vosso pão à saciedade, e habitareis em segurança na vossa terra. Darei paz à vossa terra, e vosso sono não será perturbado. Afastarei da terra os animais nocivos, e a espada não passará pela vossa terra. Quando perseguirdes os vossos inimigos, cairão sob vossa espada. Cinco dentre vós perseguirão um cento, e cem dos vossos perseguirão dez mil, e os vossos inimigos cairão sob vossa espada. Eu me voltarei para vós, e vos farei crescer; multiplicar-vos-ei e ratificarei a minha aliança convosco. Comereis as colheitas antigas, bem conservadas, e lançareis fora as velhas, para dar lugar às novas. Porei o meu tabernáculo no meio de vós, e a minha alma não vos rejeitará. Andarei entre vós: serei o vosso Deus e vós sereis o meu povo.

V Leitura (Dn 3, 47-51)

Leitura do profeta Daniel.

Naqueles dias: O anjo do Senhor havia descido com Azarias e seus companheiros à fornalha e afastava o fogo. Fez do centro da fogueira como um lugar onde soprasse uma brisa matinal: o fogo nem mesmo os tocava, nem lhes fazia mal algum, nem lhes causava a menor dor. Então os três jovens elevaram suas vozes em uníssono para louvar, glorificar e bendizer a Deus dentro da fornalha, neste cântico:

Epístola (Rm 5, 1-5)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Romanos.

Irmãos: Justificados, pois, pela fé temos a paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo. Por ele é que tivemos acesso a essa graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança de possuir um dia a glória de Deus. Não só isso, mas nos gloriamos até das tribulações. Pois sabemos que a tribulação produz a paciência, a paciência prova a fidelidade e a fidelidade, comprovada, produz a esperança. E a esperança não engana. Porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

Evangelho (Lc 4, 38-44)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo: Saindo Jesus da sinagoga, entrou na casa de Simão. A sogra de Simão estava com febre alta; e pediram-lhe por ela. Inclinando-se sobre ela, ordenou ele à febre, e a febre deixou-a. Ela levantou-se imediatamente e pôs-se a servi-los. Depois do pôr-do-sol, todos os que tinham enfermos de diversas moléstias lhos traziam. Impondo-lhes a mão, os sarava. De muitos saíam os demônios, aos gritos, dizendo: Tu és o Filho de Deus. Mas ele repreendia-os severamente, não lhes permitindo falar, porque sabiam que ele era o Cristo. Ao amanhecer, ele saiu e retirou-se para um lugar afastado. As multidões o procuravam e foram até onde ele estava e queriam detê-lo, para que não as deixasse. Mas ele disse-lhes: É necessário que eu anuncie a boa nova do Reino de Deus também às outras cidades, pois essa é a minha missão. E andava pregando nas sinagogas da Galiléia.

Liturgia Diária- 25/05/2018

SEXTA-FEIRA DAS TÊMPORAS DE PENTECOSTES

Oitava de 1ª Classe- Missa Própria

7_icone_de_la_pentecote

Joel anunciara a vinda dos tempos messiânicos e o regresso a uma era de excepcional prosperidade. A abundância das colheitas seria o sinal palpável da proteção divina e da presença de Deus no meio do seu povo (epístola). Nas Têmporas do Verão, a Igreja invoca as bençãos de Deus para a próxima colheita. Mas, ultrapassando os limites dos interesses meramente terrenos, o seu pensamento reporta-se principalmente aos dons sobrenaturais, que o Espírito Santo, nela presente, derrama sobre os fiéis. A mesma sobreposição dos dois planos – natural e sobrenatural -, como no evangelho, onde nos aparece o paralítico curado de alma e corpo. A segunda cura fornece a prova da primeira, e mais profundamente, da presença de Deus entre o seu povo.


Páginas 561 a 564 do Missal Quotidiano.


Hoje não haverá Missa.


LEITURAS

Epístola (Joel 2,13-24 e 26-27)

Leitura do profeta Joel. 

Eis o que diz o Senhor Deus:  Alegrai-vos, filhos de Sião, e rejubilai no Senhor, vosso Deus, porque ele vos dá as chuvas do outono no tempo oportuno, e faz cair chuvas copiosas sobre vós, as chuvas do outono e da primavera, como dantes. As eiras se encherão de trigo, os lagares transbordarão de vinho e de óleo novo. Comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do Senhor, vosso Deus, que fez maravilhas em vosso favor; e jamais meu povo será confundido. Sabereis então que estou no meio de Israel, que sou o Senhor, vosso Deus, e que não há outro. E jamais meu povo será confundido.

Evangelho (Lc 5,17-26)

Continuação do Santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo Segundo São Lucas:

Naquele tempo, estava Jesus ensinando, estando sentados ao seu redor  fariseus e doutores da lei, vindos de todas as localidades da Galiléia, da Judéia e de Jerusalém. E o poder do Senhor fazia-o realizar várias curas. Apareceram algumas pessoas trazendo num leito um homem paralítico; e procuravam introduzi-lo na casa e pô-lo diante dele. Mas não achando por onde o introduzir, por causa da multidão, subiram ao telhado e por entre as telhas o arriaram com o leito ao meio da assembléia, diante de Jesus. Vendo a fé que tinham, disse Jesus: Meu amigo, os teus pecados te são perdoados. Então os escribas e os fariseus começaram a pensar e a dizer consigo mesmos: Quem é este homem que profere blasfêmias? Quem pode perdoar pecados senão unicamente Deus? Jesus, porém, penetrando nos seus pensamentos, replicou-lhes: Que pensais nos vossos corações? Que é mais fácil dizer: Perdoados te são os pecados; ou dizer: Levanta-te e anda? Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra poder de perdoar pecados (disse ele ao paralítico), eu te ordeno: levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.
No mesmo instante, levantou-se ele à vista deles, tomou o leito e partiu para casa, glorificando a Deus. Todos ficaram transportados de entusiasmo e glorificavam a Deus; e tomados de temor, diziam: Hoje vimos coisas maravilhosas.

Liturgia Diária- 24/05/2018

QUINTA-FEIRA DA OITAVA DE PENTECOSTES

Oitava de 1ª Classe- Missa do Domingo com Leituras próprias

Anthonis_van_Dyck3ph (1)

Tardiamente introduzida, a missa de quinta-feira de Pentecostes limita-se a repetir os textos da festa, com exceção da epístola e do evangelho.

Apoiados no nome de Jesus, os Apóstolos garantem a autenticidade da sua pregação, fazendo os mesmos portentosos milagres que Ele operou: as expulsões dos demônios significam, aqui, de modo particular, que o reino de Deus já chegou. Jesus havia anunciado a rápida extensão da Igreja pela pregação dos Apóstolos, que, de aldeia em aldeia, iriam levar a “Boa-nova” aos que quisessem ouvi-la.

LEITURAS

Epístola (At 8, 5-8)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naquele tempo: Filipe desceu à cidade de Samaria, pregando-lhes Cristo. A multidão estava atenta ao que Filipe lhe dizia, escutando-o unanimemente e presenciando os prodígios que fazia. Pois os espíritos imundos de muitos possessos saíam, levantando grandes brados. Igualmente foram curados muitos paralíticos e coxos. Por esse motivo, naquela cidade reinava grande alegria…

Evangelho (Lc 9, 1-6)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo: Reunindo Jesus os doze apóstolos, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, e para curar enfermidades. Enviou-os a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos. Disse-lhes: Não leveis coisa alguma para o caminho, nem bordão, nem mochila, nem pão, nem dinheiro, nem tenhais duas túnicas. Em qualquer casa em que entrardes, ficai ali até que deixeis aquela localidade. Onde ninguém vos receber, deixai aquela cidade e em testemunho contra eles sacudi a poeira dos vossos pés. Partiram, pois, e percorriam as aldeias, pregando o Evangelho e fazendo curas por toda parte.

Liturgia Diária- 23/05/2018

QUARTA-FEIRA DAS TÊMPORAS DE PENTECOSTES

Oitava de 1ª Classe- Missa Própria

6a00d8341bffb053ef00e54f2a49c28834-500wi

Aparte as leituras, que são mais numerosas, as missas das Quatro-Têmporas do Verão em nada se distinguem dos demais dias da oitava. Não possuem as características habituais das Quatro-Têmporas. 

Na missa de hoje, o evangelho fala duma presença particular do Espírito de Deus e duma especial proteção divina dispensada ao povo cristão. Esta afirmação encontramo-la logo no introito e é o tema dos demais textos litúrgicos deste dia. As curas e manifestações do Espírito, a seguir ao Pentecostes, interpreta-as São Pedro como realização da profecia de Joel, que anunciara essa mesma efusão universal do Espírito divino nos tempos messiânicos. Deus está com o seu povo, a quem ensina, esclarece, alimenta, conduz e salva desde já, guiando-o pelos caminhos de seu destino eterno.


Páginas 555 a 559 do Missal Quotidiano.


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


LEITURAS

Leitura (At 2, 14-21)


O cumprimento da profecia de Joel revela a chegada dos tempos messiânicos, caracterizados pela efusão plena do Espírito Santo.


Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naquele tempo: Pedro, pondo-se de pé em companhia dos Onze, com voz forte lhes disse: Homens da Judéia e vós todos que habitais em Jerusalém: seja-vos isto conhecido e prestai atenção às minhas palavras. Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, visto não ser ainda a hora terceira do dia. Mas cumpre-se o que foi dito pelo profeta Joel: Acontecerá nos últimos dias – é Deus quem fala -, que derramarei do meu Espírito sobre todo ser vivo: profetizarão os vossos filhos e as vossas filhas. Os vossos jovens terão visões, e os vossos anciãos sonharão. Sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei naqueles dias do meu Espírito e profetizarão. Farei aparecer prodígios em cima, no céu, e milagres embaixo, na terra: sangue fogo e vapor de fumaça. O sol se converterá em trevas e a lua em sangue, antes que venha o grande e glorioso dia do Senhor. E então todo o que invocar o nome do Senhor será salvo (Jl 3,1-5)

Epístola (At 5, 12-16)


Este breve passo dos Atos recorda, além do poder miraculoso e prestígio dos Apóstolos, o rápido progresso da primeira comunidade cristã.


Leitura dos Atos dos Apóstolos. 

Naqueles dias, realizavam-se, entre o povo, pelas mãos dos apóstolos, muitos milagres e prodígios. Reuniam-se eles todos unânimes no pórtico de Salomão. Dos outros ninguém ousava juntar-se a eles, mas o povo lhes tributava grandes louvores. Cada vez mais aumentava a multidão dos homens e mulheres que acreditavam no Senhor. De maneira que traziam os doentes para as ruas e punham-nos em leitos e macas, a fim de que, quando Pedro passasse, ao menos a sua sombra cobrisse alguns deles. Também das cidades vizinhas de Jerusalém afluía muita gente, trazendo os enfermos e os atormentados por espíritos imundos, e todos eles eram curados.

Evangelho (Jo 6, 44-52)


A nossa doação a Jesus Cristo é simultaneamente obra do Pai, que nos atrai, do Espírito, que nos torna permeáveis aos ensinamentos divinos, e do próprio Cristo, que nos alimenta de sua carne e comunica a sua vida.


Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o atrair; e eu hei de ressuscitá-lo no último dia. Está escrito nos profetas: Todos serão ensinados por Deus (Is 54,13). Assim, todo aquele que ouviu o Pai e foi por ele instruído vem a mim. Não que alguém tenha visto o Pai, pois só aquele que vem de Deus, esse é que viu o Pai. Em verdade, em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Vossos pais, no deserto, comeram o maná e morreram. Este é o pão que desceu do céu, para que não morra todo aquele que dele comer. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo. A essas palavras, os judeus começaram a discutir, dizendo: Como pode este homem dar-nos de comer a sua carne?

Liturgia Diária- 22/05/2018

TERÇA-FEIRA DA OITAVA DE PENTECOSTES

Missa de 1ª Classe- Missa Própria

HS Icon New

A Igreja continua a dirigir-se aos filhos mais novos, que adquiriu no batismo do Sábado Santo e da vigília de Pentecostes.

Convida-os a render graças a Deus pelo benefício imenso da vocação cristã (introito). Participam já dos dons do seu Espírito (epístola), que purifica e santifica os corações, esclarece as inteligências, e lhes dá o vigor indispensável para rebaterem as potências adversas (oração). Andam à sombra do cajado do Pastor divino, que, após haver dado a vida por suas ovelhas, continua, vigilante, junto delas, defendendo-as, conduzindo-as às melhores pastagens da sua Igreja (evangelho). 

LEITURAS

Epístola (At 8, 14-17 )


Aos novos convertidos da Samaria, batizados pelo diácono Filipe, a oração dos Apóstolos e a imposição das mãos confere o dom do Espírito Santo. É o sacramento da confirmação.


Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naquele tempo: Os apóstolos que se achavam em Jerusalém, tendo ouvido que a Samaria recebera a palavra de Deus, enviaram-lhe Pedro e João. Estes, assim que chegaram, fizeram oração pelos novos fiéis, a fim de receberem o Espírito Santo, visto que não havia descido ainda sobre nenhum deles, mas tinham sido somente batizados em nome do Senhor Jesus. Então os dois apóstolos lhes impuseram as mãos e receberam o Espírito Santo.

Evangelho (Jo 10, 1-10)


Comentando este evangelho, Santo Agostinho, que se havia perdido por tantas escolas de filósofos, tem intuições pessoalíssimas e lembra que, se muitos pretendem o cargo de pastores, só há, contudo, um Pastor, que pode dar a vida, porque só Ele é a vida eterna de suas ovelhas.


Sequência do Santo Evangelho segundo João. 

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Em verdade, em verdade vos digo: quem não entra pela porta no aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador. Mas quem entra pela porta é o pastor das ovelhas. A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz. Ele chama as ovelhas pelo nome e as conduz à pastagem. Depois de conduzir todas as suas ovelhas para fora, vai adiante delas; e as ovelhas seguem-no, pois lhe conhecem a voz.Mas não seguem o estranho; antes fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos.
Jesus disse-lhes essa parábola, mas não entendiam do que ele queria falar. Jesus tornou a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: eu sou a porta das ovelhas. Todos quantos vieram antes de mim foram ladrões e salteadores, mas as ovelhas não os ouviram. Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim será salvo; tanto entrará como sairá e encontrará pastagem. O ladrão não vem senão para furtar, matar e destruir. Eu vim para que as ovelhas tenham vida e para que a tenham em abundância.

Liturgia Diária- 21/05/2018

SEGUNDA-FEIRA DA OITAVA DE PENTECOSTES

1ª Classe- Missa Própria

Holy Spirit

A oitava de Pentecostes lembra a oitava da Páscoa. A Igreja manifesta aos batizados a sublimidade da vida em que ingressaram, e os benefícios abundantes de que é fonte.

A epístola e o evangelho da missa revelam que a salvação da humanidade repousa na fé de Cristo ressuscitado. É preciso acreditar n’Ele para ser salvo, mas, donde quer que se venha, do judaísmo ou do mundo pagão, aquele que acreditar em Jesus Cristo, pode receber o batismo e a remissão dos pecados. A proclamação da universalidade da salvação é um dos pontos de doutrina essenciais da festa de Pentecostes. Mais vezes a ela se há de aludir no decurso desta semana.

LEITURAS

Leitura (At 10, 34 e 42-48 )


Toda a gente, sem exceção, se pode salvar. Desde os primórdios da Igreja, foram transpostas as fronteiras do judaísmo. À pregação de Pedro, o Espírito Santo desce sobre os pagãos, que recebem o batismo.


Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naquele tempo, Pedro tomou a palavra e disse: Em verdade, reconheço que Deus não faz distinção de pessoas, Ele nos mandou pregar ao povo e testemunhar que é ele quem foi constituído por Deus juiz dos vivos e dos mortos. Dele todos os profetas dão testemunho, anunciando que todos os que nele crêem recebem o perdão dos pecados por meio de seu nome. Estando Pedro ainda a falar, o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a (santa) palavra. Os fiéis da circuncisão, que tinham vindo com Pedro, profundamente se admiraram, vendo que o dom do Espírito Santo era derramado também sobre os pagãos; pois eles os ouviam falar em outras línguas e glorificar a Deus. Então Pedro tomou a palavra: Porventura pode-se negar a água do batismo a estes que receberam o Espírito Santo como nós? E mandou que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Rogaram-lhe então que ficasse com eles por alguns dias.

Evangelho (Jo 3, 16-21)


A fé em Jesus, Salvador do mundo, é condição essencial de salvação. O que recusa mudar de vida, para creditar n’Ele, está julgado de antemão.


Sequência do Santo Evangelho segundo João. 

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: De tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado; por que não crê no nome do Filho único de Deus. Ora, este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, pois as suas obras eram más. Porquanto todo aquele que faz o mal odeia a luz e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas aquele que pratica a verdade, vem para a luz. Torna-se assim claro que as suas obras são feitas em Deus.

Liturgia Diária- Domingo de Pentecostes

Festa de 1ª Classe- Missa Própria

O dom do Espírito Santo fora anunciado pelos profetas para os tempos messiânicos. A sua descida sobre os Apóstolos é o pórtico desta era nova. Funda-se então a Igreja, e lhe é conferido o espírito de Cristo, “para renovar a face da terra”. A narrativa dos Atos recorda os acontecimentos do dia de Pentecostes: a descida do Espírito Santo sobre os Apóstolos e os fenômenos que a acompanham, particularmente o milagre das línguas, símbolo da Missão universal dos Apóstolos. Todas as nações são chamadas a ouvir a proclamação da Boa-Nova.

A esta presença do Espírito Santo, que inspira e dirige a Igreja, na sua missão de pregar o Evangelho até aos confins do mundo, acresce uma outra presença mais íntima e mais pessoal, que faz dos Apóstolos homens novos, transformando-lhes a própria natureza. A sequência da missa e o hino de vésperas descrevem e evocam esta ação penetrante do Espírito Santo no coração dos fiéis. A leitura do livro dos Atos durante toda a oitava, mostrará esta dupla ação do Espírito Santo na Igreja e na alma dos crentes.


Páginas 542 a 549 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa APENAS às 15:30 horas na Catedral Santa Terezinha. 


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sb 1,7*; Sl 67,2)

O Espírito do Senhor encheu toda a Terra, aleluia, e porque encerra todas as coisas, possui a ciência da palavra, aleluia, aleluia, aleluia. Sl. Levante-se Deus e pereçam os seus inimigos; fujam da sua presença os que O odeiam. Glória ao Pai.

Coleta


“Recta sapere! Consolatione gaudere!” A presença do Espírito na alma é fonte de retidão e alegria.


Ó Deus, que Vos dignastes ilustrar neste dia o coração dos vossos fiéis pela efusão do Espírito Santo, fazei pelo mesmo Espírito que obremos o que é reto, e nos alegremos sempre com a proteção da sua presença. Por Nosso Senhor… que vive e reina na unidade do mesmo Espírito Santo.

Epístola (At 2, 1-11 )


Realiza-se a promessa de Cristo: os Apóstolos recebem o Espírito Santo, e, fortificados com Ele, partem até aos confins do mundo, a pregar o Evangelho e a dar testemunho de Cristo.


Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naquele tempo: Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. Achavam-se então em Jerusalém judeus piedosos de todas as nações que há debaixo do céu. Ouvindo aquele ruído, reuniu-se muita gente e maravilhava-se de que cada um os ouvia falar na sua própria língua. Profundamente impressionados, manifestavam a sua admiração: Não são, porventura, galileus todos estes que falam? Como então todos nós os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna? Partos, medos, elamitas; os que habitam a Macedônia, a Judeia, a Capadócia, o Ponto, a Ásia, a Frígia, a Panfília, o Egito e as províncias da Líbia próximas a Cirene; peregrinos romanos,  judeus ou prosélitos, cretenses e árabes; ouvimo-los publicar em nossas línguas as maravilhas de Deus!

1º Aleluia (Sl 103,30*)


O Espírito que, no princípio criou o mundo, renova agora a face da terra. É uma segunda criação, que, na ordem sobrenatural, refaz todas as coisas, segundo os planos de Deus.


Aleluia, aleluia. Enviai, Senhor, o vosso Espírito e eles renascerão em corpo e alma e então renovar-se-á a face da terra.

2º Aleluia

Aleluia (Ajoelha-se). Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor.

Sequência  (Estevão Langton, arcebispo de Cantunária, 1228)

Veni, Sancte Spiritus,                               Vinde Santo Espírito
et emitte caelitus,                                 e mandai-nos, lá do céu
lucis tuae radium.                               um raio da Vossa Luz

Veni, pater pauperum,                               Vinde até nós, Pai dos pobres,
veni, dator munerum,                               caudal de todos os dons,
veni, lumen cordium.                               e fulgor dos corações.

Consolator optime,                               Ó Consolador supremo,
dulcis hospes animae,                               hóspede santo das almas,
dulce refrigerium.                               refrigério dulcíssimo.

In labore requies,                               No trabalho sois descanso,
in aestu temperies,                               a calma na turbação,
in fletu solatium.                               sois bálsamo no pranto.

O lux beatissima,                               inundai, ó luz santíssima,
reple cordis intima,                               os lugares mais profundos,
tuorum fidelium.                               das vossas almas fiéis.

Sine tuo numine,                               Sem a Vossa proteção,
nihil est in homine,                               nada subsiste no homem,
nihil est innoxium.                               sem a jaça do pecado.

Lava quod est sordidum,                               Lavai toda a impureza
riga quod est aridum,                               fecundai toda a aridez,
sana quod est saucium.                               curai todas as feridas.

Flecte quod est rigidum,                               Curvai-nos o nosso orgulho,
fove quod est frigidum,                               fundi-nos o nosso gelo,
rege quod est devium.                               velai o nosso extravio.

Da tuis fidelibus,                               Dá a Vossos fiéis,
in te confidentibus,                               que em Vós confiam,
sacrum septenarium.                               os sete dons sagrados.

Da virtutis meritum,                               Coroai-lhes a virtude,
da salutis exitum,                               dai-lhes o porto da glória,
da perenne gaudium,                                e a alegria que não finda. 

Amen. Aleluia. 

Evangelho  (Jo 14, 23-31)


Tirado do discurso depois da Ceia, o evangelho da festa de Pentecostes é uma das mais belas perícopes do ensino de Jesus respeitante à missão do Espírito Santo. 


Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Se me amais, guardareis os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco. É o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós. Não vos deixarei órfãos. Voltarei a vós. Ainda um pouco de tempo e o mundo já não me verá. Vós, porém, me tornareis a ver, porque eu vivo e vós vivereis. Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim e eu em vós. Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é que me ama. E aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu o amarei e manifestar-me-ei a ele.

Ofertório (Sl 67, 29-30)

Ratificai isto, Senhor, que fizeste conosco. Do vosso templo que está em Jerusalém, os reis oferecer-vos-ão presentes, aleluia.

Secreta

Dignai-Vos, santificar, Senhor, este sacrifício que Vos oferecemos e lavai os nossos corações com a luz do Espírito Santo. Por Nosso Senhor…. que vive e reina na unidade do mesmo Espírito Santo.

Comunhão (Atos 2, 2;4)

Ouviu-se de repente um ruído vindo do céu, como um vento impetuoso que passasse, no lugar onde estavam sentados, aleluia. E ficaram todos cheios do Espírito Santo, a falar das grandezas de Deus, aleluia, aleluia.

Pós-comunhão

Que a efusão do Espírito Santo, Senhor, nos lave os corações e os fecunde com o orvalho da vossa graça. Por Nosso Senhor… que vive e reina na unidade do mesmo Espírito Santo. 


PARTITURAS E AÚDIOS

 

Liturgia Diária- 19/05/2018

VIGÍLIA DE PENTECOSTES

1ª Classe- Missa Própria

Antigamente batizavam-se no dia de Pentecostes, os catecúmenos, que o não tinham podido ser na noite da Páscoa. É por essa razão que toda a missa canta a renovação batismal pela ação do Espírito Santo. Ao contrário das outras vigílias, a liturgia é toda festiva, como na vigília pascal.

Páginas 538 a 541 do Missal Quotidiano.


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


LEITURAS

Leitura (At 19, 1-8)


João batizava com água; o batismo cristão confere-se “pela água e pelo Espírito Santo”; purifica do pecado e infunde a vida divina aos que o recebem.


Leitura dos Atos dos Apóstolos. 

Naquele tempo: Enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo atravessou as províncias superiores e chegou a Éfeso, onde achou alguns discípulos e indagou deles:  Recebestes o Espírito Santo, quando abraçastes a fé? Responderam-lhe: Não, nem sequer ouvimos dizer que há um Espírito Santo! Então em que batismo fostes batizados?, perguntou Paulo. Disseram: No batismo de João. Paulo então replicou: João só dava um batismo de penitência, dizendo ao povo que cresse naquele que havia de vir depois dele, isto é, em Jesus. Ouvindo isso, foram batizados em nome do Senhor Jesus. E quando Paulo lhes impôs as mãos, o Espírito Santo desceu sobre eles, e falavam em línguas estranhas e profetizavam. Eram ao todo uns doze homens. Paulo entrou na sinagoga e falou com desassombro por três meses, disputando e persuadindo-os acerca do Reino de Deus.

Evangelho (Jo 14, 15-21)


Ser batizado é entrar nas relações de intimidade espiritual das três Pessoas Divinas. É este o privilégio dos cristãos.


Sequência do Santo Evangelho segundo João. 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: Se me amais, guardareis os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco. É o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós. Não vos deixarei órfãos. Voltarei a vós. Ainda um pouco de tempo e o mundo já não me verá. Vós, porém, me tornareis a ver, porque eu vivo e vós vivereis.  Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim e eu em vós. Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é que me ama. E aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu o amarei e manifestar-me-ei a ele.

Liturgia Diária- 18/05/2018

SÃO VENÂNCIO, Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa “Protexisti”, com orações próprias

São Venâncio era um bispo dálmata, mártir da perseguição de Décio, cerca de 250. Seu corpo foi levado para Roma por João IV. É o padroeiro de Camerino, nas Marcas. 


Páginas 1073 a 1074 e 840 a 844 do Missal Quotidiano.


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


LEITURAS

Epístola (II Tim 2, 8-10; 3, 10-12)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo a Timóteo.

Caríssimo: Lembra-te de Jesus Cristo, saído da estirpe de Davi e ressuscitado dos mortos, segundo o meu Evangelho, pelo qual estou sofrendo até as cadeias como um malfeitor. Mas a palavra de Deus, esta não se deixa acorrentar. Pelo que tudo suporto por amor dos escolhidos, para que também eles consigam a salvação em Jesus Cristo, com a glória eterna. Tu, pelo contrário, te aplicaste a seguir-me de perto na minha doutrina, no meu modo de vida, nos meus planos, na minha fé, na minha paciência, na minha caridade, na minha constância, nas minhas perseguições, nas provações que me sobrevieram em Antioquia, em Icônio, em Listra. Que perseguições tive que sofrer! E de todas me livrou o Senhor. Pois todos os que quiserem viver piedosamente, em Jesus Cristo, terão de sofrer a perseguição.

Evangelho (Jo 15, 1-7)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus a Seus discípulos: Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que não der fruto em mim, ele o cortará; e podará todo o que der fruto, para que produza mais fruto. Vós já estais puros pela palavra que vos tenho anunciado. Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. O ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Assim também vós: não podeis tampouco dar fruto, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não permanecer em mim será lançado fora, como o ramo. Ele secará e hão de ajuntá-lo e lançá-lo ao fogo, e queimar-se-á. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito.

Liturgia Diária- 17/05/2018

SÃO PASCOAL BAYLON, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” (1ª do Comum dos Confessores) com Coleta própria

São Pascoal, pobre pastor aragonês, entrou aos vinte e quatro anos para irmão converso na Ordem dos Frades Menores descalços, e aí se tornou modelo de austeridade, de obediência e de pobreza absoluta. Meditava tão profundamente nas coisas de Deus, que caía em êxtase. Animava-o uma grande devoção à Sagrada Eucaristia e passava horas em oração diante do sacrário. Morreu em 17 de maio de 1592. Leão XIII proclamou-o patrono dos congressos e de todas as obras eucarísticas. 

LEITURAS

Leitura (Eclo 31,8-11)

Bem-aventurado o rico que foi achado sem mácula, que não correu atrás do ouro, que não colocou sua esperança no dinheiro e nos tesouros! Quem é esse homem para que o felicitemos? Ele fez prodígios durante sua vida. Àquele que foi tentado pelo ouro e foi encontrado perfeito, está reservada uma glória eterna: ele podia transgredir a lei e não a violou; ele podia fazer o mal e não o fez. Por isso seus bens serão fortalecidos no Senhor, e toda a assembléia dos santos louvará suas esmolas.

Evangelho (Lc 12, 35-40)

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Estejam cingidos os vossos rins e acesas as vossas lâmpadas. Sede semelhantes a homens que esperam o seu senhor, ao voltar de uma festa, para que, quando vier e bater à porta, logo lha abram. Bem-aventurados os servos a quem o senhor achar vigiando, quando vier! Em verdade vos digo: cingir-se-á, fá-los-á sentar à mesa e servi-los-á. Se vier na segunda ou se vier na terceira vigília e os achar vigilantes, felizes daqueles servos! Sabei, porém, isto: se o senhor soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria sem dúvida e não deixaria forçar a sua casa. Estai, pois, preparados, porque, à hora em que não pensais, virá o Filho do Homem.

Liturgia Diária- 16/05/2018

SANTO UBALDO, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Statuit” com Coleta própria

Santo Ubaldo, bispo de Gubbio, sua cidade natal, deixou na Itália central a lembrança de um bispo inteiramente consagrado aos deveres de seu múnus. Levou vida de grande austeridade. A coleta da missa faz alusão ao seu poder sobre os demônios. Pertencia à ordem dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho. Morreu em 16 de maio de 1160.

LEITURAS

Leitura (Eclo 44,16-27;45,3-20)

Leitura do livro do Eclesiástico. 

Eis o grande sacerdote que nos dias de sua vida agradou a Deus e foi considerado Justo; no tempo da ira tornou-se a reconciliação dos homens. Ninguém o igualou na observância das leis do Altíssimo. Por isso jurou que o havia de glorificar em sua descendência. Abençoou nele todas as nações e confirmou sua aliança sobre sua cabeça. Distinguiu-o com as suas bençãos; conservou-lhe a sua misericórdia e ele achou graça diante do Senhor. Enalteceu-o diante dos reis e deu-lhe uma coroa de glória. Fez com ele uma aliança eterna; deu-lhe o sumo sacerdócio, e encheu-o de felicidade na glória,  para exercer o sacerdócio e, cantar louvores a seu Nome, e oferecer-Lhe dignamente incenso de agradável odor.

Evangelho (Mt 25, 14-23)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos essa parábola: O reino dos céus é como um homem que, tendo de viajar, reuniu seus servos e lhes confiou seus bens. A um deu cinco talentos; a outro, dois; e a outro, um, segundo a capacidade de cada um. Depois partiu.Logo em seguida, o que recebeu cinco talentos negociou com eles; fê-los produzir, e ganhou outros cinco.Do mesmo modo, o que recebeu dois, ganhou outros dois. Mas, o que recebeu apenas um, foi cavar a terra e escondeu o dinheiro de seu senhor. Muito tempo depois, o senhor daqueles servos voltou e pediu-lhes contas. O que recebeu cinco talentos, aproximou-se e apresentou outros cinco: – Senhor, disse-lhe, confiaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei.’ Disse-lhe seu senhor: – Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor. O que recebeu dois talentos, adiantou-se também e disse: – Senhor, confiaste-me dois talentos; eis aqui os dois outros que lucrei. Disse-lhe seu senhor: – Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor.

Liturgia Diária- 15/05/2018

SÃO JOÃO BATISTA DE LA SALLE, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi”, 1ª do comum dos confessores, com Coleta e evangelhos próprios

São João Batista de La Salle pertencia a uma nobre família de Reims. Vindo a ser padre e cônego da diocese de Reims, renunciou ao canonicato e dedicou-se à educação de crianças pobres. Fundou os “Irmãos das Escolas Cristãs”, que se espalharam por todo o mundo; herdeiros do seu espírito, consagram, como ele, toda a sua vida à formação cristã das crianças e jovens. São João Batista de La Salle morreu em Ruão, em 7 de abril de 1719. Foi canonizado por Leão XIII. Pio XII deu-o por padroeiro a todos os educadores da juventude.

LEITURAS

Leitura (Eclo 31, 8-11)

Leitura do Livro do Eclesiástico

Bem-aventurado o homem que foi achado sem mácula, que não correu atrás do ouro, que não colocou sua esperança no dinheiro e nos tesouros! Quem é esse homem para que o felicitemos? Ele fez prodígios durante sua vida. Àquele que foi tentado pelo ouro e foi encontrado perfeito, está reservada uma glória eterna: ele podia transgredir a lei e não a violou; ele podia fazer o mal e não o fez. Por isso seus bens serão fortalecidos no Senhor, e toda a assembléia dos santos louvará suas esmolas.

Evangelho (Mt 18,1-5)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus. 

Naquele tempo: os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram-lhe: Quem é o maior no Reino dos céus? Jesus chamou uma criancinha, colocou-a no meio deles e disse: Em verdade vos declaro: se não vos transformardes e vos tornardes como criancinhas, não entrareis no Reino dos céus. Aquele que se fizer humilde como esta criança será maior no Reino dos céus. E o que recebe em meu nome a um menino como este, é a mim que recebe.

Liturgia Diária- 14/05/2018

SÃO BONIFÁCIO, Mártir

Comemoração- Missa do Domingo, com 2ªs orações próprias

A liturgia romana festeja hoje um mártir de Tarso, cujas relíquias foram levadas para Roma em época muito remota. O culto de São Bonifácio, vindo do Oriente, manteve-se em Roma em 14 de maio, que parece ser a data da trasladação do seu corpo. 

LEITURAS

 

Epístola (I Pe 4,7-11)


“Para que em tudo Deus seja glorificado”: transformada pela caridade, a vida do cristão presta continuamente testemunho à presença e à ação de Deus nela. 


Leitura da Epístola de São Pedro Apóstolo. 

Caríssimos: O fim de todas as coisas está próximo. Sede, portanto, prudentes e vigiai na oração. Antes de tudo, mantende entre vós uma ardente caridade, porque a caridade cobre a multidão dos pecados (Pr 10,12). Exercei a hospitalidade uns para com os outros, sem murmuração. Como bons dispensadores das diversas graças de Deus, cada um de vós ponha à disposição dos outros o dom que recebeu: a palavra, para anunciar as mensagens de Deus; um ministério, para exercê-lo com uma força divina, a fim de que em todas as coisas Deus seja glorificado por Jesus Cristo. A ele seja dada a glória e o poder por toda a eternidade! Amém.

 

Evangelho (Jo 15, 26-27; 16, 1-4)


A Igreja tem a certeza de que sempre há de encontrar no Espírito Santo a força, que lhe é necessária para dar testemunho de Cristo.


Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim. Também vós dareis testemunho, porque estais comigo desde o princípio. Disse-vos essas coisas para vos preservar de alguma queda. Expulsar-vos-ão das sinagogas, e virá a hora em que todo aquele que vos tirar a vida julgará prestar culto a Deus. Procederão deste modo porque não conheceram o Pai, nem a mim. Disse-vos, porém, essas palavras para que, quando chegar a hora, vos lembreis de que vo-lo anunciei. E não vo-las disse desde o princípio, porque estava convosco.

 

Liturgia Diária- Domingo depois da Ascensão

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Há vários domingos já, os evangelhos vêm-nos lembrando a promessa de Jesus aos Apóstolos, na última ceia. Não os deixaria órfãos, mas havia de lhes enviar o Espírito Santo, que junto deles seria o representante de Jesus até o fim dos tempos. A Igreja sabe o que a presença do Espírito Santo representa para ela e para os fiéis; na expectativa do regresso glorioso do Senhor, implora incessantemente a assistência do Paráclito, seu defensor, seu consolador e amparo. 


Páginas 535 a 538 do Missal Quotidiano.


Missa Rezada às 9:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Santa Terezinha.


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sl 26, 7-9,1)


Aspiração profunda da alma para Deus. No dia seguinte à Ascensão, arde no desejo de rever o Senhor.


Ouvi, Senhor, o clamor com que Vos imploro, aleluia. O meu coração falou, Senhor, e disse: procurei o vosso rosto e procurá-lo-ei, Senhor, sem cessar. Nas afasteis de mim a vossa face, aleluia, aleluia. Sl. O Senhor é a minha luz e a minha salvação, de quem hei de ter medo? Glória ao Pai.

Coleta

Fazei, Senhor eterno e onipotente, que conservemos sempre sujeita a Vós a nossa vontade, e procuremos servir, de coração puro, a vossa majestade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Epístola (I Pe 4,7-11)


“Para que em tudo Deus seja glorificado”: transformada pela caridade, a vida do cristão presta continuamente testemunho à presença e à ação de Deus nela. 


Leitura da Epístola de São Pedro Apóstolo. 

Caríssimos: O fim de todas as coisas está próximo. Sede, portanto, prudentes e vigiai na oração. Antes de tudo, mantende entre vós uma ardente caridade, porque a caridade cobre a multidão dos pecados (Pr 10,12). Exercei a hospitalidade uns para com os outros, sem murmuração. Como bons dispensadores das diversas graças de Deus, cada um de vós ponha à disposição dos outros o dom que recebeu: a palavra, para anunciar as mensagens de Deus; um ministério, para exercê-lo com uma força divina, a fim de que em todas as coisas Deus seja glorificado por Jesus Cristo. A ele seja dada a glória e o poder por toda a eternidade! Amém.

Aleluia (Salmo 46, 9 | João 14,18)

Aleluia, aleluia. [1] O Senhor reina sobre todos os povos; Deus está sentado no seu trono santo, aleluia. [2] Não vos deixarei órfãos. Vou e volto para vós e o vosso coração se alegrará. Aleluia. 

Evangelho (Jo 15, 26-27; 16, 1-4)


A Igreja tem a certeza de que sempre há de encontrar no Espírito Santo a força, que lhe é necessária para dar testemunho de Cristo.


Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim. Também vós dareis testemunho, porque estais comigo desde o princípio. Disse-vos essas coisas para vos preservar de alguma queda. Expulsar-vos-ão das sinagogas, e virá a hora em que todo aquele que vos tirar a vida julgará prestar culto a Deus. Procederão deste modo porque não conheceram o Pai, nem a mim. Disse-vos, porém, essas palavras para que, quando chegar a hora, vos lembreis de que vo-lo anunciei. E não vo-las disse desde o princípio, porque estava convosco.

Ofertório (Salmo 46,6)

Deus subiu entre aclamações de júbilo e o Senhor ao clangor da trombeta, aleluia. 

Secreta

Que este sacrifício imaculado, Senhor nos purifique e comunique à nossa alma o vigor da graça divina. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Comunhão (Jo 17,12,13,15)

Pai, quando Eu estava com eles, Eu guardava os que Me deste, aleluia. Agora que vou para Ti, não Te peço que os tires do mundo, mas que os guardes do mal, aleluia, aleluia.

Pós-comunhão

Saciados, Senhor, com estes sagrados mistérios, humildemente Vos pedimos a mercê de viver em contínua ação de graças. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 


PARTITURAS E ÁUDIOS

 

Liturgia Diária- 12/05/2018

SS. NEREU, AQUILEU E PANCRÁCIO, Mártires, SANTA DOMITILA, Virgem e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Os santos mártires que hoje se comemora nada têm de comum a não ser o lugar de culto, as catacumbas de Nereu e Aquileu, dois soldados romanos convertidos e decapitados pela fé, aí tiveram uma basílica muito antiga, que talvez remonte ao século IV. Santa Domitila, que se venera também no mesmo lugar, sua propriedade familiar, foi expulsa de Roma e morreu no exílio, como sua avó, cristã do mesmo nome; pertenciam à família patrícia dos Flavianos (principio do século II). São Pancrácio é um mártir romano enterrado no cemitério da via Aureliana; o papa Símaco construiu uma basílica a ele dedicada. A popularidade de São pancrácio foi muito grande na Idade Média.

No seu conjunto, a missa canta a glória dos mártires, abençoados por Deus, por Ele protegidos nos sofrimentos e agora associados à glória de seu Filho. A escolha do evangelho do centurião é uma homenagem à fé dos dois soldados. 

LEITURAS

Epístola (Sab. 5, 1-5)

Leitura do livro da Sabedoria.

Com grande confiança, o justo se levantará em face dos que o perseguiram e zombaram dos seus males aqui embaixo. Diante de sua vista serão presos de grande temor e tomados de assombro ao vê-lo salvo contra sua expectativa; tocados de arrependimento, dirão entre si, e, gemendo na angústia de sua alma, dirão: Ei-lo, aquele de quem outrora escarnecemos, e a quem loucamente cobrimos de insultos! Considerávamos sua vida como uma loucura, e sua morte como uma vergonha. Como, pois, é ele do número dos filhos de Deus, e como está seu lugar entre os santos?

Evangelho (Jo 4,46-53)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo: Havia em Cafarnaum um oficial do rei, cujo filho estava doente. Ao ouvir que Jesus vinha da Judéia para a Galiléia, foi a ele e rogou-lhe que descesse e curasse seu filho, que estava prestes a morrer. Disse-lhe Jesus: Se não virdes milagres e prodígios, não credes… Pediu-lhe o oficial: Senhor, desce antes que meu filho morra! Vai, disse-lhe Jesus, o teu filho está passando bem! O homem acreditou na palavra de Jesus e partiu. Enquanto ia descendo, os criados vieram-lhe ao encontro e lhe disseram: Teu filho está passando bem. Indagou então deles a hora em que se sentira melhor. Responderam-lhe: Ontem à sétima hora a febre o deixou. Reconheceu o pai ser a mesma hora em que Jesus dissera: Teu filho está passando bem. E creu tanto ele como toda a sua casa.

Liturgia Diária- 11/05/2018

SÃO FILIPE E SÃO TIAGO, Apóstolos

Festa de 2ª Classe- Missa Própria


As festas dos Apóstolos, que se distribuem por todo o ano, eram outrora dias santos. A de São Filipe e São Tiago, a 11 de maio, lembra a trasladação solene de suas relíquias para Roma, para a igreja dos Santos Apóstolos, que lhes é dedicada. É lá que se faz a estação em todas as sextas-feiras das Quatro-Têmporas e na Quinta-feira de Páscoa. 

Como Pedro e André, Filipe era de Betsaida, na Galileia. Parece ter gozado de certa intimidade com Jesus; foi a ele que o Senhor se dirigiu no momento da multiplicação dos pães, e foi também por seu intermédio que os gentios se dirigiam a Jesus. Devemos a uma pergunta sua a resposta do Mestre: “Filipe, quem me vê, vê também o Pai” – ir a Cristo é ir a Deus. As mais antigas tradições colocam o ministério de Filipe na Frígia; parece ter morrido em Hierápolis. 

São Tiago, chamado “o menor” para se distinguir do irmão de João, era de Caná, na Galileia, e primo de Jesus. Foi o primeiro bispo de Jerusalém. É dele que fala São Paulo quando diz: “Não vi nenhuma apóstolo a não ser Tiago, irmão do Senhor”. Por não renegar Cristo foi precipitado do cimo do terraço do Templo e acabaram-no depois às pauladas. Os nomes de São Filipe e de São Tiago vêm no cânon da Missa.


Páginas 1062 a 1066 do Missal Quotidiano.


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 10/05/2018

FESTA DA ASCENSÃO DE NOSSO SENHOR

Festa de 1ª Classe- Missa Própria

Ao terminar sua vida terrestre, Jesus sobre ao Céu como triunfador. A Igreja aclama-O na sua humanidade santa, chamada a sentar-se à direita do Pai e a partilhar a sua glória. Mas a Ascensão de Jesus é o penhor da nossa. Animada de imensa esperança, a Igreja ergue os olhos para o seu Chefe, que a precedeu na pátria celeste e nela a introduziu em sua pessoa, “porque o Filho de Deus, tendo incorporado a Si aqueles que a inveja do demônio expulsara do paraíso terrestre, os leva consigo, na sua Ascensão, para o Pai” (São Leão, em matinas).

Toda a vida da Igreja se enquadra entre a Ascensão do Senhor e a sua segunda vinda, no fim dos tempos. Segura de não ser iludida em sua esperança, propaga a mensagem do Senhor e difunde, por toda parte, a sua graça, até ao dia em que Ele há de voltar para introduzir, definitivamente, na glória de Seu Pai, todos aqueles que veio arrancar ao poder de Satanás.


Páginas 530 a 534 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


LEITURAS

Epístola (Atos 1, 1-11)


Nos Atos dos Apóstolos, a descrição da Ascensão é um anúncio da missa da Igreja, obra essencialmente divina, realizada inteiramente sob os auspícios do Espírito Santo.


Leitura dos Atos dos Apóstolos. 

Em minha primeira narração, ó Teófilo, contei toda a seqüência das ações e dos ensinamentos de Jesus, desde o princípio até o dia em que, depois de ter dado pelo Espírito Santo suas instruções aos apóstolos que escolhera, foi arrebatado (ao céu). E a eles se manifestou vivo depois de sua Paixão, com muitas provas, aparecendo-lhes durante quarenta dias e falando das coisas do Reino de Deus. E comendo com eles, ordenou-lhes que não se afastassem de Jerusalém, mas que esperassem o cumprimento da promessa de seu Pai, que ouvistes, disse ele, da minha boca; porque João batizou na água, mas vós sereis batizados no Espírito Santo daqui há poucos dias. Assim reunidos, eles o interrogavam: Senhor, é porventura agora que ides instaurar o reino de Israel? Respondeu-lhes ele: Não vos pertence a vós saber os tempos nem os momentos que o Pai fixou em seu poder, mas descerá sobre vós o Espírito Santo e vos dará força; e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria e até os confins do mundo. Dizendo isso elevou-se da (terra) à vista deles e uma nuvem o ocultou aos seus olhos… Enquanto o acompanhavam com seus olhares, vendo-o afastar-se para o céu, eis que lhes apareceram dois homens vestidos de branco, que lhes disseram: Homens da Galiléia, por que ficais aí a olhar para o céu? Esse Jesus que acaba de vos ser arrebatado para o céu voltará do mesmo modo que o vistes subir para o céu.

Evangelho (Mc 16, 14-20)


Como na epístola, também aqui se afirma a conexão entre a partida de Jesus e a missão da Igreja incipiente; é sempre a obra do Senhor. 


Sequência do Santo Evangelho segundo Marcos

Naquele tempo: Jesus apareceu aos Onze, quando estavam sentados à mesa, e censurou-lhes a incredulidade e dureza de coração, por não acreditarem nos que o tinham visto ressuscitado. E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Estes milagres acompanharão os que crerem: expulsarão os demônios em meu nome, falarão novas línguas, manusearão serpentes e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal; imporão as mãos aos enfermos e eles ficarão curados. Depois que o Senhor Jesus lhes falou, foi levado ao céu e está sentado à direita de Deus. Os discípulos partiram e pregaram por toda parte. O Senhor cooperava com eles e confirmava a sua palavra com os milagres que a acompanhavam.

 

Liturgia Diária- 09/05/2018

VIGÍLIA DA ASCENSÃO DE NOSSO SENHOR

Vigília de 2ª Classe- Comum do 5º Domingo da Páscoa, com Epístola e Evangelho próprios.

 A despeito da coincidência das Rogações, a Igreja prepara-se para a grande solenidade da Ascensão. Mas nada de penitencial nesta vigília: canta-se o Glória, e são brancos os paramentos; não há jejum nem abstinência.
A missa é a mesma do domingo precedente, salvo a epístola e o evangelho. Extraído do discurso de Jesus depois da Ceia, o evangelho é particularmente comovedor. Jesus Cristo rematou a sua obra; Ele próprio nos revela os sentimentos que a sua alma experimenta, ao aproximar-se o regresso ao Pai, depois de ter glorificado o seu nome na Terra, manifestando-O aos homens.

Páginas 519 a 520 528 a 529  do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


LEITURAS

Epístola (Ef 4, 7-13)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Efésios

Irmãos:  A cada um de nós foi dada a graça, segundo a medida do dom de Cristo, pelo que diz: Quando subiu ao alto, levou muitos cativos, cumulou de dons os homens (Sl 67,19). Ora, que quer dizer ele subiu, senão que antes havia descido a esta terra? Aquele que desceu é também o que subiu acima de todos os céus, para encher todas as coisas. A uns ele constituiu apóstolos; a outros, profetas; a outros, evangelistas, pastores, doutores, para o aperfeiçoamento dos cristãos, para o desempenho da tarefa que visa à construção do corpo de Cristo, até que todos tenhamos chegado à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, até atingirmos o estado de homem feito, a estatura da maturidade de Cristo.

Evangelho (Jo 17, 1-11)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: Jesus levantando os olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora. Glorifica teu Filho, para que teu Filho glorifique a ti; e para que, pelo poder que lhe conferiste sobre toda criatura, ele dê a vida eterna a todos aqueles que lhe entregaste. Ora, a vida eterna consiste em que conheçam a ti, um só Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo que enviaste. Eu te glorifiquei na terra. Terminei a obra que me deste para fazer. Agora, pois, Pai, glorifica-me junto de ti, concedendo-me a glória que tive junto de ti, antes que o mundo fosse criado. Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste. Eram teus e deste-mos e guardaram a tua palavra. Agora eles reconheceram que todas as coisas que me deste procedem de ti. Porque eu lhes transmiti as palavras que tu me confiaste e eles as receberam e reconheceram verdadeiramente que saí de ti, e creram que tu me enviaste. Por eles é que eu rogo. Não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus. Tudo o que é meu é teu, e tudo o que é teu é meu. Neles sou glorificado. Já não estou no mundo, mas eles estão ainda no mundo; eu, porém, vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me encarregaste de fazer conhecer, a fim de que sejam um como nós.

Liturgia Diária- 08/05/2018

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa própria do domingo


LEITURAS

 

Epístola (Tg 1, 22-27)


O cristão que se debruça sobre a Lei, pela qual norteia a vida, encontra, em suas obras, a felicidade. De outro modo, a religião é vã.


Leitura da Epístola de São Tiago Apóstolo.

Caríssimos: Sede cumpridores da palavra e não apenas ouvintes; isto equivaleria a vos enganardes a vós mesmos. Aquele que escuta a palavra sem a realizar  assemelha-se a alguém que contempla num espelho a fisionomia que a natureza lhe deu: contempla-se e, mal sai dali, esquece-se de como era. Mas aquele que procura meditar com atenção a lei perfeita da liberdade e nela persevera – não como ouvinte que facilmente se esquece, mas como cumpridor fiel do preceito -, este será feliz no seu proceder. Se alguém pensa ser piedoso, mas não refreia a sua língua e engana o seu coração, então é vã a sua religião. A religião pura e sem mácula aos olhos de Deus e nosso Pai é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições, e conservar-se puro da corrupção deste mundo.

 

Evangelho (Jo 16, 23-20)


A união dos discípulos com Jesus é tão estreita que a prece deles é a sua, e o Pai os ama e ouve, como ama e ouve a seu Filho.


Sequência do Santo Evangelho segundo São João.

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: Em verdade, em verdade vos digo: o que pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo dará. Até agora não pedistes nada em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja perfeita. Disse-vos essas coisas em termos figurados e obscuros. Vem a hora em que já não vos falarei por meio de comparações e parábolas, mas vos falarei abertamente a respeito do Pai. Naquele dia pedireis em meu nome, e já não digo que rogarei ao Pai por vós. Pois o mesmo Pai vos ama, porque vós me amastes e crestes que saí de Deus. Saí do Pai e vim ao mundo. Agora deixo o mundo e volto para junto do Pai. Disseram-lhe os seus discípulos: Eis que agora falas claramente e a tua linguagem já não é figurada e obscura. Agora sabemos que conheces todas as coisas e que não necessitas que alguém te pergunte. Por isso, cremos que saíste de Deus.

Liturgia Diária- 07/05/2018

SANTO ESTANISLAU, Bispo e Mártir

Missa “Protexisti”, com Coleta própria

Santo+Estanislau,+bispo+e+mártir+2

Santo Estanislau, bispo de Cracóvia de 1072 a 1079, foi assassinado por ordem de Boleslau II, rei da Polônia em 8 de maio de 1079. Desconhecem-se os motivos do seu martírio. Foi canonizado pelo papa Inocêncio IV a 17 de Setembro de 1253. Santo Estanislau é um dos padroeiros da Polônia.

LEITURAS

Leitura (Sb 5, 1-5)

Leitura do Livro da Sabedoria.

O justo se levantará em face dos que o perseguiram e zombaram dos seus males aqui embaixo. Diante de sua vista serão presos de grande temor e tomados de assombro ao vê-lo salvo contra sua expectativa; tocados de arrependimento, dirão entre si, e, gemendo na angústia de sua alma, dirão: Ei-lo, aquele de quem outrora escarnecemos, e a quem loucamente cobrimos de insultos! Considerávamos sua vida como uma loucura, e sua morte como uma vergonha. Como, pois, é ele do número dos filhos de Deus, e como está seu lugar entre os santos?

Evangelho (Jo 15, 1-7)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus a Seus discípulos: Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que não der fruto em mim, ele o cortará; e podará todo o que der fruto, para que produza mais fruto. Vós já estais puros pela palavra que vos tenho anunciado. Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. O ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Assim também vós: não podeis tampouco dar fruto, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não permanecer em mim será lançado fora, como o ramo. Ele secará e hão de ajuntá-lo e lançá-lo ao fogo, e queimar-se-á. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito.

 

Liturgia Diária- V Domingo depois da Páscoa

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Neste último domingos depois da Páscoa, os cantos da missão são ainda, como no começo do Tempo pascal, de triunfo e de alegria. A Igreja não se cansa de celebrar a Ressurreição de Cristo e as graças de Redenção que nos transformaram a vida. 

Mas o homem esquece, com facilidade desconcertante, o que em si mesmo tem de mais nobre. A epístola exorta-nos à seriedade da vida cristã, e a coleta convida-nos a pedir a graça de evitar os desvios da inteligência e de conformar a nossa conduta ao ideal que nos foi traçado. Este duplo convite ao constante esforço pessoal e ao recurso à oração, leva-nos ao perfeito equilíbrio da ascese cristã. A exortação à prece é frequente nos evangelhos do Tempo, e não raro se mistura com referências à vinda do Espírito Santo e à oração do mesmo Cristo pelos seus. Torna-se mais insistente nas Rogações desta semana. 


Páginas 518 a 521 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa Rezada às 9:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana.


LEITURAS

Introito (Is 48,20; Sl 65, 1-2)

Entoai um cântico de alegria, que se faça ouvir, aleluia, e ressoe até aos confins da Terra: o Senhor libertou o seu povo, aleluia, aleluia. Sl. Rejubilai diante de Deus com gritos de alegria e cantai um salmo ao seu nome. Ponde a vossa glória em celebrá-Lo. Glória ao pai.

Coleta


A necessidade absoluta da graça, convida à oração; pensamentos e obras, tudo deve vir de Deus, para ser ser bom.


Ó Deus, de quem todo o bem procede, escutai as nossas preces e concedei que por vossa inspiração pensemos o que é é reto e, dirigidos por Vós, o realizemos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Epístola (Tg 1, 22-27)


O cristão que se debruça sobre a Lei, pela qual norteia a vida, encontra, em suas obras, a felicidade. De outro modo, a religião é vã.


Leitura da Epístola de São Tiago Apóstolo.

Caríssimos: Sede cumpridores da palavra e não apenas ouvintes; isto equivaleria a vos enganardes a vós mesmos. Aquele que escuta a palavra sem a realizar  assemelha-se a alguém que contempla num espelho a fisionomia que a natureza lhe deu: contempla-se e, mal sai dali, esquece-se de como era. Mas aquele que procura meditar com atenção a lei perfeita da liberdade e nela persevera – não como ouvinte que facilmente se esquece, mas como cumpridor fiel do preceito -, este será feliz no seu proceder. Se alguém pensa ser piedoso, mas não refreia a sua língua e engana o seu coração, então é vã a sua religião. A religião pura e sem mácula aos olhos de Deus e nosso Pai é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições, e conservar-se puro da corrupção deste mundo.

Aleluia (Jo 16,28)

Aleluia, aleluia. [1] Cristo ressuscitou e iluminou os que redimiu com o seu sangue. Aleluia. [2] Saí do Pai e vim ao mundo; agora deixo o mundo e volto para o Pai. Aleluia.

Evangelho (Jo 16, 23-20)


A união dos discípulos com Jesus é tão estreita que a prece deles é a sua, e o Pai os ama e ouve, como ama e ouve a seu Filho.


Sequência do Santo Evangelho segundo São João.

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: Em verdade, em verdade vos digo: o que pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo dará. Até agora não pedistes nada em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja perfeita. Disse-vos essas coisas em termos figurados e obscuros. Vem a hora em que já não vos falarei por meio de comparações e parábolas, mas vos falarei abertamente a respeito do Pai. Naquele dia pedireis em meu nome, e já não digo que rogarei ao Pai por vós. Pois o mesmo Pai vos ama, porque vós me amastes e crestes que saí de Deus. Saí do Pai e vim ao mundo. Agora deixo o mundo e volto para junto do Pai. Disseram-lhe os seus discípulos: Eis que agora falas claramente e a tua linguagem já não é figurada e obscura. Agora sabemos que conheces todas as coisas e que não necessitas que alguém te pergunte. Por isso, cremos que saíste de Deus.

Ofertório (Sl 65, 8-9;20)

Bendizei, ó povos, o nosso Deus, e acreditai a voz do seu louvor. É Ele que sustenta na vida a minha alma e que não permite que os meus pés vacilem. Bendito seja o Senhor que não rejeitou a minha súplica, nem me privou da sua misericórdia, aleluia. 

Secreta

Recebei, Senhor, as preces e as oblações dos vossos fiéis e fazei que, por meio do ofício de piedade, alcancemos a glória celeste. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Comunhão (Sl 95, 2)

Cantai ao Senhor, aleluia, cantai ao Senhor e bendizei o seu nome; proclamai de dia em dia a sua obra de salvação, aleluia, aleluia.

Pós-comunhão

Fazei, Senhor, que, saciados com a virtude deste banquete divino, desejemos o que é reto e justo e realizemos o objeto de tão caros desejos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 


PARTITURAS E ÁUDIOS

 

*A segunda parte do aleluia, tanto a partitura quanto o áudio, não estão disponíveis. 

Liturgia Diária- 05/05/2018

 SÃO PIO V, Papa e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Si diligis me”, exceto Coleta.

Tendo nascido em 1504, São Pio V entrou para a Ordem dos Pregadores aos 14 anos; tinha 62 quando foi eleito papa. Embora breve, seu pontificado foi um dos mais fecundos do século XVI. Replicou o protestantismo, que tinha proclamado a reforma, com a aplicação dos decretos do Concílio de Trento sobre a reforma da Igreja; teve grande influência no regresso do clero à disciplina eclesiástica. Conseguiu reunir as forças cristãs contra o Islão que ameaçava o Ocidente; e, pelas orações públicas feitas, a seu pedido em toda parte, obteve a vitória decisiva de Lepanto, em 1571. Morreu no ano seguinte, no dia 1 de maio de 1572. Deve-se também a São Pio V uma reforma dos livros litúrgicos. 


Páginas 1058 a 1059 812 a 816 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Como já avisado, hoje não haverá Missa, como constava no calendário, ficando a 5ª comunhão reparadora para o primeiro sábado de junho.


Liturgia Diária- 04/05/2018

SANTA MÔNICA, Viúva

Festa de 3º Classe- Missa “Cognovi”, exceto Coleta, Epístola e Evangelho

download

Atribuindo às lagrimas e orações de Santa Mônica a conversão de seu filho (coleta) e aplicando-lhe o evangelho da viúva de Naim, a Igreja lembra-nos tudo o que Santo Agostinho deve a sua mãe. Santa Mônica parece ter nascido em Tagaste, na África, em 332; morreu em Óstia em 387. O dia 4 de maio é o aniversário da transferência de uma parte de suas relíquias para o mosteiro de Arrouaise, na França.


Páginas 1057 a 1058 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


LEITURAS

Epístola (I Tim 5, 3-10)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo a Timóteo.

Caríssimo: Honra as viúvas que são realmente viúvas. Se uma viúva tem filhos ou netos, como primeira obrigação aprendam estes a exercer com a própria família o dever da piedade filial e a retribuir aos pais o que deles receberam, porque isto é agradável a Deus. Mas a que verdadeiramente é viúva e desamparada, põe a sua esperança em Deus e persevera noite e dia em orações e súplicas. Aquela, pelo contrário, que vive nos prazeres, embora viva, está morta. Recorda-lhes isto, para que sejam irrepreensíveis. Quem se descuida dos seus, e principalmente dos de sua própria família, é um renegado, pior que um infiel. Poderá ser inscrita como viúva apenas quem tenha pelo menos sessenta anos de idade, casada uma só vez, conhecida pelo seu bom comportamento, tenha educado bem os filhos, exercido a hospitalidade, lavado os pés dos santos, socorrido os infelizes e praticado toda espécie de boas obras.

Evangelho (Lc 7, 11-16)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo, dirigiu-se Jesus a uma cidade chamada Naim. Iam com ele diversos discípulos e muito povo. Ao chegar perto da porta da cidade, eis que levavam um defunto a ser sepultado, filho único de uma viúva; acompanhava-a muita gente da cidade. Vendo-a o Senhor, movido de compaixão para com ela, disse-lhe: Não chores! E aproximando-se, tocou no esquife, e os que o levavam pararam. Disse Jesus: Moço, eu te ordeno, levanta-te. Sentou-se o que estivera morto e começou a falar, e Jesus entregou-o à sua mãe. Apoderou-se de todos o temor, e glorificavam a Deus, dizendo: Um grande profeta surgiu entre nós: Deus voltou os olhos para o seu povo.

Liturgia Diária- 03/05/2018

 INVENÇÃO DA SANTA CRUZ

Santa Cruz

O dia 03 de Maio celebrava primitivamente a recuperação da Santa Cruz que Heráclito obteve dos persas depois da vitória de 628. Mais tarde o objetivo desta festa veio a confundir-se com a da invenção, que devia celebrar-se a 14 de Setembro. Praticamente o dia de Hoje tornou-se  a festas da invenção (descoberta) sem excluir a recuperação levada a efeito por Heráclio. A tradição atribui a Santa Helena, mãe de Constantino, a honra de ter mandado procurar e de ter encontrado a Cruz do Salvador.

Encontrou-se no lugar do Calvário e nesta mesma data provavelmente em que Constantino mandou construir as duas Basílicas, consagradas em 335, uma no sítio do Calvário e outra no Santo Sepulcro. A preciosa relíquia que os persas tinham roubado e que Heráclio recuperou, foi pelo operador reconduzida solenemente a Jerusalém em 03 de Maio do ano 628. A missa celebra as glórias da Cruz do Salvador e a redenção do homens que nela se operou.

LEITURAS

Epístola (Fil 2, 5-11)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Filipenses.

Dedicai-vos mutuamente a estima que se deve em Cristo Jesus. Sendo ele de condição divina, não se prevaleceu de sua igualdade com Deus, mas aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens. E, sendo exteriormente reconhecido como homem, humilhou-se ainda mais, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz. Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o nome que está acima de todos os nomes, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor.

Evangelho (Jo 3, 1-15)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, havia um homem entre os fariseus, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus. Este foi ter com Jesus, de noite, e disse-lhe: Rabi, sabemos que és um Mestre vindo de Deus. Ninguém pode fazer esses milagres que fazes, se Deus não estiver com ele. Jesus replicou-lhe: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer de novo não poderá ver o Reino de Deus. Nicodemos perguntou-lhe: Como pode um homem renascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no seio de sua mãe e nascer pela segunda vez? Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus. O que nasceu da carne é carne, e o que nasceu do Espírito é espírito. Não te maravilhes de que eu te tenha dito: Necessário vos é nascer de novo. O vento sopra onde quer; ouves-lhe o ruído, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim acontece com aquele que nasceu do Espírito. Replicou Nicodemos: Como se pode fazer isso? Disse Jesus: És doutor em Israel e ignoras estas coisas!… Em verdade, em verdade te digo: dizemos o que sabemos e damos testemunho do que vimos, mas não recebeis o nosso testemunho. Se vos tenho falado das coisas terrenas e não me credes, como crereis se vos falar das celestiais? Ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu, o Filho do Homem que está no céu. Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem, para que todo homem que nele crer tenha a vida eterna.

 

Liturgia Diária- 02/05/2018

SANTO ATANÁSIO, Bispo, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Athanasius-Bitschnau_black1

Santo Atanásio, bispo de Alexandria, grande defensor da fé ortodoxa, combateu toda a vida a heresia ariana. Negando a divindade do Verbo, os arianos consideravam Cristo um simples homem, apenas mais elevado pela graça do que outros. S. Atanásio participou do Concílio de Niceia em 325 e manteve-se até o fim defensor da fé definida pelo Concílio. A Igreja venera nele um dos seus maiores doutores. A epístola e o evangelho da missa evocam bem as perseguições que teve de suportar para manter a verdadeira doutrina sobre a pessoa de Cristo: esteve cinco vezes no exílio, afastado da sua igreja. Morreu em Alexandria em 373, depois de um longo exílio de 46 anos. 


Páginas 1053 a 1056 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS

Epístola (II Cor 4, 5-14)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios. 

Irmãos: Não nos pregamos, a nós mesmos, mas a Jesus Cristo, o Senhor. Quanto a nós, consideramo-nos servos vossos por amor de Jesus. Porque Deus que disse: Das trevas brilhe a luz, é também aquele que fez brilhar a sua luz em nossos corações, para que irradiássemos o conhecimento do esplendor de Deus, que se reflete na face de Cristo. Porém, temos este tesouro em vasos de barro, para que transpareça claramente que este poder extraordinário provém de Deus e não de nós. Em tudo somos oprimidos, mas não sucumbimos. Vivemos em completa penúria, mas não desesperamos. Somos perseguidos, mas não ficamos desamparados. Somos abatidos, mas não somos destruídos. Trazemos sempre em nosso corpo os traços da morte de Jesus para que também a vida de Jesus se manifeste em nosso corpo. Estando embora vivos, somos a toda hora entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus apareça em nossa carne mortal. Assim em nós opera a morte, e em vós a vida. Animados deste espírito de fé, conforme está escrito: Eu cri, por isto falei (Sl 115,1), também nós cremos, e por isso falamos. Pois sabemos que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus, nos ressuscitará também a nós com Jesus e nos fará comparecer diante dele convosco.

Evangelho (Mt 10, 23-28)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: Se vos perseguirem numa cidade, fugi para uma outra. Em verdade vos digo: não acabareis de percorrer as cidades de Israel antes que volte o Filho do Homem. O discípulo não é mais que o mestre, o servidor não é mais que o patrão. Basta ao discípulo ser tratado como seu mestre, e ao servidor como seu patrão. Se chamaram de Beelzebul ao pai de família, quanto mais o farão às pessoas de sua casa! Não os temais, pois; porque nada há de escondido que não venha à luz, nada de secreto que não se venha a saber. O que vos digo na escuridão, dizei-o às claras. O que vos é dito ao ouvido, publicai-o de cima dos telhados. Não temais aqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma; temei antes aquele que pode precipitar a alma e o corpo na geena. 

 

Liturgia Diária- 01/05/2018

SÃO JOSÉ OPERÁRIO

Festa de 1ª Classe- Missa Própria

A Igreja batizava outrora as festas pagãs, usando com soberana liberdade das datas e cerimônias para lhes dar um conteúdo cristão.

Foi inspirando-se nesta tradição que a Igreja colocou a festa civil do trabalho, no primeiro dia de maio, sob o poderoso patrocínio de São José, o humilde artífice que Deus escolheu para velar sobre a infância do Verbo Encarnado. Quem, melhor do que ele, com o trabalho quotidiano, deu graças a Deus Pai pelo Senhor Jesus (epístola), seu aprendiz dócil e obediente, Aquele a quem chamavam “filho do carpinteiro”(evangelho) ? Possa São José cobrir com sua vigilante proteção o mundo do trabalho que partilhou a austera sorte. Possa ele guiar e sustentar os esforços deste mundo do trabalho para fazer que reinem sobre o mundo a justiça e a caridade, sob a lei do amor a Cristo.  

LEITURAS

Epístola (Col 3,14-24)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Colossenses.

Irmãos: revesti-vos da caridade, que é o vínculo da perfeição. Triunfe em vossos corações a paz de Cristo, para a qual fostes chamados a fim de formar um único corpo. E sede agradecidos. A palavra de Cristo permaneça entre vós em toda a sua riqueza, de sorte que com toda a sabedoria vos possais instruir e exortar mutuamente. Sob a inspiração da graça cantai a Deus de todo o coração salmos, hinos e cânticos espirituais. Tudo quanto fizerdes, por palavra ou por obra, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. Mulheres, sede submissas a vossos maridos, porque assim convém, no Senhor. Maridos, amai as vossas mulheres e não as trateis com aspereza. Filhos, obedecei em tudo a vossos pais, porque isto agrada ao Senhor. Pais, deixai de irritar vossos filhos, para que não se tornem desanimados. Servos, obedecei em tudo a vossos senhores terrenos, servindo não por motivo de que estais sendo vistos, como quem busca agradar a homens, mas com sinceridade de coração, por temor a Deus. Tudo o que fizerdes, fazei-o de bom coração, como para o Senhor e não para os homens, certos de que recebereis, como recompensa, a herança das mãos do Senhor. Servi a Cristo, Senhor.

Evangelho (Mt 13,54-58)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo, tendo Jesus chegado a sua cidade, pôs-se a ensinar na sinagoga, de modo que todos diziam admirados: Donde lhe vem esta sabedoria e esta força miraculosa? Não é este o filho do carpinteiro? Não é Maria sua mãe? Não são seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas? E suas irmãs, não vivem todas entre nós? Donde lhe vem, pois, tudo isso? E não sabiam o que dizer dele. Disse-lhes, porém, Jesus: É só em sua pátria e em sua família que um profeta é menosprezado. E, por causa da falta de confiança deles, operou ali poucos milagres.

Liturgia Diária- 31/05/2017

NOSSA SENHORA RAINHA

Festa de 2ª Classe – Missa Própria

the-coronation-of-the-virgin-1626

Por uma espécie de instinto sobrenatural, o povo cristão em todos os tempos reconheceu a realeza da Mãe daquele que é o “Rei dos reis e Senhor dos Senhores”. Deste comum sentir fizeram-se intérpretes autorizados, no decorrer dos séculos, os Santos padres, os Doutores da Igreja, os Sumos Pontífices. Desta crença encontramos claro testemunho nos esplendores da arte sagrada e na liturgia. Os teólogos, por seu turno, não se têm cansado de mostrar a conveniência do título de realeza da Mãe de Deus, tão intimamente associada com a obra redentora de seu Divino Filho, ela a Medianeira de todas as graças.

No sentido de corresponder os votos unânimes de fiéis e pastores, São Pio XII, pela Carta Encíclica Ad Caeli Reginam, de 11 de Outubro de 1954, que seus corações todo mundo cristão vinha já prestando à Soberana Rainha do Céus e da Terra.

A Epístola apresenta-nos o reinado da Sabedoria, cujas prerrogativas a Liturgia aplica a Santíssima Virgem. O Evangelho anuncia o reinado de Cristo, fonte do reinado de sua Mãe.


Páginas 1083 a 1086 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Epístola (Eclo 24, 5,7,9-11, 30-31)

Leitura do Livro da Sabedoria.

Saí da boca do Altíssimo; nasci antes de toda criatura. Habitei nos lugares mais altos: meu trono está numa coluna de nuvens e percorri toda a terra. Imperei sobre todos os povos e sobre todas as nações.Tive sob os meus pés, com meu poder, os corações de todos os homens, grandes e pequenos. Entre todas as coisas procurei um lugar de repouso, e habitarei na moradia do Senhor. Aquele que me ouve não será humilhado, e os que agem por mim não pecarão. Aqueles que me tornam conhecida terão a vida eterna.

Evangelho (Lc 1, 26-33)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo: No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi e o nome da virgem era Maria. Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo. Perturbou-se ela com estas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação. O anjo disse-lhe: Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.

In English

Epistle (Eccl. 24: 5, 7, 9-11, 30-31)

Lesson from the book of Wisdom.

I came out of the mouth of the Most High, the firstborn before all creatures. I dwelt in the highest places, and my throne is in a pillar of cloud. And I have stood in all the earth and in every people, and in every nation I have had the chief rule. And by my power I have trodden under my feet the hearts of all the high and low. He that heareneth to me shall not be confounded, and they that work by me shall not sin. They that explain me shall have life everlasting.

Gospel ( Luke 1: 26-33)

The continuation of the holy Gospel according to Luke.

At that time, the angel Gabriel was sent from God into a city of Galilee, called Nazareth, to virgin espoused to man whose name was Joseph, of the house of David: and the virgin’s name was Mary. And the angel being come in, said unto her: Hail, full of grace, the Lord is with thee: blessed art thou among women. Who having heard, was troubled at his saying and thought with herself what manner of salutation this should be. And the angel said to her: Fear not, Mary, for thou hast found grace with God. Behold thou shalt conceive in thy womb and shalt bring forth a Son; and thou shalt call his name Jesus. He shall be great and shall be called the Son of the Most High, and the Lord God shall give unto Him the throne of David His father: and He shall reign in the house of Jacob forever, and of His kingdom there shall be no end.

Liturgia Diária- 30/05/2017

SÃO FÉLIX I, Papa e Mártir

Comemoração- Missa comum do Domingo com orações da Missa “Si diligis me”

Foi eleito papa em 5 de Janeiro de 269, permanecendo no Trono de São Pedro até o dia 30 de Dezembro de 274, sucedendo Papa Dionísio. Santo da Igreja Cristã, nasceu em Roma, sendo as informações sobre sua vida poucas e confusas.

Interveio na questão da deposição de Paulo de Samósata, condenado por suas doutrinas trinitárias e cristológicas no Sínodo de Antioquia (268). O Liber Pontificalis atribui-lhe um decreto com que se autorizava a celebração da missa sobre os túmulos dos mártires.

Juntou-se aos fiéis nas catacumbas, para escapar à perseguição do Imperador Aureliano. Iniciou o sepultamento dos mártires sob o altar e a celebração da missa sobre seu túmulos. Segundo a tradição, o papa de número 26 teria morrido martirizado em 30 de dezembro de 274, sepultado na Catacumba de São Calisto, na Via Ápia, e sucedido por São Eutiquiano (275-283).


LEITURAS/LESSONS

Liturgia Diária- 29/05/2017

SANTA MARIA MADALENA DE PAZZI, Virgem

Festa de 3ª Classe- Missa “Dilexisti” com Coleta própria.

Santa Maria Madalena de Pazzi nasceu em 1566, em Florença, na Itália. Recebeu o nome de Catarina no batismo e cresceu bela e muito inteligente em sua cidade natal, Florença. Tinha origem nobre, com acesso tanto à luxúria quanto às bibliotecas e benfeitorias da corte da família De Médici, que governava o ducado de Toscana.

Sua sensibilidade foi atraída pelo aprendizado material e espiritual, abrindo mão dos prazeres terrenos, do luxo e das vaidades que a nobreza proporcionava. Assim, ao contrário do desejo dos pais, fez a primeira comunhão aos dez anos, coisa nada normal para a época.

Aos dezoito entregou-se à vida religiosa das carmelitas, onde assumiu o nome de Maria Madalena. A partir daí, passou a viver experiências místicas impressionantes, onde eram comuns os êxtases provocados por penitência, oração e contemplação, originando extraordinárias visões proféticas.

Para que suas revelações divinas não se perdessem, seu superior ordenou que três irmãs anotassem fielmente as palavras que explodiam de sua boca durante os êxtases. Um volumoso livro foi escrito com essas premonições e mensagens, e ela de próprio punho escreveu muitas cartas dirigidas a papas e príncipes contendo ensinamentos e orientações.

A vida mística acabou lhe acarretando doenças e desolações interiores que consumiram sua saúde. Seu zelo pelas almas não tinha limites. Gritava pelos corredores do Mosteiro de Florença: “Almas, Senhor, dá-me almas”! Seu grande anelo está plasmado nesta frase: “Jesus meu: dá-me uma voz potente que a ouça o mundo inteiro. Nosso amor próprio é o que nos ofusca o vosso conhecimento… amor próprio que é contrário ao Vosso, Senhor… Amor, faz com que as criaturas não amem outra coisa senão a Ti”!

Morreu em 25 de maio de 1607 com apenas quarenta e um anos. Foi canonizada, pelo Papa Clemente IX, no mesmo ano, coisa nada natural até na sua época.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (II Cor 10, 17-18; 11, 1-2)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios.

Irmãos: quem se gloria, glorie-se no Senhor. Pois merece a aprovação não aquele que se recomenda a si mesmo, mas aquele que o Senhor recomenda.  Oxalá suportásseis um pouco de loucura de minha parte! Oh, sim! Tolerai-me. Eu vos consagro um carinho e amor santo, porque vos desposei com um esposo único e vos apresentei a Cristo como virgem pura.

Evangelho (Mt 25, 1-13)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus. 

Naquele tempo, disse Jesus a Seus discípulos: o Reino dos céus é semelhante a dez virgens, que saíram com suas lâmpadas ao encontro do esposo. Cinco dentre elas eram tolas e cinco, prudentes. Tomando suas lâmpadas, as tolas não levaram óleo consigo. As prudentes, todavia, levaram de reserva vasos de óleo junto com as lâmpadas. Tardando o esposo, cochilaram todas e adormeceram. No meio da noite, porém, ouviu-se um clamor: Eis o esposo, ide-lhe ao encontro. E as virgens levantaram-se todas e prepararam suas lâmpadas. As tolas disseram às prudentes: Dai-nos de vosso óleo, porque nossas lâmpadas se estão apagando. As prudentes responderam: Não temos o suficiente para nós e para vós; é preferível irdes aos vendedores, a fim de o comprardes para vós. Ora, enquanto foram comprar, veio o esposo. As que estavam preparadas entraram com ele para a sala das bodas e foi fechada a porta. Mais tarde, chegaram também as outras e diziam: Senhor, senhor, abre-nos! Mas ele respondeu: Em verdade vos digo: não vos conheço! Vigiai, pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora.

In English

Epistle (II Cor 10: 17-18; 11: 1-2)

Lesson from the Epistle of blessed Paul the Apostle to the Corinthians.

Brethren, he that glorieth, let him glory in the Lord. For not he who commandeth himself is approved : but he whom God commandeth. Would to God you could bear with some little of my folly, but do bear with me : for I am jealous of you with the jealousy of God. For I have espoused you to one husband, that I may present you as a chaste virgin to Christ.

Gospel (Matt. 25: 1-13)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew. 

At that time, Jesus spoke to His disciples this parable: ‘ The kingdom of Heaven shall be like to ten virgins, who taking their lamps went out to meet the bridegroom and the bride. And five of them were foolish, and five wise: but the five foolish having taken their lamps, did not take oil with them: but the wise took oil in their vessels with the lamps. And the bridegroom tarrying, they all slumbered and slept. And at midnight there was a cry made: Behold the bridegroom cometh, go ye forth to meet him. Then all those virgins arose and trimmed their lamps. And the foolish said to the wise: Give us of your oil, for our lamps are gone out. The wise answered, saying : Lest perhaps there be not enough for us and for you, go ye rather to them that sell, and buy for yourselves. Now whilst they went to buy, the bridegroom came : and they that were ready went in with him to the marriage, and the door was shut. But at last came also the other virgins, saying : Lord, Lord, open to us. But he answering, said : Amen I say to you, I know you not. Watch ye therefore, because you know not the day nor the hour.’

Liturgia Diária- 27/05/2017

SÃO BEDA, Confessor e Doutor

Festa 3º classe- Missa “In Medio Ecclesiae”

(c) Cambridge University Library; Supplied by The Public Catalogue Foundation

Todas as informações que temos sobre o extraordinário Beda, foram escritas por ele mesmo no livro “História da Inglaterra”, um dos raros e mais completos registos da formação do povo inglês antes do século VIII, narradas assim:

” Eu, Beda, servo de Cristo e sacerdote, e monge do mosteiro de São Pedro e São Paulo, da Inglaterra, nasci neste país. Aos sete anos fui levado ao mosteiro para ser educado pelos monges. Desde então passei toda a minha vida no mosteiro, e me dediquei sobretudo ao estudo da Sagrada Escritura. Além de cantar e rezar na Igreja, a minha maior alegria foi poder dedicar-me a aprender, a ensinar e a escrever. Aos dezenove anos fui ordenado diácono e aos trinta sacerdote. Todos os momentos livres dediquei-os à busca de explicações da Sagrada Escritura, especialmente extraídas dos escritos dos Santos Padres”.

Além desses dados podemos acrescentar ainda, com segurança, que Beda nasceu no ano 672, tendo sido educado e orientado espiritualmente pelo próprio São Bento Biscop, abade do mosteiro, que impressionado com os seus dons e inteligência tratava-o como se fosse seu filho na cidade de Wearmouth.

Cedo, Beda percebeu que um sermão podia ser ouvido por apenas algumas pessoas, mas podia ser lido por milhares delas e por muitos séculos. Por isso ele desejou escrever, e escreveu muito, sem se cansar, com cuidado no seu conteúdo e estilo, resultando em livros agradáveis à leitura, verdadeiras obras literárias, sobre os mais variados temas desde o teológico ao intelectual.

Ao todo foram sessenta obras sobre: teologia, filosofia, cronologia, aritmética, gramática, astronomia, música e até medicina. Mas Beda gostava de aprender, por isso pesquisava e estudava; e gostava também de ensinar, por isso escrevia e dava aulas. Atraídos pela linguagem simples, encantadora e acessível, ajudou a formar várias gerações de monges que eram dirigidos nos ensinamentos de Deus, por meio dessas matérias.

O Papa Gregório II chamou-o a Roma, para tê-lo como seu auxiliar, mas Beda implorou permanecer na solidão do mosteiro, onde ficou até aos últimos momentos da sua vida. Só saiu por poucos dias para estabelecer as bases da Escola de York, na qual depois estudou e se formou o famoso mestre Alcuíno, fundador da primeira universidade de Paris.

Ainda em vida era chamado de “Venerável Beda”, ou “Beda o Venerável”. Morreu com sessenta e três anos, na paz do seu mosteiro, no dia 25 de maio de 735 em Jarrow, Inglaterra. Muitos séculos depois, pelo imensurável serviço prestado à Igreja, o Papa Leão XIII, em 1899, proclamou-o Santo e Doutor da Igreja. São Beda, único Santo inglês que possui o título de Doutor da Igreja, é celebrado no dia 27 de maio.

São João I, Papa e Mártir

Comemoração- Orações da Missa “Si diligis me” acrescentadas à Missa de São Beda (nas missas rezadas)

Sao-Joao-I

Governou a Igreja por apenas dois anos e meio. Foi eleito Papa em 523. Nasceu na Toscana, Florência, no século V. De Florência foi para Roma e tornou-se um sacerdote, um presbítero cardeal. Com a morte do Papa, ele foi eleito o sucessor de Pedro.

Marcou a Igreja com muitos trabalhos pastorais, foi o precursor do canto gregoriano e da restauração de muitas igrejas, mas o objetivo dele como Papa, foi de confirmar a fé dos irmãos; sem dúvida nenhuma, era o serviço da salvação das almas.

Papa João I viveu num tempo e contexto político-religioso complexo. Quem reinava na Itália era Teodorico, um cristão ariano, ou seja, não era fiel à doutrina católica, mas se dizia cristão. Por outro lado, existia um conflito entre Teodorico e Justino; e os dois imperadores se chocavam. No meio deste contexto complexo, a vítima foi o Papa João I, que foi forçado por Teodorico a uma missão. Nunca um Papa tinha saído da Itália; ele foi o primeiro.

A missão não agradou, porque Teodorico queria que o Papa fosse o porta-voz de uma mensagem ariana, por interesses econômicos e políticos. Mas o que podemos perceber é que este homem santo, autoridade máxima da Igreja de Cristo, não perdeu sua paz, não perdeu sua obediência a Deus. Tornou-se santo em meio aos conflitos.

Ele viveu uma vida de oração, uma vida penitencial, oferecendo e sempre buscando ser dócil à vontade de Deus. Papa João I, por causa do ódio de Teodorico, foi aprisionado para morrer de fome e de sede. Foi mártir.

Hoje, podemos recordar este Pastor da Igreja como o pastor que, a exemplo de Cristo, deu a vida pelo rebanho.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (II Tim 4, 1-8 )

Leitura da Segunda Carta de São Paulo Apóstolo a Timóteo. 

Caríssimo, eu te conjuro em presença de Deus e de Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, por sua aparição e por seu Reino: prega a palavra, insiste oportuna e importunamente, repreende, ameaça, exorta com toda paciência e empenho de instruir. Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas. Tu, porém, sê prudente em tudo, paciente nos sofrimentos, cumpre a missão de pregador do Evangelho, consagra-te ao teu ministério. Quanto a mim, estou a ponto de ser imolado e o instante da minha libertação se aproxima. Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé. Resta-me agora receber a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia, e não somente a mim, mas a todos aqueles que aguardam com amor a sua aparição.

Evangelho (Mt 5, 13-19)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus. 

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Vós sois o sal da terra. Se o sal perde o sabor, com que lhe será restituído o sabor? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e calcado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre uma montanha nem se acende uma luz para colocá-la debaixo do alqueire, mas sim para colocá-la sobre o candeeiro, a fim de que brilhe a todos os que estão em casa. Assim, brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus. Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição. Pois em verdade vos digo: passará o céu e a terra, antes que desapareça um jota, um traço da lei. Aquele que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar assim aos homens, será declarado o menor no Reino dos céus. Mas aquele que os guardar e os ensinar será declarado grande no Reino dos céus.

In English

Epistle (II Tim. 4: 1-8)

Lesson from the Epistle of blessed Paul the Apostle to Timothy. 

Dearly beloved, I charge thee before God and Jesus Christ, Who shall judge the living and the dead, by His coming, and His Kingdom. Preach the word: be instant in season: reprove, entreat, rebuke in all patience, and doctrine. For there shall be a time, when they will not endure sound doctrine; but according to their own desires they will heap to themselves teachers, having itching ears, and will indeed turn away their hearing from the truth, but will be turned unto fables. But be thou vigilant, labor in all things, do the work of an evangelist, fulfill thy ministry. Be sober. For I am even now ready to be sacrificed; and the time of my dissolution is at hand. I have fought a good fight, I have finished my course, I have kept the Faith. As to the rest, there is laid up for me a crown of justice, which the Lord, the just Judge, will render to me in that day; and not only to me, but to them also that love His coming.

Gospel (Matt 5: 13-19)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew.

At that time, Jesus said to His disciples: “You are the salt of the earth: but if the salt lose its savor, wherewith shall it be salted? It is good for nothing any more but to be cast out, and to be trodden by men. You are the light of the world. A city seated on a mountain can not be hid. Neither do men light a candle and put it under a bushel, but upon a candlestick, that it may shine to all that are in the house; so let your light shine before men, that they may see your good works, and glorify your Father Who is in Heaven. Do not think that I am come to destroy the law or the prophets: I am not come to destroy, but to fulfill. For, amen I say unto you, till Heaven and earth pass, one jot or one tittle shall not pass of the law till all be fulfilled.He therefore that shall break one of these least commandments, and shall so teach men,shall be called the least in the kingdom of Heaven: but he that shall do and teach, he shall be called great in the kingdom of Heaven.”

Liturgia Diária- 25/05/2017

FESTA DA ASCENSÃO DE NOSSO SENHOR

Festa de 1ª Classe- Missa Própria

ascension3

A ascensão é a segunda festa que se celebra dentro do ciclo litúrgico da vida do salvador. Era com com efeito que o divino ressuscitado deixasse de pisar a lama da terra e voltasse ao reino do Pai, onde vive como Deus, desde a eternidade.

Quarenta dias após a festa da Páscoa, celebra o ciclo pascal o aniversário que marcou o termino do reino visível de Cristo na terra. Os apóstolos estavam reunidos no cenáculo, nas vésperas de pentecostes, quando lhes apareceu o Senhor para tomar a última ceia. Depois conduzindo-os para fora da cidade, para os lados de Bethânia, ao monte das Oliveiras, que ficava fronteiro; abençoou-os e elevou-se diante deles ao céu. Era meio-dia. Uma nuvem branca ocultou-o e dois anjos anunciaram aos discípulos que o Senhor que eles viram com lágrimas de saudade ascender aos céus, havia de voltar no fim dos tempos.

Nos quarenta dias que se passaram em celebração da Páscoa do Senhor, lançou a Igreja fundamentos, e preparou-se para a ação poderosa e renovadora do Espírito Santo.

A Igreja manda dizer o Credo para exprimir e confessar sua fé na ascensão do Senhor: Creio num só Senhor Jesus Cristo, filho único de Deus, que subiu aos céus e está sentado a direita de Deus Pai.

Celebremos pois com grande alegria a ascensão do Senhor. Alegremos nossos corações pois podemos contar com a ajuda do Filho de Deus que está nos céus, lembrando que na terra somos membros continuadores de sua obra.


Páginas 530 a 534 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


LEITURAS/LESSONS

Epístola (Atos 1, 1-11)

Leitura dos Atos dos Apóstolos. 

Em minha primeira narração, ó Teófilo, contei toda a seqüência das ações e dos ensinamentos de Jesus, desde o princípio até o dia em que, depois de ter dado pelo Espírito Santo suas instruções aos apóstolos que escolhera, foi arrebatado (ao céu). E a eles se manifestou vivo depois de sua Paixão, com muitas provas, aparecendo-lhes durante quarenta dias e falando das coisas do Reino de Deus. E comendo com eles, ordenou-lhes que não se afastassem de Jerusalém, mas que esperassem o cumprimento da promessa de seu Pai, que ouvistes, disse ele, da minha boca; porque João batizou na água, mas vós sereis batizados no Espírito Santo daqui há poucos dias. Assim reunidos, eles o interrogavam: Senhor, é porventura agora que ides instaurar o reino de Israel? Respondeu-lhes ele: Não vos pertence a vós saber os tempos nem os momentos que o Pai fixou em seu poder, mas descerá sobre vós o Espírito Santo e vos dará força; e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria e até os confins do mundo. Dizendo isso elevou-se da (terra) à vista deles e uma nuvem o ocultou aos seus olhos… Enquanto o acompanhavam com seus olhares, vendo-o afastar-se para o céu, eis que lhes apareceram dois homens vestidos de branco, que lhes disseram: Homens da Galiléia, por que ficais aí a olhar para o céu? Esse Jesus que acaba de vos ser arrebatado para o céu voltará do mesmo modo que o vistes subir para o céu.

Evangelho (Mc 16, 14-20)

Sequência do Santo Evangelho segundo Marcos

Naquele tempo: Jesus apareceu aos Onze, quando estavam sentados à mesa, e censurou-lhes a incredulidade e dureza de coração, por não acreditarem nos que o tinham visto ressuscitado. E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Estes milagres acompanharão os que crerem: expulsarão os demônios em meu nome, falarão novas línguas, manusearão serpentes e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal; imporão as mãos aos enfermos e eles ficarão curados. Depois que o Senhor Jesus lhes falou, foi levado ao céu e está sentado à direita de Deus. Os discípulos partiram e pregaram por toda parte. O Senhor cooperava com eles e confirmava a sua palavra com os milagres que a acompanhavam.

In English

Epistle (Acts 1: 1-11)

Lesson from the Acts of the Apostles.

The former treatise I made, O Theophilus, of all things which Jesus began to do and to teach, until the day on which, giving commandments by the Holy Ghost to the Apostles whom He had chosen, He was taken up: to whom also He showed Himself alive after His Passion by many proofs, for forty days appearing to them and speaking of the Kingdom of God. And eating together with them, He commanded them that they should not depart from Jerusalem, but should wait for the promise of the Father, which you have heard (saith He), by My mouth for John indeed baptized with water, but you shall be baptized with the Holy Ghost not many days hence. They therefore who were come together asked Him, saying: Lord, wilt Thou at this time restore again the kingdom of Israel? But He said to them: It is not for you to know the times or moments which the Father hath put in His own power: but you shall receive the power of the Holy Ghost coming upon you, and you shall be witnesses unto me in Jerusalem, and in all Judea and Samaria, and even to the uttermost part of the earth. And when He had said these things while they looked on, He was raised up: and a cloud received Him out of their sight. And while they were beholding Him going up to heaven, behold two men stood by them in white garments, who also said: Ye men of Galilee, why stand you looking up to heaven? This Jesus, who is taken up from you into heaven, shall so come as you have seen Him going into Heaven.

Gospel (Mark 16: 14-20)

The continuation of the holy Gospel according to Mark. 

At that time Jesus appeared to the eleven as they were at table: and He upbraided them with their incredulity and hardness of heart, because they did not believe them who had seen Him after He was risen again. And He said to them: “Go ye into the whole world and preach the Gospel to every creature. He that believeth and is baptized shall be saved: but he that believeth not shall be condemned. And these signs shall follow them that believe: In My Name they shall cast out devils; they shall speak with new tongues; they shall take up serpents and if they shall drink any deadly thing, it shall not hurt them; they shall lay their hands upon the sick, and they shall recover.” And the Lord Jesus, after He had spoken to them, was taken up into Heaven and sitteth on the right hand of God. But they going forth preached everywhere, the Lord working withal, and confirming the word with signs that followed.

Liturgia Diária- 24/05/2017

VIGÍLIA DA ASCENSÃO DE NOSSO SENHOR

Viglília de IIª Classe- Comum do 5º Domingo da Páscoa, com Epístola e Evangelho próprios.

ascensao3
 Durante 40 dias de festividades na companhia do Senhor Ressuscitado, vamos agora celebrar sua solene ascensão aos céus diante de Maria Santíssima e dos Apóstolos. Amanhã o Círio Pascal será apagado e nos restará aguardar o Paráclito em Pentecostes. (Sto. Agostinho, Sermão Mai 98, Sobr la Ascensão ol Senhor, 1-2; PLS 2, 494-495)
 

Páginas 519 a 520 528 a 529  do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Epístola (Ef 4, 7-13)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Efésios

Irmãos:  A cada um de nós foi dada a graça, segundo a medida do dom de Cristo, pelo que diz: Quando subiu ao alto, levou muitos cativos, cumulou de dons os homens (Sl 67,19). Ora, que quer dizer ele subiu, senão que antes havia descido a esta terra? Aquele que desceu é também o que subiu acima de todos os céus, para encher todas as coisas. A uns ele constituiu apóstolos; a outros, profetas; a outros, evangelistas, pastores, doutores, para o aperfeiçoamento dos cristãos, para o desempenho da tarefa que visa à construção do corpo de Cristo, até que todos tenhamos chegado à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, até atingirmos o estado de homem feito, a estatura da maturidade de Cristo.

Evangelho (Jo 17, 1-11)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: Jesus levantando os olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora. Glorifica teu Filho, para que teu Filho glorifique a ti; e para que, pelo poder que lhe conferiste sobre toda criatura, ele dê a vida eterna a todos aqueles que lhe entregaste. Ora, a vida eterna consiste em que conheçam a ti, um só Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo que enviaste. Eu te glorifiquei na terra. Terminei a obra que me deste para fazer. Agora, pois, Pai, glorifica-me junto de ti, concedendo-me a glória que tive junto de ti, antes que o mundo fosse criado. Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste. Eram teus e deste-mos e guardaram a tua palavra. Agora eles reconheceram que todas as coisas que me deste procedem de ti. Porque eu lhes transmiti as palavras que tu me confiaste e eles as receberam e reconheceram verdadeiramente que saí de ti, e creram que tu me enviaste. Por eles é que eu rogo. Não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus. Tudo o que é meu é teu, e tudo o que é teu é meu. Neles sou glorificado. Já não estou no mundo, mas eles estão ainda no mundo; eu, porém, vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me encarregaste de fazer conhecer, a fim de que sejam um como nós.

In English

Epistle (Eph 4: 7-13)

Lesson from the Epistle of Blessed Paul the Apostle to the Ephesians. 

Dear beloved: Yet to each one of us there has been given grace according to the measure allotted by Christ. Because of this, he says: “Ascending on high, he took captivity itself captive; he gave gifts to men.” Now that he has ascended, what is left except for him also to descended, first to the lower parts of the earth? He who descended is the same one who also ascended above all the heavens, so that he might fulfill everything. And the same one granted that some would be Apostles, and some Prophets, yet truly others evangelists, and others pastors and teachers, for the sake of the perfection of the saints, by the work of the ministry, in the edification of the body of Christ, until we all meet in the unity of faith and in the knowledge of the Son of God, as a perfect man, in the measure of the age of the fullness of Christ.

Gospel (John 7: 1-11)

The continuation of the Holy Gospel according to John.

At that time, Jesus lifting up his eyes toward heaven, he said: “Father, the hour has arrived: glorify your Son, so that your Son may glorify you, just as you have given authority over all flesh to him, so that he may give eternal life to all those whom you have given to him. And this is eternal life: that they may know you, the only true God, and Jesus Christ, whom you have sent. I have glorified you on earth. I have completed the work that you gave me to accomplish. And now Father, glorify me within yourself, with the glory that I had with you before the world ever was. I have manifested your name to the men whom you have given to me from the world. They were yours, and you gave them to me. And they have kept your word. Now they realize that all the things that you have given me are from you. For I have given them the words that you gave to me. And they have accepted these words, and they have truly understood that I went forth from you, and they have believed that you sent me. I pray for them. I do not pray for the world, but for those whom you have given to me. For they are yours. And all that is mine is yours, and all that is yours is mine, and I am glorified in this. And though I am not in the world, these are in the world, and I am coming to you. Father most holy, preserve them in your name, those whom you have given to me, so that they may be one, even as we are one. 

Liturgia Diária- 23/05/2017

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa comum do domingo

A liturgia continua a cantar o triunfo de Cristo e a liberdade do povo cristão que ele resgatou. Nesta semana das rogações convida-nos particularmente a unir com a sua a nossa prece, como nos diz na missa das ladainhas e até a oração e o evangelho de hoje. Mas é preciso pedir em nome do Senhor e pedir coisas realmente de valor e interesse para nós, a salvação em primeiro lugar, evidentemente, e então sem falta nos concederá o que pedimos; para que seja perfeita a nossa alegria e para que crendo que ele saiu de Deus, mereçamos entrar com ele na glória do Pai. Cautela, pois, não nos iludamos. A epístola de São Tiago frisa este ponto com insistência. Não basta orar, é preciso orar bem.


Páginas 518 a 521 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Epístola (Tg 1, 22-27)

Leitura da Epístola de São Tiago Apóstolo.

Caríssimos: Sede cumpridores da palavra e não apenas ouvintes; isto equivaleria a vos enganardes a vós mesmos. Aquele que escuta a palavra sem a realizar  assemelha-se a alguém que contempla num espelho a fisionomia que a natureza lhe deu: contempla-se e, mal sai dali, esquece-se de como era. Mas aquele que procura meditar com atenção a lei perfeita da liberdade e nela persevera – não como ouvinte que facilmente se esquece, mas como cumpridor fiel do preceito -, este será feliz no seu proceder. Se alguém pensa ser piedoso, mas não refreia a sua língua e engana o seu coração, então é vã a sua religião. A religião pura e sem mácula aos olhos de Deus e nosso Pai é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições, e conservar-se puro da corrupção deste mundo.

Evangelho (Jo 16, 23-20)

Sequência do Santo Evangelho segundo São João.

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: Em verdade, em verdade vos digo: o que pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo dará. Até agora não pedistes nada em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja perfeita. Disse-vos essas coisas em termos figurados e obscuros. Vem a hora em que já não vos falarei por meio de comparações e parábolas, mas vos falarei abertamente a respeito do Pai. Naquele dia pedireis em meu nome, e já não digo que rogarei ao Pai por vós. Pois o mesmo Pai vos ama, porque vós me amastes e crestes que saí de Deus. Saí do Pai e vim ao mundo. Agora deixo o mundo e volto para junto do Pai. Disseram-lhe os seus discípulos: Eis que agora falas claramente e a tua linguagem já não é figurada e obscura. Agora sabemos que conheces todas as coisas e que não necessitas que alguém te pergunte. Por isso, cremos que saíste de Deus.

In English

Epistle (James 1: 22-27)

Lesson from the first Epistle of Blessed James the Apostle.

Dearly beloved, Be ye doers of the word and not hearers only, deceiving your own selves, For if a man be a hearer of the word and not a doer, he shall be compared to a man beholding his own countenance in a glass: for he beheld himself and went his way, and presently forgot what manner of man he was. But he that hath looked into the perfect law of liberty and hath continued therein. not becoming a forgetful hearer but a doer of the work: this man shall be blessed in his deed, And if any man think himself to be religious, not bridling his tongue but deceiving his own heart, this man’s religion is vain. Religion clean and undefiled before God and the Father is this: To visit the fatherless and widows in their tribulation, and to keep one’s self unspotted from this world.

Gospel (John 16: 23-30)

The continuation of the holy Gospel according to John.

At that time Jesus saith to His disciples: “Amen, amen, I say to you: if you ask the Father any thing in My Name, He will give it to you. Hitherto you have not asked any thing in my name: Ask, and you shall receive, that your joy may be full. These things I have spoken to you in proverbs. The hour cometh when I will no more speak to you in proverbs, but I will show you plainly of the Father. In that day you shall ask in My Name; and I say not to you that I will ask the Father for you: for the Father Himself loveth you, because you have loved Me and have believed that I came out from God. I came forth from the Father and am come into the world; again I leave the world and I go to the Father.” His disciples say to Him: Behold, now Thou speakest plainly and speakest no proverb. Now we know that Thou knowest all things and Thou needest not that any man should ask of Thee: by this we believe that Thou camest forth from God.

Liturgia Diária- 22/05/2017

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa comum do domingo

A liturgia continua a cantar o triunfo de Cristo e a liberdade do povo cristão que ele resgatou. Nesta semana das rogações convida-nos particularmente a unir com a sua a nossa prece, como nos diz na missa das ladainhas e até a oração e o evangelho de hoje. Mas é preciso pedir em nome do Senhor e pedir coisas realmente de valor e interesse para nós, a salvação em primeiro lugar, evidentemente, e então sem falta nos concederá o que pedimos; para que seja perfeita a nossa alegria e para que crendo que ele saiu de Deus, mereçamos entrar com ele na glória do Pai. Cautela, pois, não nos iludamos. A epístola de São Tiago frisa este ponto com insistência. Não basta orar, é preciso orar bem.


Páginas 518 a 521 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Epístola (Tg 1, 22-27)

Leitura da Epístola de São Tiago Apóstolo.

Caríssimos: Sede cumpridores da palavra e não apenas ouvintes; isto equivaleria a vos enganardes a vós mesmos. Aquele que escuta a palavra sem a realizar  assemelha-se a alguém que contempla num espelho a fisionomia que a natureza lhe deu: contempla-se e, mal sai dali, esquece-se de como era. Mas aquele que procura meditar com atenção a lei perfeita da liberdade e nela persevera – não como ouvinte que facilmente se esquece, mas como cumpridor fiel do preceito -, este será feliz no seu proceder. Se alguém pensa ser piedoso, mas não refreia a sua língua e engana o seu coração, então é vã a sua religião. A religião pura e sem mácula aos olhos de Deus e nosso Pai é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições, e conservar-se puro da corrupção deste mundo.

Evangelho (Jo 16, 23-20)

Sequência do Santo Evangelho segundo São João.

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: Em verdade, em verdade vos digo: o que pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo dará. Até agora não pedistes nada em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja perfeita. Disse-vos essas coisas em termos figurados e obscuros. Vem a hora em que já não vos falarei por meio de comparações e parábolas, mas vos falarei abertamente a respeito do Pai. Naquele dia pedireis em meu nome, e já não digo que rogarei ao Pai por vós. Pois o mesmo Pai vos ama, porque vós me amastes e crestes que saí de Deus. Saí do Pai e vim ao mundo. Agora deixo o mundo e volto para junto do Pai. Disseram-lhe os seus discípulos: Eis que agora falas claramente e a tua linguagem já não é figurada e obscura. Agora sabemos que conheces todas as coisas e que não necessitas que alguém te pergunte. Por isso, cremos que saíste de Deus.

In English

Epistle (James 1: 22-27)

Lesson from the first Epistle of Blessed James the Apostle.

Dearly beloved, Be ye doers of the word and not hearers only, deceiving your own selves, For if a man be a hearer of the word and not a doer, he shall be compared to a man beholding his own countenance in a glass: for he beheld himself and went his way, and presently forgot what manner of man he was. But he that hath looked into the perfect law of liberty and hath continued therein. not becoming a forgetful hearer but a doer of the work: this man shall be blessed in his deed, And if any man think himself to be religious, not bridling his tongue but deceiving his own heart, this man’s religion is vain. Religion clean and undefiled before God and the Father is this: To visit the fatherless and widows in their tribulation, and to keep one’s self unspotted from this world.

Gospel (John 16: 23-30)

The continuation of the holy Gospel according to John.

At that time Jesus saith to His disciples: “Amen, amen, I say to you: if you ask the Father any thing in My Name, He will give it to you. Hitherto you have not asked any thing in my name: Ask, and you shall receive, that your joy may be full. These things I have spoken to you in proverbs. The hour cometh when I will no more speak to you in proverbs, but I will show you plainly of the Father. In that day you shall ask in My Name; and I say not to you that I will ask the Father for you: for the Father Himself loveth you, because you have loved Me and have believed that I came out from God. I came forth from the Father and am come into the world; again I leave the world and I go to the Father.” His disciples say to Him: Behold, now Thou speakest plainly and speakest no proverb. Now we know that Thou knowest all things and Thou needest not that any man should ask of Thee: by this we believe that Thou camest forth from God.

Liturgia Diária- V Domingo da Páscoa

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

A liturgia continua a cantar o triunfo de Cristo e a liberdade do povo cristão que ele resgatou. Nesta semana das rogações convida-nos particularmente a unir com a sua a nossa prece, como nos diz na missa das ladainhas e até a oração e o evangelho de hoje. Mas é preciso pedir em nome do Senhor e pedir coisas realmente de valor e interesse para nós, a salvação em primeiro lugar, evidentemente, e então sem falta nos concederá o que pedimos; para que seja perfeita a nossa alegria e para que crendo que ele saiu de Deus, mereçamos entrar com ele na glória do Pai. Cautela, pois, não nos iludamos. A epístola de São Tiago frisa este ponto com insistência. Não basta orar, é preciso orar bem.


Páginas 518 a 521 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Epístola (Tg 1, 22-27)

Leitura da Epístola de São Tiago Apóstolo.

Caríssimos: Sede cumpridores da palavra e não apenas ouvintes; isto equivaleria a vos enganardes a vós mesmos. Aquele que escuta a palavra sem a realizar  assemelha-se a alguém que contempla num espelho a fisionomia que a natureza lhe deu: contempla-se e, mal sai dali, esquece-se de como era. Mas aquele que procura meditar com atenção a lei perfeita da liberdade e nela persevera – não como ouvinte que facilmente se esquece, mas como cumpridor fiel do preceito -, este será feliz no seu proceder. Se alguém pensa ser piedoso, mas não refreia a sua língua e engana o seu coração, então é vã a sua religião. A religião pura e sem mácula aos olhos de Deus e nosso Pai é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições, e conservar-se puro da corrupção deste mundo.

Evangelho (Jo 16, 23-20)

Sequência do Santo Evangelho segundo São João.

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: Em verdade, em verdade vos digo: o que pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo dará. Até agora não pedistes nada em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja perfeita. Disse-vos essas coisas em termos figurados e obscuros. Vem a hora em que já não vos falarei por meio de comparações e parábolas, mas vos falarei abertamente a respeito do Pai. Naquele dia pedireis em meu nome, e já não digo que rogarei ao Pai por vós. Pois o mesmo Pai vos ama, porque vós me amastes e crestes que saí de Deus. Saí do Pai e vim ao mundo. Agora deixo o mundo e volto para junto do Pai. Disseram-lhe os seus discípulos: Eis que agora falas claramente e a tua linguagem já não é figurada e obscura. Agora sabemos que conheces todas as coisas e que não necessitas que alguém te pergunte. Por isso, cremos que saíste de Deus.

In English

Epistle (James 1: 22-27)

Lesson from the first Epistle of Blessed James the Apostle.

Dearly beloved, Be ye doers of the word and not hearers only, deceiving your own selves, For if a man be a hearer of the word and not a doer, he shall be compared to a man beholding his own countenance in a glass: for he beheld himself and went his way, and presently forgot what manner of man he was. But he that hath looked into the perfect law of liberty and hath continued therein. not becoming a forgetful hearer but a doer of the work: this man shall be blessed in his deed, And if any man think himself to be religious, not bridling his tongue but deceiving his own heart, this man’s religion is vain. Religion clean and undefiled before God and the Father is this: To visit the fatherless and widows in their tribulation, and to keep one’s self unspotted from this world.

Gospel (John 16: 23-30)

The continuation of the holy Gospel according to John.

At that time Jesus saith to His disciples: “Amen, amen, I say to you: if you ask the Father any thing in My Name, He will give it to you. Hitherto you have not asked any thing in my name: Ask, and you shall receive, that your joy may be full. These things I have spoken to you in proverbs. The hour cometh when I will no more speak to you in proverbs, but I will show you plainly of the Father. In that day you shall ask in My Name; and I say not to you that I will ask the Father for you: for the Father Himself loveth you, because you have loved Me and have believed that I came out from God. I came forth from the Father and am come into the world; again I leave the world and I go to the Father.” His disciples say to Him: Behold, now Thou speakest plainly and speakest no proverb. Now we know that Thou knowest all things and Thou needest not that any man should ask of Thee: by this we believe that Thou camest forth from God.

Liturgia Diária- 20/05/2017

SÃO BERNARDINO DE SENA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” com Coleta e Evangelho próprios

Nasceu em Massa Marítima, na Toscana, Itália, no ano de 1380. Muito cedo, infelizmente, perdeu seus pais; mas, por outro lado, a Providência Santíssima agiu na sua formação através de tias cristãs fervorosas. Tanto que oraram, testemunharam, foram canais da Providência Divina para a vida de São Bernardino.

Numa vida de oração e penitência, ele discerniu seu chamado a uma vida consagrada, entrando para a família franciscana na Ordem dos Frades Menores. Ali, tornou-se sacerdote.

São Bernardino possuía muitas qualidades; muitas delas, sobrenaturais. Muitos dons, dentre eles, o carisma da pregação. Um homem zeloso, liderou o movimento da observância em prol de uma vivência radical do carisma franciscano. Quantas pessoas, na Itália, conheceram esse santo por causa da eficácia do nome de Jesus!

Grande devoto; tanto que nas leituras do ofício de hoje, encontramos um texto tirado de um de seus sermões: “O nome de Jesus é a luz dos pregadores, porque ilumina, com o seu esplendor, os que anunciam e os que ouvem a Sua Palavra. Por que razão a luz da fé se difundiu no mundo inteiro tão rápida e ardentemente, senão porque foi pregado este nome?”. Um grande pregador, ele reconhecia que tudo era graça na sua vida. Muitos puderam conhecer, através dos lábios desse pregador, o amor de Deus. Ele se expressou, revelou-se plenamente em Cristo Jesus na força do seu Espírito.

São Bernardino, como todos os santos e santas da Igreja de todos os tempos, foi conduzido pelo Espírito Santo. Centrado no mistério da Eucaristia, devotíssimo da Santíssima Virgem, ele se consumiu ao serviço da Palavra e do povo de Deus. No ano de 1444, ele partiu para o céu e intercede por nós para que sejamos todos servos da Palavra para glória e de Jesus.


Páginas 1075, 861 a 864, e 869 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Leitura (Eclo 31,8-11)

Bem-aventurado o rico que foi achado sem mácula, que não correu atrás do ouro, que não colocou sua esperança no dinheiro e nos tesouros! Quem é esse homem para que o felicitemos? Ele fez prodígios durante sua vida. Àquele que foi tentado pelo ouro e foi encontrado perfeito, está reservada uma glória eterna: ele podia transgredir a lei e não a violou; ele podia fazer o mal e não o fez. Por isso seus bens serão fortalecidos no Senhor, e toda a assembléia dos santos louvará suas esmolas.

Evangelho (Lc 12, 35-40)

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Estejam cingidos os vossos rins e acesas as vossas lâmpadas. Sede semelhantes a homens que esperam o seu senhor, ao voltar de uma festa, para que, quando vier e bater à porta, logo lha abram. Bem-aventurados os servos a quem o senhor achar vigiando, quando vier! Em verdade vos digo: cingir-se-á, fá-los-á sentar à mesa e servi-los-á. Se vier na segunda ou se vier na terceira vigília e os achar vigilantes, felizes daqueles servos! Sabei, porém, isto: se o senhor soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria sem dúvida e não deixaria forçar a sua casa. Estai, pois, preparados, porque, à hora em que não pensais, virá o Filho do Homem.

In English

Epistle (Ecclesiasticus 31: 8-11)

Blessed is the man that is found without blemish, and that hath not gone after gold, nor put his trust in money nor in treasures. Who is he, and we will praise him? For he hath done wonderful things in his life. Who hath been tried thereby, and made perfect, he shall have glory everlasting: he that could have transgressed, and hath not transgressed: and could do evil things, and hath not done them: therefore are his goods established in the Lord, and all the Church of the Saints shall declare his alms.

Gospel (Luke 12: 35-40)

At that time, Jesus said to His disciples: Let your loins be girt and lamps burning in your hands, and you yourselves like to men who wait for their lord, when he shall re- turn from the wedding: that when he cometh and knocketh, they may open to him immediately. Blessed are those servants whom the Lord, when he cometh, shall find watching: amen I say to you that he will girt himself and make them sit down to meat, and passing will minister unto them. And if he shall come in the second watch, or come in the third watch, and find them so, blessed are those servants. But this know ye, that if the house- holder did know at what hour the thief would come, he would surely watch. and would not suffer his house to be broken open. Be you then also ready, for at what hour you think not the Son of man will come.

Liturgia Diária- 19/05/2017

SÃO PEDRO CELESTINO, Papa e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Si diligis me” com Coleta própria

161

Marcelo foi Papa num período conturbado na vida da Igreja. O imperador Diocleciano decretou uma feroz perseguição aos cristãos, condenando milhares a morte. Marcelo era ainda padre quando foi elevado à cátedra de Pedro no ano de 308. Foi o trigésimo papa da Igreja. O seu pontificado foi uma luta constante para reorganizar a Igreja e lutar pela inclusão daqueles que tinham renegado a fé em Cristo. Com justiça e sabedoria, Marcelo soube tratar o assunto. Enquanto muitos bispos do Oriente pediam a excomunhão destes cristãos, especialmente para os que faziam parte do clero, ele se mostrou rigoroso mas menos radical. Decidiu que a Igreja iria acolhê-los, depois de um período de penitência. Outra decisão de Marcelo determinou que nenhum concílio podia ser convocado sem a autorização do Papa. Marcelo acabou sendo preso pelas forças imperiais e obrigado a trabalhar na sua igreja,transformada em estábulo. Morreu em conseqüência dos maus tratos recebidos, no dia 16 de janeiro de 309.

Oração (Coleta da Missa): Nós Vos rogamos, Senhor, ouvi benignamente as orações de vosso povo, a fim de que sejamos ajudados pelos méritos de S. Marcelo, vosso Mártir e Pontífice, cujo martírio alegremente celebramos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (1 Ped 5, 1-4; 10-11)

Leitura da Epístola de São Pedro Apóstolo.

Caríssimos: Eis a exortação que dirijo aos anciãos que estão entre vós; porque sou ancião como eles, fui testemunha dos sofrimentos de Cristo e serei participante com eles daquela glória que se há de manifestar. Velai sobre o rebanho de Deus, que vos é confiado. Tende cuidado dele, não constrangidos, mas espontaneamente; não por amor de interesse sórdido, mas com dedicação; não como dominadores absolutos sobre as comunidades que vos são confiadas, mas como modelos do vosso rebanho. E, quando aparecer o supremo Pastor, recebereis a coroa imperecível de glória. O Deus de toda graça, que vos chamou em Cristo à sua eterna glória, depois que tiverdes padecido um pouco, vos aperfeiçoará, vos tornará inabaláveis, vos fortificará. A ele o poder na eternidade! Amém.

Evangelho (Mt 16, 13-19)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus .

Naquele tempo, chegando ao território de Cesaréia de Filipe, Jesus perguntou a seus discípulos: No dizer do povo, quem é o Filho do Homem? Responderam: Uns dizem que é João Batista; outros, Elias; outros, Jeremias ou um dos profetas. Disse-lhes Jesus: E vós quem dizeis que eu sou? Simão Pedro respondeu: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo! Jesus então lhe disse: Feliz és, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus. E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.

In English

Lesson (1 Pe 5, 1-4; 10-11)

Lesson from the First Book of Peter. 

Dearly beloved, the ancients therefore that are among you, I beseech , who am myself also am ancient, and a witness of the sufferings of Christ : as also a partaker of that glory which is to be revealed in time to come: feed the flock of God which is among you, taking care of it, not by constraint, but willingly, according to God: not for filthy lucre’s sake, but voluntarily: neither as lording it over the clergy, but being made a pattern of the flock from the heart. And when the prince of pastors shall appear, you shall receive a never fading crown of glory. But the God of all grace, Who hath called us unto His eternal glory in Christ Jesus, after you have suffered a little, will himself perfect you, and confirm you, and establish you. To Him be glory and empire for ever and ever. Amen.

Gospel (Mt 16, 13-19)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew.

At that time, Jesus came into the quarters of Cæsarea Philippi, and He asked His disciples, saying,”Whom do men say that the Son of man is?” But they said, Some, John the Baptist, and other some, Elias, and others, Jeremias, or one of the prophets. Jesus saith to them, “But whom do you say that I am?” Simon Peter answered, Thou art Christ, the Son of the living God. And Jesus answering, said to him, “Blessed art thou, Simon Bar-Jona, because flesh and blood hath not revealed it to thee, but My Father Who is in Heaven: and I say to thee, that thou art Peter, and upon this rock I will build My Church, and the gates of hell shall not prevail against it; and to thee I will give the keys of the kingdom of Heaven; and whatsoever thou shalt bind upon earth, it shall be bound also in Heaven; and whatsoever thou shall loose on earth, it shall be loosed also in Heaven.”

Liturgia Diária- 18/05/2017

SÃO VENÂNCIO, Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa “Protexisti”

 

Venâncio, rapaz de quinze anos, pertencia a uma família nobre de Camerino. Ao fazer-se cristão, deixou todas as comodidades em que vivia e foi morar com o presbítero Porfírio. Uma vez cercado pelas autoridades pagãs da cidade, foi ameaçado de tortura e morte se não regressasse à adoração dos falsos deuses, conforme ordenado por éditos imperiais.

Venâncio era adolescente, mas esboçando uma forte personalidade pela fé recebida, recusou-se a apostatar, sendo então submetido à flagelação, ao sufocamento pela fumaça, a queimaduras por fogo, a tortura numa espécie de cavalete, mas sempre saindo ileso e, portanto, angariando conversões entre os pagãos e mesmo entre os perseguidores presentes. Acabou preso, e ainda por cima foi torturado com brasas vivas sobre a sua cabeça, arrancaram-lhe a mandíbula e os dentes. Como Venâncio ainda resistisse, foi então jogado a cinco leões famintos, mas estes se prostaram inofensivamente a seus pés.

De volta à prisão, acolheu a enfermos de todos os tipos que o visitaram admirados e suplicantes, devolvendo-lhes milagrosamente a saúde do corpo e da alma e convertendo-os ao Cristianismo. Exasperado, o prefeito da cidade jogou-o das muralhas, mas de novo encontrou-o a salvo, enquanto cantava louvores a Deus. Foi então amarrado e arrastado pela vegetação rasteira do campo e, nesta ocasião , por um milagre, fez brotar um olho d’água de uma rocha para saciar a sede dos soldados, operando novas conversões.

Finalmente, a 18 de maio de 251, sob o imperador Décio, ou em 253 sob o imperador Valeriano, foi decapitado juntamente com outros dez cristãos. (…) O mártir foi enterrado ao lado de fora da Porta Oriental, na encosta leste do morro a 500 metros da muralha, sobre a qual foi construída uma basílica (século 5º), que foi várias vezes reconstruída nos séculos seguintes, a qual desde sempre é a sede da “Arca do Santo”, local secular de devoção.

Durante a longa história da cidade , seu nome e culto estão presentes em todos os lugares: nas fórmulas de invocação da Ladainha dos Santos compostas pelos bispos camerinenses de 1235 e de 1242, nos livros litúrgicos locais dos séculos 14 e 15, nos selos e moedas cunhados com a figura do santo, na igreja erguida na fonte que brotou milagrosamente da rocha que está ligada a dois vasos em que foram imersos leprosos e ulcerosos para pedirem a cura.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (II Tim 2, 8-10; 3, 10-12)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo a Timóteo.

Caríssimo: Lembra-te de Jesus Cristo, saído da estirpe de Davi e ressuscitado dos mortos, segundo o meu Evangelho, pelo qual estou sofrendo até as cadeias como um malfeitor. Mas a palavra de Deus, esta não se deixa acorrentar. Pelo que tudo suporto por amor dos escolhidos, para que também eles consigam a salvação em Jesus Cristo, com a glória eterna. Tu, pelo contrário, te aplicaste a seguir-me de perto na minha doutrina, no meu modo de vida, nos meus planos, na minha fé, na minha paciência, na minha caridade, na minha constância, nas minhas perseguições, nas provações que me sobrevieram em Antioquia, em Icônio, em Listra. Que perseguições tive que sofrer! E de todas me livrou o Senhor. Pois todos os que quiserem viver piedosamente, em Jesus Cristo, terão de sofrer a perseguição.

Evangelho (Jo 15, 1-7)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus a Seus discípulos: Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que não der fruto em mim, ele o cortará; e podará todo o que der fruto, para que produza mais fruto. Vós já estais puros pela palavra que vos tenho anunciado. Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. O ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Assim também vós: não podeis tampouco dar fruto, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não permanecer em mim será lançado fora, como o ramo. Ele secará e hão de ajuntá-lo e lançá-lo ao fogo, e queimar-se-á. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito.

In English

Epistle (II Tim 2: 8-10; 3: 10-12)

Lesson from the Epistle of blessed Paul the Apostle to Timothy.

Dearly beloved, be mindful that the Lord Jesus Christ is risen again from the dead, of the seed of David, according to my gospel. Wherein I labor even unto bands, as an evil-doer: but the word of God is not bound. Therefore I endure all things for the sake of the elect, that they may also obtain the salvation, which is in Christ Jesus, with heavenly glory. But thou hast fully known my doctrine, manner of life, purpose, faith, long-suffering, love, patience, persecutions, afflictions, such as came upon me at Antioch, at Iconium, and at Lystra; what persecutions I endured and out of them all the Lord delivered me. And all that will live godly in Jesus Christ shall suffer persecution.

Gospel (John 15: 1-7)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew. 

At that time, The Lord appointed also other seventy-two; and He sent them two and two before His face into every city and place whither He Himself was to come. And He said to them, “The harvest indeed is great, but the laborers are few: pray ye therefore the Lord of the harvest, that He send laborers into His harvest. Go, behold I send you as lambs among wolves. Carry neither purse, nor scrip, nor shoes; and salute no man by the way. Into whatsoever house you enter, first say, Peace be to this house: and if the son of peace be there, your peace shall rest upon him: but if not, it shall return to you. And in the same house remain, eating and drinking such things as they have: for the laborer is worthy of his hire. Remove not from house to house. And into what city soever you enter, and they receive you, eat such things as are set before you; and heal the sick that are therein; and say to them, The kingdom of God is come nigh unto you.”

Liturgia Diária- 17/05/2017

SÃO PASCOAL BAYLON, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” com Coleta própria

 

Nasceu na Espanha no ano de 1540. Seus pais, muitos religiosos, colocaram nele esse nome por seu nascimento ser no domingo de Páscoa. Pascoal viveu seus 52 anos centrados no mistério da Eucaristia. Um santo conhecido por suas obras e sua paixão a Jesus Sacramentado. Trabalhou cuidando dos rebanhos, não tendo oportunidade de estudar tão cedo. Tinha o desejo de conhecer a verdade, e quanto mais aprendia a ler, mais lia o Santo Evangelho. E mais que ler, colocava em prática na vida.

Chamado à vida religiosa, foi para Valença. Renunciou a tudo para seguir a Cristo dentro da família franciscana. E ali, buscava fazer os trabalhos mais simples. Homem de profunda adoração a Jesus Sacramentado. Entre a Espanha e a França existiam povos que combatiam os cristãos. Ele foi enviado para levar uma carta para a França. E aceitou. Desejando ser mártir da obediência.

Tinha grande amor à Santíssima Virgem. Com 52 anos, depois de uma enfermidade, no dia de Pentecostes, ele – cheio do Espírito – partiu para a Glória Celeste.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Eclo 31,8-11)

Bem-aventurado o rico que foi achado sem mácula, que não correu atrás do ouro, que não colocou sua esperança no dinheiro e nos tesouros! Quem é esse homem para que o felicitemos? Ele fez prodígios durante sua vida. Àquele que foi tentado pelo ouro e foi encontrado perfeito, está reservada uma glória eterna: ele podia transgredir a lei e não a violou; ele podia fazer o mal e não o fez. Por isso seus bens serão fortalecidos no Senhor, e toda a assembléia dos santos louvará suas esmolas.

Evangelho (Lc 12, 35-40)

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Estejam cingidos os vossos rins e acesas as vossas lâmpadas. Sede semelhantes a homens que esperam o seu senhor, ao voltar de uma festa, para que, quando vier e bater à porta, logo lha abram. Bem-aventurados os servos a quem o senhor achar vigiando, quando vier! Em verdade vos digo: cingir-se-á, fá-los-á sentar à mesa e servi-los-á. Se vier na segunda ou se vier na terceira vigília e os achar vigilantes, felizes daqueles servos! Sabei, porém, isto: se o senhor soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria sem dúvida e não deixaria forçar a sua casa. Estai, pois, preparados, porque, à hora em que não pensais, virá o Filho do Homem.

In English

Epistle (Ecclesiasticus 31: 8-11)

Blessed is the man that is found without blemish, and that hath not gone after gold, nor put his trust in money nor in treasures. Who is he, and we will praise him? For he hath done wonderful things in his life. Who hath been tried thereby, and made perfect, he shall have glory everlasting: he that could have transgressed, and hath not transgressed: and could do evil things, and hath not done them: therefore are his goods established in the Lord, and all the Church of the Saints shall declare his alms.

Gospel (Luke 12: 35-40)

At that time, Jesus said to His disciples: Let your loins be girt and lamps burning in your hands, and you yourselves like to men who wait for their lord, when he shall re- turn from the wedding: that when he cometh and knocketh, they may open to him immediately. Blessed are those servants whom the Lord, when he cometh, shall find watching: amen I say to you that he will girt himself and make them sit down to meat, and passing will minister unto them. And if he shall come in the second watch, or come in the third watch, and find them so, blessed are those servants. But this know ye, that if the house- holder did know at what hour the thief would come, he would surely watch. and would not suffer his house to be broken open. Be you then also ready, for at what hour you think not the Son of man will come.

Liturgia Diária- 16/05/2017

SANTO UBALDO, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Statuit” com Coleta própria

O nome de Gúbio traz à memória a imagem do manso são Francisco que amansa o temido lobo. Um século antes, outro santo manso e corajoso, trouxera a serenidade à medieval cidadezinha úmbria, amansando lobos muito mais temíveis. Seus biógrafos contam que durante furiosa rixa na cidade, o bispo Ubaldo foi visto atirando-se entre os contendores para fazer a obra de pacificação. Mas não foi poupado, e somente quando caiu ao solo, os concidadãos, arrependidos e confusos, depuseram as armas, unidos finalmente por um mesmo sentimento de veneração para com o amado bispo.

Ubaldo nasceu de família nobre de origem alemã em 1085. Ficou órfão de pai e mãe em tenra idade, foi criado por um tio, que cuidou da educação sobre sólidas bases religiosas. Mas quando tinha pouco mais de 15 anos manifestou o desejo de retirar-se para a solidão a fim de viver como ermitão longe das lisonjas da cidade. Foi o próprio tio a dissuadi-lo, consentindo, porém, que ele fizesse vida comum com os cônegos de são Segundo. Em 1104, foi tirado daí pelo bispo João, que o quis junto de si para confiar-lhe a reforma eclesiástica.

Em 1114, Ubaldo recebeu a ordenação sacerdotal e foi eleito prior da comunidade religiosa acolhida na paróquia de são Mariano, titular da catedral. À primeira comunidade imprimiu novo impulso ascético, baseado no exemplo de são Pedro Damião, que transformara Fonte Avelana em centro exemplar de vida cristã. Para Fonte Avelana dirigiu-se o próprio Ubaldo, depois que um incêndio devastou, em 1126, a catedral e a casa paroquial, dispersando a sua comunidade. Em 1129 o papa Honório II designou-o bispo de Gúbio e lhe conferiu pessoalmente a consagração. Trinta e um anos durou o seu episcopado. Foi pastor manso e previdente, ativíssimo e corajoso. Amado pelo povo pela firmeza com que defendia os fracos contra a arrogância dos feudatários, o bispo Ubaldo soube ganhar o reconhecimento da cidade inteira em 1155, salvando a cidade da ameaça de total destruição da parte de Frederico Barba-roxa. Mas Ubaldo era essencialmente homem de paz: sempre recorria às armas da persuasão, da caridade e da doçura para dobrar os adversários, até os mais obstinados.

Morreu na madrugada do dia 16 de maio de 1160. O sentimento unânime de devoção do povo de Gúbio, que o proclamara seu celeste padroeiro imediatamente depois da morte, antecipou o reconhecimento oficial da Igreja, que o incluiu no álbum dos santos, apenas trinta e dois anos depois, a 5 de março de 1192.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Eclo 44,16-27;45,3-20)

Leitura do livro do Eclesiástico. 

Eis o grande sacerdote que nos dias de sua vida agradou a Deus e foi considerado Justo; no tempo da ira tornou-se a reconciliação dos homens. Ninguém o igualou na observância das leis do Altíssimo. Por isso jurou que o havia de glorificar em sua descendência. Abençoou nele todas as nações e confirmou sua aliança sobre sua cabeça. Distinguiu-o com as suas bençãos; conservou-lhe a sua misericórdia e ele achou graça diante do Senhor. Enalteceu-o diante dos reis e deu-lhe uma coroa de glória. Fez com ele uma aliança eterna; deu-lhe o sumo sacerdócio, e encheu-o de felicidade na glória,  para exercer o sacerdócio e, cantar louvores a seu Nome, e oferecer-Lhe dignamente incenso de agradável odor.

Evangelho (Mt 25, 14-23)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos essa parábola: O reino dos céus é como um homem que, tendo de viajar, reuniu seus servos e lhes confiou seus bens. A um deu cinco talentos; a outro, dois; e a outro, um, segundo a capacidade de cada um. Depois partiu.Logo em seguida, o que recebeu cinco talentos negociou com eles; fê-los produzir, e ganhou outros cinco.Do mesmo modo, o que recebeu dois, ganhou outros dois. Mas, o que recebeu apenas um, foi cavar a terra e escondeu o dinheiro de seu senhor. Muito tempo depois, o senhor daqueles servos voltou e pediu-lhes contas. O que recebeu cinco talentos, aproximou-se e apresentou outros cinco: – Senhor, disse-lhe, confiaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei.’ Disse-lhe seu senhor: – Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor. O que recebeu dois talentos, adiantou-se também e disse: – Senhor, confiaste-me dois talentos; eis aqui os dois outros que lucrei. Disse-lhe seu senhor: – Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor.

In English

Lesson (Ecclesiasticus 44. 16-27; 45. 3-20)

Lesson from the Book of Wisdom

Behold, a great priest, who in his days pleased God, and was found just; and in the time of wrath he was made a reconciliation.  There was not found the like to him who kept the law of the most High. Therefore by an oath the Lord made him to increase among his people. He gave him the blessing of all nations, and confirmed His covenant upon his head. He acknowledged him in His blessings; He preserved for him His mercy ; and he found grace before the eyes of the Lord.  He glorified him in the sight of kings, and gave him a crown of glory. He made an everlasting covenant with him, and gave him a great priesthood : and made him blessed in glory. To execute the office of the priesthood, and to have praised in His name, and to offer him a worthy incense for an odor of sweetness.

Gospel (Mt 25: 14-23)

 Sequence of the Holy Gospel according to Matthew.

At that time Jesus said to his disciples this parable: ‘The kingdom of heaven it is like a man about to go abroad who summoned his servants and entrusted his property to them. To one he gave five talents, to another two, to a third one, each in proportion to his ability. Then he set out on his journey. The man who had received the five talents promptly went and traded with them and made five more. The man who had received two made two more in the same way. But the man who had received one went off and dug a hole in the ground and hid his master’s money. Now a long time afterwards, the master of those servants came back and went through his accounts with them. The man who had received the five talents came forward bringing five more. “Sir,” he said, “you entrusted me with five talents; here are five more that I have made.” His master said to him, “Well done, good and trustworthy servant; you have shown you are trustworthy in small things; I will trust you with greater; come and join in your master’s happiness.” Next the man with the two talents came forward. “Sir,” he said, “you entrusted me with two talents; here are two more that I have made.” His master said to him, “Well done, good and trustworthy servant; you have shown you are trustworthy in small things; I will trust you with greater; come and join in your master’s happiness.”

Liturgia Diária- 13/05/2017

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

Missa Votiva de 2ª Classe- Missa comum da Festa do Imaculado Coração de Maria

Segundo as memórias da Irmã Lúcia, podemos dividir a mensagem de Fátima em três ciclos: Angélico, Mariano e Cordimariano.

O Ciclo Angélico se deu em três momentos: quando o anjo se apresentou como o Anjo da Paz, depois como o Anjo de Portugal e, por fim, o Anjo da Eucaristia.

Depois das aparições do anjo, no dia 13 de maio de 1917, começa o ciclo Mariano, quando a Santíssima Virgem Maria se apresentou mais brilhante do que o sol a três crianças: Lúcia, 10 anos, modelo de obediência e seus primos Francisco, 9, modelo de adoração e Jacinta, 7, modelo de acolhimento.

Na Cova da Iria aconteceram seis aparições de Nossa Senhora do Rosário. A sexta, sendo somente para a Irmã Lúcia, assim como aquelas que ocorreram na Espanha, compondo o Ciclo Cordimariano.

Em agosto, devido às perseguições que os Pastorinhos estavam sofrendo por causa da mensagem de Fátima, a Virgem do Rosário não pôde mais aparecer para eles na Cova da Iria. No dia 19 de agosto ela aparece a eles então no Valinhos.

Algumas características em todos os ciclos: o mistério da Santíssima Trindade, a reparação, a oração, a oração do Santo Rosário, a conversão, a consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria. Enfim, por intermédio dos Pastorinhos, a Virgem de Fátima nos convoca à vivência do Evangelho, centralizado no mistério da Eucaristia. A mensagem de Fátima está a serviço da Boa Nova de Nosso Senhor Jesus Cristo.

A Virgem Maria nos convida para vivermos a graça e a misericórdia. A mensagem de Fátima é dirigida ao mundo, por isso, lá é o Altar do Mundo.

Expressão do Coração Imaculado de Maria que, no fim, irá triunfar é a jaculatória ensinada por Lúcia: “Ó Meu Jesus, perdoai-nos e livrai-nos do fogo do Inferno, levai as almas todas para o Céu; socorrei principalmente as que mais precisarem!”

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Eclo 24, 23-31)

Leitura do Livro de Sabedoria.

Cresci como a vinha de frutos de agradável odor, e minhas flores são frutos de glória e abundância. Sou a mãe do puro amor, do temor (de Deus), da ciência e da santa esperança, em mim se acha toda a graça do caminho e da verdade, em mim toda a esperança da vida e da virtude. Vinde a mim todos os que me desejais com ardor, e enchei-vos de meus frutos; pois meu espírito é mais doce do que o mel, e minha posse mais suave que o favo de mel. A memória de meu nome durará por toda a série dos séculos. Aqueles que me comem terão ainda fome, e aqueles que me bebem terão ainda sede. Aquele que me ouve não será humilhado, e os que agem por mim não pecarão. Aqueles que me tornam conhecida terão a vida eterna.

Evangelho (Lc 19, 25-27)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo: Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena. Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: Mulher, eis aí teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa.

In English

Lesson (Eccles. 24: 23-31)

Lesson from the Book of the Wisdon. 

As the vine I have brought forth a pleasant odor, and my flowers are the fruit of honor and riches. I am the mother of fair love, and of fear, and of knowledge, and of holy hope. In me is all grace of the way and of the truth in me is all hope of life and of virtue. Come over to me, all ye that desire me, and be filled with my fruits; for my spirit is sweet above honey, and my inheritance above honey and the honey-comb. My memory is unto everlasting generations. They that eat me, shall yet hunger; and they that drink me, shall yet thirst. He that hearkeneth to me, shall not be confounded, and they that work by me, shall not sin. They that explain me shall have life everlasting.

Gospel (Luke 19: 25-27)

The continuation of the holy Gospel according to John.

At that time, there stood by the cross of Jesus, His mother, and His mother’s sister Mary of Cleophas, and Mary Magdalen. When Jesus therefore had seen His mother and the disciple standing, whom He loved, He saith to His mother,”Woman, behold thy son.” After that He saith to the disciple, “Behold, thy mother.” And from that hour the disciple took her to his own.


Liturgia Diária- 10/05/2017

SANTO ANTONINO, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Statuit” com Coleta própria

santo-antoninojpg8372012181618

Nasceu na Itália, no ano de 1389, cujo nome de batismo era Antônio (e que ficou conhecido como Antonino devido sua estatura). Pertencente a uma família nobre, Antonino caminhou para os estudos de Direito, mas devido ao forte chamado do Senhor, tomou a decisão de ser religioso.

Encontrou certa dificuldade para ingressar nos Dominicanos, mas com humildade e perseverança superou as barreiras e expectativas, pois por sua radicalidade na vivência do Evangelho tornou-se um exemplo como religioso. Obediente à regra e perseverante, começou a ocupar grandes responsabilidades de serviço chegando a Superior.

Convocado pelo Papa, Antonino, o pequeno gigante, foi chamado para ser Bispo e logo Arcebispo de Florença. Cheio do Espírito Santo, trabalhou com prudência e energia contra tudo o que atrapalhava as famílias e por isso sofreu muito, mas por uma causa justa, ou seja, para levar muitos para Deus. Entrou na Igreja triunfante com 70 anos.


Páginas 1060, 849 a 852 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Leitura (Eclo 44,16-27;45,3-20)

Leitura do livro do Eclesiástico. 

Eis o grande sacerdote que nos dias de sua vida agradou a Deus e foi considerado Justo; no tempo da ira tornou-se a reconciliação dos homens. Ninguém o igualou na observância das leis do Altíssimo. Por isso jurou que o havia de glorificar em sua descendência. Abençoou nele todas as nações e confirmou sua aliança sobre sua cabeça. Distinguiu-o com as suas bençãos; conservou-lhe a sua misericórdia e ele achou graça diante do Senhor. Enalteceu-o diante dos reis e deu-lhe uma coroa de glória. Fez com ele uma aliança eterna; deu-lhe o sumo sacerdócio, e encheu-o de felicidade na glória,  para exercer o sacerdócio e, cantar louvores a seu Nome, e oferecer-Lhe dignamente incenso de agradável odor.

Evangelho (Mt 25, 14-23)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos essa parábola: O reino dos céus é como um homem que, tendo de viajar, reuniu seus servos e lhes confiou seus bens. A um deu cinco talentos; a outro, dois; e a outro, um, segundo a capacidade de cada um. Depois partiu.Logo em seguida, o que recebeu cinco talentos negociou com eles; fê-los produzir, e ganhou outros cinco.Do mesmo modo, o que recebeu dois, ganhou outros dois. Mas, o que recebeu apenas um, foi cavar a terra e escondeu o dinheiro de seu senhor. Muito tempo depois, o senhor daqueles servos voltou e pediu-lhes contas. O que recebeu cinco talentos, aproximou-se e apresentou outros cinco: – Senhor, disse-lhe, confiaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei.’ Disse-lhe seu senhor: – Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor. O que recebeu dois talentos, adiantou-se também e disse: – Senhor, confiaste-me dois talentos; eis aqui os dois outros que lucrei. Disse-lhe seu senhor: – Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor.

In English

Lesson (Ecclesiasticus 44. 16-27; 45. 3-20)

Lesson from the Book of Wisdom

Behold, a great priest, who in his days pleased God, and was found just; and in the time of wrath he was made a reconciliation.  There was not found the like to him who kept the law of the most High. Therefore by an oath the Lord made him to increase among his people. He gave him the blessing of all nations, and confirmed His covenant upon his head. He acknowledged him in His blessings; He preserved for him His mercy ; and he found grace before the eyes of the Lord.  He glorified him in the sight of kings, and gave him a crown of glory. He made an everlasting covenant with him, and gave him a great priesthood : and made him blessed in glory. To execute the office of the priesthood, and to have praised in His name, and to offer him a worthy incense for an odor of sweetness.

Gospel (Mt 25: 14-23)

 Sequence of the Holy Gospel according to Matthew.

At that time Jesus said to his disciples this parable: ‘The kingdom of heaven it is like a man about to go abroad who summoned his servants and entrusted his property to them. To one he gave five talents, to another two, to a third one, each in proportion to his ability. Then he set out on his journey. The man who had received the five talents promptly went and traded with them and made five more. The man who had received two made two more in the same way. But the man who had received one went off and dug a hole in the ground and hid his master’s money. Now a long time afterwards, the master of those servants came back and went through his accounts with them. The man who had received the five talents came forward bringing five more. “Sir,” he said, “you entrusted me with five talents; here are five more that I have made.” His master said to him, “Well done, good and trustworthy servant; you have shown you are trustworthy in small things; I will trust you with greater; come and join in your master’s happiness.” Next the man with the two talents came forward. “Sir,” he said, “you entrusted me with two talents; here are two more that I have made.” His master said to him, “Well done, good and trustworthy servant; you have shown you are trustworthy in small things; I will trust you with greater; come and join in your master’s happiness.”

Liturgia Diária- 09/05/2017

SÃO GREGÓRIO NAZIANZENO, Bispo, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe– Missa “In Medio”, com Epístola própria

download

Gregório de Nazianzo, ou Gregório Nazianzeno (perto de Nazianzo, Capadócia, Ásia Menor, 329 — 389), foi um Patriarca de Constantinopla, teólogo e escritor cristão. Conhecido também por Gregório Teólogo ou Gregório, o Teólogo, é amplamente considerado como o mais talentoso retórico da era patrística. Como um orador treinado nos clássicos e um filósofo, ele infundiu o helenismo na igreja antiga.

Gregório teve um impacto significativo na formação da teologia trinitária tanto entre os teólogos latinos como entre os gregos, e é lembrado como o “teólogo trinitário”. Muito de sua obra teológica continua influenciando os teólogos modernos, especialmente no que diz respeito à relação entre as três pessoas da Trindade. É um dos Padres da Igreja que, juntamente com seus irmãos Basílio Magno e Gregório de Nissa, são denominados Padres Capadócios.


Páginas 1060, 856 a 860 (Epístola nesta última página) do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Leitura (Eclo 39, 6-14 )

Leitura do Livro da Sabedoria.  

Desde o alvorecer aplica o coração à vigília para se unir ao Senhor que o criou, e ora na presença do Altíssimo. Abre sua boca para orar, e pede perdão de seus pecados, pois se for da vontade do Senhor que é grande, ele o cumulará do espírito de inteligência. Então ele espargirá como uma chuva palavras de sabedoria, e louvará o Senhor em sua oração.O Senhor orientará seus conselhos e seus ensinamentos, e ele meditará nos mistérios (divinos). Ensinará ele próprio o conhecimento de sua doutrina. Porá sua glória na lei da aliança do Senhor. Muitos homens louvarão sua sabedoria: jamais cairá ela no esquecimento. A sua memória não desaparecerá; seu nome será repetido de geração em geração. As nações proclamarão sua sabedoria, a assembléia apregoará seu louvor.

Evangelho (Mt 5, 13-19)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus. 

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Vós sois o sal da terra. Se o sal perde o sabor, com que lhe será restituído o sabor? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e calcado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre uma montanha nem se acende uma luz para colocá-la debaixo do alqueire, mas sim para colocá-la sobre o candeeiro, a fim de que brilhe a todos os que estão em casa. Assim, brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus. Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição. Pois em verdade vos digo: passará o céu e a terra, antes que desapareça um jota, um traço da lei. Aquele que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar assim aos homens, será declarado o menor no Reino dos céus. Mas aquele que os guardar e os ensinar será declarado grande no Reino dos céus.

In English

Lesson (Eccl 39: 6-14)

Lesson from the Book of Wisdom.

The just man will give his heart to resort early to the Lord that made him, and he will pray in the sight of the Most High. He will open his mouth in prayer, and will make supplication for his sins. For if it shall please the great Lord, He will fill him with the spirit of understanding: and he will pour forth the words of His wisdom as showers, and in his prayer he will confess to the Lord. And He shall direct his counsel, and his knowledge, and in His secrets shall he meditate. He shall show forth the discipline he hath learned, and shall glory in the law of the covenant of the Lord. Many shall praise his wisdom, and it shall never be forgotten. The memory of him shall not pass away, and his name shall be in request from generation to generation. Nations shall declare his wisdom, and the Church shall show forth his praise.

Gospel (Matt 5: 13-19)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew.

At that time, Jesus said to His disciples: “You are the salt of the earth: but if the salt lose its savor, wherewith shall it be salted? It is good for nothing any more but to be cast out, and to be trodden by men. You are the light of the world. A city seated on a mountain can not be hid. Neither do men light a candle and put it under a bushel, but upon a candlestick, that it may shine to all that are in the house; so let your light shine before men, that they may see your good works, and glorify your Father Who is in Heaven. Do not think that I am come to destroy the law or the prophets: I am not come to destroy, but to fulfill. For, amen I say unto you, till Heaven and earth pass, one jot or one tittle shall not pass of the law till all be fulfilled.He therefore that shall break one of these least commandments, and shall so teach men,shall be called the least in the kingdom of Heaven: but he that shall do and teach, he shall be called great in the kingdom of Heaven.”

Liturgia Diária- III Domingo da Páscoa

IV DOM pós Páscoa

A liturgia de hoje louva a justiça divina, que se manifestou no triunfo do Senhor, e pela descida do Espírito Santo, que, de volta ao céu, o Senhor prometera. Deus que dera testemunho de seu filho, ressuscitando-o dos mortos, condena o mundo que o crucificou. Este testemunho brilhante da justiça divina deve-nos consolar as almas das amarguras e das dificuldades da vida presente.
Jesus abriu-nos o caminho; Ele é o caminho, a verdade e a vida. Enquanto vivermos nesta terra temos de beber sem dúvida o amargor do exílio, de amargar com a perseguição e a hostilidade dos elementos adversos, mas quando desabrochar no dia pleno e luminoso, que antevemos, a aurora que nos leva, se não olharmos para trás, para esses pedaços de noite e dia por onde passamos, havemos de sentir com certeza como foi breve o caminho e suave o sofrimento que nos conduziram a tão grande vitória.
São Tiago exorta-nos a sofrer com paciência, com paciência cristã evidentemente, as arestas e as fadigas da jornada, porque a paciência, diz o apóstolo, dá perfeição a obra, à obra da nossa santificação, e assemelha-nos a Deus “em quem não há vicissitude nem mudança”.


Páginas 509 a 513 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Epístola (I Pe 2, 11-19)

Leitura da Epístola de São Pedro Apóstolo.

Caríssimos, rogo-vos que, como estrangeiros e peregrinos, vos abstenhais dos desejos da carne, que combatem contra a alma. Comportai-vos nobremente entre os pagãos. Assim, naquilo em que vos caluniam como malfeitores, chegarão, considerando vossas boas obras, a glorificar a Deus no dia em que ele os visitar. Por amor do Senhor, sede submissos, pois, a toda autoridade humana, quer ao rei como a soberano, quer aos governadores como enviados por ele para castigo dos malfeitores e para favorecer as pessoas honestas. Porque esta é a vontade de Deus que, praticando o bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos. Comportai-vos como homens livres, e não à maneira dos que tomam a liberdade como véu para encobrir a malícia, mas vivendo como servos de Deus. Sede educados para com todos, amai os irmãos, temei a Deus, respeitai o rei. Servos, sede obedientes aos senhores com todo o respeito, não só aos bons e moderados, mas também aos de caráter difícil. Com efeito, é coisa agradável a Deus sofrer contrariedades e padecer injustamente, por motivo de consciência para com Deus.

Evangelho (Jo 16, 16-22)

Sequência do Santo Evangelho segundo João. 

Naquele tempo: Disse Jesus a seus discípulos: Agora vou para aquele que me enviou, e ninguém de vós me pergunta: Para onde vais? Mas porque vos falei assim, a tristeza encheu o vosso coração. Entretanto, digo-vos a verdade: convém a vós que eu vá! Porque, se eu não for, o Paráclito não virá a vós; mas se eu for, vo-lo enviarei. E, quando ele vier, convencerá o mundo a respeito do pecado, da justiça e do juízo. Convencerá o mundo a respeito do pecado, que consiste em não crer em mim. Ele o convencerá a respeito da justiça, porque eu me vou para junto do meu Pai e vós já não me vereis; ele o convencerá a respeito do juízo, que consiste em que o príncipe deste mundo já está julgado e condenado. Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora. Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão. Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará.

In English

Epistle (I Peter 2: 11-19)

Lesson from the first Epistle of Blessed Peter the Apostle.

Dearly beloved, I beseech you, as strangers and pilgrims, to refrain yourselves from carnal desires, which war against the soul, having your conversation good among the Gentiles: that whereas they speak against you as evil-doers, they may, by the good works which they shall behold in you, glorify God in the day of visitation. Be ye subject therefore to every human creature for God’s sake: whether it be to the king as excelling, or to governors as sent by him for the punishment of evil-doers and for the praise of the good: for so is the will of God, that by doing well you may put to silence the ignorance of foolish men: as free, and not as making liberty a cloak for malice, but as the servants of God. Honor all men: love the brotherhood: fear God: honor the king. Servants, be subject to your masters with all fear, not only to the good and gentle, but also to the froward. For this is thankworthy before God: in Christ Jesus our Lord.

Gospel (John 16: 16-22)

The continuation of the holy Gospel according to John. 

At that time. Jesus said to His disciples: “A little while, and now you shall not see Me: and again a little while, and you shall see Me: because I go to the Father.” Then some of His disciples said one to another: what is this that He saith to us: A little while, and you shall not see Me: and again a little while, and you shall see Me: because I go to the Father? They said therefore: What is this that He saith, A little while? We know not what He speaketh. And Jesus knew that they had a mind to ask Him. And He said to them: Of this do you inquire among yourselves, because I said: A little while, and you shall not see Me: and again a little while, and you shall see Me? Amen, amen, I say to you, that you shall lament and weep, but the world shall rejoice: and you shall be made sorrowful, but your sorrow shall be turned into joy. A woman, when she is in labor, hath sorrow, because her hour is come: but when she hath brought forth the child, she remembereth no more the anguish, for joy that a man is born into the world. So also you now indeed have sorrow: but I will see you again and your heart shall rejoice: and your joy no man shall take from you.”

Liturgia Diária- 05/05/2017

 SÃO PIO V, Papa e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Si diligis me”, exceto Coleta.

san_pio_v2

São Pio V nasceu em 1504, no Ducado de Milão, com o nome de Antonio Ghisleri. Entrou aos 14 anos na Ordem Dominicana, onde tomou o nome de Michele. Foi ordenado em 1528. Escreveu em defesa da Cátedra de Pedro, contra as heresias de seu tempo, o que lhe valeu o posto de inquisidor. Foi ordenado bispo em 1550, feito Cardeal por Paulo IV e Inquisidor-mor e depois bispo de Mondovì. Foi eleito Papa em 1566, com 62 anos.

Aplicou as decisões do Concílio de Trento, que fora realizado de 1545 a 1563, entre elas a publicação do Catecismo Romano, e a ordenação do ensino da teologia tomista nas universidades. Reafirmou a supremacia papal com a bula In Cœna Domini. Implantou a obrigação de residência e as visitas pastorais para os bispos, a clausura dos religiosos, o celibato e a santidade de vida dos sacerdotes, e o incremento das missões. Instituiu o “Index Librorum Prohibitorum“, e a censura das publicações, para que não contivessem material doutrinário não aprovado pela Igreja.

Com a bula Quo Primum Tempore instituiu a chamada Missa tridentina, que consistiu no estabelecimento do texto oficial da Missa e do Ofício Divino em uso mais que milenar na Igreja de Roma, com a finalidade de impedir abusos e deturpações no culto sagrado, sob a ameaça das heresias protestantes.

Conclamou uma cruzada contra os turcos que estavam prestes a invadir a Europa, obtendo com muita dificuldade a formação de uma Liga Católica. Após uma grande campanha de orações por toda a Europa, a armada católica destruiu as pretensões dos muçulmanos na batalha de Lepanto, em 7 de outubro de 1571. Em agradecimento, o Papa instituiu a festa de Nossa Senhora das Vitórias.

Morreu em 1572, sendo canonizado em 1712, por Clemente XI.


Páginas 1058 a 1059 812 a 816 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Leitura (1 Ped 5, 1-4; 10-11)

Leitura da Epístola de São Pedro Apóstolo

Caríssimos: Eis a exortação que dirijo aos anciãos que estão entre vós; porque sou ancião como eles, fui testemunha dos sofrimentos de Cristo e serei participante com eles daquela glória que se há de manifestar. Velai sobre o rebanho de Deus, que vos é confiado. Tende cuidado dele, não constrangidos, mas espontaneamente; não por amor de interesse sórdido, mas com dedicação; não como dominadores absolutos sobre as comunidades que vos são confiadas, mas como modelos do vosso rebanho. E, quando aparecer o supremo Pastor, recebereis a coroa imperecível de glória. O Deus de toda graça, que vos chamou em Cristo à sua eterna glória, depois que tiverdes padecido um pouco, vos aperfeiçoará, vos tornará inabaláveis, vos fortificará. A ele o poder na eternidade! Amém.

Evangelho (Mt 16, 13-19)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus 

Naquele tempo, chegando ao território de Cesaréia de Filipe, Jesus perguntou a seus discípulos: No dizer do povo, quem é o Filho do Homem? Responderam: Uns dizem que é João Batista; outros, Elias; outros, Jeremias ou um dos profetas. Disse-lhes Jesus: E vós quem dizeis que eu sou? Simão Pedro respondeu: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo! Jesus então lhe disse: Feliz és, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus. E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.

In English

Lesson (1 Peter 5, 1-4; 10-11)

Lesson from the First Book of Peter.

Dearly beloved, the ancients therefore that are among you, I beseech , who am myself also am ancient, and a witness of the sufferings of Christ : as also a partaker of that glory which is to be revealed in time to come: feed the flock of God which is among you, taking care of it, not by constraint, but willingly, according to God: not for filthy lucre’s sake, but voluntarily: neither as lording it over the clergy, but being made a pattern of the flock from the heart. And when the prince of pastors shall appear, you shall receive a never fading crown of glory. But the God of all grace, Who hath called us unto His eternal glory in Christ Jesus, after you have suffered a little, will himself perfect you, and confirm you, and establish you. To Him be glory and empire for ever and ever. Amen.

Gospel (Mt 16, 13-19)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew. 

At that time, Jesus came into the quarters of Cæsarea Philippi, and He asked His disciples, saying,”Whom do men say that the Son of man is?” But they said, Some, John the Baptist, and other some, Elias, and others, Jeremias, or one of the prophets. Jesus saith to them, “But whom do you say that I am?” Simon Peter answered, Thou art Christ, the Son of the living God. And Jesus answering, said to him, “Blessed art thou, Simon Bar-Jona, because flesh and blood hath not revealed it to thee, but My Father Who is in Heaven: and I say to thee, that thou art Peter, and upon this rock I will build My Church, and the gates of hell shall not prevail against it; and to thee I will give the keys of the kingdom of Heaven; and whatsoever thou shalt bind upon earth, it shall be bound also in Heaven; and whatsoever thou shall loose on earth, it shall be loosed also in Heaven.”

Liturgia Diária- 04/05/2017

 Hoje se inicia a Novena de Nossa Senhora de Fátima. Confira a programação no blog.  


SANTA MÔNICA, Viúva

Festa de 3º Classe- Missa “Cognovi”, exceto Coleta, Epístola e Evangelho

download

Santa Mônica nasceu no norte da África, em Tagaste, no ano 332, numa família cristã que lhe entregou – segundo o costume da época e local – como esposa de um jovem chamado Patrício.

Como cristã exemplar que era, Mônica preocupava-se com a conversão de sua família, por isso se consumiu na oração pelo esposo violento, rude, pagão e, principalmente, pelo filho mais velho, Agostinho, que vivia nos vícios e pecado. A história nos testemunha as inúmeras preces, ultrajes e sofrimentos por que Santa Mônica passou para ver a conversão e o batismo, tanto de seu esposo, quanto daquele que lhe mereceu o conselho: “Continue a rezar, pois é impossível que se perca um filho de tantas lágrimas”.

Santa Mônica tinha três filhos. E passou a interceder, de forma especial, por Agostinho, dotado de muita inteligência e uma inquieta busca da verdade, o que fez com que resolvesse procurar as respostas e a felicidade fora da Igreja de Cristo. Por isso se envolveu em meias verdades e muitas mentiras. Contudo, a mãe, fervorosa e fiel, nunca deixou de interceder com amor e ardor, durante 33 anos, e antes de morrer, em 387, ela mesma disse ao filho, já convertido e cristão: “Uma única coisa me fazia desejar viver ainda um pouco, ver-te cristão antes de morrer”.

Por esta razão, o filho Santo Agostinho, que se tornara Bispo e doutor da Igreja, pôde escrever: “Ela me gerou seja na sua carne para que eu viesse à luz do tempo, seja com o seu coração para que eu nascesse à luz da eternidade”.


Páginas 1057 a 1058 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Epístola (I Tim 5, 3-10)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo a Timóteo.

Caríssimo: Honra as viúvas que são realmente viúvas. Se uma viúva tem filhos ou netos, como primeira obrigação aprendam estes a exercer com a própria família o dever da piedade filial e a retribuir aos pais o que deles receberam, porque isto é agradável a Deus. Mas a que verdadeiramente é viúva e desamparada, põe a sua esperança em Deus e persevera noite e dia em orações e súplicas. Aquela, pelo contrário, que vive nos prazeres, embora viva, está morta. Recorda-lhes isto, para que sejam irrepreensíveis. Quem se descuida dos seus, e principalmente dos de sua própria família, é um renegado, pior que um infiel. Poderá ser inscrita como viúva apenas quem tenha pelo menos sessenta anos de idade, casada uma só vez, conhecida pelo seu bom comportamento, tenha educado bem os filhos, exercido a hospitalidade, lavado os pés dos santos, socorrido os infelizes e praticado toda espécie de boas obras.

Evangelho (Lc 7, 11-16)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo, dirigiu-se Jesus a uma cidade chamada Naim. Iam com ele diversos discípulos e muito povo. Ao chegar perto da porta da cidade, eis que levavam um defunto a ser sepultado, filho único de uma viúva; acompanhava-a muita gente da cidade. Vendo-a o Senhor, movido de compaixão para com ela, disse-lhe: Não chores! E aproximando-se, tocou no esquife, e os que o levavam pararam. Disse Jesus: Moço, eu te ordeno, levanta-te. Sentou-se o que estivera morto e começou a falar, e Jesus entregou-o à sua mãe. Apoderou-se de todos o temor, e glorificavam a Deus, dizendo: Um grande profeta surgiu entre nós: Deus voltou os olhos para o seu povo.

In English

Epistle (I Timothy 5: 3-10)

Lesson from the Epistle of Blessed Paul the Apostle to Timothy. 

Beloved: Honor those widows who are true widows. But if any widow has children or grandchildren, let her first learn to manage her own household, and to fulfill, in turn, her own obligation to her parents; for this is acceptable before God. But she who is truly a widow and is destitute, let her hope in God, and let her be urgent in supplications and prayers, night and day. For she who is living in pleasures is dead, while living. And give instruction in this, so that they may be beyond reproach. But if anyone has no concern for his own, and especially for those of his own household, he has denied the faith, and he is worse than an unbeliever. Let a widow be chosen who is no less than sixty years of age, who was the wife of one husband, who has testimony of her good works: whether she has educated children, or has provided hospitality, or has washed the feet of the saints, or has ministered to those suffering tribulation, or has pursued any kind of good work.”

Gospel (Luke 7: 11-16)

The continuation of the Holy Gospel according to Luke.

At that time, Jesus went to a city, which is called Nain. And his disciples, and an abundant crowd, went with him. Then, when he had drawn near to the gate of the city, behold, a deceased person was being carried out, the only son of his mother, and she was a widow. And a large crowd from the city was with her. And when the Lord had seen her, being moved by mercy over her, he said to her, “Do not weep.” And he drew near and touched the coffin. Then those who carried it stood still. And he said, “Young man, I say to you, arise.” And the dead youth sat up and began to speak. And he gave him to his mother. Then fear fell over all of them. And they magnified God, saying: “For a great prophet has risen up among us,” and, “For God has visited his people.”

Liturgia Diária- 03/05/2017

Lembramos que hoje não haverá Missa.


 INVENÇÃO DA SANTA CRUZ

Santa Cruz

O dia 03 de Maio celebrava primitivamente a recuperação da Santa Cruz que Heráclito obteve dos persas depois da vitória de 628. Mais tarde o objetivo desta festa veio a confundir-se com a da invenção, que devia celebrar-se a 14 de Setembro. Praticamente o dia de Hoje tornou-se  a festas da invenção (descoberta) sem excluir a recuperação levada a efeito por Heráclio. A tradição atribui a Santa Helena, mãe de Constantino, a honra de ter mandado procurar e de ter encontrado a Cruz do Salvador.

Encontrou-se no lugar do Calvário e nesta mesma data provavelmente em que Constantino mandou construir as duas Basílicas, consagradas em 335, uma no sítio do Calvário e outra no Santo Sepulcro. A preciosa relíquia que os persas tinham roubado e que Heráclio recuperou, foi pelo operador reconduzida solenemente a Jerusalém em 03 de Maio do ano 628. A missa celebra as glórias da Cruz do Salvador e a redenção do homens que nela se operou.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (Fil 2, 5-11)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Filipenses.

Dedicai-vos mutuamente a estima que se deve em Cristo Jesus. Sendo ele de condição divina, não se prevaleceu de sua igualdade com Deus, mas aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens. E, sendo exteriormente reconhecido como homem, humilhou-se ainda mais, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz. Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o nome que está acima de todos os nomes, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor.

Evangelho (Jo 3, 1-15)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, havia um homem entre os fariseus, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus. Este foi ter com Jesus, de noite, e disse-lhe: Rabi, sabemos que és um Mestre vindo de Deus. Ninguém pode fazer esses milagres que fazes, se Deus não estiver com ele. Jesus replicou-lhe: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer de novo não poderá ver o Reino de Deus. Nicodemos perguntou-lhe: Como pode um homem renascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no seio de sua mãe e nascer pela segunda vez? Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus. O que nasceu da carne é carne, e o que nasceu do Espírito é espírito. Não te maravilhes de que eu te tenha dito: Necessário vos é nascer de novo. O vento sopra onde quer; ouves-lhe o ruído, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim acontece com aquele que nasceu do Espírito. Replicou Nicodemos: Como se pode fazer isso? Disse Jesus: És doutor em Israel e ignoras estas coisas!… Em verdade, em verdade te digo: dizemos o que sabemos e damos testemunho do que vimos, mas não recebeis o nosso testemunho. Se vos tenho falado das coisas terrenas e não me credes, como crereis se vos falar das celestiais? Ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu, o Filho do Homem que está no céu. Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem, para que todo homem que nele crer tenha a vida eterna.

In English

Epistle (Phil. 2: 5-11)

Lesson from the Epistle of blessed Paul the Apostle to the Philippians. 

Brethren, Let this mind be in you, which was also in Christ Jesus; who, being in the form of God, thought it not robbery to be equal with God; but made Himself as nothing, taking the form of a servant, being made in the likeness of men, and in habit found as a man. He humbled Himself, becoming obedient unto death, even the death of the cross. For which cause God also hath exalted Him, and hath given Him a name which is above all names: (Here all kneel down) that in the name of Jesus every knee should bow, of those that are in Heaven, on earth, and under the earth; and that every tongue should confess that the Lord Jesus Christ is in the glory of God the Father.

Gospel (John 3: 1-15)

The continuation of the holy Gospel according to John.

At that time There was a man of the Pharisees, named Nicodemus, a ruler of the Jews. This man came to Jesus by night; and said to Him Rabbi, we know that Thou art come, a teacher from God; for no man can do these signs which Thou dost, unless God be with him. Jesus answered and said to him; “Amen, amen, I say to thee, unless a man be born again, he can not see the kingdom of God.” Nicodemus said to Him, How can a man be born again, when he is old? Can he enter a second time into his mother’s womb, and be born again? Jesus answered, “Amen, amen, I say to thee, unless a man be born again of water and the Holy Ghost, he can not enter into the kingdom of God. That which is born of the flesh, is flesh; and that which is born of the spirit, is spirit. Wonder not that I said to thee, You must be born again. The Spirit breatheth where He will; and thou hearest His voice, but thou knowest not whence He cometh, nor whither He goeth; so is every one that is born of the Spirit. Nicodemus answered and said to Him, How can these things be done? Jesus answered, and said to him, Art thou a master in Israel, and knowest not these things? Amen, amen, I say to thee, that we speak what we know, and we testify what we have seen, and you receive not our testimony. If I have spoken to you earthly things, and you believe not; how will you believe if I shall speak to you heavenly things? And no man hath ascended into Heaven, but He that descended from Heaven, the Son of man Who is in heaven. And as Moses lifted up the serpent in the desert, so must the Son of man be lifted up; that whosoever believeth in Him may not perish but may have life everlasting.”

Liturgia Diária- 02/05/2017

SANTO ATANÁSIO, Bispo, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Athanasius-Bitschnau_black1

Atanásio de Alexandria, dito o Grande ou o Confessor, chamado também de o Apostólico na Igreja Ortodoxa Copta, foi o vigésimo arcebispo de Alexandria (como Atanásio I de Alexandria). Seu episcopado durou 45 anos (ca. 8 de junho de 296 – 2 de maio de 373), dos quais dezessete ele passou exilado, em cinco ocasiões diferentes e por ordem de quatro diferentes imperadores romanos. Atanásio foi um importante teólogo cristão, um dos “padres da Igreja”, o principal defensor do trinitarismo contra o arianismo e um grande líder da comunidade de Alexandria no século IV.

O conflito contra Ário e seus seguidores, apoiados muitas vezes pela corte em Roma, moldou a carreira de Atanásio. Em 325, com 27 anos, começou a luta contra os arianos como assistente de seu arcebispo, Alexandre, no Concílio de Niceia, convocado pelo imperador Constantino I entre maio e agosto de 325 para tratar da tese ariana de que o Filho de Deus, Jesus de Nazaré, e Deus Pai seriam de substâncias (ousia) diferentes . Três anos depois de Niceia, Atanásio sucedeu ao seu mentor como arcebispo.

Além do conflito contra os arianos, que incluía o poderoso e influente partido liderado por Eusébio de Nicomédia, ele lutou também contra os imperadores Constantino, Constâncio II, Juliano, o Apóstata e Valente e, por isso, era conhecido como “Athanasius Contra Mundum” em latim.

Apesar disso, poucos anos depois de sua morte, Gregório de Nazianzo chamou-o de “Pilar da Igreja”. Suas obras foram celebradas por todos os padres da Igreja que vieram depois dele, tanto no ocidente quanto no oriente, que ressaltaram sua rica devoção ao Verbo-encarnado, sua grande preocupação pastoral e seu profundo interesse no nascente monasticismo. Atanásio aparece entre os quatro grandes doutores da Igreja orientais da Igreja Católica Romana . Na Ortodoxia, ele é chamado de “Pai da Ortodoxia”. Algumas denominações protestantes chamam-no de “Pai do Cânon”.


Páginas 1053 a 1056 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


LEITURAS/LESSONS

Epístola (II Cor 4, 5-14)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios. 

Irmãos: Não nos pregamos, a nós mesmos, mas a Jesus Cristo, o Senhor. Quanto a nós, consideramo-nos servos vossos por amor de Jesus. Porque Deus que disse: Das trevas brilhe a luz, é também aquele que fez brilhar a sua luz em nossos corações, para que irradiássemos o conhecimento do esplendor de Deus, que se reflete na face de Cristo. Porém, temos este tesouro em vasos de barro, para que transpareça claramente que este poder extraordinário provém de Deus e não de nós. Em tudo somos oprimidos, mas não sucumbimos. Vivemos em completa penúria, mas não desesperamos. Somos perseguidos, mas não ficamos desamparados. Somos abatidos, mas não somos destruídos. Trazemos sempre em nosso corpo os traços da morte de Jesus para que também a vida de Jesus se manifeste em nosso corpo. Estando embora vivos, somos a toda hora entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus apareça em nossa carne mortal. Assim em nós opera a morte, e em vós a vida. Animados deste espírito de fé, conforme está escrito: Eu cri, por isto falei (Sl 115,1), também nós cremos, e por isso falamos. Pois sabemos que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus, nos ressuscitará também a nós com Jesus e nos fará comparecer diante dele convosco.

Evangelho (Mt 10, 23-28)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: Se vos perseguirem numa cidade, fugi para uma outra. Em verdade vos digo: não acabareis de percorrer as cidades de Israel antes que volte o Filho do Homem. O discípulo não é mais que o mestre, o servidor não é mais que o patrão. Basta ao discípulo ser tratado como seu mestre, e ao servidor como seu patrão. Se chamaram de Beelzebul ao pai de família, quanto mais o farão às pessoas de sua casa! Não os temais, pois; porque nada há de escondido que não venha à luz, nada de secreto que não se venha a saber. O que vos digo na escuridão, dizei-o às claras. O que vos é dito ao ouvido, publicai-o de cima dos telhados. Não temais aqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma; temei antes aquele que pode precipitar a alma e o corpo na geena. 

In English

Epistle (II Corinthians 4: 5-14)

Lesson from the Epistle of blessed Paul the Apostle to the Corinthians.

Brethren, We preach not ourselves, but Jesus Christ our Lord; and ourselves your servants through Jesus. For God, Who commanded the light to shine out of darkness, hath shined in our hearts, to give the light of the knowledge of the glory of God, in the face of Christ Jesus. But we have this treasure in earthen vessels, that the excellency may be of the power of God and not of us. In all things we suffer tribulation, but are not distressed; we are straitened, but are not destitute; we suffer persecution, but are not forsaken; we are cast down, but we perish not; always bearing about in our body the mortification of Jesus, that the life also of Jesus may be made manifest in our bodies. For we who live are always delivered unto death for Jesus’ sake; that the life also of Jesus, may be made manifest in our mortal flesh. So then death worketh in us, but life in you. But having the same spirit of faith, as it is written, I believed, for which cause I have spoken, we also believe, for which cause we speak also: knowing that He who raised up Jesus will raise up us also with Jesus, and place us with you.

Gospel (Matthew 10: 23-28)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew. 

At that time, Jesus said to His disciples: “When they shall persecute you in this city, flee to another. Amen, I say to you, you shall not finish all the cities of Israel till the Son of man come. The disciple is not above the master, nor the servant above his lord It is enough for the disciple that he be as his master, and the servant as his lord. If they have called the good man of the house Beelzebub, how much more them of his household? Therefore fear them not; for nothing is covered that shall not be revealed; nor hid that shall not be known. That which I tell you in the dark, speak ye in the light; and that which you hear in the ear, preach ye upon the housetops. And fear ye not them that kill the body, and are not able to kill the soul; but rather fear Him that can destroy both soul and body into hell.”

Liturgia Diária- 31/05/2016

NOSSA SENHORA RAINHA

Festa de 2ª Classe – Missa Própria

the-coronation-of-the-virgin-1626

Por uma espécie de instinto sobrenatural, o povo cristão em todos os tempos reconheceu a realeza da Mãe daquele que é o “Rei dos reis e Senhor dos Senhores”. Deste comum sentir fizeram-se intérpretes autorizados, no decorrer dos séculos, os Santos padres, os Doutores da Igreja, os Sumos Pontífices. Desta crença encontramos claro testemunho nos esplendores da arte sagrada e na liturgia. Os teólogos, por seu turno, não se têm cansado de mostrar a conveniência do título de realeza da Mãe de Deus, tão intimamente associada com a obra redentora de seu Divino Filho, ela a Medianeira de todas as graças.

No sentido de corresponder os votos unânimes de fiéis e pastores, São Pio XII, pela Carta Encíclica Ad Caeli Reginam, de 11 de Outubro de 1954, que seus corações todo mundo cristão vinha já prestando à Soberana Rainha do Céus e da Terra.

A Epístola apresenta-nos o reinado da Sabedoria, cujas prerrogativas a Liturgia aplica a Santíssima Virgem. O Evangelho anuncia o reinado de Cristo, fonte do reinado de sua Mãe.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (Eclo 24, 5,7,9-11, 30-31)

Leitura do Livro da Sabedoria.

Saí da boca do Altíssimo; nasci antes de toda criatura. Habitei nos lugares mais altos: meu trono está numa coluna de nuvens e percorri toda a terra. Imperei sobre todos os povos e sobre todas as nações.Tive sob os meus pés, com meu poder, os corações de todos os homens, grandes e pequenos. Entre todas as coisas procurei um lugar de repouso, e habitarei na moradia do Senhor. Aquele que me ouve não será humilhado, e os que agem por mim não pecarão. Aqueles que me tornam conhecida terão a vida eterna.

Evangelho (Lc 1, 26-33)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo: No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi e o nome da virgem era Maria. Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo. Perturbou-se ela com estas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação. O anjo disse-lhe: Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.

In English

Epistle (Eccl. 24: 5, 7, 9-11, 30-31)

Lesson from the book of Wisdom.

I came out of the mouth of the Most High, the firstborn before all creatures. I dwelt in the highest places, and my throne is in a pillar of cloud. And I have stood in all the earth and in every people, and in every nation I have had the chief rule. And by my power I have trodden under my feet the hearts of all the high and low. He that heareneth to me shall not be confounded, and they that work by me shall not sin. They that explain me shall have life everlasting.

Gospel ( Luke 1: 26-33)

The continuation of the holy Gospel according to Luke.

At that time, the angel Gabriel was sent from God into a city of Galilee, called Nazareth, to virgin espoused to man whose name was Joseph, of the house of David: and the virgin’s name was Mary. And the angel being come in, said unto her: Hail, full of grace, the Lord is with thee: blessed art thou among women. Who having heard, was troubled at his saying and thought with herself what manner of salutation this should be. And the angel said to her: Fear not, Mary, for thou hast found grace with God. Behold thou shalt conceive in thy womb and shalt bring forth a Son; and thou shalt call his name Jesus. He shall be great and shall be called the Son of the Most High, and the Lord God shall give unto Him the throne of David His father: and He shall reign in the house of Jacob forever, and of His kingdom there shall be no end.

Liturgia Diária- 30/05/2016

SANTO DO DIA

São Félix I, Papa e Mártir

Comemoração- Missa comum da Féria com orações da Missa “Si diligis me”

San_Felix_I__papa_XXVI

São Félix I (Roma 202 – † 30 de dezembro de 274) foi o 26º Papa da Igreja Católica. Seu pontificado iniciou em 5 de janeiro de 269 e durou até o dia 30 de dezembro de 274. 

Filho de um homem chamado Constâncio, seu pontificado coincidiu com o governo do imperador Aureliano, que nos primeiros anos de seu reinado abandonou a política de perseguições, até então mantida contra os cristãos por seus antecessores. 

Nos primeiros anos de seu pontificado, chegaram a Roma notícias do sínodo que havia sido celebrado em Antioquia, no qual fora deposto o Bispo antioqueno Paulo de Samosata, por ensinar doutrinas contrárias aos ensinamentos da Igreja sobre a Santíssima Trindade. A questão havia tomado um caráter político pelo apoio que havia recebido Paulo de Samosata por parte do imperador Aureliano. O Papa Félix emitiu um decreto indicando que ninguém podia ser verdadeiramente bispo se não estivesse em comunhão com a Sé de Roma, com o que ratificou a deposição aprovada no concílio de Antioquia do bispo dessa cidade, afirmando a divindade e humanidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, assim como as duas naturezas distintas em uma só pessoa. 

O Papa São Felix I ordenou que se enterrassem os mártires sob os altares dos templos e que se celebrasse a Santa Missa sobre seus sepulcros, celebração em que os sacerdotes só poderiam realizar no próprio templo, salvo por alguma causa maior, para impedir a celebração de Missas privadas. Próximo ao fim de seu pontificado, Aureliano retomou a política de perseguições; no entanto, tais perseguições tiveram breve duração visto que foram suspensas após a morte do imperador no ano 275.

O Papa São Félix I foi martirizado no dia 30 de dezembro de 274. Foi sepultado nas Catacumbas de São Calisto.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (I Jo 3, 13-18)

Leitura da Epístola de São João Apóstolo .

Caríssimos: Não vos admireis, irmãos, se o mundo vos odeia. Nós sabemos que fomos trasladados da morte para a vida, porque amamos nossos irmãos. Quem não ama permanece na morte. Quem odeia seu irmão é assassino. E sabeis que a vida eterna não permanece em nenhum assassino. Nisto temos conhecido o amor: (Jesus) deu sua vida por nós. Também nós outros devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos. Quem possuir bens deste mundo e vir o seu irmão sofrer necessidade, mas lhe fechar o seu coração, como pode estar nele o amor de Deus? Meus filhinhos, não amemos com palavras nem com a língua, mas por atos e em verdade.

Evangelho (Lc 14, 16-24)

Continuação do Santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo Segundo São Lucas.

Naquele tempo: Disse Jesus aos fariseus a seguinte parábola: Um homem deu uma grande ceia e convidou muitas pessoas. E à hora da ceia, enviou seu servo para dizer aos convidados: Vinde, tudo já está preparado. Mas todos, um a um, começaram a escusar-se. Disse-lhe o primeiro: Comprei um terreno e preciso sair para vê-lo; rogo-te me dês por escusado. Disse outro: Comprei cinco juntas de bois e vou experimentá-las; rogo-te me dês por escusado. Disse também um outro: Casei-me e por isso não posso ir. Voltou o servo e referiu isto a seu senhor. Então, irado, o pai de família disse a seu servo: Sai, sem demora, pelas praças e pelas ruas da cidade e introduz aqui os pobres, os aleijados, os cegos e os coxos. Disse o servo: Senhor, está feito como ordenaste e ainda há lugar. O senhor ordenou: Sai pelos caminhos e atalhos e obriga todos a entrar, para que se encha a minha casa. Pois vos digo: nenhum daqueles homens, que foram convidados, provará a minha ceia.

In English

Epistle (I John 3: 13-18)

Lesson from the Epistle of Blessed John the Apostle. 

Dearly beloved, Wonder not if the world hate you. We know that we have passed from death to life, because we love the brethren. He that loveth not, abideth in death. Whosoever hateth his brother is a murderer: and you know that no murderer hath eternal life abiding in himself. In this we have known the charity of God, because He hath laid down His life for us: and we ought to lay down our lives for the brethren. He that hath the substance of this world, and shall see his brethren in need, and shall shut up his bowels from him, how doth the charity of God abide in him? My little children, let us not love in word nor in tongue, but in deed and in truth.

Gospel (Luke 14: 16-24)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew. 

At that time Jesus spoke to the Pharisees this parable: “A certain man made a great supper, and invited many. And he sent his servant, at the hour of the supper, to say them that were invited, that they should come, for now all things were ready. And they began all at once to make excuse. The first said to him: I have bought a farm, and must needs go out, and see it: I pray thee hold me excused. And another said: I have bought five yoke of oxen, and I go to try them; I pray thee hold me excused And another said: I have married a wife, and therefore I cannot come. And the servant returning, told these things to his lord. Then the master of the house being angry, said to his servant: Go out quickly into the streets and lanes of the city, and bring in hither the poor, and the feeble, and the blind, and the lame. And the servant said: Lord, it is done as thou hast commanded, and yet there is room. And the lord said to the servant: Go out into the highways and hedges, and compel them to come in, that my house may be filled. But I say unto you, that none of these men that were invited shall taste of my supper.”

[Liturgia Diária] II Domingo depois de Pentecostes

digitalizar0001

A Igreja fixou a celebração da festa do Corpo de Deus na quinta-feira que segue o primeiro domingo depois de pentecostes. Uma coincidência feliz colocou-a entre os dois domingos em que a epístola e o evangelho falam sobre a misericórdia divina e do dever da caridade fraterna que daí deriva para todos os homens. No evangelho do segundo domingo lemos que o reino dos céus é semelhante a um banquete nupcial. E nada pode simbolizar melhor, com efeito, a sagrada eucaristia, que é o banquete por excelência da união das almas com Jesus Cristo, seu esposo, e com todos os membros do corpo místico.

No breviário, a história de Samuel, destinado por Deus para a guarda da Arca do Senhor e sacerdote do Altíssimo, harmoniza-se perfeitamente com a liturgia eucarística. Naquele tempo diz o Breviário, a palavra do Senhor fez-se rara e não havia visões em Israel, porque Heli era orgulhoso e fraco e seus filhos infiéis e desleixados no serviço do Senhor. Então o Senhor manifestou-se a Samuel, menino ainda, e anunciou-lha ainda o castigo destinado a casa de Heli. E não tardou muito que a Arca fosse violada pelos filisteus e que Heli e seus filhos morressem. A censura mais amarga que a Sagrada Escritura repreende Heli é por ter colocado seus interesses particulares e a solicitude das coisas materiais acima do interesse e da solicitude das coisas do espírito.

Comentando a parábola do banquete São Gregório tem observações de fina penetração psicológica, quando, depois de notar que o homem é naturalmente inclinado a arrastar o coração pelas alegrias da terra, constata que, sempre que o faz, não tarda a sentir o tédio; ao passo que basta que prove as do espírito para nunca mais delas se saciar e crescer continuamente em si o desejo delas. Depois continua São Gregório a dizer: Provai e vede como o Senhor é bom. Não lhe podereis conhecer a suavidade se o não provais. Mas tocai com o paladar do coração o alimento da vida, para que, verificando o quanto é bom e suave, o passai realmente amar como convém. O homem quando pecou no paraíso, perdeu o direito e o prazer destas delícias, e saiu de lá, quando fechou a boca ao alimento das suavidades eternas. Donde nascidos neste exílio amargo, viemos já com fastio e ignoramos o que devemos desejar. O que é necessário é escutar o apelo do evangelho de e desprendermo-nos dos bens da terra para nos prendermos aos do Céu.

FOLHETO: II Domingo depois de Pentecostes

LEITURAS/LESSONS

Epístola (I Jo 3, 13-18)

Leitura da Epístola de São João Apóstolo .

Caríssimos: Não vos admireis, irmãos, se o mundo vos odeia. Nós sabemos que fomos trasladados da morte para a vida, porque amamos nossos irmãos. Quem não ama permanece na morte. Quem odeia seu irmão é assassino. E sabeis que a vida eterna não permanece em nenhum assassino. Nisto temos conhecido o amor: (Jesus) deu sua vida por nós. Também nós outros devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos. Quem possuir bens deste mundo e vir o seu irmão sofrer necessidade, mas lhe fechar o seu coração, como pode estar nele o amor de Deus? Meus filhinhos, não amemos com palavras nem com a língua, mas por atos e em verdade.

Evangelho (Lc 14, 16-24)

Continuação do Santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo Segundo São Lucas.

Naquele tempo: Disse Jesus aos fariseus a seguinte parábola: Um homem deu uma grande ceia e convidou muitas pessoas. E à hora da ceia, enviou seu servo para dizer aos convidados: Vinde, tudo já está preparado. Mas todos, um a um, começaram a escusar-se. Disse-lhe o primeiro: Comprei um terreno e preciso sair para vê-lo; rogo-te me dês por escusado. Disse outro: Comprei cinco juntas de bois e vou experimentá-las; rogo-te me dês por escusado. Disse também um outro: Casei-me e por isso não posso ir. Voltou o servo e referiu isto a seu senhor. Então, irado, o pai de família disse a seu servo: Sai, sem demora, pelas praças e pelas ruas da cidade e introduz aqui os pobres, os aleijados, os cegos e os coxos. Disse o servo: Senhor, está feito como ordenaste e ainda há lugar. O senhor ordenou: Sai pelos caminhos e atalhos e obriga todos a entrar, para que se encha a minha casa. Pois vos digo: nenhum daqueles homens, que foram convidados, provará a minha ceia.

In English

Epistle (I John 3: 13-18)

Lesson from the Epistle of Blessed John the Apostle. 

Dearly beloved, Wonder not if the world hate you. We know that we have passed from death to life, because we love the brethren. He that loveth not, abideth in death. Whosoever hateth his brother is a murderer: and you know that no murderer hath eternal life abiding in himself. In this we have known the charity of God, because He hath laid down His life for us: and we ought to lay down our lives for the brethren. He that hath the substance of this world, and shall see his brethren in need, and shall shut up his bowels from him, how doth the charity of God abide in him? My little children, let us not love in word nor in tongue, but in deed and in truth.

Gospel (Luke 14: 16-24)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew. 

At that time Jesus spoke to the Pharisees this parable: “A certain man made a great supper, and invited many. And he sent his servant, at the hour of the supper, to say them that were invited, that they should come, for now all things were ready. And they began all at once to make excuse. The first said to him: I have bought a farm, and must needs go out, and see it: I pray thee hold me excused. And another said: I have bought five yoke of oxen, and I go to try them; I pray thee hold me excused And another said: I have married a wife, and therefore I cannot come. And the servant returning, told these things to his lord. Then the master of the house being angry, said to his servant: Go out quickly into the streets and lanes of the city, and bring in hither the poor, and the feeble, and the blind, and the lame. And the servant said: Lord, it is done as thou hast commanded, and yet there is room. And the lord said to the servant: Go out into the highways and hedges, and compel them to come in, that my house may be filled. But I say unto you, that none of these men that were invited shall taste of my supper.”

Liturgia Diária- 28/05/2016

SANTO DO DIA

Santo Agostinho de Cantuária, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

27.05

Monge beneditino, viveu em um mosteiro de Roma fundado por São Gregório Magno. Santo Agostinho na Grã- Bretanha exerceu santamente sua missão de levar muitos à santidade e assim santificar-se.

O Papa São Gregório enviou missionários para anunciar a Boa Nova nas Ilhas Britânicas, 40 monges estavam sob o comando de Agostinho, que corajosamente avançou em direção aos anglo-saxões que possuíam fama de cruéis. Agostinho ao chegar, expôs ao rei sua pregação e pediu-lhe autorização para pregar com seus irmãos.

O trabalho de evangelização foi tão fecundo que, em menos de um ano, mais de dez mil pessoas se converteram, inclusive o rei Etelberto.

Ajudado sempre pelo Papa, Santo Agostinho, na obediência acolheu as direções do Espírito e foi ordenado Bispo. Com o surgimento de novas necessidades pastorais, tornou-se Arcebispo. Com a ajuda de muitos outros missionários, alcançou a graça da conversão, praticamente para todos da ilha. Entrou na Igreja Triunfante, com outros, em 605.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (I Tess 2, 2-9)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Tessalonicenses. 

Irmãos: Apesar de maltratados e ultrajados em Filipos, como sabeis, ousamos, confiados em nosso Deus, pregar-vos o Evangelho de Deus em meio de muitas lutas. A nossa pregação não provém de erro, nem de intenções fraudulentas, nem de engano. Mas, como Deus nos julgou dignos de nos confiar o Evangelho, falamos, não para agradar aos homens, e sim a Deus, que sonda os nossos corações. Com efeito, nunca usamos de adulação, como sabeis, nem fomos levados por fins interesseiros. Deus é testemunha. Não buscamos glórias humanas, nem de vós nem de outros. Na qualidade de apóstolos de Cristo, poderíamos apresentar-nos como pessoas de autoridade. Todavia, nos fizemos discretos no meio de vós. Como a mãe a acariciar os seus filhinhos, assim, em nossa ternura por vós, desejávamos não só comunicar-vos o Evangelho de Deus, mas até a nossa própria vida, porquanto nos sois muito queridos. Vós vos lembrais, irmãos, dos nossos trabalhos e de nossa fadiga. Trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós, pregamo-vos o Evangelho de Deus.

Evangelho (Lc 10, 1-9)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo: designou o Senhor setenta e dois outros discípulos e mandou-os, dois a dois, adiante de si, por todas as cidades e lugares para onde ele tinha de ir. Disse-lhes: Grande é a messe, mas poucos são os operários. Rogai ao Senhor da messe que mande operários para a sua messe. Ide; eis que vos envio como cordeiros entre lobos. Não leveis bolsa nem mochila, nem calçado e a ninguém saudeis pelo caminho. Em toda casa em que entrardes, dizei primeiro: Paz a esta casa! Se ali houver algum homem pacífico, repousará sobre ele a vossa paz; mas, se não houver, ela tornará para vós. Permanecei na mesma casa, comei e bebei do que eles tiverem, pois o operário é digno do seu salário. Não andeis de casa em casa. Em qualquer cidade em que entrardes e vos receberem, comei o que se vos servir. Curai os enfermos que nela houver e dizei-lhes: O Reino de Deus está próximo.

In English

Epistle (I Thess. 2: 2-9)

Lesson from the Epistle of blessed Paul the Apostle to the Thessalonians.

Brethren, we had confidence in our God to speak unto you the gospel of God in much carefulness. For our exhortation was not of error, nor of uncleanness, nor in deceit. But as we were approved by God that the gospel should be committed to us: even so we speak, not as pleasing men, but God, Who proveth our hearts. For neither have we used at any time the speech of flattery, as you know; nor taken an occasion of covetousness, God is witness: nor sought we glory of men, neither of you, nor of others. Whereas we might have been burdensome to you, as the apostles of Christ: but we became little ones in the midst of you, as if a nurse should cherish her children: so desirous of you, we would gladly impart unto you not only the gospel of God, but also our own souls; because you were become most dear unto us. For, you remember, brethren, our labor and toil: working night and day lest we should be chargeable to any of you, we preached unto you the gospel of God.

Gospel (Luke 10: 1-9)

In that time: the Lord designated another seventy-two. And he sent them in pairs before his face, into every city and place where he was to arrive. And he said to them: “Certainly the harvest is great, but the workers are few. Therefore, ask the Lord of the harvest to send workers into his harvest. Go forth. Behold, I send you out like lambs among wolves. Do not choose to carry a purse, nor provisions, nor shoes; and you shall greet no one along the way. Into whatever house you will have entered, first say, ‘Peace to this house.’ And if a son of peace is there, your peace will rest upon him. But if not, it will return to you. And remain in the same house, eating and drinking the things that are with them. For the worker is worthy of his pay. Do not choose to pass from house to house. And into whatever city you have entered and they have received you, eat what they set before you. And cure the sick who are in that place, and proclaim to them, ‘The kingdom of God has drawn near to you.’

Liturgia Diária- 27/05/2016

SANTOS DO DIA

São Beda, Confessor e Doutor

Festa 3º classe- Missa “In Medio Ecclesiae”

(c) Cambridge University Library; Supplied by The Public Catalogue Foundation

Todas as informações que temos sobre o extraordinário Beda, foram escritas por ele mesmo no livro “História da Inglaterra”, um dos raros e mais completos registos da formação do povo inglês antes do século VIII, narradas assim:

” Eu, Beda, servo de Cristo e sacerdote, e monge do mosteiro de São Pedro e São Paulo, da Inglaterra, nasci neste país. Aos sete anos fui levado ao mosteiro para ser educado pelos monges. Desde então passei toda a minha vida no mosteiro, e me dediquei sobretudo ao estudo da Sagrada Escritura. Além de cantar e rezar na Igreja, a minha maior alegria foi poder dedicar-me a aprender, a ensinar e a escrever. Aos dezenove anos fui ordenado diácono e aos trinta sacerdote. Todos os momentos livres dediquei-os à busca de explicações da Sagrada Escritura, especialmente extraídas dos escritos dos Santos Padres”.

Além desses dados podemos acrescentar ainda, com segurança, que Beda nasceu no ano 672, tendo sido educado e orientado espiritualmente pelo próprio São Bento Biscop, abade do mosteiro, que impressionado com os seus dons e inteligência tratava-o como se fosse seu filho na cidade de Wearmouth.

Cedo, Beda percebeu que um sermão podia ser ouvido por apenas algumas pessoas, mas podia ser lido por milhares delas e por muitos séculos. Por isso ele desejou escrever, e escreveu muito, sem se cansar, com cuidado no seu conteúdo e estilo, resultando em livros agradáveis à leitura, verdadeiras obras literárias, sobre os mais variados temas desde o teológico ao intelectual.

Ao todo foram sessenta obras sobre: teologia, filosofia, cronologia, aritmética, gramática, astronomia, música e até medicina. Mas Beda gostava de aprender, por isso pesquisava e estudava; e gostava também de ensinar, por isso escrevia e dava aulas. Atraídos pela linguagem simples, encantadora e acessível, ajudou a formar várias gerações de monges que eram dirigidos nos ensinamentos de Deus, por meio dessas matérias.

O Papa Gregório II chamou-o a Roma, para tê-lo como seu auxiliar, mas Beda implorou permanecer na solidão do mosteiro, onde ficou até aos últimos momentos da sua vida. Só saiu por poucos dias para estabelecer as bases da Escola de York, na qual depois estudou e se formou o famoso mestre Alcuíno, fundador da primeira universidade de Paris.

Ainda em vida era chamado de “Venerável Beda”, ou “Beda o Venerável”. Morreu com sessenta e três anos, na paz do seu mosteiro, no dia 25 de maio de 735 em Jarrow, Inglaterra. Muitos séculos depois, pelo imensurável serviço prestado à Igreja, o Papa Leão XIII, em 1899, proclamou-o Santo e Doutor da Igreja. São Beda, único Santo inglês que possui o título de Doutor da Igreja, é celebrado no dia 27 de maio.

Fonte: http://evangelhoquotidiano.org/main.php?language=PT&module=saintfeast&id=10621&fd=0

São João I, Papa e Mártir

Comemoração- Orações da Missa “Si diligis me” acrescentadas à Missa de São Beda (nas missas rezadas)

Sao-Joao-I

Governou a Igreja por apenas dois anos e meio. Foi eleito Papa em 523. Nasceu na Toscana, Florência, no século V. De Florência foi para Roma e tornou-se um sacerdote, um presbítero cardeal. Com a morte do Papa, ele foi eleito o sucessor de Pedro.

Marcou a Igreja com muitos trabalhos pastorais, foi o precursor do canto gregoriano e da restauração de muitas igrejas, mas o objetivo dele como Papa, foi de confirmar a fé dos irmãos; sem dúvida nenhuma, era o serviço da salvação das almas.

Papa João I viveu num tempo e contexto político-religioso complexo. Quem reinava na Itália era Teodorico, um cristão ariano, ou seja, não era fiel à doutrina católica, mas se dizia cristão. Por outro lado, existia um conflito entre Teodorico e Justino; e os dois imperadores se chocavam. No meio deste contexto complexo, a vítima foi o Papa João I, que foi forçado por Teodorico a uma missão. Nunca um Papa tinha saído da Itália; ele foi o primeiro.

A missão não agradou, porque Teodorico queria que o Papa fosse o porta-voz de uma mensagem ariana, por interesses econômicos e políticos. Mas o que podemos perceber é que este homem santo, autoridade máxima da Igreja de Cristo, não perdeu sua paz, não perdeu sua obediência a Deus. Tornou-se santo em meio aos conflitos.

Ele viveu uma vida de oração, uma vida penitencial, oferecendo e sempre buscando ser dócil à vontade de Deus. Papa João I, por causa do ódio de Teodorico, foi aprisionado para morrer de fome e de sede. Foi mártir.

Hoje, podemos recordar este Pastor da Igreja como o pastor que, a exemplo de Cristo, deu a vida pelo rebanho.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (II Tim 4, 1-8 )

Leitura da Segunda Carta de São Paulo Apóstolo a Timóteo. 

Caríssimo, eu te conjuro em presença de Deus e de Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, por sua aparição e por seu Reino: prega a palavra, insiste oportuna e importunamente, repreende, ameaça, exorta com toda paciência e empenho de instruir. Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas. Tu, porém, sê prudente em tudo, paciente nos sofrimentos, cumpre a missão de pregador do Evangelho, consagra-te ao teu ministério. Quanto a mim, estou a ponto de ser imolado e o instante da minha libertação se aproxima. Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé. Resta-me agora receber a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia, e não somente a mim, mas a todos aqueles que aguardam com amor a sua aparição.

Evangelho (Mt 5, 13-19)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus. 

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Vós sois o sal da terra. Se o sal perde o sabor, com que lhe será restituído o sabor? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e calcado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre uma montanha nem se acende uma luz para colocá-la debaixo do alqueire, mas sim para colocá-la sobre o candeeiro, a fim de que brilhe a todos os que estão em casa. Assim, brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus. Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição. Pois em verdade vos digo: passará o céu e a terra, antes que desapareça um jota, um traço da lei. Aquele que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar assim aos homens, será declarado o menor no Reino dos céus. Mas aquele que os guardar e os ensinar será declarado grande no Reino dos céus.

In english

Epistle (II Tim. 4: 1-8)

Lesson from the Epistle of blessed Paul the Apostle to Timothy. 

Dearly beloved, I charge thee before God and Jesus Christ, Who shall judge the living and the dead, by His coming, and His Kingdom. Preach the word: be instant in season: reprove, entreat, rebuke in all patience, and doctrine. For there shall be a time, when they will not endure sound doctrine; but according to their own desires they will heap to themselves teachers, having itching ears, and will indeed turn away their hearing from the truth, but will be turned unto fables. But be thou vigilant, labor in all things, do the work of an evangelist, fulfill thy ministry. Be sober. For I am even now ready to be sacrificed; and the time of my dissolution is at hand. I have fought a good fight, I have finished my course, I have kept the Faith. As to the rest, there is laid up for me a crown of justice, which the Lord, the just Judge, will render to me in that day; and not only to me, but to them also that love His coming.

Gospel (Matt 5: 13-19)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew.

At that time, Jesus said to His disciples: “You are the salt of the earth: but if the salt lose its savor, wherewith shall it be salted? It is good for nothing any more but to be cast out, and to be trodden by men. You are the light of the world. A city seated on a mountain can not be hid. Neither do men light a candle and put it under a bushel, but upon a candlestick, that it may shine to all that are in the house; so let your light shine before men, that they may see your good works, and glorify your Father Who is in Heaven. Do not think that I am come to destroy the law or the prophets: I am not come to destroy, but to fulfill. For, amen I say unto you, till Heaven and earth pass, one jot or one tittle shall not pass of the law till all be fulfilled.He therefore that shall break one of these least commandments, and shall so teach men,shall be called the least in the kingdom of Heaven: but he that shall do and teach, he shall be called great in the kingdom of Heaven.”

Liturgia Diária- 26/05/2016

SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI- FESTA DO SANTÍSSIMO CORPO DE NOSSO SENHOR

ecce_panis

Depois do dogma da Santíssima Trindade, é o da Encarnação do Verbo que a Igreja nos recorda, convidando-nos a celebrar com alegria o sacramento por excelência que dá a Deus glória infinita e aplica às almas os frutos da Redenção. Foi pela cruz que o Senhor nos resgatou e a Santíssima Eucaristia instituída nas vésperas da paixão, é o memorial sempre novo e sempre vivo dos sofrimentos do Senhor. O altar é sempre a presença do Calvário em todos os Tempos. A missa renova a memória da Paixão e morte de Senhor. Jesus está lá com efeito em estado de vítima, por que as palavras da dupla consagração nos mostram que o pão se mudou no corpo do Senhor e o vinho no Sangue. De maneira que por esta dupla ação de efeitos diferentes que constitui São Tomás, a essência do sacrifício, reconhecemos a imolação de Cristo, quer dizer, a separação de seu corpo e de seu sangue, ainda que Jesus se conserve em cada uma das espécies. É assim que o salvador, que é sacerdote principal do sacrifício da missa, se imola e oferece realmente renovando de modo incruento a imolação cruenta do Calvário.

A Eucaristia foi instituída à maneira de alimento para que sendo, trigo de Deus, fortifica as almas, nos dê parte em sua vida divina e nos una a Jesus Cristo, e por Ele ao Pai no amor do Espírito Santo.

Procuremos afervorar-nos na devoção ao Corpo e Sangue de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo que assim facilmente alcançaremos os frutos da redenção.

Epístola (Rm 11, 33-36)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Romanos.

Ó abismo de riqueza, de sabedoria e de ciência em Deus! Quão impenetráveis são os seus juízos e inexploráveis os seus caminhos! Quem pode compreender o pensamento do Senhor? Quem jamais foi o seu conselheiro? Quem lhe deu primeiro, para que lhe seja retribuído? Dele, por ele e para ele são todas as coisas. A ele a glória por toda a eternidade! Amém.

Evangelho (Mt 28, 18-20)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo: Disse Jesus:Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.
Assim como o Pai que me enviou vive, e eu vivo pelo Pai, assim também aquele que comer a minha carne viverá por mim. Este é o pão que desceu do céu. Não como o maná que vossos pais comeram e morreram. Quem come deste pão viverá eternamente. Tal foi o ensinamento de Jesus na sinagoga de Cafarnaum.


TARDE ESPIRITUAL

Hoje dia 26/05, Festa de Corpus Christi, será realizada uma Tarde Espiritual na Capela São Judas Tadeu, das 14 às 17 horas. 

Conferencista: Pe. José Leles

Tema: Eucaristia.

Os homens deverão levar bebidas (sucos ou refrigerantes) e as mulheres deverão levar um prato de quitandas.

Não é necessário inscrição.

Logo após o encerramento será realizada a Missa com a Bênção do Santíssimo Sacramento.

Mais informações falar com Rafael ou Maria Cecília.

Liturgia Diária- 25/05/2016

SANTO DO DIA

São Gregório VII, Papa e Confessor

Missa “Si diligis me”, comum dos Papas- Festa de 3ª Classe

1 (12)

Gregório (nascido Hildebrando) nasceu numa família pobre na cidade de Soana, na Toscana, Itália, em 1020. Desde jovem o atraía a solidão, por isso foi para o mosteiro de Cluny e se tornou monge beneditino. Depois estudou em Laterano, onde se destacou pela inteligência e a firmeza na fé. Galgou a hierarquia eclesiástica e foi consagrado cardeal.

Tornou-se o auxiliar directo dos papas Leão IX e Alexandre II, alcançando respeito e enorme prestígio no colégio cardinalício. Assim, quando faleceu o papa Alexandre II, em 1073, foi aclamado papa pelo povo e pelo clero. Assumiu o nome de Gregório VII e deu início à luta incansável para implantar a reforma, importantíssima para a Igreja, conhecida como “gregoriana”.

Há tempos que a decadência de costumes atingia o próprio cristianismo. A mistura do poder terreno com os cargos eclesiásticos fazia enorme estrago no clero. Príncipes e reis movidos por interesses políticos nomeavam bispos, vigários e abades de forma arbitrária.

Desse modo, acabavam designando pessoas despreparadas e muitas vezes indignas de ocupar tais cargos. Reinavam as incompetências, os escândalos morais e o esbanjamento dos bens da Igreja.

Apoiado por Pedro Damião, depois santo e doutor da Igreja, o papa Gregório VII colocou-se firme e energicamente contra a situação. Claro que provocou choques e represálias dos poderosos, principalmente do arrogante imperador Henrique IV, o qual continuou a conferir benefícios eclesiásticos a candidatos indesejáveis.

O papa não teve dúvidas: excomungou o imperador. Tal foi a pressão sobre Henrique IV, que o tirano teve de humilhar-se e pedir perdão, em 1077, para anular a excomunhão, num evento famoso que ficou conhecido como “o episódio de Canossa”.

Mas o pedido de clemência era uma bem elaborada jogada política. Pouco tempo depois, o imperador saboreou sua vingança, depondo o papa Gregório VII e nomeando um antipapa, Clemente III. Mesmo assim o papa Gregório VII continuou com as reformas, enfrentando a ira do governante. Foi então exilado em Salerno, onde morreu mártir de suas reformas no dia 25 de maio de 1085, com sessenta e cinco anos.

Passou para a história como o papa da independência da Igreja contra a interferência dos poderosos políticos. Sua última frase, à beira da morte, sem dúvida retrata a síntese de sua existência: “Amei a justiça, odiei a iniquidade e, por isso, morro no exílio”.

Muitos milagres foram atribuídos à intercessão de papa Gregório VII, que teve seu culto autorizado pelo papa Paulo V em 1606.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (1 Ped 5, 1-4; 10-11)

Leitura da Epístola de São Pedro Apóstolo 

Caríssimos: Eis a exortação que dirijo aos anciãos que estão entre vós; porque sou ancião como eles, fui testemunha dos sofrimentos de Cristo e serei participante com eles daquela glória que se há de manifestar. Velai sobre o rebanho de Deus, que vos é confiado. Tende cuidado dele, não constrangidos, mas espontaneamente; não por amor de interesse sórdido, mas com dedicação; não como dominadores absolutos sobre as comunidades que vos são confiadas, mas como modelos do vosso rebanho. E, quando aparecer o supremo Pastor, recebereis a coroa imperecível de glória. O Deus de toda graça, que vos chamou em Cristo à sua eterna glória, depois que tiverdes padecido um pouco, vos aperfeiçoará, vos tornará inabaláveis, vos fortificará. A ele o poder na eternidade! Amém.

Evangelho (Mt 16, 13-19)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo, chegando ao território de Cesaréia de Filipe, Jesus perguntou a seus discípulos: No dizer do povo, quem é o Filho do Homem? Responderam: Uns dizem que é João Batista; outros, Elias; outros, Jeremias ou um dos profetas. Disse-lhes Jesus: E vós quem dizeis que eu sou? Simão Pedro respondeu: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo! Jesus então lhe disse: Feliz és, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus. E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.

IN ENGLISH

Lesson (1 Pe 5, 1-4; 10-11)

Lesson from the First Book of Peter. 

Dearly beloved, the ancients therefore that are among you, I beseech , who am myself also am ancient, and a witness of the sufferings of Christ : as also a partaker of that glory which is to be revealed in time to come: feed the flock of God which is among you, taking care of it, not by constraint, but willingly, according to God: not for filthy lucre’s sake, but voluntarily: neither as lording it over the clergy, but being made a pattern of the flock from the heart. And when the prince of pastors shall appear, you shall receive a never fading crown of glory. But the God of all grace, Who hath called us unto His eternal glory in Christ Jesus, after you have suffered a little, will himself perfect you, and confirm you, and establish you. To Him be glory and empire for ever and ever. Amen.

Gospel (Mt 16, 13-19)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew. 

At that time, Jesus came into the quarters of Cæsarea Philippi, and He asked His disciples, saying,”Whom do men say that the Son of man is?” But they said, Some, John the Baptist, and other some, Elias, and others, Jeremias, or one of the prophets. Jesus saith to them, “But whom do you say that I am?” Simon Peter answered, Thou art Christ, the Son of the living God. And Jesus answering, said to him, “Blessed art thou, Simon Bar-Jona, because flesh and blood hath not revealed it to thee, but My Father Who is in Heaven: and I say to thee, that thou art Peter, and upon this rock I will build My Church, and the gates of hell shall not prevail against it; and to thee I will give the keys of the kingdom of Heaven; and whatsoever thou shalt bind upon earth, it shall be bound also in Heaven; and whatsoever thou shall loose on earth, it shall be loosed also in Heaven.”

Liturgia Diária- 24/05/2016

MISSA DA FÉRIA

Missa comum do 1º Domingo depois de Pentecostes

LEITURAS/LESSONS

Epístola (I Jo 4, 8-21)

Leitura da Epístola de São João Apóstolo. 

Caríssimos: Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em nos ter enviado ao mundo o seu Filho único, para que vivamos por ele. Nisto consiste o amor: não em termos nós amado a Deus, mas em ter-nos ele amado, e enviado o seu Filho para expiar os nossos pecados. Caríssimos, se Deus assim nos amou, também nós nos devemos amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus. Se nos amarmos mutuamente, Deus permanece em nós e o seu amor em nós é perfeito. Nisto é que conhecemos que estamos nele e ele em nós, por ele nos ter dado o seu Espírito. E nós vimos e testemunhamos que o Pai enviou seu Filho como Salvador do mundo. Todo aquele que proclama que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele e ele em Deus. Nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem para conosco. Deus é amor, e quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele. Nisto é perfeito em nós o amor: que tenhamos confiança no dia do julgamento, pois, como ele é, assim também nós o somos neste mundo. No amor não há temor. Antes, o perfeito amor lança fora o temor, porque o temor envolve castigo, e quem teme não é perfeito no amor. Mas amamos, porque Deus nos amou primeiro. Se alguém disser: Amo a Deus, mas odeia seu irmão, é mentiroso. Porque aquele que não ama seu irmão, a quem vê, é incapaz de amar a Deus, a quem não vê. Temos de Deus este mandamento: o que amar a Deus, ame também a seu irmão.

Evangelho (Lc 6, 36-42)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Sede misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso. Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados; dai, e dar-se-vos-á. Colocar-vos-ão no regaço medida boa, cheia, recalcada e transbordante, porque, com a mesma medida com que medirdes, sereis medidos vós também. Propôs-lhes também esta comparação: Pode acaso um cego guiar outro cego? Não cairão ambos na cova? O discípulo não é superior ao mestre; mas todo discípulo perfeito será como o seu mestre. Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão e não reparas na trave que está no teu olho? Ou como podes dizer a teu irmão: Deixa-me, irmão, tirar de teu olho o argueiro, quando tu não vês a trave no teu olho? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e depois enxergarás para tirar o argueiro do olho de teu irmão.

 In English

Epistle (I John 4: 8-21)

Lesson from the Epistle of blessed John the Apostle.

Dearly beloved, God is charity. By this hath the charity of God appeared toward us, because God hath sent His only-begotten Son into the world, that we may live by Him. In this is charity; not as though we had loved God, but because He hath first loved us, and sent His Son to be a propitiation for our sins. My dearest, if God hath so loved us, we also ought to love one another. No man hath seen God at any time. If we love one another, God abideth in us and His charity is perfected in us. In this we know that we abide in Him, and He in us; because He hath given us of His spirit. And we have seen and do testify, that the Father hath sent His Son to be the Saviour of the World. Whosoever shall confess that Jesus is the Son of God, God abideth in Him, and he in God. And we have known, and have believed the charity which God hath to us. God is charity: and he that abideth in charity abideth in God, and God in him. In this is the charity of God perfected with us, that we may have confidence in the day of judgment: because: as He is, we also are in the world. Fear is not in charity, but perfect charity casteth out fear: because fear hath Pain: and he that feareth is not perfected in charity. Let us therefore love God, because God first hath loved us If any man say, I love God, and hateth his brother, he is a liar. For he that loveth not his brother whom he seeth, how can he love God, Whom he seeth not? And this commandment we have from God, that he who loveth God love also his neighbor.

Gospel (Luke 6: 36-42)

The continuation of the holy Gospel according to John. 

At that time Jesus said to His disciples: “Be ye merciful, as your Father also is merciful. Judge not, and you shall not be judged. Condemn not, and you shalt not be condemned. Forgive, and you shall be forgiven. Give, and it shall be given unto you: good measure, and pressed down, and shaken together, and running over, shall they give into your bosom. For with the same measure that you mete withal, it shall be measured to you again. And He spoke also to them a similtude: can the blind lead the blind? do they not both fall into the ditch? The disciple is not above his master: but every one shall be perfect if he be as his master. and why seest thou the mote in thy brothers eye: but the beam that is in thine own eye thou considerest not? Thou hypocrite, cast out first the beam out of thine own eye: and then thou shalt see clearly to pull out the mote from thy brothers eye.”

Liturgia Diária- 23/05/2016

MISSA DA FÉRIA

Missa comum do 1º Domingo depois de Pentecostes

LEITURAS/LESSONS

Epístola (I Jo 4, 8-21)

Leitura da Epístola de São João Apóstolo. 

Caríssimos: Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em nos ter enviado ao mundo o seu Filho único, para que vivamos por ele. Nisto consiste o amor: não em termos nós amado a Deus, mas em ter-nos ele amado, e enviado o seu Filho para expiar os nossos pecados. Caríssimos, se Deus assim nos amou, também nós nos devemos amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus. Se nos amarmos mutuamente, Deus permanece em nós e o seu amor em nós é perfeito. Nisto é que conhecemos que estamos nele e ele em nós, por ele nos ter dado o seu Espírito. E nós vimos e testemunhamos que o Pai enviou seu Filho como Salvador do mundo. Todo aquele que proclama que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele e ele em Deus. Nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem para conosco. Deus é amor, e quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele. Nisto é perfeito em nós o amor: que tenhamos confiança no dia do julgamento, pois, como ele é, assim também nós o somos neste mundo. No amor não há temor. Antes, o perfeito amor lança fora o temor, porque o temor envolve castigo, e quem teme não é perfeito no amor. Mas amamos, porque Deus nos amou primeiro. Se alguém disser: Amo a Deus, mas odeia seu irmão, é mentiroso. Porque aquele que não ama seu irmão, a quem vê, é incapaz de amar a Deus, a quem não vê. Temos de Deus este mandamento: o que amar a Deus, ame também a seu irmão.

Evangelho (Lc 6, 36-42)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Sede misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso. Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados; dai, e dar-se-vos-á. Colocar-vos-ão no regaço medida boa, cheia, recalcada e transbordante, porque, com a mesma medida com que medirdes, sereis medidos vós também. Propôs-lhes também esta comparação: Pode acaso um cego guiar outro cego? Não cairão ambos na cova? O discípulo não é superior ao mestre; mas todo discípulo perfeito será como o seu mestre. Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão e não reparas na trave que está no teu olho? Ou como podes dizer a teu irmão: Deixa-me, irmão, tirar de teu olho o argueiro, quando tu não vês a trave no teu olho? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e depois enxergarás para tirar o argueiro do olho de teu irmão.

 In English

Epistle (I John 4: 8-21)

Lesson from the Epistle of blessed John the Apostle.

Dearly beloved, God is charity. By this hath the charity of God appeared toward us, because God hath sent His only-begotten Son into the world, that we may live by Him. In this is charity; not as though we had loved God, but because He hath first loved us, and sent His Son to be a propitiation for our sins. My dearest, if God hath so loved us, we also ought to love one another. No man hath seen God at any time. If we love one another, God abideth in us and His charity is perfected in us. In this we know that we abide in Him, and He in us; because He hath given us of His spirit. And we have seen and do testify, that the Father hath sent His Son to be the Saviour of the World. Whosoever shall confess that Jesus is the Son of God, God abideth in Him, and he in God. And we have known, and have believed the charity which God hath to us. God is charity: and he that abideth in charity abideth in God, and God in him. In this is the charity of God perfected with us, that we may have confidence in the day of judgment: because: as He is, we also are in the world. Fear is not in charity, but perfect charity casteth out fear: because fear hath Pain: and he that feareth is not perfected in charity. Let us therefore love God, because God first hath loved us If any man say, I love God, and hateth his brother, he is a liar. For he that loveth not his brother whom he seeth, how can he love God, Whom he seeth not? And this commandment we have from God, that he who loveth God love also his neighbor.

Gospel (Luke 6: 36-42)

The continuation of the holy Gospel according to John. 

At that time Jesus said to His disciples: “Be ye merciful, as your Father also is merciful. Judge not, and you shall not be judged. Condemn not, and you shalt not be condemned. Forgive, and you shall be forgiven. Give, and it shall be given unto you: good measure, and pressed down, and shaken together, and running over, shall they give into your bosom. For with the same measure that you mete withal, it shall be measured to you again. And He spoke also to them a similtude: can the blind lead the blind? do they not both fall into the ditch? The disciple is not above his master: but every one shall be perfect if he be as his master. and why seest thou the mote in thy brothers eye: but the beam that is in thine own eye thou considerest not? Thou hypocrite, cast out first the beam out of thine own eye: and then thou shalt see clearly to pull out the mote from thy brothers eye.”

Liturgia Diária- 21/05/2016

SÁBADO DAS TÊMPORAS DE PENTECOSTES

The-Pentecost

“O Temor de Deus é o fundamento dos outros dons. Defende-nos do pecado, porque nos faz considerar o respeito que devemos a justiça divina e a sua majestade” (Pe. Meschler).

Por motivo das ordenações a estação de hoje celebrava-se na basílica de São Pedro, que é pastor do rebanho de Jesus Cristo. O Espírito Santo depois de ter dado, na vigília de Pentecostes, à Igreja numerosos filhos, vai lhe dar hoje também novos sacerdotes que serão instrumentos da sua graça no mundo. Vai se derramar sobre eles como se derramou outrora sobre os Apóstolos a graça superabundante do Espírito Santo anunciado por Joel.

Já fizemos notar que as missas de sábado das Quatro Têmporas têm sempre cinco lições entre o Intróito e a Epístola e que a 5ª é invariavelmente a relação ao martírio dos três mancebos de Babilônia. A oração da missa inspira-se neste passo da Escritura e pede à Divina Bondade que nos defenda da chama das paixões e dos vícios. As leituras aludem a colheita e à oferenda das primícias, porque as Quatro Têmporas foram instituídas precisamente para obter a benção de Deus para a nova estação que principia. Quando os israelitas entraram na terra da promissão, ofereceram a Deus os primeiros frutos da terra. Havendo entrado na terra em que o Filho de Deus no legou, quer dizer, na Igreja Católica, ofereçamos também por nossa parte ao Senhor todos os frutos que a graça produzir em nós.

LEITURAS/LESSONS

I Leitura (Joel 2, 28-32)

Leitura do profeta Joel.

Eis o que diz o Senhor Deus: Derramarei o meu Espírito sobre todo ser vivo: vossos filhos e vossas filhas profetizarão; vossos anciãos terão sonhos, e vossos jovens terão visões. Naqueles dias, derramarei também o meu Espírito sobre os escravos e as escravas. Farei aparecer prodígios no céu e na terra, sangue, fogo e turbilhões de fumo. O sol converter-se-á em trevas e a lua, em sangue, ao se aproximar o grandioso e temível dia do Senhor. Mas todo o que invocar o nome do Senhor será poupado, porque, sobre o monte Sião e em Jerusalém, haverá um resto, como o Senhor disse, e entre os sobreviventes estarão os que o Senhor tiver chamado.

II Leitura (Lv 23, 9-11; 15-17 e 21)

Leitura do Livro do Levítico.

Naqueles dias, o Senhor disse a Moisés: “Dize aos israelitas o seguinte: quando tiverdes entrado na terra que vos hei de dar, e fizerdes a ceifa, trareis ao sacerdote um molho de espigas como primícias de vossa ceifa. O sacerdote agitará esse molho de espigas diante do Senhor, para que ele vos seja favorável: fará isso no dia seguinte ao sábado. “A partir do dia seguinte ao sábado, desde o dia em que tiverdes trazido o molho para ser agitado, contareis sete semanas  completas. Contareis cinqüenta dias até o dia seguinte ao sétimo sábado, e apresentareis ao Senhor uma nova oferta. Trareis de vossa casa dois pães feitos de dois décimos de flor de farinha, cozidos com fermento, para agitá-los como oferta; são as primícias do Senhor. Nesse mesmo dia anunciareis a festa e convocareis uma santa assembléia: não fareis trabalho algum servil. Esta é uma lei perpétua para vossos descendentes, em qualquer lugar onde habitardes.

III Leitura (Dt 26,1-11)

Leitura do Livro do Deuteronômio.

Naqueles dias, disse Moisés aos filhos de Israel: Ouvi Israel, Quando tiveres entrado na terra que o Senhor, teu Deus, te dá em herança, e ali te tiveres estabelecido, tomarás as primícias de todos os frutos do solo, que colheres na terra que te dá o Senhor, teu Deus, e, pondo-as num cesto, irás ao lugar escolhido pelo Senhor, teu Deus, para aí habitar seu nome. Apresentar-te-ás diante do sacerdote, que estiver em serviço naquele momento, e lhe dirás: reconheço hoje, diante do Senhor, meu Deus, que entrei na terra que o Senhor tinha jurado a nossos pais nos dar. O sacerdote, recebendo o cesto de tua mão depô-lo-á diante. do altar do Senhor, teu Deus. Dirás então em presença do Senhor, teu Deus: meu pai era um arameu prestes a morrer, que desceu ao Egito com um punhado de gente para ali viverem como forasteiros, mas tornaram-se ali um povo grande, forte e numeroso. Os egípcios afligiram-nos e oprimiram-nos, impondo-nos uma penosa servidão. Clamamos então ao Senhor, o Deus de nossos pais, e ele ouviu nosso clamor, e viu nossa aflição, nossa miséria e nossa angústia. O Senhor tirou-nos do Egito com sua mão poderosa e o vigor de seu braço, operando prodígios e portentosos milagres. Conduziu-nos a esta região e deu-nos esta terra que mana leite mel. Por isso trago agora as primícias dos frutos do solo que me destes, ó Senhor. Dito isto, deporás o cesto diante do Senhor, teu Deus, prostrando-te em sua presença. Depois, alegrar-te-ás por todos os bens que o Senhor, teu Deus, te tiver dado, a ti e à tua casa, tu e o levita, e o estrangeiro que mora no meio de ti.

IV Leitura (Lv 26, 3-12)

Leitura do Livro de Levítico. 

Naqueles dias disse o Senhor a Moisés: Falarás aos filhos de Israel e lhes dirá: Se seguirdes minhas leis e guardardes os meus preceitos e os praticardes, eu vos darei as chuvas nos seus tempos. A terra dará o seu produto e as árvores da terra se carregarão de frutos. A debulha do trigo prolongar-se-á até a vindima, e a vindima até a sementeira; comereis o vosso pão à saciedade, e habitareis em segurança na vossa terra. Darei paz à vossa terra, e vosso sono não será perturbado. Afastarei da terra os animais nocivos, e a espada não passará pela vossa terra. Quando perseguirdes os vossos inimigos, cairão sob vossa espada. Cinco dentre vós perseguirão um cento, e cem dos vossos perseguirão dez mil, e os vossos inimigos cairão sob vossa espada. Eu me voltarei para vós, e vos farei crescer; multiplicar-vos-ei e ratificarei a minha aliança convosco. Comereis as colheitas antigas, bem conservadas, e lançareis fora as velhas, para dar lugar às novas. Porei o meu tabernáculo no meio de vós, e a minha alma não vos rejeitará. Andarei entre vós: serei o vosso Deus e vós sereis o meu povo.

V Leitura (Dn 3, 47-51)

Leitura do profeta Daniel.

Naqueles dias: O anjo do Senhor havia descido com Azarias e seus companheiros à fornalha e afastava o fogo. Fez do centro da fogueira como um lugar onde soprasse uma brisa matinal: o fogo nem mesmo os tocava, nem lhes fazia mal algum, nem lhes causava a menor dor. Então os três jovens elevaram suas vozes em uníssono para louvar, glorificar e bendizer a Deus dentro da fornalha, neste cântico:

Epístola (Rm 5, 1-5)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Romanos.

Irmãos: Justificados, pois, pela fé temos a paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo. Por ele é que tivemos acesso a essa graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança de possuir um dia a glória de Deus. Não só isso, mas nos gloriamos até das tribulações. Pois sabemos que a tribulação produz a paciência, a paciência prova a fidelidade e a fidelidade, comprovada, produz a esperança. E a esperança não engana. Porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

Evangelho (Lc 4, 38-44)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo: Saindo Jesus da sinagoga, entrou na casa de Simão. A sogra de Simão estava com febre alta; e pediram-lhe por ela. Inclinando-se sobre ela, ordenou ele à febre, e a febre deixou-a. Ela levantou-se imediatamente e pôs-se a servi-los. Depois do pôr-do-sol, todos os que tinham enfermos de diversas moléstias lhos traziam. Impondo-lhes a mão, os sarava. De muitos saíam os demônios, aos gritos, dizendo: Tu és o Filho de Deus. Mas ele repreendia-os severamente, não lhes permitindo falar, porque sabiam que ele era o Cristo. Ao amanhecer, ele saiu e retirou-se para um lugar afastado. As multidões o procuravam e foram até onde ele estava e queriam detê-lo, para que não as deixasse. Mas ele disse-lhes: É necessário que eu anuncie a boa nova do Reino de Deus também às outras cidades, pois essa é a minha missão. E andava pregando nas sinagogas da Galiléia.

In English

I Lesson (Joel 2: 28-32)

Lesson from Joel the Prophet.

Thus saith the Lord God: I will pour out My spirit upon all flesh, and your sons and your daughters shall prophesy; your old men shall dream dreams, and your young men shall see visions. Moreover, upon My servants and handmaids in those days I will pour forth My spirit. And I will show wonders in Heaven; and in earth blood, and fire, and vapor of smoke. The sun shall be turned into darkness, and the moon into blood, before the great and dreadful day of the Lord doth come. And it shall come to pass, that every one that shall call upon the name of the Lord shall be saved.

II Lesson (Leviticus 23: 9-11, 15-17, 21)

Lesson from the Book of Leviticus.

In those days: the Lord spoke to Moses, saying, Speak to the children of Israel, and thou shalt say to them, When you shall have entered into the land which I will give you, and shall reap your corn, you shall bring sheaves of ears, the first-fruits of your harvest, to the priests, who shall lift up the sheaf before the Lord, the next day after the sabbath, that it may be acceptable for you, and shall sanctify it. You shall count therefore from the morrow after the sabbath, wherein you offered the sheaf of the first-fruits, seven full weeks, even unto the morrow after the seventh week to be expired, that is to say, fifty days; and so you shall offer a new sacrifice to the Lord, out of all your dwellings, two loaves of the first-fruits, of two tenths of flour leavened, which you shall bake for the first-fruits of the Lord. And you shall call this day most solemn and most holy. You shall do no servile work therein. It shall be an everlasting ordinance in all your dwellings and generations; said the Lord almighty.

III Lesson (Deuteronomy 26: 1-3, 7-11)

Lesson from the Book of Deuteronomy.

In those days, Moses said to the children of Israel, Hear, O Israel, what I command thee this day. When thou art come into the land which the Lord Thy God will give Thee to possess, and hast conquered it, and dwellest in it, thou shalt take the first of all thy fruits, and put them in a basket, and shalt go to the place which the Lord thy God shall choose, that His name may be invocated there; and thou shalt go to the priest that shall be in those days, and say to him, I profess this day before the Lord thy God, Who heard us, and looked down upon our affliction, and labor, and distress; and brought us out of Egypt with a strong hand, and a stretched-out arm, with great terror, with signs and wonders, and brought us into this place, and gave us this land flowing with milk and honey. And therefore now I offer the first fruits of the land which the Lord hath given me. And thou shalt leave them in the sight of the Lord thy God, adoring the Lord thy God; and thou shalt feast in all the good things which the Lord thy God hath given thee.

IV Lesson (Lev. 26: 3-12)

Lesson from the Book of Leviticus. 

If you will walk in my precepts, and observe my commandments, and accomplish them, I will give to you rain in its time, and the ground shall bring forth its seedlings, and the trees shall be filled again with fruit. The threshing of the harvest shall last until the vintage, and the vintage shall overtake the sowing. And you shall eat your bread to fullness, and you shall live in your land without fear. I will give peace to your most distant regions. You will sleep, and there will be no one to strike you with terror. I will take away harmful wild beasts, and the sword will not cross your borders. You will pursue your enemies, and they will fall down at the sight of you. Five of yours will pursue a hundred foreigners, and a hundred of you will pursue ten thousand. Your enemies will fall by the sword in your sight. I will look with favor upon you, and I will cause you to increase; you will be multiplied, and I will confirm my covenant with you. You will eat the oldest of what is old, and, when what is new arrives, you will throw away what is old. I will set my tabernacle in your midst, and my soul will not cast you out. I will walk among you, and I will be your God, and you shall be my people.

V Lesson (Dan. 3: 47-51)

Lesson from Daniel the Prophet.

In those days, the angel of the Lord went down with Azarias and his companions into the furnace, and he drove the flame of the fire out of the furnace, and made the midst of the furnace like the blowing of a wind bringing dew. But the flame mounted up above the furnace nine and forty cubits: and it broke forth, and burnt such of the Chaldeans the king’s servants as it found heating it. And the fire touched them not at all, nor troubled them, nor did them any harm. Then these three, as with one mouth, praised, and glorified, and blessed God in the furnace, saying:

Epistle (Rom. 5: 1-5)

Lesson from the Epistle of blessed Paul the Apostle to the Romans.

Brethren: Being justified by faith, let us have peace with God, through Our Lord Jesus Christ, by Whom also we have access through faith into this grace wherein we stand, and glory in the hope of the glory of the sons of God. And not only so, but we glory also in tribulations; knowing that tribulation worketh patience, and patience trial, and trial hope, and hope confoundeth not; because the charity of God is poured forth in our hearts by the Holy Ghost, Who is given to us.

Gospel (Luke 4: 38-44)

The continuation of the holy Gospel according to Luke. 

At that time, Jesus rising up out of the synagogue, went into Simon’s house: and Simon’s wife’s mother was taken with a great fever, and they besought Him for her. And standing over her He commanded the fever, and it left her: and, immediately rising, she ministered to them. And when the sun was down, all they that had any sick with divers diseases, brought them to Him: but He laying His hands on every one of them, healed them. And devils went out from many, crying out, and saying, Thou art the Son of God. And rebuking them, He suffered them not to speak, for they knew that He was Christ. And when it was day, going out He went into a desert place; and the multitudes sought Him, and came unto Him; and they stayed Him that He should not depart from them. To whom He said, “To other cities also I must preach the kingdom of God, for therefore am I sent.” And He was preaching in the synagogues of Galilee.

 

Liturgia Diária- 20/05/2016

SEXTA-FEIRA DAS TÊMPORAS DE PENTECOSTES

7_icone_de_la_pentecote

“O dom da piedade imprime-nos na alma a inclinação e facilidade de honrarmos a Deus como Pai e esperarmos nele com amor e confiança de filhos” (Pe. Meschler).

A estação de hoje tinha outrora lugar no santuário dos Doze Apóstolos. A abundância dos frutos da terra, que a Igreja implora no princípio da nova estação, é bem figura da chuva de mercês espirituais que o Espírito Santo derrama durante estes três dias nas almas dos fiéis.

As curas prodigiosas relatadas no Evangelho e nos Atos dos Apóstolos são provas das constantes intervenções de Deus, que não cessa de procurar por todos os meios a salvação daqueles por quem entregou à morte o próprio Filho.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Joel 2,13-24 e 26-27)

Leitura do profeta Joel. 

Eis o que diz o Senhor Deus:  Alegrai-vos, filhos de Sião, e rejubilai no Senhor, vosso Deus, porque ele vos dá as chuvas do outono no tempo oportuno, e faz cair chuvas copiosas sobre vós, as chuvas do outono e da primavera, como dantes. As eiras se encherão de trigo, os lagares transbordarão de vinho e de óleo novo. Comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do Senhor, vosso Deus, que fez maravilhas em vosso favor; e jamais meu povo será confundido. Sabereis então que estou no meio de Israel, que sou o Senhor, vosso Deus, e que não há outro. E jamais meu povo será confundido.

Evangelho (Lc 5,17-26)

Continuação do Santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo Segundo São Lucas:

Naquele tempo, estava Jesus ensinando, estando sentados ao seu redor  fariseus e doutores da lei, vindos de todas as localidades da Galiléia, da Judéia e de Jerusalém. E o poder do Senhor fazia-o realizar várias curas. Apareceram algumas pessoas trazendo num leito um homem paralítico; e procuravam introduzi-lo na casa e pô-lo diante dele. Mas não achando por onde o introduzir, por causa da multidão, subiram ao telhado e por entre as telhas o arriaram com o leito ao meio da assembléia, diante de Jesus. Vendo a fé que tinham, disse Jesus: Meu amigo, os teus pecados te são perdoados. Então os escribas e os fariseus começaram a pensar e a dizer consigo mesmos: Quem é este homem que profere blasfêmias? Quem pode perdoar pecados senão unicamente Deus? Jesus, porém, penetrando nos seus pensamentos, replicou-lhes: Que pensais nos vossos corações? Que é mais fácil dizer: Perdoados te são os pecados; ou dizer: Levanta-te e anda? Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra poder de perdoar pecados (disse ele ao paralítico), eu te ordeno: levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.
No mesmo instante, levantou-se ele à vista deles, tomou o leito e partiu para casa, glorificando a Deus. Todos ficaram transportados de entusiasmo e glorificavam a Deus; e tomados de temor, diziam: Hoje vimos coisas maravilhosas.

In English

Lesson (Joel 2: 23-24 and 26-27)

Lesson from Joel the Prophet.

Thus saith the Lord God: O children of Sion, rejoice, and be joyful in the Lord your God; because He hath given you a teacher of justice, and He will make the early and the latter rain to come down to you, as in the beginning: and the floors shall be filled with wheat, and the presses shall overflow with wine and oil. And you shall eat in plenty, and shall be filled; and you shall praise the name of the Lord your God, Who hath done wonders with you: and My people shall not be confounded for ever. And you shall know that I am in the midst of Israel: and I am the Lord your God, and there is none besides; and My people shall not be confounded forever; said the Lord almighty.

Gospel (Luke 5: 17-26) 

The continuation of the holy Gospel according to Luke. 

At that time, it came to pass, on a certain day that Jesus sat teaching; and there were pharisees and doctors of the law sitting by that were come out of every town of Galilee, and Judea, and Jerusalem, and the power of the Lord was to heal them. And behold men brought in a bed a man who had the palsy, and they sought means to bring him in, and to lay him before Him; and when they could not find by what way they might bring him in, because of the multitude, they went up upon the roof, and let him down through the tiles with his bed into the midst before Jesus. And when He saw their faith, He said, “Man, thy sins are forgiven thee: and the scribes and pharisees began to think, saying, Who is this who speaketh blasphemies? Who can forgive sins, but God alone? And when Jesus knew their thoughts, answering, He saith to them, “What is it you think in your hearts? Which is easier to say? Thy sins are forgiven thee, or to say, Arise and walk? But that you may know that the Son of man hath power on earth to forgive sins(to the crippled man) I say to thee, Arise, take up thy bed, and go into thy house.” And immediately rising up before them, he took up the bed on which he lay and he went away to his own house, glorifying God. And all were astonished, and they glorified God; and they were filled with fear, saying, We have seen wonderful things today.

Liturgia Diária- 19/05/2016

QUINTA-FEIRA DA OITAVA DE PENTECOSTES

Anthonis_van_Dyck3ph (1)

“O dom da Ciência é uma luz sobrenatural que Espírito Santo infunde nas almas e que possui a prerrogativa de nos fazer ver que as verdades da fé são realmente dignas de serem admitidas mesmo à luz dos princípios da razão” (Pe. Meschler).

A estação celebra-se na Basílica de São Lourenço, cuja alma tão inflamada estava no amor do Espírito Santo que o não deixava de sentir as torturas do fogo a que tinha sido lançado. Escolheu-se esta Basílica para ter passo dos Atos dos Apóstolos que fala o diácono Felipe.

O Evangelho lembra-nos que o Senhor ao conferir aos Apóstolos o poder das curas, lhes confiou também a missão de pregar o reino de Deus a todos os homens. E este ministério não tem sido interrompido a partir do Pentecostes. A Igreja prossegue incansavelmente através de todas as idades na tarefa de apontar às almas os caminhos da vida e o Espírito Santo, que fecunda a sua pregação, opera por meio dela como força divina que renova a face da terra. Peçamos a Deus que prossiga na sua obra redentora e que nos torne dóceis à ação santificante do Espírito Santo, que não cessa de operar no mais íntimo das nossas almas.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (At 8, 5-8)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naquele tempo: Filipe desceu à cidade de Samaria, pregando-lhes Cristo. A multidão estava atenta ao que Filipe lhe dizia, escutando-o unanimemente e presenciando os prodígios que fazia. Pois os espíritos imundos de muitos possessos saíam, levantando grandes brados. Igualmente foram curados muitos paralíticos e coxos. Por esse motivo, naquela cidade reinava grande alegria…

Evangelho (Lc 9, 1-6)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo: Reunindo Jesus os doze apóstolos, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, e para curar enfermidades. Enviou-os a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos. Disse-lhes: Não leveis coisa alguma para o caminho, nem bordão, nem mochila, nem pão, nem dinheiro, nem tenhais duas túnicas. Em qualquer casa em que entrardes, ficai ali até que deixeis aquela localidade. Onde ninguém vos receber, deixai aquela cidade e em testemunho contra eles sacudi a poeira dos vossos pés. Partiram, pois, e percorriam as aldeias, pregando o Evangelho e fazendo curas por toda parte.

In English

Lesson (Acts 8: 5-8)

Lesson from the Acts of the Apostles.

In those days, Philip going down to the city of Samaria, preached Christ to them. And the people with one accord were attentive to those things which were said by Philip; hearing, and seeing the miracles which he did. For many of them who had unclean spirits, crying with a loud voice went out, And many taken with the palsy, and that were lame, were healed; and there was therefore great joy in that city.

Gospel (Luke 9: 1-6)

The continuation of the holy Gospel according to Luke. 

At that time, Jesus calling together the twelve apostles gave them power and authority over all devils, and to cure diseases. And He sent them to preach the kingdom of God, and to heal the sick. And He said to them, “Take nothing for your journey; neither staff, nor scrip, nor bread, nor money: neither have two coats: and whatsoever house you shall enter into, abide there, and depart not from thence. And whosoever will not receive you, when ye go out of that city, shake off even the dust of your feet for a testimony against them. And going out, they went about through the towns preaching the gospel, and healing everywhere.”

Liturgia Diária- 18/05/2016

QUARTA-FEIRA DAS TÊMPORAS DE PENTECOSTES

6a00d8341bffb053ef00e54f2a49c28834-500wi

“O dom da fortaleza é a virtude permanente com que o Espírito Santo informa a nova vontade, para que, mediante ela, vençamos as dificuldades que nos desviam da prática do bem” (Pe. Meschler).

As quatro têmporas do inverno (verão – hemisfério Norte) coincidem sempre com a oitava de Pentecostes. A Igreja oferece a Deus as primícias da nova estação e ora com instância pelos novos presbíteros que no próximo sábado vão receber o Espírito Santo no sacramento da Ordem. A liturgia continua a falar aos neo-batizados e a recordar-lhes os milagres de Pentecostes e a multiplicação prodigiosa dos fiéis durante as maravilhas operadas pelos Apóstolos. Também eles foram conduzidos a Jesus, levados ao Pai, que os tirou do exílio de onde viviam, para gozarem da liberdade e dos privilégios com que Deus enobreceu o seu povo.

LEITURAS/LESSONS

I Leitura (At 2, 14-21)

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naquele tempo: Pedro, pondo-se de pé em companhia dos Onze, com voz forte lhes disse: Homens da Judéia e vós todos que habitais em Jerusalém: seja-vos isto conhecido e prestai atenção às minhas palavras. Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, visto não ser ainda a hora terceira do dia. Mas cumpre-se o que foi dito pelo profeta Joel: Acontecerá nos últimos dias – é Deus quem fala -, que derramarei do meu Espírito sobre todo ser vivo: profetizarão os vossos filhos e as vossas filhas. Os vossos jovens terão visões, e os vossos anciãos sonharão. Sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei naqueles dias do meu Espírito e profetizarão. Farei aparecer prodígios em cima, no céu, e milagres embaixo, na terra: sangue fogo e vapor de fumaça. O sol se converterá em trevas e a lua em sangue, antes que venha o grande e glorioso dia do Senhor. E então todo o que invocar o nome do Senhor será salvo (Jl 3,1-5)

II Leitura (At 5, 12-16)

Leitura dos Atos dos Apóstolos. 

Naqueles dias, realizavam-se, entre o povo, pelas mãos dos apóstolos, muitos milagres e prodígios. Reuniam-se eles todos unânimes no pórtico de Salomão. Dos outros ninguém ousava juntar-se a eles, mas o povo lhes tributava grandes louvores. Cada vez mais aumentava a multidão dos homens e mulheres que acreditavam no Senhor. De maneira que traziam os doentes para as ruas e punham-nos em leitos e macas, a fim de que, quando Pedro passasse, ao menos a sua sombra cobrisse alguns deles. Também das cidades vizinhas de Jerusalém afluía muita gente, trazendo os enfermos e os atormentados por espíritos imundos, e todos eles eram curados.

Evangelho (Jo 6, 44-52)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o atrair; e eu hei de ressuscitá-lo no último dia. Está escrito nos profetas: Todos serão ensinados por Deus (Is 54,13). Assim, todo aquele que ouviu o Pai e foi por ele instruído vem a mim. Não que alguém tenha visto o Pai, pois só aquele que vem de Deus, esse é que viu o Pai. Em verdade, em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Vossos pais, no deserto, comeram o maná e morreram. Este é o pão que desceu do céu, para que não morra todo aquele que dele comer. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo. A essas palavras, os judeus começaram a discutir, dizendo: Como pode este homem dar-nos de comer a sua carne?

In English

I Lesson (Acts 2: 14-21)

Lesson from the Acts of the Apostles.

In those days, Peter standing up with the eleven, lifted up his voice and spoke to them: Ye men of Judea, and all you that dwell in Jerusalem, be this known to you, and with your ears receive my words. For these are not drunk, as you suppose, seeing it is but the third hour of the day; but this is that which was spoken of by the prophet Joel, And it shall come to pass in the last days (saith the Lord), I will pour out My spirit upon all flesh; and your sons and your daughters shall prophesy, and your young men shall see visions, and your old men shall dream dreams. And upon My servants indeed, and upon My handmaids, will I pour out, in those days, of My spirit; and they shall prophesy. And I will show wonders in the heaven above, and signs on the earth beneath; blood, and fire, and vapor of smoke. The sun shall be turned into darkness, and the moon into blood, before the great and manifest day of the Lord come. And it shall come to pass, that whosoever shall call upon the name of the Lord, shall be saved.

II Lesson (Acts 5: 12-16)

Lesson from the Acts of the Apostles.

In those days, By the hands of the apostles, were many signs and wonders wrought among the people. And they were all with one accord in Solomon’s porch. But of the rest no man durst join himself with them: but the people magnified them. And the multitude of men and women that believed in the Lord was more increased; insomuch that they brought forth the sick into the streets, and laid them on beds and couches, that when Peter came, his shadow at least might overshadow any of them, and they might be delivered from their infirmities. And there came also together to Jerusalem a multitude out of the neighboring cities, bringing sick persons, and such as were troubled with unclean spirits, who were all healed.

Gospel (John 6: 44-52)

The continuation of the holy Gospel according to John. 

At that time, Jesus said to the multitude of Jews, “No man can come to Me, except the Father, Who hath sent Me, draw him; and I will raise him up in the last day. It is written in the prophets, And they shall all be taught of God. Every one that hath heard of the Father, and hath learned, cometh to Me. Not that any man hath seen the Father, but He who is of God, He hath seen the Father.Amen, amen, I say unto to you, he that believeth in Me hath everlasting life. I am the bread of life. Your fathers did eat manna in the desert, and are dead. This is the bread which cometh down from Heaven, that, if any man eat of it, he may not die. I am the living bread which came down from heaven. If any man eat of this bread, he shall live for ever; and the bread that I will give, is My flesh for the life of the world.”

Liturgia Diária- 17/05/2016

TERÇA-FEIRA DA OITAVA DE PENTECOSTES

Missa de 1ª Classe- Missa Própria

HS Icon New

“O dom do conselho é uma luz do Espírito Santo pelo qual a inteligência prática vê e julga, nos casos particulares, o que se deve fazer e os meios convenientes a empregar” (Pe. Meschler).

A Igreja continua a dirigir-se aos novos filhos que de a luz da graças do batismo, reunindo-os hoje a todos no santuário de Santa Anastácia. O perdão dos pecados, a participação do “Pão dos Anjos” e “Sagrados mistérios da Eucaristia”, a presença e o auxílio do Espírito Santo, a confirmação que os revestiu da força e do alto e os defende continuamente das tramas do inimigo são tesouros preciosos, invocados na missa de hoje. O Evangelho diz tudo numa só palavra: entram no aprisco e são agora ovelhas do Bom Pastor, que veio, “para que as ovelhas encontrem a vida e a encontrem superabundante”.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (At 8, 14-17 )

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naquele tempo: Os apóstolos que se achavam em Jerusalém, tendo ouvido que a Samaria recebera a palavra de Deus, enviaram-lhe Pedro e João. Estes, assim que chegaram, fizeram oração pelos novos fiéis, a fim de receberem o Espírito Santo, visto que não havia descido ainda sobre nenhum deles, mas tinham sido somente batizados em nome do Senhor Jesus. Então os dois apóstolos lhes impuseram as mãos e receberam o Espírito Santo.

Evangelho (Jo 10, 1-10)

Sequência do Santo Evangelho segundo João. 

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Em verdade, em verdade vos digo: quem não entra pela porta no aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador. Mas quem entra pela porta é o pastor das ovelhas. A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz. Ele chama as ovelhas pelo nome e as conduz à pastagem. Depois de conduzir todas as suas ovelhas para fora, vai adiante delas; e as ovelhas seguem-no, pois lhe conhecem a voz.Mas não seguem o estranho; antes fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos.
Jesus disse-lhes essa parábola, mas não entendiam do que ele queria falar. Jesus tornou a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: eu sou a porta das ovelhas. Todos quantos vieram antes de mim foram ladrões e salteadores, mas as ovelhas não os ouviram. Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim será salvo; tanto entrará como sairá e encontrará pastagem. O ladrão não vem senão para furtar, matar e destruir. Eu vim para que as ovelhas tenham vida e para que a tenham em abundância.

In English

Lesson (Acts 8:14-17)

Lesson from the Acts of the Apostles.

In those days, when the apostles that were in Jerusalem had heard that Samaria had received the word of God, they sent unto them Peter and John; who, when they were come, prayed for them, that they might receive the Holy Ghost: for He was not as yet come upon any of them; but they were only baptized in the name of the Lord Jesus. Then they laid their hands upon them, and they received the Holy Ghost.

Gospel (John 10: 1-10)

The continuation of the holy Gospel according to John. 

At that time, Jesus said to the Pharisees: “At that time, Jesus said to the pharisees, Amen, amen, I say to you, he that entereth not by the door into the sheepfold, but climbeth up another way, the same is a thief and a robber. But he that entereth in by the door is the shepherd of the sheep. To him the porter openeth, and the sheep hear his voice, and he calleth his own sheep by name, and leadeth them out. And when he hath let out his own sheep, he goeth before them; and the sheep follow him, because they know his voice; but a stranger they follow not, but fly from him, because they know not the voice of strangers.” This proverb Jesus spoke to them: but they understood not what He spoke to them. Jesus therefore said to them again: “Amen, amen, I say to you, I am the Door of the sheep. All others, as many as have come, are thieves and robbers; and the sheep hear them not. I am the Door. By Me if any man enter in, he shall be saved; and he shall go in, and go out, and shall find pastures. The thief cometh not but to steal, and to kill, and to destroy. I am come that they may have life, and may have it more abundantly.

Liturgia Diária- 16/05/2016

SEGUNDA-FEIRA DA OITAVA DE PENTECOSTES

1ª Classe- Missa Própria

Holy Spirit

“O Dom da inteligência ilumina-nos, projetando sobre as verdades reveladas uma luz viva, penetrante, extraordinária, e dando-nos a certeza da genuína da palavra de Deus.” (Pe. Meschler)

A Igreja prolonga por mais oito dias a festa de Pentecostes. Os intróitos desta semana cantam, como os das semanas de Páscoa, a grandeza do batismo e as riquezas que neles são conferidas aos batizados. O de hoje fala-nos da comunhão. A Epístola e o evangelho fala-nos de Jesus Cristo, necessária para a salvação, e que basta com o batismo para salvar todo aquele que acreditar. Foi o Senhor que disse. E São Pedro em um outro dia de Pentecostes, afirma-o aos Judeus deicidas, que os prodígios que se seguem confirmam que é assim realmente. A proclamação da Universalidade da redenção extensiva a todos os que acreditarem em Cristo, é doutrina essencial do Pentecostes e o fulcro sobre que gira toda a liturgia desta semana.

Possa Jesus e o Espírito Santo, cujo testemunho recolhemos da boca de Pedro, reunir-nos contra as ciladas do inimigo.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (At 10, 34 e 42-48 )

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naquele tempo, Pedro tomou a palavra e disse: Em verdade, reconheço que Deus não faz distinção de pessoas, Ele nos mandou pregar ao povo e testemunhar que é ele quem foi constituído por Deus juiz dos vivos e dos mortos. Dele todos os profetas dão testemunho, anunciando que todos os que nele crêem recebem o perdão dos pecados por meio de seu nome. Estando Pedro ainda a falar, o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a (santa) palavra. Os fiéis da circuncisão, que tinham vindo com Pedro, profundamente se admiraram, vendo que o dom do Espírito Santo era derramado também sobre os pagãos; pois eles os ouviam falar em outras línguas e glorificar a Deus. Então Pedro tomou a palavra: Porventura pode-se negar a água do batismo a estes que receberam o Espírito Santo como nós? E mandou que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Rogaram-lhe então que ficasse com eles por alguns dias.

Evangelho (Jo 3, 16-21)

Sequência do Santo Evangelho segundo João. 

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: De tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado; por que não crê no nome do Filho único de Deus. Ora, este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, pois as suas obras eram más. Porquanto todo aquele que faz o mal odeia a luz e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas aquele que pratica a verdade, vem para a luz. Torna-se assim claro que as suas obras são feitas em Deus.

In English

Lesson (Acts 10: 34. 42-48)

Lesson from the Acts of the Apostles.

In those days, Peter opening his mouth, said: Men, brethren, the Lord commanded us to preach to the people, and to testify that it is He Who was appointed by God to be judge of the living and of the dead: to Him all the prophets give testimony, that through His name all receive remission of sins, who believe in Him. While Peter was yet speaking these words, the Holy Ghost fell on all them that heard the word; and the faithful of the circumcision, who came with Peter, were astonished, for that the grace of the Holy Ghost was poured out upon the Gentiles also: for they heard them speaking with tongues, and magnifying God. Then Peter answered, Can any man forbid water, that these men should not be baptized, who have received the Holy Ghost as well as we? And he commanded them to be baptized in the name of the Lord Jesus Christ.

Gospel (John 3: 16-21)

The continuation of the holy Gospel according to John. 

At that time, Jesus said to His disciples, “God so loved the world, as to give His only-begotten Son; that whosoever believeth in Him may not perish, but may have life everlasting. For God sent not His Son into the world to judge the world, but that the world may be saved by Him. He that believeth in Him is not judged, but he that doth not believe is already judged, because he believeth not in the name of the only-begotten Son of God. And this is the judgment: because the light is come into the world, and men loved darkness rather than the light, for their works were evil: for every one that doth evil hateth the light, and cometh not to the light, that his works may not be reproved: but he that doth truth cometh to the light, that his works may be made manifest,because they are done in God.”

Liturgia Diária- 14/05/2016

VIGÍLIA DE PENTECOSTES

1ª Classe- Missa Própria

Cathedra-HolySpirit
Tempo Pascal
Exposição Dogmática: Pentecostes

A Páscoa e o Pentecostes podem considerar-se realmente pastes integrantes da mesma festa, d festa da vitória de Cristo, da sua entrada triunfal na Glória e do começo da expansão da Igreja iniciado pela descida do Espírito Santo sobre os Apóstolos. A Ressurreição, a Ascensão e o Pentecostes, são partes do mesmo mistério, o Mistério Pascal. “A Páscoa, diz Santo Agostinho, foi o princípio da graça, o Pentecoste o seu remate e coroamento”. Pela Ressurreição, Cristo restitui-nos o direito que havíamos perdido, a vida divina. Na Ascensão, elevou-se ao Céu, para de lá nos mandar o Espírito Santo, e assim entrar na posse do reino que para nós e para Ele conquistou com o seu sangue. A Ascenção é com efeito o reconhecimento oficial dos seus títulos de vitória e constitui para a sua humanidade o coroamento da obra redentora, e para a Igreja o princípio da sua existência e santidade. “A Ascenção, diz D. Guéranger, é o mistério que relaciona e completa o da Páscoa e o do Pentecostes. por um lado consuma a Páscoa, declarando o Homem-Deus vencedor da morte e chefe da Igreja e colocando-o a direita do Pai; por outro, determina a descida do Espírito Santo”; “Este belo mistério delimita aqui na terra os dois reinos divinos – o do Filho de Deus e do Espírito Santo”.

 “Se eu não for não recebereis o Paráclito. Mas eu vou e mandar-vo-lo-ei, diz o Senhor”. O Verbo Encarnado concluiu a missão de que o Pai o incumbira e o Espírito Santo irá da início a sua; que o Pai, não contente ainda em nos dar seu Filho único para nos reconduzir a Si, nos deu também o Espírito Santo para nos santificar. É que o Pai faz tudo, conforme diz Santo Agostinho, por meio do Filho, no Espírito Santo. Toda a obra da Salvação e Santificação se realiza na virtude e pela virtude do Espírito Santo. Foi Ele quem falou pelos profetas, quem cobriu com sua sombra a Virgem Maria e a fez M~e do Filho de Deus, quem desceu sobre o Senhor no Jordão, quem finalmente o conduziu pelo deserto e lhe orientou todos os passos da sua vida terrena. Mas foi sobretudo no dia de Pentecostes, derramando na alma dos Apóstolos a luz a coragem da graça, que assentou no seio da Igreja a grande obra da Santificação. Nele foi a Igreja batizada no Cenáculo, e é o seu eflúvio divino  que continua informar o Corpo Místico de Cristo. “Recebei o Espírito Santo, disse o Salvador ao Apóstolos, e a quem perdoares os pecados lhes serão perdoados”. E a Igreja gosta de repetir estas palavras e de dizer que “é o Espírito Santo o mesmo perdão dos pecados” e do batismo que é ministrado na “água e no espírito”.  “Sai desta alma, diz o ministro, e dá lugar ao Espírito Santo”. Este Espírito cura as nossas almas e as santifica-as com a sua graça, infundindo-nos algo da sua própria vida. O que fez dizer Santo Irineu que, assim como a vida do corpo resulta da união do corpo, assim a vida da alma resulta da união da alma com o Espírito de Deus, união que se estabelece pela graça santificante. Porém, mais ainda, lá onde a graça habita, aí está aquele operário divino que a Igreja chama de “hóspede nosso”.

O Espírito Santo foi dado aos apóstolos para acabar neles e por eles a obra da santificação me iluminação iniciada por Cristo. para esclarecer as inteligências, aquecer e purificar os corações e infundir nas almas a coragem de confessar o nome do Senhor. E esta obra de revigoramento das energias dos espíritos prossegue. Foi o espírito que inspirou os Apóstolos e os escritores sagrados, e é Ele que assegura ao Papa e aos Bispos reunidos e unidos com ele a infabilidade em matéria de fé, que lhes permite continuar na terra a missão do Mestre. É Ele, o Espírito Santo, que dá eficácia aos sacramentos, que perdoa os pecados, que infunde nas almas a vida sobrenatural, que dá a Igreja coesão e unidade, que lhe dá o ser, a alma.

O Espírito Santo é a alma da Igreja. E todos os fiéis vivem ou pelos menos deveriam viver desta alma. É de notar que depois de dizermos no Credo que cremos no Espírito Santo, ajuntamos, E na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, que é o deslumbramento, radioso da santidade perene penetrando o nosso corpo, e na vida eterna, a plenitude da Glória, envolvendo todo o nosso ser para sempre.

Exposição Histórica: Pentecostes

Antes de subir ao Céu, o Senhor ordenou os Apóstolos que se não afastassem de Jerusalém, mas esperassem a promessa do Pai, querer dizer, a efusão Espírito Santo. No regresso do monte das Oliveiras, os discípulos, que eram cento e vinte, dirigiram-se para o cenáculo, onde se deixaram estar em oração com as santas mulheres e com Maria, Mãe de Jesus.

Depois desta novena, a mais solene de todas, teve lugar a descida do Espírito Santo, que coincidiu providencialmente com a festa de pentecostes, “com este dia tão grande e santo”, aniversário da promulgação da lei do Sinai. Os estrangeiros, pois, que por este motivo tinham acorrido a Jerusalém, foram foram testemunhas do fato milagroso do Pentecostes Cristão.

“Eram nove horas da manhã, assim diz os Atos dos Apóstolos, quando um ruído se fez ouvir, à maneira de um violento golpe de vento, que encheu toda a casa em que Maria Santíssima e os Apóstolos estavam sentados. E viram aparecer no ar línguas de fogo que desciam em cada um dos presentes, e ficavam cheios do Espírito Santo e falavam várias línguas conforme a monção do Espírito Santo”.

Revestida deste modo com a força do Alto, a Igreja começou em Jerusalém a sua obra de apostolado que o Senhor lhe havia confiado. Pedro, o príncipe dos Apóstolos, toma a palavra perante a multidão atônita e assustada com o que via, e já “pescador de homens” conforme tinha sido prometido pelo divino Mestre, lança a rede, e desta primeira pescaria conquista logo para a pequena Igreja em Jerusalém, três mil almas. No dia seguinte, reuni-se os doze no Pórtico do Templo e como o divino Mestre pregam o Evangelho e curam os doentes. “Assim foi crescendo o número dos que esperavam o Senhor”. Depois sairam para fora da Judéia e foram anunciar primeiro o Evangelho aos Samaritanos e seguida aos Gentios.

Exposição Litúrgica: Pentecostes

No quinquagésimo dia após a passagem do Anjo exterminador a travessia do mar vermelho, acampou o povo de Israel no pé do monte Sinai e Deus assim se dignou a lhes dar a sua lei. As festas da Páscoa e do Pentecostes, comemorativas deste duplo acontecimento, eram para os judeus a mais importante do ano. Dezesseis séculos se passaram, a festa da Páscoa é assinalada pela morte e ressurreição do Senhor e a festa de Pentecoste a efusão do Espírito Santo sobre Maria e os Apóstolos no Cenáculo. Estas duas festas adotadas pela Igreja, são as mais nobres e antigas do ciclo litúrgico que delas recebeu origem. O Pentecostes, depois da Páscoa, é  maior do ano. Tem vigília e oitava privilegiada. Lê-se os Atos dos Apóstolos, porque é o primeiro dia da dispersão da Igreja, cuja as origens este livro nos relata. É afinal é a imitação do se fez na semana de Páscoa. É uma vida inteiramente nova que começa; convém ler as novas escrituras que narram os primeiros voos. E no Novo Testamento põe de resto o antigo, em plena evidência e demonstra que foi ele a sombra que precedeu a grande realidade que surgiu. Na missa de Pentecostes na da Oitava a lei antiga e a nova, as Sagradas Escrituras e a Tradição, os Profetas, os Apóstolos e os Padres da Igreja fazem eco a palavra do Mestre.

Assim como as diferentes partes de um mosaico, formam um conjunto admirável, que sintetiza a ação do Espírito Santo através dos Séculos. Os paramentos vermelhos nos lembram as línguas de fogo. Antigamente era costume fazer em muitas Igreja fazer cair do teto ao som de Veni Sancte Spiritus uma chuva de rosas vermelhas e soltar dentro do templo uma pomba.

Por vezes, para dar maior impressão da grande realidade que se comemorava, tocava-se trombetas à seqüência. Era sem dúvida para lembrar as trombetas do monte Sinai, ou então o grande ruído que se fez ouvir à descida do Espírito Santo.

A oitava de pentecostes é privilegiada de 1ª Ordem e nela se vê claramente a intenção da Igreja de nos chamar a atenção para o fato culminante que iniciou uma nova era. Há aqui como um convite para orientarmos as nossas leituras e meditações neste sentido. E que tesouros de doutrina se não poderá colher nos textos das missas de toda a oitava.

O Tempo Pascal termina no Sábado de Pentecostes depois de Noa (15 h)

Fonte: http://emdefesadasantafe.blogspot.com.br/2016/05/vigilia-de-pentecostes.html

LEITURAS/LESSONS

Com esta Vigília começa a grande Solenidade. Outrora batizava-se neste dia os catecúmenos que não puderam ser batizados na Páscoa. Depois de batizados “na água e no Espírito”, os neófitos recebiam a confirmação do Crisma. A Missa alude a estes dois sacramentos e mostra-nos como o Espírito Santo desce sobre as almas e as maravilhas que nelas opera. Preparemo-nos para a festa de amanhã com uma santa confissão.

Leitura (At 19, 1-8)

Leitura dos Atos dos Apóstolos. 

Naquele tempo: Enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo atravessou as províncias superiores e chegou a Éfeso, onde achou alguns discípulos e indagou deles:  Recebestes o Espírito Santo, quando abraçastes a fé? Responderam-lhe: Não, nem sequer ouvimos dizer que há um Espírito Santo! Então em que batismo fostes batizados?, perguntou Paulo. Disseram: No batismo de João. Paulo então replicou: João só dava um batismo de penitência, dizendo ao povo que cresse naquele que havia de vir depois dele, isto é, em Jesus. Ouvindo isso, foram batizados em nome do Senhor Jesus. E quando Paulo lhes impôs as mãos, o Espírito Santo desceu sobre eles, e falavam em línguas estranhas e profetizavam. Eram ao todo uns doze homens. Paulo entrou na sinagoga e falou com desassombro por três meses, disputando e persuadindo-os acerca do Reino de Deus.

Evangelho (Jo 14, 15-21)

Sequência do Santo Evangelho segundo João. 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: Se me amais, guardareis os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco. É o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós. Não vos deixarei órfãos. Voltarei a vós. Ainda um pouco de tempo e o mundo já não me verá. Vós, porém, me tornareis a ver, porque eu vivo e vós vivereis.  Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim e eu em vós. Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é que me ama. E aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu o amarei e manifestar-me-ei a ele.

In English

Lesson (Acts 19:1-8)

Lesson from the Acts of the Apostles.

In those days it came to pass, while Apollo was at Corinth, that Paul, having passed through the upper coasts, came to Ephesus, and found certain disciples; and he said to them, Have you received the Holy Ghost, since you believed? But they said to him, We have not so much as heard whether there be a Holy Ghost. And he said, In what then were you baptized? Who said, In John’s baptism. Then Paul said, John baptized the people with the baptism of penance, saying, That they should believe in Him Who was to come after him, that is to say in Jesus. Having heard these things, they were baptized in the name of the Lord Jesus. And when Paul had imposed his hands on them, the Holy Ghost came upon them; and they spoke with tongues, and prophesied. And all the men were about twelve. And entering into the synagogue, he spoke boldly for the space of three months, disputing, and persuading concerning the kingdom of God.

Gospel (John 14: 15-21)

The continuation of the holy Gospel according to John. 

At that time, Jesus said to His disciples, ” If you love Me, keep My commandments; and I will ask the Father, and He shall give you another Paraclete, and He may abide with you forever, the Spirit of truth, Whom the world cannot receive, because it seeth Him not, nor knoweth Him; but you shall know Him, because He shall abide with you, and shall be in you.. I will not leave you orphans; I will come to you. Yet a little while, and the world seeth Me no more; but you see Me, because I live, and you shall live. In that day you shall know that I am in My Father, and you in Me, and I in you. He that hath My commandments, and keepeth them, he it is that loveth Me. And he that loveth Me shall be loved of My Father; and I will love him, and will manifest Myself to him.”

Liturgia Diária- 13/05/2016

SANTO DO DIA

São Roberto Belarmino,

Bispo, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Nasceu em Montepulciano, no centro da Itália, em 1542. Querido pelos pais e de muitas qualidades, era irmão de cinco religiosos, dentre os doze, que enriqueciam a família dos dedicados pais.

Quando os padres da Companhia de Jesus abriram um colégio em Montepulciano, Roberto foi um dos primeiros alunos na matrícula e no desempenho. O contato com os padres fez com que o jovem mudasse sua primeira ideia de ser médico, para inclinar-se em favor da vida religiosa jesuíta.

Depois de conseguir a permissão do pai, que ao contrário da mãe, apresentava uma certa resistência frente a opção do amável filho, Belarmino com 18 anos, iniciou e concluiu de maneira brilhante sua formação religiosa e seus estudos de filosofia e teologia, tanto que antes de ser ordenado sacerdote foi enviado como professor e pregador em Lovaina, na Bélgica, onde ficou dez anos.

Teve importante papel na aplicação do Concílio de Trento, já que ajudou na formação apologética dos teólogos e pregadores responsáveis na defesa da fé. Neste sentido Roberto, muito contribuiu ao escrever sua obra de nome “Controvérsia” e o livro chamado “Catecismo”. Em sua obra “Controvérsias”, Belarmino explana os seus três grandes amores. Trata da Palavra de Deus, de Cristo cabeça da Igreja e do Sumo Pontífice.

Era também diretor espiritual do Colégio Romano, tendo sob sua responsabilidade a formação ascética dos alunos que muito o respeitavam e admiravam. O Papa Clemente VIII o elevou a cardeal com esta motivação:

“Nós o escolhemos porque não há na Igreja de Deus outro que possa equiparar-se ele em ciência e sabedoria”.

Quando ficou muito doente em setembro de 1621, os confrades foram testemunhas do último diálogo dele com Deus: “Ó meu Deus, dai à minha alma, asas de pomba, para que possa voar para junto de vós”. Morreu no dia 17 do mesmo mês, e pelos seus escritos recebeu o título de Doutor da Igreja.

99º ANIVERSÁRIO DA APARIÇÃO DE NOSSA SENHORA EM FÁTIMA

misterios-de-fatima-1

Nossa Senhora aparece resplandecente aos pastorinhos, em 1917. Lúcia, Francisco e Jacinta estavam brincando num lugar chamado Cova da Iria. De repente, observaram dois clarões como de relâmpagos, e em seguida viram, sobre a copa de uma pequena árvore chamada azinheira, uma Senhora de beleza incomparável.

Era uma Senhora vestida de branco, mais brilhante que o sol, irradiando luz mais clara e intensa que um copo de cristal cheio de água cristalina, atravessado pelos raios do sol mais ardente. Sua face, indescritivelmente bela, não era nem alegre e nem triste, mas séria, com ar de suave censura. As mãos juntas, como a rezar, apoiadas no peito, e voltadas para cima. Da sua mão direita pendia um Rosário. As vestes pareciam feitas somente de luz. A túnica e o manto eram brancos com bordas douradas, que cobria a cabeça da Virgem Maria e lhe descia até os pés.

Lúcia jamais conseguiu descrever perfeitamente os traços dessa fisionomia tão brilhante. Com voz maternal e suave, Nossa Senhora tranqüiliza as três crianças, dizendo:

Nossa Senhora: “Não tenhais medo. Eu não vos farei mal.”
E Lúcia pergunta: “Donde é Vossemecê?”
Nossa Senhora: “Sou do Céu!” Lúcia: “E que é que vossemecê me quer?
Nossa Senhora: “Vim para pedir que venhais aqui seis meses seguidos, sempre no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Em seguida, voltarei aqui ainda uma sétima vez.”
Lúcia: “E eu também vou para o Céu?”
Nossa Senhora: “Sim, vais.”
Lúcia: “E a Jacinta?”
Nossa Senhora: “Também”
Lúcia: “E o Francisco?”
Nossa Senhora: “Também. Mas tem que rezar muitos terços”.
Nossa Senhora: “Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser mandar-vos, em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido, e de súplica pela conversão dos pecadores?”
Lúcia: “Sim, queremos”
Nossa Senhora: “Tereis muito que sofrer, mas a graça de Deus será o vosso conforto”.
Ao pronunciar estas últimas palavras, Nossa Senhora abriu as mãos, e delas saía uma intensa luz.
Os pastorinhos sentiram um impulso que os fez cair de joelhos, e rezaram em silêncio a oração que o Anjo havia lhes ensinado:
 As três crianças: “Ó Santíssima Trindade, eu Vos adoro. Meu Deus, meu Deus, eu Vos amo no Santíssimo Sacramento.”
Passados uns momentos, Nossa Senhora acrescentou:
Nossa Senhora: “Rezem o Terço todos os dias, para alcançarem a paz para o mundo, e o fim da guerra.”

Em seguida, cercada de luz, começou a elevar-se serenamente, até desaparecer.

Fonte: http://www.devotosdefatima.org.br/aparicoes2.html

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Sb 7,7-14)

Leitura do livro da Sabedoria. 

Assim implorei e a inteligência me foi dada, supliquei e o espírito da sabedoria veio a mim. Eu a preferi aos cetros e tronos, e avaliei a riqueza como um nada ao lado da Sabedoria. Não comparei a ela a pedra preciosa, porque todo o ouro ao lado dela é apenas um pouco de areia, e porque a prata diante dela será tida como lama. Eu a amei mais do que a saúde e a beleza, e gozei dela mais do que da claridade do sol, porque a claridade que dela emana jamais se extingue. Com ela me vieram todos os bens, e nas suas mãos inumeráveis riquezas. De todos esses bens eu me alegrei, porque é a Sabedoria que os guia, mas ignorava que ela fosse sua mãe. Eu estudei lealmente e reparto sem inveja e não escondo a riqueza que ela encerra, porque ela é para os homens um tesouro inesgotável; e os que a adquirem preparam-se para se tornar amigos de Deus, recomendados (a ele) pela educação que ela lhes dá.

Evangelho (Mt 5, 13-19)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Vós sois o sal da terra. Se o sal perde o sabor, com que lhe será restituído o sabor? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e calcado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre uma montanha nem se acende uma luz para colocá-la debaixo do alqueire, mas sim para colocá-la sobre o candeeiro, a fim de que brilhe a todos os que estão em casa. Assim, brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus. Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição. Pois em verdade vos digo: passará o céu e a terra, antes que desapareça um jota, um traço da lei. Aquele que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar assim aos homens, será declarado o menor no Reino dos céus. Mas aquele que os guardar e os ensinar será declarado grande no Reino dos céus.

In English

Epistle(Wisdom 7: 7-14)

Lesson from the Book of Wisdom.

I chose, and understanding was given to me; and I prayed, and the spirit of wisdom came to me; and I placed her before kingdoms and thrones, and I considered riches nothing in comparison with her. Neither did I compare to her a precious stone, for all gold in comparison with her is like a little sand, and silver, in view of her, will be valued as if dirt. I loved her above health and beauty, and I placed having her before light, for her light is unfailing. Yet all good things came to me together with her, and innumerable honors by her hand; and I rejoiced in all these, because this wisdom went before me, although I did not know that she is the mother of them all. This I have learned without falsehood and communicate without envy, and her integrity I do not hide. Indeed, she is an infinite treasure chest for men, and those who make use of it, become partakers in the friendship of God, because they are recommended by the gifts of instruction.

Gospel (Matt. 5: 13-19)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew. 

At that time, Jesus said to His disciples,”You are the salt of the earth: but if the salt lose its savor, wherewith shall it be salted? It is good for nothing any more but to be cast out, and to be trodden by men. You are the light of the world. A city seated on a mountain can not be hid. Neither do men light a candle and put it under a bushel, but upon a candlestick, that it may shine to all that are in the house; so let your light shine before men, that they may see your good works, and glorify your Father Who is in Heaven. Do not think that I am come to destroy the law or the prophets: I am not come to destroy, but to fulfill. For, amen I say unto you, till Heaven and earth pass, one jot or one tittle shall not pass of the law till all be fulfilled. He therefore that shall break one of these least commandments, and shall so teach men, shall be called the least in the kingdom of Heaven: but he that shall do and teach, he shall be called great in the kingdom of Heaven.”

Liturgia Diária- 11/05/2016

SÃO FELIPE E SÃO TIAGO, Apóstolos

Festa de 2ª Classe

Missa Própria

download
São Felipe era natural de Betsaida, na Galiléia. Deus Nosso Senhor chamou-o aos apostolado no mesmo dia em que São Pedro e Santo André. Obedecendo à voz do Divino Mestre, tornou-se Apóstolo. Segundo Clemente de Alexandria, teria sido Felipe aquele Apóstolo que pediu ao Divino Mestre licença para sepultar o pai, e de Nosso Senhor recebeu a resposta: “Segue-me e deixa os mortos sepultarem os mortos”. Tendo conhecido de perto a Nosso Senhor Jesus Cristo, convidou também Natanael a associar-se ao Messias. Três dias depois, acompanhou Nosso Senhor às bodas de Caná. Decorrido um ano, foi recebido entre os Apóstolos. Foi Felipe a quem, no dia da multiplicação dos pães, perguntou Nosso Senhor Jesus Cristo onde havia de arranjar comida para tanta gente. Certa ocasião, em que vieram alguns pagãos para ver Nosso Senhor Jesus Cristo, foram Felipe e André que os apresentaram ao Divino Mestre. Quando Nosso Senhor Jesus Cristo , no discurso da despedida, repetidas vezes se referiu ao nome do Eterno Pai, pediu-lhe Felipe que lhes mostrasse o Pai, e Nosso Senhor Jesus Cristo respondeu-lhe: “Felipe, quem vê a mim, vê ao Pai”.Reza mais a história que Felipe foi crucificado em Hirápolis, lapidado. A morte deste Apóstolo não deve ter caído antes do ano 80, porque foi neste ano, que seu discípulo, São Policarpo, se converteu à religião de Cristo.
São Tiago, cognominado o Menor, recebeu, devido à grande santidade, o título de Justo. São Paulo chama-o “irmão de Nosso Senhor Jesus Cristo”, por causa do parentesco próximo com Nosso Senhor Jesus Cristo. Era filho de Alfeu e Maria. Era irmão do Apóstolo Judas Tadeu e de Simão, o Zelador. Chamado por Nosso Senhor Jesus Cristo, no segundo ano de sua vida pública, Tiago com o irmão Tadeu, foi incorporado ao Colégio dos Apóstolos. Bem poucas vezes encontramos o nome deste Apóstolo nas narrações evangélicas. De quão alta estima gozava da parte de Nosso Senhor Cristo, prova é ter Nosso Senhor Jesus Cristo distinguido a São Tiago, com uma aparição particular depois da gloriosa Ressurreição. Antes de subir ao céu, Nosso Senhor Jesus Cristo deu ao Apóstolo o Dom da ciência, como recompensa de sua santidade. Segundo São Jerônimo e Epifânio, Nosso Senhor Jesus Cristo, antes de subir ao céu, teria recomendado a São Tiago a Igreja de Jerusalém. Certamente por esse motivo os Apóstolos, antes da separação, deixaram São Tiago como primeiro Bispo de Jerusalém. Santo Epifânio elogia em São Tiago a grande pureza, vivendo extraordinariamente uma vida santa e austera. A após a morte do governador Festo e o do Sumo Sacerdote Anás, os cristãos foram duramente perseguidos pelos judeus, tendo São Tiago sido martirizado pelo conselho após testemunhar a verdadeira fé. Tal aconteceu em 10 de abril do ano 62, quando tinha 96 anos. Suas últimas palavras foram: “Pai, perdoai-lhes, porque não sabem o que fazem”. O corpo foi sepultado no lugar do martírio e, após oito anos, Jerusalém foi destruída. Os Judeus reconheceram nisso o castigo de Deus, tendo o corpo em 572 sido transferido para Constantinopla, e hoje se encontra na Igreja “Dodeci Apostoli”, em Roma.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Sb 5,1-5)

Leitura da Epístola da Sabedoria.

Então, com grande confiança, o justo se levantará em face dos que o perseguiram e zombaram dos seus males aqui embaixo. Diante de sua vista serão presos de grande temor e tomados de assombro ao vê-lo salvo contra sua expectativa; tocados de arrependimento, dirão entre si, e, gemendo na angústia de sua alma, dirão: Ei-lo, aquele de quem outrora escarnecemos, e a quem loucamente cobrimos de insultos! Considerávamos sua vida como uma loucura, e sua morte como uma vergonha. Como, pois, é ele do número dos filhos de Deus, e como está seu lugar entre os santos?

Evangelho (Jo 14,1-13)

Sequência do Santo Evangelho segundo João

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: Não se perturbe o vosso coração. Credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Não fora assim, e eu vos teria dito; pois vou preparar-vos um lugar. Depois de ir e vos preparar um lugar, voltarei e tomar-vos-ei comigo, para que, onde eu estou, também vós estejais. E vós conheceis o caminho para ir aonde vou. Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho? Jesus lhe respondeu: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. Se me conhecêsseis, também certamente conheceríeis meu Pai; desde agora já o conheceis, pois o tendes visto. 8 Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai e isso nos basta. Respondeu Jesus: Há tanto tempo que estou convosco e não me conheceste, Filipe! Aquele que me viu, viu também o Pai. Como, pois, dizes: Mostra-nos o Pai… Não credes que estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que vos digo não as digo de mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é que realiza as suas próprias obras. Crede-me: estou no Pai, e o Pai em mim. Crede-o ao menos por causa destas obras. Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai. E tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.

In English

Lesson (Wisdom 5: 1-5)

Lesson from the Book of the Wisdom.

The just will stand with great steadfastness against those who have oppressed them and have taken away their labors. Seeing this, they will be troubled with terrible fear, and they will be amazed at the suddenness of unexpected salvation. Driven toward regret, and through the anguish of their groaning spirit, they will say within themselves: “These are the ones whom we held for some time in derision and in mocking reproach. We foolish considered their life to be madness, and their end to be without honor. How is it that they are counted among the sons of God, and their place is among the holy?

Gospel (John 14: 1-13)

The continuation of the holy Gospel according to John. 

At that time Jesus said to His disciples: “Let not your heart be troubled: you believe in God, believe also in Me. In My Father’s house there are many mansions. If not, I would have told you, that I go to prepare a place for you. And if I shall go and prepare a place for you, I will come again and will take you to Myself, that where I am you also may be. And whither I go you know, and the way you know.” Thomas saith to Him, “Lord, we know not whither Thou goest; and how can we know the way?” Jesus saith to him, I am the way, and the truth, and the life. No man cometh to the Father, but by Me. If you had known Me, you would without doubt have known My Father also: and from henceforth you shall know Him; and you have seen Him.” Philip saith to Him, Lord, “show us the Father, and it is enough for us.” Jesus saith to him, “So long a time have I been with you, and have you not known Me? Philip, he that seeth Me, seeth the Father also. How sayest thou, show us the Father? Do you not believe that I am in the Father, and the Father in Me? The words that I speak to you, I speak not of Myself. But the Father Who abideth in Me, He doeth the works. Believe you not that I am in the Father, and the Father in Me? Otherwise, believe for the very works’ sake. Amen, amen, I say to you, he that believeth in Me, the works that I do, he also shall do; and greater than these shall he do. Because I go to the Father: and whatsoever you shall ask the Father in My name, that will I do.”

Liturgia Diária- 10/05/2016

SANTO DO DIA

Santo Antonino, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Statuit”

santo-antoninojpg8372012181618

Nasceu na Itália, no ano de 1389, cujo nome de batismo era Antônio (e que ficou conhecido como Antonino devido sua estatura). Pertencente a uma família nobre, Antonino caminhou para os estudos de Direito, mas devido ao forte chamado do Senhor, tomou a decisão de ser religioso.

Encontrou certa dificuldade para ingressar nos Dominicanos, mas com humildade e perseverança superou as barreiras e expectativas, pois por sua radicalidade na vivência do Evangelho tornou-se um exemplo como religioso. Obediente à regra e perseverante, começou a ocupar grandes responsabilidades de serviço chegando a Superior.

Convocado pelo Papa, Antonino, o pequeno gigante, foi chamado para ser Bispo e logo Arcebispo de Florença. Cheio do Espírito Santo, trabalhou com prudência e energia contra tudo o que atrapalhava as famílias e por isso sofreu muito, mas por uma causa justa, ou seja, para levar muitos para Deus. Entrou na Igreja triunfante com 70 anos.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Eclo 44,16-27;45,3-20)

Leitura do livro do Eclesiástico. 

Eis o grande sacerdote que nos dias de sua vida agradou a Deus e foi considerado Justo; no tempo da ira tornou-se a reconciliação dos homens. Ninguém o igualou na observância das leis do Altíssimo. Por isso jurou que o havia de glorificar em sua descendência. Abençoou nele todas as nações e confirmou sua aliança sobre sua cabeça. Distinguiu-o com as suas bençãos; conservou-lhe a sua misericórdia e ele achou graça diante do Senhor. Enalteceu-o diante dos reis e deu-lhe uma coroa de glória. Fez com ele uma aliança eterna; deu-lhe o sumo sacerdócio, e encheu-o de felicidade na glória,  para exercer o sacerdócio e, cantar louvores a seu Nome, e oferecer-Lhe dignamente incenso de agradável odor.

Evangelho (Mt 25, 14-23)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos essa parábola: O reino dos céus é como um homem que, tendo de viajar, reuniu seus servos e lhes confiou seus bens. A um deu cinco talentos; a outro, dois; e a outro, um, segundo a capacidade de cada um. Depois partiu.Logo em seguida, o que recebeu cinco talentos negociou com eles; fê-los produzir, e ganhou outros cinco.Do mesmo modo, o que recebeu dois, ganhou outros dois. Mas, o que recebeu apenas um, foi cavar a terra e escondeu o dinheiro de seu senhor. Muito tempo depois, o senhor daqueles servos voltou e pediu-lhes contas. O que recebeu cinco talentos, aproximou-se e apresentou outros cinco: – Senhor, disse-lhe, confiaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei.’ Disse-lhe seu senhor: – Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor. O que recebeu dois talentos, adiantou-se também e disse: – Senhor, confiaste-me dois talentos; eis aqui os dois outros que lucrei. Disse-lhe seu senhor: – Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor.

In english

Lesson (Ecclesiasticus 44. 16-27; 45. 3-20)

Lesson from the Book of Wisdom

Behold, a great priest, who in his days pleased God, and was found just; and in the time of wrath he was made a reconciliation.  There was not found the like to him who kept the law of the most High. Therefore by an oath the Lord made him to increase among his people. He gave him the blessing of all nations, and confirmed His covenant upon his head. He acknowledged him in His blessings; He preserved for him His mercy ; and he found grace before the eyes of the Lord.  He glorified him in the sight of kings, and gave him a crown of glory. He made an everlasting covenant with him, and gave him a great priesthood : and made him blessed in glory. To execute the office of the priesthood, and to have praised in His name, and to offer him a worthy incense for an odor of sweetness.

Gospel (Mt 25: 14-23)

 Sequence of the Holy Gospel according to Matthew.

At that time Jesus said to his disciples this parable: ‘The kingdom of heaven it is like a man about to go abroad who summoned his servants and entrusted his property to them. To one he gave five talents, to another two, to a third one, each in proportion to his ability. Then he set out on his journey. The man who had received the five talents promptly went and traded with them and made five more. The man who had received two made two more in the same way. But the man who had received one went off and dug a hole in the ground and hid his master’s money. Now a long time afterwards, the master of those servants came back and went through his accounts with them. The man who had received the five talents came forward bringing five more. “Sir,” he said, “you entrusted me with five talents; here are five more that I have made.” His master said to him, “Well done, good and trustworthy servant; you have shown you are trustworthy in small things; I will trust you with greater; come and join in your master’s happiness.” Next the man with the two talents came forward. “Sir,” he said, “you entrusted me with two talents; here are two more that I have made.” His master said to him, “Well done, good and trustworthy servant; you have shown you are trustworthy in small things; I will trust you with greater; come and join in your master’s happiness.”