Liturgia Diária- 10/10/2020

S. FRANCISCO DE BÓRGIA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” (2) com orações próprias

Pertencendo à alta nobreza da Espanha, converteu-se, impressionado ao ver o cadáver da jovem Rainha Isabel. Depois da morte de sua esposa, fez-se jesuíta e foi o terceiro Geral. Distinguiu-se pela prática de austeras penitências, assim como por sua humildade e devoção ao SSmo. Sacramento.


Páginas 1332 a 1333 e 867 a 870 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 08 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 07/02/2020

S. ROMUALDO, Abade

3ª Classe- Missa “Os justi” (2)

DIA DE ABSTIÊNCIA

Nasceu em Roma em 907. Depois de uma vida bastante mundana retirou-se para um mosteiro onde se entregou à penitência. Mais tarde, com licença de seus superiores, fundou em Camaldoli uma nova forma de vida religiosa, unindo a vida em Comunidade à vida eremítica. Morreu, como se conta, com a idade de 120 anos, após muitas tribulações e duras penitências, suportadas, todavia, com ânimo sempre alegre.


Liturgia Diária- 17/01/2020

S. ANTÃO, Abade

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” (1ª do Comum dos abades), com Evangelho próprio

DIA DE ABSTINÊNCIA

Nasceu de família nobre; com 15 anos foi para o deserto onde viveu 90 anos. A princípio eremita, atraiu por sua santidade numerosos discípulos e veio a ser o fundador dos Cenobitas, isto é, de monges que vivem em comum, sob a direção de um Abade.


Páginas 933, 867 a 870 do Missal Quotidiano (D. G. Lefebvre, 1963).


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 26/11/2019

S. SILVESTRE, Abade

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” (2) com orações próprias e comemoração de S. Pedro de Alexandria, Bispo e Mártir

Olhando para o cadáver desfigurado de um parente seu, ficou profundamente abalado. “O que este foi, eu sou, e o que este é, eu serei”. Abandonando então o mundo, retirou-se para a solidão (Oração). Mais tarde, com alguns Companheiros, fundou a Ordem dos Silvestrinos com a regra de S. Bento.


Páginas 1389 a 1390 e 867 a 870 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 10/10/2019

S. FRANCISCO DE BÓRGIA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” (2) com orações próprias

Pertencendo à alta nobreza da Espanha, converteu-se, impressionado ao ver o cadáver da jovem Rainha Isabel. Depois da morte de sua esposa, fez-se jesuíta e foi o terceiro Geral. Distinguiu-se pela prática de austeras penitências, assim como por sua humildade e devoção ao SSmo. Sacramento.


Páginas 1332 a 1333 e 867 a 870 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 12/07/2019

S. JOÃO GUALBERTO, Abade

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” (2) com evangelho próprio e comemoração dos Ss. Nabor e Félix, Mártires

Filho de família nobre, seguiu a carreira militar. Encontrando num dia de Sexta-feira Santa o assassino de seu único irmão, em honra do mistério do dia perdoou-o. Deus o recompensou dando-lhe a vocação para o estado religioso (Evangelho). Fundou o Mosteiro e a Ordem de “Vallis umbrosa”, segundo a regra de S. Bento.


Páginas 1164 a 1166 e 867 a 870 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 25/06/2019

S. GUILHERME, Abade

3ª Classe- Missa “Os justi” (2)

Nasceu em Vercelli, na Itália. Fundou no Montevergine um Mosteiro de Beneditinos Eremitas. Operou muitos milagres.


Liturgia Diária- 07/02/2019

S. ROMUALDO, Abade

3ª Classe- Missa “Os justi” (2)

Nasceu em Roma em 907. Depois de uma vida bastante mundana retirou-se para um mosteiro onde se entregou à penitência. Mais tarde, com licença de seus superiores, fundou em Camaldoli uma nova forma de vida religiosa, unindo a vida em Comunidade à vida eremítica. Morreu, como se conta, com a idade de 120 anos, após muitas tribulações e duras penitências, suportadas, todavia, com ânimo sempre alegre.


Liturgia Diária- 17/01/2019

S. ANTÃO, Abade

3ª Classe- Missa “Os justi” (1ª do Comum dos abades)

Nasceu de família nobre; com 15 anos foi para o deserto onde viveu 90 anos. A princípio eremita, atraiu por sua santidade numerosos discípulos e veio a ser o fundador dos Cenobitas, isto é, de monges que vivem em comum, sob a direção de um Abade.


Páginas 933, 867 a 870 do Missal Quotidiano (D. G. Lefebvre, 1963).


Missa às 19:30 horas na Igreja Nossa Senhora das Dores (Comemoração do Aniversário de 30 anos de sacerdócio de Pe. José Leles).


Liturgia Diária- 05/12/2018

SÃO SABAS, Abade

Comemoração- Missa “Os justi” (1ª do Comum dos abades) com 2ªs orações da Féria (ou o contrário)

Foi um dos principais criadores do monarquismo na Palestina e deu, com sua regra, impulso notável a toda a vida religiosa do Oriente. Fundou diversos mosteiros, tornando-se célebre o que tomou seu nome. Morreu em 532. O culto do santo foi introduzido em Roma, no século seguinte, por monges orientais, que para ali fugiam da perseguição dos árabes.


Páginas 911; 867 a 870; e, 08 a 11 do Missal Quotidiano (D. G. Lefebvre, 1963).


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 26/11/2018

SÃO SILVESTRE, Abade

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” (1ª do Comum dos abades) com orações próprias

Olhando para o cadáver desfigurado de um parente seu, ficou profundamente abalado. “O que este foi, eu sou, e o que este é, eu serei”. Abandonando então o mundo, retirou-se para a solidão (Oração). Mais tarde, com alguns Companheiros, fundou a Ordem dos Silvestrinos com a regra de S. Bento.


SÃO PEDRO DE ALEXANDRIA, Bispo e Mártir

Comemoração – Missa “Statuit” (1ª do Comum dos mártires pontífices)

São Pedro de Alexandria, bispo da mesma cidade, foi decapitado em 25 de novembro de 311, durante a perseguição de Maximino Daia. Era um grande bispo. Ficou célebre pela sua santidade e o seu saber: “modelo divino dos doutores da religião cristã”, diz Eusébio, ideal de caridade e de zelo, severo para consigo mesmo, misericordioso para com os pecadores. 


Liturgia Diária- 12/07/2018

SÃO JOÃO GUALBERTO, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os Justi” (Comum dos Abades), com Evangelho próprio

João Gualberto nasceu em Florença, cerca de 990. Numa Sexta-feira Santa, escoltado pela sua gente de armas, encontrou só e desarmado o assassino de seu irmão. Ia-se lançar sobre ele, quando este a seus pés lhe implorou o perdão, por amor de Jesus Crucificado. Tocado pela graça, vestiu o hábito monacal e fundou em Valumbrosa, na Toscana, uma nova ordem, a que deu a Regra de São Bento. Por esta época, a simonia e má conduta dos sacerdotes assolavam a Itália. Com a sua firmeza e pregação, São João Gualberto travou uma luta decisiva contra estes graves desmandos. Morreu em 1073, tendo preparado o caminho à reforma gregoriana. 


SÃO NABOR E SÃO FÉLIX, Mártires

Comemoração- Missa do santo do dia, com 2ªs orações próprias

São Nabor e São Félix são mártires romanos, cujos corpos foram levados de Roma para Milão. 12 de julho é a data da trasladação. Santo Ambrósio fez o panegírico. 


Páginas 1164 a 1166 e 867 a 870 do Missal Quotidiano.


Terço às 18 horas e Missa às 18:30 na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


LEITURAS

Leitura (Eclo 45, 1-6)

Leitura do Livro da Sabedoria.

Foi amado por Deus e pelos homens: sua memória é abençoada. O Senhor deu-lhe uma glória semelhante à dos santos; tornou-se poderoso e temido por seus inimigos. Glorificou-o na presença dos reis, prescreveu-lhe suas ordens diante do seu povo, e mostrou-lhe a sua glória. Santificou-o pela sua fé e mansidão, escolheu-o entre todos os homens. Pois (Deus) atendeu-o, ouviu sua voz e o introduziu na nuvem. Deu-lhe seus preceitos perante (seu povo) e a lei da vida e da ciência, para ensinar a Jacó sua aliança e a Israel seus decretos.

Evangelho (Mt 5, 43-48)


Completando e ultrapassando a Lei antiga, Cristo estende o preceito da caridade aos próprios inimigos e àqueles que nos perseguem. Não somos todos filhos do Pai Celeste que sustenta de igual modo a vida dos bons e dos maus, e discípulos daquele que na cruz orou por seus algozes?


Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Tendes ouvido o que foi dito: Amarás o teu próximo e poderás odiar teu inimigo. Eu, porém, vos digo: amai vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, orai pelos que vos [maltratam e] perseguem. Deste modo sereis os filhos de vosso Pai do céu, pois ele faz nascer o sol tanto sobre os maus como sobre os bons, e faz chover sobre os justos e sobre os injustos. Se amais somente os que vos amam, que recompensa tereis? Não fazem assim os próprios publicanos? Se saudais apenas vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Não fazem isto também os pagãos? Portanto, sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito.

Santo do dia – 05/12 – São Sabas

Nascimento: 439 (Capadócia, Turquia)
Falecimento: 532 (Laura Mar Sabe, Palestina) (93 anos) SaoSabas_01_Dez-05

⇒ Filho do militar João e de sua esposa Sofia, aos oito anos ingressou no mosteiro de Flaviano II de Antioquia.
⇒ Aos 17 anos recebeu a tonsura monástica, e adquiriu tamanha perfeição na vida monástica que a ele foi concedido o dom da taumaturgia.
⇒ Aos 20 anos, fez uma viagem à Terra Santa conhecendo o famoso mosteiro dirigido por Santo Eutímio, nele ingressando e tornando-se logo modelo de monge na prática das virtudes monásticas
⇒ Sabas viveu a vida consagrada em diversas fases, desde a vida eremítica, a vida cenobítica e a vida monástica. A fama dos prodígios e também a grande sabedoria sobre a doutrina de Cristo se espalhou por toda a Palestina, atraindo muitos. A eloqüência da sua pregação do Evangelho atraia cada vez mais os pagãos à conversão.
⇒ Em 483, fundou Laura Mar Sabe, ao sudeste de Jerusalém. Um mosteiro grego ortodoxo que ainda hoje abriga por volta de vinte monges.SaoSabas_02_Dez-05
⇒ Morreu em 532, com 93 anos de idade, sendo logo venerado pelos fiéis que o consideravam protetor dos pobres, luzeiro de ciência e santidade e defensor da ortodoxia da fé contra as heresias (dos monofisistas e dos origenistas) que infestavam o Oriente.

Fonte: paulinas.org.br, pt.wikipedia.org

Santo do dia – 26/11 – São Silvestre Abade

Nascimento: 1177 (Osimo, Itália)
Falecimento: 1267 (Montefano, Itália) (90 anos) SaoSilvestreAbade_03_Nov-26

⇒ Os pais, Gislério e Branca, deram ao filho uma boa formação religiosa, não poupando os esforços para que Silvestre seguisse a carreira como jurista.
⇒ Com 20 anos foi estudar direito na Universidades de Bolonha. Mas decidiu abandonar o curso para estudar teologia em Pádua.
⇒ Em 1217 foi ordenado sacerdote em sua cidade natal, tornando-se, em seguida, cônego da catedral.
⇒ Mais tarde, em 1227, quando já estava com cinquenta anos de idade, decidiu retirar-se para a vida eremítica na região de Marche, chamado Gruta Fucile. A fama de sua santidade e de sua grande espiritualidade fez chegar outros religiosos com a mesma aspiração ascética.
⇒ Em 1230 devido ao grande número de monges mudou-se para Monte Fano escolhendo a Regra de São Bento dedicada à contemplação chamada de “Monges Silvestrinos”.
⇒ Em 1248 o Papa Inocêncio IV aprova a congregação.
⇒ Ele faleceu em 26 de novembro de 1267.
⇒ Canonizado por Clemente VIII (1598).

Fonte: paulinas.org.br, preguntasantoral.es