Liturgia Diária- 25/10/2021

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa Própria, com comemoração dos Santos Crisanto e Daria, Mártires

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Páginas 704 a 707, 1352 a 1353 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- XXII Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Páginas 704 a 707 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 23/10/2021

S. ANTÔNIO MARIA CLARET, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Sacerdotes tui”, com Coleta própria

Antônio Maria Claret nasceu em Sallent, perto de Barcelona, aos 23 de dezembro de 1807. Seguindo o desejo de seu pai, trabalhou primeiro como operário têxtil; mas o Senhor escolheu-o para a vida mais alta. Ordenou-se em 1835 e julgou-se chamado ao apostolado entre os infiéis; deixando, pois o ministério paroquial, foi a Roma em 1840 para solicitar esse destino da Congregação da Propaganda. Mas Deus queria-o noutro lugar. Enviaram-no de volta à pátria para aí exercer o apostolado da pregação. Nesta missão percorreu em todos os sentidos a Catalunha e as Canárias, tocando e convertendo as almas com o seu zelo ardente, veemente palavra e profunda piedade. Ao mesmo tempo escrevia numerosos livros de edificação. Em 1849, com cinco outro padres, fundou no seminário de Vich a Congregação missionária dos Filhos do Coração Imaculado de Maria (Claretianos), que havia de ter um futuro bem fecundo. Pela mesma ocasião o Papa nomeou-o arcebispo de Santiago de Cuba. Aqui, no meio das pesadas tarefas pastorais, a que se entregou inteiramente, fundou o Instituto das Irmãs educadoras de Maria Imaculada. Em 1857 voltou à Espanha para ser o conselheiro e confessor da rainha Isabel II; seguiu-a no exílio em 1868, e morreu na França, no mosteiro cisterciense de Fontfroide, em 24 de outubro de 1870. Entretanto tinha participado ativamente no concílio do Vaticano, defendendo com intrepidez a infalibilidade pontifícia. Durante toda a sua vida mostrou uma grande piedade para com o Ssmo. Sacramento, o Coração Imaculado de Maria e o Santo Rosário, trabalhando sem cessar para propagar esta tríplice devoção. Foi beatificado em 1934 por Pio XI e canonizado em 7 de maio de 1950, por Pio XII.


Páginas 1348, 852 a 856 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 20/10/2021

SÃO JOÃO CÂNCIO, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Nasceu na Polônia. Como Sacerdote e Professor, exerceu a caridade para com os pobres.


Páginas 1344 a 1347 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 19/10/2021

S. PEDRO DE ALCÂNTARA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Justus” com Coleta e Epístola próprias

Natural da Espanha, entrou na Ordem de S. Francisco, que reformou por seu zelo e uma vida exemplar de penitência e oração. Auxiliou Santa Teresa na reforma do Carmelo.


Páginas 1344, 864 a 867 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre)


Liturgia Diária- 18/10/2021

S. LUCAS, Evangelista

Festa de 2ª Classe- Missa própria

Médico em Antioquia, foi convertido por S. Paulo e acompanhou-o sempre em suas viagens (Leitura). É autor do III. Evangelho, no qual escreveu o que ouvira de S. Paulo. Além do Evangelho, escreveu os Atos dos Apóstolos. Pregou em Acaia e ali foi martirizado.


Páginas 1341 a 1344 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 16/10/2021

S. HEDVIGES (ou EDWIGES), Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com Coleta própria

Muito amada pelos súditos, esta duquesa da Silésia foi um raro exemplo de virtudes. Depois da morte do marido, retirou-se para um mosteiro, entregando-se à oração e à mortificação (Oração).


Páginas 1338 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Revista Benedicta – V. 2, Nº 10

O número 10, publicado no mês de outubro, é dedicado a Nossa Senhora Aparecida, encontrando-se assim constituído:
 

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

São José: terror dos demônios, Protetor da Santa Igreja: Neste último artigo sobre a ladainha de S. José, abordamos as razões pelas quais o Patriarca, junto de Nossa Senhora, causa temor ao demônio e intercede pela proteção da Igreja, de cuja Cabeça foi pai adotivo.

A gnose romântica contra a realidade: O romantismo não foi um inócuo movimento sentimentalista. Foi, sobretudo, a sementeira das principais sandices revolucionárias do mundo contemporâneo — elo importante de uma cadeia anticristã que já procedia dos séculos precedentes.

Liberalismo: inimigo de Deis e da Igreja: O liberalismo, ao pregar a independência do homem em relação a Deus e a Igreja, propaga os mais terríveis erros em todos os campos do conhecimento e da atividade humana.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

Sermão da Sexagésima, de Pe. Antônio Vieira: Pe. Antônio Vieira (1608-1697), exímio orador de língua portuguesa, trata neste sermão do ofício do pregador, relacionando-o à frutificação da palavra de Deus; texto atualíssimo para entendermos a atual crise de conversão católica.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

Nossa Senhora Aparecida: Em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, comemorada em 12 de outubro, trazemos o utilíssimo texto do Padre Rohrbacher (1789-1856), que sintetiza a história da aparição da Regina Brasiliæ e seus desdobramentos.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

Santa Brígida: S. Brígida da Suécia (c. 1303-1373), de linhagem católica e origem nobre, destacou-se por sua caridade e vida ascética e mística, repleta de visões de Nosso Senhor Crucificado. É comemorada em 8 de outubro pela Santa Igreja.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Altar da Santa Missa: Dando continuidade às curiosidades sobre os itens litúrgicos, tratamos agora da composição do altar para a celebração da Santa Missa.

– Base ilustrativa da capa: Lembrança da Piedosa Romaria à Basílica de Nossa Senhora Aparecida, de artista desconhecido (1951)

Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Liturgia Diária- 13/10/2021

SANTO EDUARDO, Rei e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi”, 1ª do Comum dos Confessores, com Coleta próprias

Último dos reis de Inglaterra antes de sua conquista pelos Normandos, teve grande caridade para com os pobres. Muito se esforçou por cultivar a fé em seus súditos.


Liturgia Diária- Festa de Nossa Senhora Aparecida

Festa de 1ª Classe – PADROEIRA PRINCIPAL DO BRASIL – Missa própria

No livro profético do Novo Testamento, o Apocalipse, fala S. joão de um grande signo que apareceu no céu: uma mulher vestida de sol, tendo a, lua debaixo dos pés e uma corôa de doze estrelas sobre a cabeça. É à Mãe do Salvador que se referem estas palavras (Leitura). E’ ela que continua a proteger os seus filhos em todas as partes do mundo, e a defendê-los contra os assaltos do demônio. Por este motivo a piedade dos povos lhe erige santuários onde é venerada de uma maneira particular.

É sob o título de : Virgem Imaculada, que a Nação Brasileira invoca a sua excelsa Padroeira (Oração). A Mãe de Deus benignamente acolhe-nos debaixo de seu manto protetor, e seguros alcançaremos uma eternidade feliz..


Páginas [40] a [41] – fim do Missal – e 917 a 921 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 09/10/2021

S. JOÃO LEONARDI, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa própria e comemoração dos Ss. Dionísio (Bispo), Rústico e Eleutério, Mártires

Filho de uma família piedosa viveu cristãmente no mundo até a idade de 26 anos, quando se sentiu chamado para o estado clerical. Fazendo grandes progressos nos seus estudos, foi ordenado Sacerdote depois de 4 anos e, pouco tempo depois, fundou a Congregação dos Clérigos Regulares a que chamara de Nossa Senhora. Pregando e escrevendo, trabalhou muito para a salvação das almas. Tanto ele como sua Congregação tiveram de sofrer muitas perseguições, mas venceram e a Congregação foi aprovada pela Santa Sé. Mais tarde ainda ele cooperou na formação de jovens Missionários. Rico em merecimento, e fazendo austeras penitências morreu em Roma, no dia 9 de outubro de 1909.


Páginas 1325 a 1328 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 08/10/2021

S. BRÍGIDA, Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com orações próprias  e comemoração dos Ss. Sérgio, Baco, Marcelo e Apulejo, Mártires

Da família real da Suécia, casou-se com um príncipe. Depois de uma peregrinação a Compostela, o marido entrou na Ordem dos Cistercienses e ela dedicou-se inteiramente às obras de piedade e caridade. Fundou a Ordem do SSmo. Salvador e morreu em Roma.


Páginas 1324 a 1325 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 07/10/2021

FESTA DO Ssmo. ROSÁRIO DE N. SENHORA

Festa de 2ª Classe- Missa própria, com comemoração de S. Marcos, Papa

S. Pio V, em agradecimento pela vitória contra os Turcos (1571), instituiu a festa de hoje. Mais belas e mais numerosas vitórias ainda foram alcançadas pela recitação do Rosário, nos combates contra os inimigos espirituais. Os textos da Missa são um louvor a Nossa Senhora, tendo a sua culminância na “Ave Maria, cheia de Graça” (Evangelho), palavras que constituem a principal Oração do Rosário.


Páginas 1321 a 1324 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 05/10/2021

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração dos Ss. Plácido e seus Companheiros, Mártires

Deus mesmo se oferece como salvação de seu povo (Introito). “Quando por mim em qualquer tribulação clamarem, eu os ouvirei”. Consola-nos este pensamento, principalmente agora que o fim do ano se aproxima. Mais austeros se devem tornar os nossos pensamentos. O Apóstolo concita-nos a revestirmo-nos do homem novo (Epístola). No Evangelho vemos que o banquete já está preparado. Sejamos também nós prontos para ouvir e cumprir os mandamentos de Deus (Introito, Communio e Postcommunio), pois é assim que possuímos a veste nupcial — a graça santificante. Somos convivas do banquete nupcial, e, a cada momento, pode entrar o Rei para ver os seus hóspedes. Não desanimemos. Tenhamos confiança em Deus. Ele socorrer-nos-á no combate e no sofrimento (Introito, Oração e Communio).

Sobre os santos mártires: S. Plácido, aos sete anos de idade, foi entregue por seu pai, a S. Bento, vindo a alcançar exímia santidade. A tradição narra que morreu mártir com 30 Companheiros, na Sicília, onde havia fundado um mosteiro.


Páginas 691 a 694 e 1320 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 02/10/2021

OS SANTOS ANJOS DA GUARDA

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Aos seus Anjos ordenou Deus que nos guardassem e protegessem no caminho para a eternidade. Eles nos guiam, nos afastam do mal e dos perigos e nos inspiram os bons desejos. Hoje nós lhes agradecemos a proteção e com Eles louvamos a Deus (Cânticos).


Páginas 1311 a 1313 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 01/10/2021

4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração de S. Remígio, Bispo e Confessor

Maranatha — Vinde, Senhor Jesus”. Com este domingo principia a segunda parte do Tempo depois de Pentecostes, a expectativa da vinda do Juiz dos vivos e dos mortos. A Igreja suspira, em meio das angústias da vida presente, para que o Salvador venha buscá-la e conduzi-la para o Reino da luz e da vida.

Os Cânticos desta Missa são tirados de uma antiga Missa de Dedicação de uma igreja. A Igreja é o símbolo da Jerusalém celeste. A cura do paralítico, no Evangelho, lembra a nossa própria cura pelo Batismo, pelo Sacramento da Penitência. Nestes dois Sacramentos nos concede Jesus Cristo pela santa Igreja a paz que imploramos no Introito. Na Epístola exorta-nos o Apóstolo, a mostrar-nos gratos, porque fomos enriquecidos com a graça e a doutrina por Nosso Senhor Jesus Cristo, a quem devemos guardar fidelidade por uma vida sem pecado. Se o sacrifício de Moisés, apenas uma sombra e figura do Sacrifício do Cristo (Ofertório), foi agradável aos olhos de Deus, quanto mais precioso será o Sacrifício que Jesus, em união com o seu Corpo místico, vai agora oferecer no altar. Por isso dirige-se a todos os fiéis, que formam um sacerdócio real, o Versículo da Communio: Trazei as vossas hóstias e entrai em seus átrios; adorai o Senhor na glória de seu santo templo.

Sobre o santo mártir: Natural da Gália e feito Bispo de Reims, trabalhou na conversão dos Francos, cujo rei, Clóvis, dele recebeu o Batismo.


Páginas 687 a 690; 1311 e 849 a 852  do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 20/09/2021

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração de S. Eustáquio e seus companheiros, Mártires

Ut sint unum: para que eles sejam um só”, pediu Jesus na última Ceia. Desde aquele momento, não cessa em cada uma das santas Missas de querer esta união entre os fiéis. De um modo particular Ele o faz na Missa deste domingo. Pela boca do Apóstolo, na Epístola, recomenda-nos esta união. Ele próprio a ordena no Evangelho. Em virtude de sua divindade e sendo Ele o Medianeiro entre Deus e os homens, compete-Lhe o direito de ordenar. Como outrora, no cativeiro de Babilônia, Daniel implorou o perdão para o povo penitente (Ofertório), assim Jesus Cristo se sacrifica por nossos pecados, implora perdão no Santo Sacrifício e destrói o que possa perturbar a paz e a união da Igreja.

Sobre os santos mártires: Oficial do imperador Trajano, Eustáquio foi martirizado com toda a sua família.


Páginas 666 a 669 e 1295 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- XVII Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Ut sint unum: para que eles sejam um só”, pediu Jesus na última Ceia. Desde aquele momento, não cessa em cada uma das santas Missas de querer esta união entre os fiéis. De um modo particular Ele o faz na Missa deste domingo. Pela boca do Apóstolo, na Epístola, recomenda-nos esta união. Ele próprio a ordena no Evangelho. Em virtude de sua divindade e sendo Ele o Medianeiro entre Deus e os homens, compete-Lhe o direito de ordenar. Como outrora, no cativeiro de Babilônia, Daniel implorou o perdão para o povo penitente (Ofertório), assim Jesus Cristo se sacrifica por nossos pecados, implora perdão no Santo Sacrifício e destrói o que possa perturbar a paz e a união da Igreja.


Páginas 666 a 669 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 31/10/2020

SANCTA MARIA IN SABABBATO

Festa de 3ª Classe- Missa “Salve Sancta Parens”

Dando graças a Deus e enaltecendo as glórias de Maria, subimos com ela ao altar para celebrar o Santo Sacrifício. Participando do augusto mistério do altar, tomamos também parte na grandeza da Mãe de Deus, recebendo em nós o Verbo Divino pela santa Comunhão. “Bem-aventuradas as entranhas da Virgem Maria”. Bem-aventurados também todos aqueles que recebem o Filho de Deus na santa Eucaristia. Assim, por Maria somos conduzidos a Jesus: “Per Mariam ad Jesum”.


Páginas 802 a 805 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 08 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- Festa de Cristo Rei

1ª Classe- Missa Própria

Para concluir solenemente o ano jubilar de 1925, o Santo Padre Pio XI instituiu a nova Festa de “Cristo Rei”. Seria esta solenidade uma insistente admoestação para a humanidade inteira reconhecer a Jesus Cristo, o Filho de Deus, como Rei universal do mundo. A Ele se sujeitem os Reis e os Príncipes, os Magistrados e Juízes, as artes e as leis (Hino das Vésperas). Cristo deve reinar no espirito dos homens pela fé, na sua vontade pela obediência às leis de Deus e da Igreja, seu Reino visível, nos corações pelo amor e ainda nos próprios corpos para que sejam santos para Deus (Encíclica). E preciso que o povo seja constantemente instruído a respeito desta verdade. “Uma solenidade anual terá mais eficácia para realizá-lo do que todos os documentos mesmo os mais graves do magistério eclesiástico” Os textos do Ofício divino, como os da Santa Missa, nos falam vivamente desta doutrina. Particularmente reparemos o fruto do Reinado de Cristo sobre os homens: Ele é o Rei, cujo império trará União e paz para a humanidade (Oração, Secreta e Communio).


Páginas 1357 a 1360 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 07:30 horas e Missa Cantada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 24/10/2020

SÃO RAFAEL, Arcanjo

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Rafael, cujo nome significa: Medicina de Deus, acompanhou o jovem Tobias (Oração) e curou seu pai (Leitura). A ele se atribui a movimentação da água na piscina em Jerusalém (Evangelho).


Páginas 1349 a 1351 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 08 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 23/10/2020

S. ANTÔNIO MARIA CLARET, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Sacerdotes tui”, com Coleta própria

DIA DE ABSTINÊNCIA

Antônio Maria Claret nasceu em Sallent, perto de Barcelona, aos 23 de dezembro de 1807. Seguindo o desejo de seu pai, trabalhou primeiro como operário têxtil; mas o Senhor escolheu-o para a vida mais alta. Ordenou-se em 1835 e julgou-se chamado ao apostolado entre os infiéis; deixando, pois o ministério paroquial, foi a Roma em 1840 para solicitar esse destino da Congregação da Propaganda. Mas Deus queria-o noutro lugar. Enviaram-no de volta à pátria para aí exercer o apostolado da pregação. Nesta missão percorreu em todos os sentidos a Catalunha e as Canárias, tocando e convertendo as almas com o seu zelo ardente, veemente palavra e profunda piedade. Ao mesmo tempo escrevia numerosos livros de edificação. Em 1849, com cinco outro padres, fundou no seminário de Vich a Congregação missionária dos Filhos do Coração Imaculado de Maria (Claretianos), que havia de ter um futuro bem fecundo. Pela mesma ocasião o Papa nomeou-o arcebispo de Santiago de Cuba. Aqui, no meio das pesadas tarefas pastorais, a que se entregou inteiramente, fundou o Instituto das Irmãs educadoras de Maria Imaculada. Em 1857 voltou à Espanha para ser o conselheiro e confessor da rainha Isabel II; seguiu-a no exílio em 1868, e morreu na França, no mosteiro cisterciense de Fontfroide, em 24 de outubro de 1870. Entretanto tinha participado ativamente no concílio do Vaticano, defendendo com intrepidez a infalibilidade pontifícia. Durante toda a sua vida mostrou uma grande piedade para com o Ssmo. Sacramento, o Coração Imaculado de Maria e o Santo Rosário, trabalhando sem cessar para propagar esta tríplice devoção. Foi beatificado em 1934 por Pio XI e canonizado em 7 de maio de 1950, por Pio XII.


Páginas 1348, 852 a 856 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 22/10/2020

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa própria

Como o povo de Deus, assentado junto aos rios da Babilônia, suspirava pelo monte Sião, assim nós outros devemos suspirar por nossa pátria eterna (Ofertório). Em espírito de humildade e penitência, cumpre-nos suportar o exílio deste mundo (Introito), e aproveitar o tempo para conhecer a vontade de Deus (Epístola). Os Cânticos anelam pela vinda do Senhor. No Evangelho devemos fazer nossas as palavras do régulo: Vinde, Senhor, curar-nos, auxiliar-nos. Vinde, Senhor, aos nossos corações pela graça do Santo Sacrifício. Vinde enriquecer-nos por vossa presença sacramental na santa Comunhão. E vinde também, Senhor, buscar-nos um dia, para a nossa pátria celestial.


Páginas 695 a 698 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 21/10/2020

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa própria

Como o povo de Deus, assentado junto aos rios da Babilônia, suspirava pelo monte Sião, assim nós outros devemos suspirar por nossa pátria eterna (Ofertório). Em espírito de humildade e penitência, cumpre-nos suportar o exílio deste mundo (Introito), e aproveitar o tempo para conhecer a vontade de Deus (Epístola). Os Cânticos anelam pela vinda do Senhor. No Evangelho devemos fazer nossas as palavras do régulo: Vinde, Senhor, curar-nos, auxiliar-nos. Vinde, Senhor, aos nossos corações pela graça do Santo Sacrifício. Vinde enriquecer-nos por vossa presença sacramental na santa Comunhão. E vinde também, Senhor, buscar-nos um dia, para a nossa pátria celestial.


Páginas 695 a 698, 867 a 875 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 20/10/2020

SÃO JOÃO CÂNCIO, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Nasceu na Polônia. Como Sacerdote e Professor, exerceu a caridade para com os pobres.


Páginas 1344 a 1347 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 19/10/2020

S. PEDRO DE ALCÂNTARA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Justus” com Coleta e Epístola próprias

Natural da Espanha, entrou na Ordem de S. Francisco, que reformou por seu zelo e uma vida exemplar de penitência e oração. Auxiliou Santa Teresa na reforma do Carmelo.


Páginas 1344, 864 a 867 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- XX Domingo depois de Pentecostes

2ª Classe- Missa própria

Como o povo de Deus, assentado junto aos rios da Babilônia, suspirava pelo monte Sião, assim nós outros devemos suspirar por nossa pátria eterna (Ofertório). Em espírito de humildade e penitência, cumpre-nos suportar o exílio deste mundo (Introito), e aproveitar o tempo para conhecer a vontade de Deus (Epístola). Os Cânticos anelam pela vinda do Senhor. No Evangelho devemos fazer nossas as palavras do régulo: Vinde, Senhor, curar-nos, auxiliar-nos. Vinde, Senhor, aos nossos corações pela graça do Santo Sacrifício. Vinde enriquecer-nos por vossa presença sacramental na santa Comunhão. E vinde também, Senhor, buscar-nos um dia, para a nossa pátria celestial.


Páginas 695 a 698 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 07:30 horas e Missa Cantada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 17/10/2020

S. MARGARIDA MARIA ALACOQUE, Virgem

Festa de 3ª Classe- Missa própria

Religiosa da Visitação em Paray-le-Monial, entregou-se à contemplação e ao amor da Paixão de Nosso Senhor (Communio). D’Ele mesmo recebeu a ordem de trabalhar na difusão do culto ao seu Sagrado Coração (Oração e Epístola). As muitas dificuldades não conseguiram diminuir o seu fervor (Gradual). Foi canonizada em 1920.


Páginas 1338 a 1341 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 08 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Revista Benedicta – Nº 4

O número 04, publicado no mês de outubro e dedicado a Nossa Senhora Aparecida, encontra-se assim constituído:
– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

Eis aí Nossa Fé: Breve consideração sobre a fundação católica do Brasil e a perfilhação mística do povo brasileiro a Nossa Senhora. ​

Heresia modernista: a Igreja evolutiva: O espírito moderno prega a inovação, a atualização de tudo conforme as eras. Dentro da Igreja, ele faz crer que a verdadeira religião de Cristo precisa evoluir aos tempos vindouros, em que Deus se torna mutável e permite múltiplas religiões. Devido à infestação de tamanha heresia, os católicos devem saber como defender a verdadeira doutrina.

Vida e doutrina espiritual do Pe. Libermann: Pe. Libermann, sacerdote francês do século XIX, converteu-se do judaísmo e tornou-se um diretor espiritual de conselho incomparável. Por meio de quase 1800 cartas, profundiu doutrina que tem poupado do erro os destinatários originais, e que graça enorme deve conceder a todos que, nas páginas seguintes, podem ler suas santas missivas.

Sobre a catequese: O que é e para que serve a catequese? Este texto recobra aos velhos católicos e antecipa aos novos os ensinamentos da Igreja que jamais podemos esquecer. A catequese é um de nossos primeiros contatos com a Santa Madre Igreja e nos dá o que de mais precioso dela recebemos: a Sagrada Eucaristia.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

As Moradas do Castelo Interior, de Santa Teresa d’Ávila: Na obra As Moradas do Castelo Interior (1577), Santa Teresa d’Ávila revela o itinerário a Deus a partir da metáfora de um castelo concêntrico. O aperfeiçoamento espiritual começa no adentramento aos aposentos orbitantes e finda no alcance do centro, onde está Deus, Rei do castelo. Com escrita profundamente mística, a santa espanhola ensina como proceder nas sete moradas, a fim de alcançarmos nosso fim último. ​

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

O Brasil escravo de Nossa Senhora Aparecida: No dia 12 de outubro, o Brasil comemora a festa de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. Maria, ao emergir nas águas do rio Paraíba, deixa de ser “amargura do mar” e torna-se doce fonte de esperança do povo brasileiro. Porque ressignificou o destino do Brasil, devemos servidão a Virgem Santa, conforme exorta Pe. Daniel Pinheiro (IBP).

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

Santa Teresinha do Menino Jesus: Ao dia 03 de outubro, a Igreja celebra a Festa de Santa Teresinha do Menino Jesus. Essa santa do século XIX, carmelita descalça, agradou tanto a Deus com sua humildade e simplicidade que logo Ele a levou, providenciando-a grande Doutora da Igreja, para exemplo a todo o povo católico.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Catequese: Quiz sobre catecismo. ​

VÍDEO DE APRESENTAÇÃO:

 


SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).


Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Liturgia Diária- 16/10/2020

S. HEDVIGES (ou EDWIGES), Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com Coleta própria

DIA DE ABSTINÊNCIA

Muito amada pelos súditos, esta duquesa da Silésia foi um raro exemplo de virtudes. Depois da morte do marido, retirou-se para um mosteiro, entregando-se à oração e à mortificação (Oração).


Páginas 1338 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 13/10/2020

SANTO EDUARDO, Rei e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi”, 1ª do Comum dos Confessores, com Coleta próprias

Último dos reis de Inglaterra antes de sua conquista pelos Normandos, teve grande caridade para com os pobres. Muito se esforçou por cultivar a fé em seus súditos.


Liturgia Diária- Festa de Nossa Senhora Aparecida

Festa de 1ª Classe – PADROEIRA PRINCIPAL DO BRASIL – Missa própria

No livro profético do Novo Testamento, o Apocalipse, fala S. joão de um grande signo que apareceu no céu: uma mulher vestida de sol, tendo a, lua debaixo dos pés e uma corôa de doze estrelas sobre a cabeça. É à Mãe do Salvador que se referem estas palavras (Leitura). E’ ela que continua a proteger os seus filhos em todas as partes do mundo, e a defendê-los contra os assaltos do demônio. Por este motivo a piedade dos povos lhe erige santuários onde é venerada de uma maneira particular.

É sob o título de : Virgem Imaculada, que a Nação Brasileira invoca a sua excelsa Padroeira (Oração). A Mãe de Deus benignamente acolhe-nos debaixo de seu manto protetor, e seguros alcançaremos uma eternidade feliz..


Páginas [40] a [41] – fim do Missal – e 917 a 921 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Cantada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- XIX Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria, com comemoração da Maternidade de Nossa Senhora

Deus mesmo se oferece como salvação de seu povo (Introito). “Quando por mim em qualquer tribulação clamarem, eu os ouvirei”. Consola-nos este pensamento, principalmente agora que o fim do ano se aproxima. Mais austeros se devem tornar os nossos pensamentos. O Apóstolo concita-nos a revestirmo-nos do homem novo (Epístola). No Evangelho vemos que o banquete já está preparado. Sejamos também nós prontos para ouvir e cumprir os mandamentos de Deus (Introito, Communio e Postcommunio), pois é assim que possuímos a veste nupcial — a graça santificante. Somos convivas do banquete nupcial, e, a cada momento, pode entrar o Rei para ver os seus hóspedes. Não desanimemos. Tenhamos confiança em Deus. Ele socorrer-nos-á no combate e no sofrimento (Introito, Oração e Communio).

Sobre a Festa da Maternidade: Era 1931 celebrou-se o XV. centenário da declaração da Maternidade divina de Nossa Senhora, no Concílio de Éfeso. Para solenizar esta data e lembrar aos fiéis este Mistério, o Santo Padre Pio XI instituiu a festa de hoje. O Introito, a Epístola e o Gradual mostram como, já no antigo Testamento, esperou-se este Mistério. Os outros textos se referem à sua realização.


Páginas 691 a 694 e 1333 a 1335 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 07:30 horas e Missa Cantada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 09/10/2020

S. JOÃO LEONARDI, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa própria e comemoração dos Ss. Dionísio (Bispo), Rústico e Eleutério, Mártires

Filho de uma família piedosa viveu cristãmente no mundo até a idade de 26 anos, quando se sentiu chamado para o estado clerical. Fazendo grandes progressos nos seus estudos, foi ordenado Sacerdote depois de 4 anos e, pouco tempo depois, fundou a Congregação dos Clérigos Regulares a que chamara de Nossa Senhora. Pregando e escrevendo, trabalhou muito para a salvação das almas. Tanto ele como sua Congregação tiveram de sofrer muitas perseguições, mas venceram e a Congregação foi aprovada pela Santa Sé. Mais tarde ainda ele cooperou na formação de jovens Missionários. Rico em merecimento, e fazendo austeras penitências morreu em Roma, no dia 9 de outubro de 1909.


Páginas 1325 a 1328 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Revista Benedicta – Num. 4

Vem aí no próximo dia 10 o lançamento de número 04 da Revista Benedicta.

Neste mês de Outubro dedicamos a edição a Nossa Senhora Aparecida.

No dia 12 de outubro, o Brasil comemora a festa de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. Maria, ao emergir nas águas do rio Paraíba, deixa de ser “amargura do mar” e torna-se doce fonte de esperança do povo brasileiro. Porque ressignificou o destino do Brasil, devemos servidão a Virgem Santa, conforme exorta Pe. Daniel Pinheiro (IBP).

SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).

<

p style=”text-align:justify;”>Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Liturgia Diária- 08/10/2020

S. BRÍGIDA, Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com orações próprias  e comemoração dos Ss. Sérgio, Baco, Marcelo e Apulejo, Mártires

Da família real da Suécia, casou-se com um príncipe. Depois de uma peregrinação a Compostela, o marido entrou na Ordem dos Cistercienses e ela dedicou-se inteiramente às obras de piedade e caridade. Fundou a Ordem do SSmo. Salvador e morreu em Roma.


Páginas 1324 a 1325 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 07/10/2020

FESTA DO Ssmo. ROSÁRIO DE N. SENHORA

Festa de 2ª Classe- Missa própria, com comemoração de S. Marcos, Papa

S. Pio V, em agradecimento pela vitória contra os Turcos (1571), instituiu a festa de hoje. Mais belas e mais numerosas vitórias ainda foram alcançadas pela recitação do Rosário, nos combates contra os inimigos espirituais. Os textos da Missa são um louvor a Nossa Senhora, tendo a sua culminância na “Ave Maria, cheia de Graça” (Evangelho), palavras que constituem a principal Oração do Rosário.


Páginas 1321 a 1324 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 05/10/2020

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração dos Ss. Plácido e seus Companheiros, Mártires

Maranatha — Vinde, Senhor Jesus”. Com este domingo principia a segunda parte do Tempo depois de Pentecostes, a expectativa da vinda do Juiz dos vivos e dos mortos. A Igreja suspira, em meio das angústias da vida presente, para que o Salvador venha buscá-la e conduzi-la para o Reino da luz e da vida.

Os Cânticos desta Missa são tirados de uma antiga Missa de Dedicação de uma igreja. A Igreja é o símbolo da Jerusalém celeste. A cura do paralítico, no Evangelho, lembra a nossa própria cura pelo Batismo, pelo Sacramento da Penitência. Nestes dois Sacramentos nos concede Jesus Cristo pela santa Igreja a paz que imploramos no Introito. Na Epístola exorta-nos o Apóstolo, a mostrar-nos gratos, porque fomos enriquecidos com a graça e a doutrina por Nosso Senhor Jesus Cristo, a quem devemos guardar fidelidade por uma vida sem pecado. Se o sacrifício de Moisés, apenas uma sombra e figura do Sacrifício do Cristo (Ofertório), foi agradável aos olhos de Deus, quanto mais precioso será o Sacrifício que Jesus, em união com o seu Corpo místico, vai agora oferecer no altar. Por isso dirige-se a todos os fiéis, que formam um sacerdócio real, o Versículo da Communio: Trazei as vossas hóstias e entrai em seus átrios; adorai o Senhor na glória de seu santo templo.

Sobre os santos mártires: S. Plácido, aos sete anos de idade, foi entregue por seu pai, a S. Bento, vindo a alcançar exímia santidade. A tradição narra que morreu mártir com 30 Companheiros, na Sicília, onde havia fundado um mosteiro.


Páginas 687 a 690 e 1320 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- XVIII Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Maranatha — Vinde, Senhor Jesus”. Com este domingo principia a segunda parte do Tempo depois de Pentecostes, a expectativa da vinda do Juiz dos vivos e dos mortos. A Igreja suspira, em meio das angústias da vida presente, para que o Salvador venha buscá-la e conduzi-la para o Reino da luz e da vida.

Os Cânticos desta Missa são tirados de uma antiga Missa de Dedicação de uma igreja. A Igreja é o símbolo da Jerusalém celeste. A cura do paralítico, no Evangelho, lembra a nossa própria cura pelo Batismo, pelo Sacramento da Penitência. Nestes dois Sacramentos nos concede Jesus Cristo pela santa Igreja a paz que imploramos no Introito. Na Epístola exorta-nos o Apóstolo, a mostrar-nos gratos, porque fomos enriquecidos com a graça e a doutrina por Nosso Senhor Jesus Cristo, a quem devemos guardar fidelidade por uma vida sem pecado. Se o sacrifício de Moisés, apenas uma sombra e figura do Sacrifício do Cristo (Ofertório), foi agradável aos olhos de Deus, quanto mais precioso será o Sacrifício que Jesus, em união com o seu Corpo místico, vai agora oferecer no altar. Por isso dirige-se a todos os fiéis, que formam um sacerdócio real, o Versículo da Communio: Trazei as vossas hóstias e entrai em seus átrios; adorai o Senhor na glória de seu santo templo.


Páginas 687 a 690 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 07:30 horas e Missa Cantada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 03/10/2020

S. TERESA DO MENINO JESUS, Virgem

Festa de 3ª Classe – PADROEIRA DA DIOCESE DE UBERLÂNDIA (1ª CLASSE) – Missa Própria

A grande Santa de nossos dias nasceu aos dois de janeiro de 1873. Com 15 anos, por licença especial do Papa Leão XIII, entrou no Carmelo de Lisieux. Singulares foram as graças que recebeu (Leitura e Communio) e belas as suas virtudes (Versículo do Aleluia e Evangelho). Na Oração pedimos a graça de poder seguir o seu exemplo de humildade e simplicidade. Extraordinárias têm sido as graças que, qual chuva de rosas, deixa cair sobre as almas aqui na terra, depois de sua morte. Foi canonizada pelo Papa Pio XI, em 17 de maio de 1925, e declarada padroeira de todas as missões e dos missionários a 14 de dezembro de 1927.


Páginas 1314 a 1317 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 08 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 02/10/2020

OS SANTOS ANJOS DA GUARDA

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Aos seus Anjos ordenou Deus que nos guardassem e protegessem no caminho para a eternidade. Eles nos guiam, nos afastam do mal e dos perigos e nos inspiram os bons desejos. Hoje nós lhes agradecemos a proteção e com Eles louvamos a Deus (Cânticos).


Páginas 1311 a 1313 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Mensal – Outubro/2020

01º

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração de S. Remígio, Bispo e Confessor

Ut sint unum: para que eles sejam um só”, pediu Jesus na última Ceia. Desde aquele momento, não cessa em cada uma das santas Missas de querer esta união entre os fiéis. De um modo particular Ele o faz na Missa deste domingo. Pela boca do Apóstolo, na Epístola, recomenda-nos esta união. Ele próprio a ordena no Evangelho. Em virtude de sua divindade e sendo Ele o Medianeiro entre Deus e os homens, compete-Lhe o direito de ordenar. Como outrora, no cativeiro de Babilônia, Daniel implorou o perdão para o povo penitente (Ofertório), assim Jesus Cristo se sacrifica por nossos pecados, implora perdão no Santo Sacrifício e destrói o que possa perturbar a paz e a união da Igreja.

Sobre o santo mártir: Natural da Gália e feito Bispo de Reims, trabalhou na conversão dos Francos, cujo rei, Clóvis, dele recebeu o Batismo.


Páginas 666 a 669; 1311 e 849 a 852 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 01/10/2020

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração de S. Remígio, Bispo e Confessor

Ut sint unum: para que eles sejam um só”, pediu Jesus na última Ceia. Desde aquele momento, não cessa em cada uma das santas Missas de querer esta união entre os fiéis. De um modo particular Ele o faz na Missa deste domingo. Pela boca do Apóstolo, na Epístola, recomenda-nos esta união. Ele próprio a ordena no Evangelho. Em virtude de sua divindade e sendo Ele o Medianeiro entre Deus e os homens, compete-Lhe o direito de ordenar. Como outrora, no cativeiro de Babilônia, Daniel implorou o perdão para o povo penitente (Ofertório), assim Jesus Cristo se sacrifica por nossos pecados, implora perdão no Santo Sacrifício e destrói o que possa perturbar a paz e a união da Igreja.

Sobre o santo mártir: Natural da Gália e feito Bispo de Reims, trabalhou na conversão dos Francos, cujo rei, Clóvis, dele recebeu o Batismo.


Páginas 666 a 669; 1311 e 849 a 852 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- XVII Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Ut sint unum: para que eles sejam um só”, pediu Jesus na última Ceia. Desde aquele momento, não cessa em cada uma das santas Missas de querer esta união entre os fiéis. De um modo particular Ele o faz na Missa deste domingo. Pela boca do Apóstolo, na Epístola, recomenda-nos esta união. Ele próprio a ordena no Evangelho. Em virtude de sua divindade e sendo Ele o Medianeiro entre Deus e os homens, compete-Lhe o direito de ordenar. Como outrora, no cativeiro de Babilônia, Daniel implorou o perdão para o povo penitente (Ofertório), assim Jesus Cristo se sacrifica por nossos pecados, implora perdão no Santo Sacrifício e destrói o que possa perturbar a paz e a união da Igreja.


Páginas 666 a 669 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 07:30 horas e Missa Cantada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 31/10/2019

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do XX Domingo depois de Pentecostes

Como o povo de Deus, assentado junto aos rios da Babilônia, suspirava pelo monte Sião, assim nós outros devemos suspirar por nossa pátria eterna (Ofertório). Em espírito de humildade e penitência, cumpre-nos suportar o exílio deste mundo (Introito), e aproveitar o tempo para conhecer a vontade de Deus (Epístola). Os Cânticos anelam pela vinda do Senhor. No Evangelho devemos fazer nossas as palavras do régulo: Vinde, Senhor, curar-nos, auxiliar-nos. Vinde, Senhor, aos nossos corações pela graça do Santo Sacrifício. Vinde enriquecer-nos por vossa presença sacramental na santa Comunhão. E vinde também, Senhor, buscar-nos um dia, para a nossa pátria celestial.


Páginas 695 a 698 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 30/10/2019

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do XX Domingo depois de Pentecostes

Como o povo de Deus, assentado junto aos rios da Babilônia, suspirava pelo monte Sião, assim nós outros devemos suspirar por nossa pátria eterna (Ofertório). Em espírito de humildade e penitência, cumpre-nos suportar o exílio deste mundo (Introito), e aproveitar o tempo para conhecer a vontade de Deus (Epístola). Os Cânticos anelam pela vinda do Senhor. No Evangelho devemos fazer nossas as palavras do régulo: Vinde, Senhor, curar-nos, auxiliar-nos. Vinde, Senhor, aos nossos corações pela graça do Santo Sacrifício. Vinde enriquecer-nos por vossa presença sacramental na santa Comunhão. E vinde também, Senhor, buscar-nos um dia, para a nossa pátria celestial.


Páginas 695 a 698 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 29/10/2019

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do XX Domingo depois de Pentecostes

Como o povo de Deus, assentado junto aos rios da Babilônia, suspirava pelo monte Sião, assim nós outros devemos suspirar por nossa pátria eterna (Ofertório). Em espírito de humildade e penitência, cumpre-nos suportar o exílio deste mundo (Introito), e aproveitar o tempo para conhecer a vontade de Deus (Epístola). Os Cânticos anelam pela vinda do Senhor. No Evangelho devemos fazer nossas as palavras do régulo: Vinde, Senhor, curar-nos, auxiliar-nos. Vinde, Senhor, aos nossos corações pela graça do Santo Sacrifício. Vinde enriquecer-nos por vossa presença sacramental na santa Comunhão. E vinde também, Senhor, buscar-nos um dia, para a nossa pátria celestial.


Páginas 695 a 698 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- Festa de Cristo Rei

1ª Classe- Missa Própria

Para concluir solenemente o ano jubilar de 1925, o Santo Padre Pio XI instituiu a nova Festa de “Cristo Rei”. Seria esta solenidade uma insistente admoestação para a humanidade inteira reconhecer a Jesus Cristo, o Filho de Deus, como Rei universal do mundo. A Ele se sujeitem os Reis e os Príncipes, os Magistrados e Juízes, as artes e as leis (Hino das Vésperas). Cristo deve reinar no espirito dos homens pela fé, na sua vontade pela obediência às leis de Deus e da Igreja, seu Reino visível, nos corações pelo amor e ainda nos próprios corpos para que sejam santos para Deus (Encíclica). E preciso que o povo seja constantemente instruído a respeito desta verdade. “Uma solenidade anual terá mais eficácia para realizá-lo do que todos os documentos mesmo os mais graves do magistério eclesiástico” Os textos do Ofício divino, como os da Santa Missa, nos falam vivamente desta doutrina. Particularmente reparemos o fruto do Reinado de Cristo sobre os homens: Ele é o Rei, cujo império trará União e paz para a humanidade (Oração, Secreta e Communio).


Páginas 1357 a 1360 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana.


Liturgia Diária- 26/10/2019

SANCTA MARIA IN SABBATO

Missa Votiva de 4ª Classe- Missa “Salve Sancta Parens”, com comemoração de S. Evaristo, Papa e Mártir


Páginas 802 a 805 e 1353 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 25/10/2019

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração dos Santos Crisanto e Daria, Mártires

Deus mesmo se oferece como salvação de seu povo (Introito). “Quando por mim em qualquer tribulação clamarem, eu os ouvirei”. Consola-nos este pensamento, principalmente agora que o fim do ano se aproxima. Mais austeros se devem tornar os nossos pensamentos. O Apóstolo concita-nos a revestirmo-nos do homem novo (Epístola). No Evangelho vemos que o banquete já está preparado. Sejamos também nós prontos para ouvir e cumprir os mandamentos de Deus (Introito, Communio e Postcommunio), pois é assim que possuímos a veste nupcial — a graça santificante. Somos convivas do banquete nupcial, e, a cada momento, pode entrar o Rei para ver os seus hóspedes. Não desanimemos. Tenhamos confiança em Deus. Ele socorrer-nos-á no combate e no sofrimento (Introito, Oração e Communio).


Páginas 691 a 694, 1352 a 1353 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 24/10/2019

SÃO RAFAEL, Arcanjo

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Rafael, cujo nome significa: Medicina de Deus, acompanhou o jovem Tobias (Oração) e curou seu pai (Leitura). A ele se atribui a movimentação da água na piscina em Jerusalém (Evangelho).


Páginas 1349 a 1351 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 23/10/2019

S. ANTÔNIO MARIA CLARET, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Sacerdotes tui”, com Coleta própria

Antônio Maria Claret nasceu em Sallent, perto de Barcelona, aos 23 de dezembro de 1807. Seguindo o desejo de seu pai, trabalhou primeiro como operário têxtil; mas o Senhor escolheu-o para a vida mais alta. Ordenou-se em 1835 e julgou-se chamado ao apostolado entre os infiéis; deixando, pois o ministério paroquial, foi a Roma em 1840 para solicitar esse destino da Congregação da Propaganda. Mas Deus queria-o noutro lugar. Enviaram-no de volta à pátria para aí exercer o apostolado da pregação. Nesta missão percorreu em todos os sentidos a Catalunha e as Canárias, tocando e convertendo as almas com o seu zelo ardente, veemente palavra e profunda piedade. Ao mesmo tempo escrevia numerosos livros de edificação. Em 1849, com cinco outro padres, fundou no seminário de Vich a Congregação missionária dos Filhos do Coração Imaculado de Maria (Claretianos), que havia de ter um futuro bem fecundo. Pela mesma ocasião o Papa nomeou-o arcebispo de Santiago de Cuba. Aqui, no meio das pesadas tarefas pastorais, a que se entregou inteiramente, fundou o Instituto das Irmãs educadoras de Maria Imaculada. Em 1857 voltou à Espanha para ser o conselheiro e confessor da rainha Isabel II; seguiu-a no exílio em 1868, e morreu na França, no mosteiro cisterciense de Fontfroide, em 24 de outubro de 1870. Entretanto tinha participado ativamente no concílio do Vaticano, defendendo com intrepidez a infalibilidade pontifícia. Durante toda a sua vida mostrou uma grande piedade para com o Ssmo. Sacramento, o Coração Imaculado de Maria e o Santo Rosário, trabalhando sem cessar para propagar esta tríplice devoção. Foi beatificado em 1934 por Pio XI e canonizado em 7 de maio de 1950, por Pio XII.


Páginas 1348, 852 a 856 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 22/10/2019

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do domingo

Deus mesmo se oferece como salvação de seu povo (Introito). “Quando por mim em qualquer tribulação clamarem, eu os ouvirei”. Consola-nos este pensamento, principalmente agora que o fim do ano se aproxima. Mais austeros se devem tornar os nossos pensamentos. O Apóstolo concita-nos a revestirmo-nos do homem novo (Epístola). No Evangelho vemos que o banquete já está preparado. Sejamos também nós prontos para ouvir e cumprir os mandamentos de Deus (Introito, Communio e Postcommunio), pois é assim que possuímos a veste nupcial — a graça santificante. Somos convivas do banquete nupcial, e, a cada momento, pode entrar o Rei para ver os seus hóspedes. Não desanimemos. Tenhamos confiança em Deus. Ele socorrer-nos-á no combate e no sofrimento (Introito, Oração e Communio).


Páginas 691 a 694 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 21/10/2019

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração de S. Hilarião, Abade; e S. Úrsula e companheiras, Mártires

Deus mesmo se oferece como salvação de seu povo (Introito). “Quando por mim em qualquer tribulação clamarem, eu os ouvirei”. Consola-nos este pensamento, principalmente agora que o fim do ano se aproxima. Mais austeros se devem tornar os nossos pensamentos. O Apóstolo concita-nos a revestirmo-nos do homem novo (Epístola). No Evangelho vemos que o banquete já está preparado. Sejamos também nós prontos para ouvir e cumprir os mandamentos de Deus (Introito, Communio e Postcommunio), pois é assim que possuímos a veste nupcial — a graça santificante. Somos convivas do banquete nupcial, e, a cada momento, pode entrar o Rei para ver os seus hóspedes. Não desanimemos. Tenhamos confiança em Deus. Ele socorrer-nos-á no combate e no sofrimento (Introito, Oração e Communio).


Páginas 691 a 694, 867 a 875 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 18 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- XIX Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Deus mesmo se oferece como salvação de seu povo (Introito). “Quando por mim em qualquer tribulação clamarem, eu os ouvirei”. Consola-nos este pensamento, principalmente agora que o fim do ano se aproxima. Mais austeros se devem tornar os nossos pensamentos. O Apóstolo concita-nos a revestirmo-nos do homem novo (Epístola). No Evangelho vemos que o banquete já está preparado. Sejamos também nós prontos para ouvir e cumprir os mandamentos de Deus (Introito, Communio e Postcommunio), pois é assim que possuímos a veste nupcial — a graça santificante. Somos convivas do banquete nupcial, e, a cada momento, pode entrar o Rei para ver os seus hóspedes. Não desanimemos. Tenhamos confiança em Deus. Ele socorrer-nos-á no combate e no sofrimento (Introito, Oração e Communio).


Páginas 691 a 694 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 09:30 horas na Matriz da Paróquia Bom Jesus e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana.


Liturgia Diária- 19/10/2019

S. PEDRO DE ALCÂNTARA, Confessor

Festa de 3ª Classe- PADROEIRO DO BRASIL – Missa “Justus” com Coleta e Epístola próprias

Natural da Espanha, entrou na Ordem de S. Francisco, que reformou por seu zelo e uma vida exemplar de penitência e oração. Auxiliou Santa Teresa na reforma do Carmelo.


Páginas 1344, 864 a 867 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 17/10/2019

S. MARGARIDA MARIA ALACOQUE, Virgem

Festa de 3ª Classe- Missa própria

Religiosa da Visitação em Paray-le-Monial, entregou-se à contemplação e ao amor da Paixão de Nosso Senhor (Communio). D’Ele mesmo recebeu a ordem de trabalhar na difusão do culto ao seu Sagrado Coração (Oração e Epístola). As muitas dificuldades não conseguiram diminuir o seu fervor (Gradual). Foi canonizada em 1920.


Páginas 1338 a 1341 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 16/10/2019

S. HEDVIGES (ou EDWIGES), Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com Coleta própria

Muito amada pelos súditos, esta duquesa da Sílésía foi um raro exemplo de virtudes. Depois da morte do marido, retirou-se para um mosteiro, entregando-se à oração e à mortificação (Oração).


Páginas 1338 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- XVIII Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Maranatha — Vinde, Senhor Jesus”. Com este domingo principia a segunda parte do Tempo depois de Pentecostes, a expectativa da vinda do Juiz dos vivos e dos mortos. A Igreja suspira, em meio das angústias da vida presente, para que o Salvador venha buscá-la e conduzi-la para o Reino da luz e da vida.

Os Cânticos desta Missa são tirados de uma antiga Missa de Dedicação de uma igreja. A Igreja é o símbolo da Jerusalém celeste. A cura do paralítico, no Evangelho, lembra a nossa própria cura pelo Batismo, pelo Sacramento da Penitência. Nestes dois Sacramentos nos concede Jesus Cristo pela santa Igreja a paz que imploramos no Introito. Na Epístola exorta-nos o Apóstolo, a mostrar-nos gratos, porque fomos enriquecidos com a graça e a doutrina por Nosso Senhor Jesus Cristo, a quem devemos guardar fidelidade por uma vida sem pecado. Se o sacrifício de Moisés, apenas uma sombra e figura do Sacrifício do Cristo (Ofertório), foi agradável aos olhos de Deus, quanto mais precioso será o Sacrifício que Jesus, em união com o seu Corpo místico, vai agora oferecer no altar. Por isso dirige-se a todos os fiéis, que formam um sacerdócio real, o Versículo da Communio: Trazei as vossas hóstias e entrai em seus átrios; adorai o Senhor na glória de seu santo templo.


Páginas 687 a 690 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana.


Liturgia Diária- 12/10/2019

NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA

Festa de 1ª Classe – PADROEIRA PRINCIPAL DO BRASIL – Missa própria

No livro profético do Novo Testamento, o Apocalipse, fala S. joão de um grande signo que apareceu no céu: uma mulher vestida de sol, tendo a, lua debaixo dos pés e uma corôa de doze estrelas sobre a cabeça. É à Mãe do Salvador que se referem estas palavras (Leitura). E’ ela que continua a proteger os seus filhos em todas as partes do mundo, e a defendê-los contra os assaltos do demônio. Por este motivo a piedade dos povos lhe erige santuários onde é venerada de uma maneira particular.

É sob o título de : Virgem Imaculada, que a Nação Brasileira invoca a sua excelsa Padroeira (Oração). A Mãe de Deus benignamente acolhe-nos debaixo de seu manto protetor, e seguros alcançaremos uma eternidade feliz..


Páginas [40] a [41] – fim do Missal – e 917 a 921 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Cantada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 11/10/2019

MATERNIDADE DE NOSSA SENHORA

Festa de 2ª Classe- Missa própria

Era 1931 celebrou-se o XV. centenário da declaração da Maternidade divina de Nossa Senhora, no Concílio de Éfeso. Para solenizar esta data e lembrar aos fiéis este Mistério, o Santo Padre Pio XI instituiu a festa de hoje. O Introito, a Epístola e o Gradual mostram como, já no antigo Testamento, esperou-se este Mistério. Os outros textos se referem à sua realização.


Páginas 1333 a 1335 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 09/10/2019

S. JOÃO LEONARDI, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa própria e comemoração dos Ss. Dionísio (Bispo), Rústico e Eleutério, Mártires

Filho de uma família piedosa viveu cristãmente no mundo até a idade de 26 anos, quando se sentiu chamado para o estado clerical. Fazendo grandes progressos nos seus estudos, foi ordenado Sacerdote depois de 4 anos e, pouco tempo depois, fundou a Congregação dos Clérigos Regulares a que chamara de Nossa Senhora. Pregando e escrevendo, trabalhou muito para a salvação das almas. Tanto ele como sua Congregação tiveram de sofrer muitas perseguições, mas venceram e a Congregação foi aprovada pela Santa Sé. Mais tarde ainda ele cooperou na formação de jovens Missionários. Rico em merecimento, e fazendo austeras penitências morreu em Roma, no dia 9 de outubro de 1909.


Páginas 1325 a 1328 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 08/10/2019

S. BRÍGIDA, Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com orações próprias  e comemoração dos Ss. Sérgio, Baco, Marcelo e Apulejo, Mártires

Da família real da Suécia, casou-se com um príncipe. Depois de uma peregrinação a Compostela, o marido entrou na Ordem dos Cistercienses e ela dedicou-se inteiramente às obras de piedade e caridade. Fundou a Ordem do SSmo. Salvador e morreu em Roma.


Páginas 1324 a 1325 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 07/10/2019

FESTA DO Ssmo. ROSÁRIO DE N. SENHORA

Festa de 2ª Classe- Missa própria, com comemoração de S. Marcos, Papa

S. Pio V, em agradecimento pela vitória contra os Turcos (1571), instituiu a festa de hoje. Mais belas e mais numerosas vitórias ainda foram alcançadas pela recitação do Rosário, nos combates contra os inimigos espirituais. Os textos da Missa são um louvor a Nossa Senhora, tendo a sua culminância na “Ave Maria, cheia de Graça” (Evangelho), palavras que constituem a principal Oração do Rosário.


Páginas 1321 a 1324 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 18 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- XVII Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Ut sint unum: para que eles sejam um só”, pediu Jesus na última Ceia. Desde aquele momento, não cessa em cada uma das santas Missas de querer esta união entre os fiéis. De um modo particular Ele o faz na Missa deste domingo. Pela boca do Apóstolo, na Epístola, recomenda-nos esta união. Ele próprio a ordena no Evangelho. Em virtude de sua divindade e sendo Ele o Medianeiro entre Deus e os homens, compete-Lhe o direito de ordenar. Como outrora, no cativeiro de Babilônia, Daniel implorou o perdão para o povo penitente (Ofertório), assim Jesus Cristo se sacrifica por nossos pecados, implora perdão no Santo Sacrifício e destrói o que possa perturbar a paz e a união da Igreja.


Páginas 666 a 669 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana.


Liturgia Diária- 05/10/2019

SANCTA MARIA IN SABBATO

Missa Votiva de 4ª Classe- Missa “Salve Sancta Parens”, com comemoração de S. Plácido e seus companheiros, Mártires

Sobre os santos mártires: S. Plácido, aos sete anos de idade, foi entregue por seu pai, a S. Bento, vindo a alcançar exímia santidade. A tradição narra que morreu mártir com 30 Companheiros, na Sicília, onde havia fundado um mosteiro.


Páginas 802 a 805 e 1320 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 04/10/2019

SÃO FRANCISCO DE ASSIS, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Deserdado por seu pai por mostrar-se muito generoso para com os pobres, renunciou à família e a todos os bens, para servir a Deus na pobreza. Com alguns Companheiros fundou a Ordem dos “Irmãos menores”, que vivem somente de esmolas, pregando ao mundo, pelo exemplo, pela palavra e pelo desprendimento das coisas da terra (Oração). No fim de sua vida, por causa de seu ardente amor a Jesus crucificado, o Santo recebeu os estigmas (Introito e Epístola). 


Páginas 1317 a 1319 do Missal Quotidiano. 


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes. 


Liturgia Diária- 03/10/2019

S. TERESA DO MENINO JESUS, Virgem

Festa de 3ª Classe – PADROEIRA DA DIOCESE DE UBERLÂNDIA (1ª CLASSE) – Missa Própria

A grande Santa de nossos dias nasceu aos dois de janeiro de 1873. Com 15 anos, por licença especial do Papa Leão XIII, entrou no Carmelo de Lisieux. Singulares foram as graças que recebeu (Leitura e Communio) e belas as suas virtudes (Versículo do Aleluia e Evangelho). Na Oração pedimos a graça de poder seguir o seu exemplo de humildade e simplicidade. Extraordinárias têm sido as graças que, qual chuva de rosas, deixa cair sobre as almas aqui na terra, depois de sua morte. Foi canonizada pelo Papa Pio XI, em 17 de maio de 1925, e declarada padroeira de todas as missões e dos missionários a 14 de dezembro de 1927.


Páginas 1314 a 1317 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 02/10/2019

OS SANTOS ANJOS DA GUARDA

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Aos seus Anjos ordenou Deus que nos guardassem e protegessem no caminho para a eternidade. Eles nos guiam, nos afastam do mal e dos perigos e nos inspiram os bons desejos. Hoje nós lhes agradecemos a proteção e com Eles louvamos a Deus (Cânticos).


Páginas 1311 a 1313 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 01/10/2019

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração de S. Remígio, Bispo e Confessor

Doente é a alma humana, porém ela achou o seu Médico. O hidrópico do Evangelho é a imagem da alma humana, que, como aquele, encontra o seu médico em Jesus Cristo, em seu poder e em seu amor misericordioso. A Missa de hoje é uma repetição deste milagre e um penhor de nossa perseverança no bem. Os Cânticos e Orações pedem para nós o auxílio de Deus para o futuro, e louvam a sua bondade pelas graças e favores já recebidos.

Sobre o santo mártir: Natural da Gália e feito Bispo de Reims, trabalhou na conversão dos Francos, cujo rei, Clóvis, dele recebeu o Batismo.


Páginas 1311 e 662 a 665 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Próximas Missas

25/02 a 02/03 – Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.

03/03- Domingo da QuinquagésimaMissa Rezada às 9:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Santa Terezinha;


Atendimento de Confissões- Antes e depois das Missas na Capela.

Próximas Missas

12 a 16/02 – Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.

17/02- Domingo da Septuagésima– 

  • Missa Rezada às 9:30 horas na Matriz da Paróquia Bom Jesus;
  • Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Santa Terezinha.

Atendimento de Confissões- Antes e depois das Missas na Capela.

Liturgia Diária- 31/10/2018

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do XXIII Domingo depois de Pentecostes

Meus pensamentos, diz o Senhor, são de paz (Introito). Nossa paz é Jesus Cristo (Epístola). Achá-la-emos seguindo o Apóstolo e afastando nos do caminho dos inimigos da Cruz do Cristo. Jesus Cristo é a nossa paz, até mesmo ali onde a dor quer perturbá-la. Ele, o Salvador, vence o sofrimento e a dor, e nos ensina também a vencê-los (Evangelho). Os Cânticos neste e em todos os domingos seguintes, exprimem fé, confiança, desejo e santa alegria pela próxima volta à casa paterna. Deus, no decorrer do Ano eclesiástico (imagem de nossa vida) nos libertou da escravidão e dos males que nos oprimiam. Nossa alma está livre do cativeiro e os nossos nomes estão escritos no livro da vida.


Liturgia Diária- 30/10/2018

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do XXIII Domingo depois de Pentecostes

Meus pensamentos, diz o Senhor, são de paz (Introito). Nossa paz é Jesus Cristo (Epístola). Achá-la-emos seguindo o Apóstolo e afastando nos do caminho dos inimigos da Cruz do Cristo. Jesus Cristo é a nossa paz, até mesmo ali onde a dor quer perturbá-la. Ele, o Salvador, vence o sofrimento e a dor, e nos ensina também a vencê-los (Evangelho). Os Cânticos neste e em todos os domingos seguintes, exprimem fé, confiança, desejo e santa alegria pela próxima volta à casa paterna. Deus, no decorrer do Ano eclesiástico (imagem de nossa vida) nos libertou da escravidão e dos males que nos oprimiam. Nossa alma está livre do cativeiro e os nossos nomes estão escritos no livro da vida.


Liturgia Diária- 29/10/2018

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do XXIII Domingo depois de Pentecostes

Meus pensamentos, diz o Senhor, são de paz (Introito). Nossa paz é Jesus Cristo (Epístola). Achá-la-emos seguindo o Apóstolo e afastando nos do caminho dos inimigos da Cruz do Cristo. Jesus Cristo é a nossa paz, até mesmo ali onde a dor quer perturbá-la. Ele, o Salvador, vence o sofrimento e a dor, e nos ensina também a vencê-los (Evangelho). Os Cânticos neste e em todos os domingos seguintes, exprimem fé, confiança, desejo e santa alegria pela próxima volta à casa paterna. Deus, no decorrer do Ano eclesiástico (imagem de nossa vida) nos libertou da escravidão e dos males que nos oprimiam. Nossa alma está livre do cativeiro e os nossos nomes estão escritos no livro da vida.


Próximas Missas: clique aqui e confira.


Liturgia Diária- Festa de Cristo Rei (28/10)

Festa de 1ª Classe- Missa Própria 

Para concluir solenemente o ano jubilar de 1925, o Santo Padre Pio XI instituiu a nova Festa de “Cristo Rei”. Seria esta solenidade Uma insistente admoestação para a humanidade inteira reconhecer a Jesus Cristo, o Filho de Deus, como Rei universal do mundo. A Ele se sujeitem os Reis e os Príncipes, os Magistrados e Juízes, as artes e as leis (Hino das Vésperas). Cristo deve reinar no espírito dos homens pela fé, na sua vontade pela obediência às leis de Deus e da
Igreja, seu Reino visível, nos corações pelo amor e ainda nos próprios corpos para que sejam santos para Deus (Encíclica). E preciso que o povo seja constantemente instruído a respeito desta verdade. “Uma solenidade anual terá mais eficácia para realizá-lo do que todos os documentos mesmo os mais graves do magistério eclesiástico” Os textos do Ofício divino, como os da Santa Missa, nos falam vivamente desta doutrina. Particularmente reparemos o fruto do Reinado de Cristo sobre os homens: Ele é o Rei, cujo império trará União e paz para a humanidade (Oração, Secreta e Communio).


Páginas 1357 a 1360 do Missal Quotidiano. 


Missa Rezada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Santa Terezinha.


[Re]leia a Nota sobre as Eleições, clicando aqui.


Liturgia Diária- 27/10/2018

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa Própria do XXII Domingo depois de Pentecostes

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Formação de Fiéis às 18 horas na Sede da Irmandade do Carmo. Mais informações, clique aqui.


Liturgia Diária- 26/10/2018

SANTO EVARISTO, Papa e Mártir

Comemoração- Missa “Si diligis me”

Santo Evaristo foi um dos primeiros papas, sucessor de São Clemente. Governou a Igreja desde o ano de 97 até cerca de 107. Foi sepultado no Vaticano. 


Páginas 813 a 816, 705 e 707, 1349 e 1351 do Missal Quotidiano (D. Gaspar, 1963). 


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes. 


Liturgia Diária- 25/10/2018

SÃO CRISANTO E SANTA DARIA, Mártires

Comemoração- Missa “Intret”, com alguns próprios e 2ªs orações da Féria

S. Crisanto e S. Daria, cujo túmulo se venera em Roma na via Salária, foram martirizados provavelmente no princípio do século IV, sob o imperador Diocleciano. Na Idade Média, as suas relíquias eram veneradas na igreja de São Silvestre “in Capite”, que hoje já não existe.


Liturgia Diária- 24/10/2018

SÃO RAFAEL, Arcanjo

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Rafael, cujo nome significa: Medicina de Deus, acompanhou o jovem Tobias (Oração) e curou seu pai (Leitura). A êle se atribui a movimentação da água na piscina em Jerusalém (Evangelho).


Nota sobre as Eleições

A pedido do Diretor-Geral, compartilhamos Nota emitida por S. Excia. Revma. Dom Fernando Guimarães, Arcebispo Militar do Brasil, unido à Tradição no Brasil, por ocasião das eleições deste domingo (27). 


Fonte: https://arquidiocesemilitar.org.br/nota-do-arcebispo-militar-aos-diocesanos-do-ordinariado-militar-do-brasil.html

Liturgia Diária- 23/10/2018

SANTO ANTÔNIO MARIA CLARET, Bispo e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Sacerdotes tui” com Coleta própria

Antônio Maria Claret nasceu em Sallent, perto de Barcelona, aos 23 de dezembro de 1807. Seguindo o desejo de seu pai, trabalhou primeiro como operário têxtil; mas o Senhor escolheu-o para a vida mais alta. Ordenou-se em 1835 e julgou-se chamado ao apostolado entre os infiéis; deixando, pois o ministério paroquial, foi a Roma em 1840 para solicitar esse destino da Congregação da Propaganda. Mas Deus queria-o noutro lugar. Enviaram-no de volta à pátria para aí exercer o apostolado da pregação. Nesta missão percorreu em todos os sentidos a Catalunha e as Canárias, tocando e convertendo as almas com o seu zelo ardente, veemente palavra e profunda piedade. Ao mesmo tempo escrevia numerosos livros de edificação. Em 1849, com cinco outro padres, fundou no seminário de Vich a Congregação missionária dos Filhos do Coração Imaculado de Maria (Claretianos), que havia de ter um futuro bem fecundo. Pela mesma ocasião o Papa nomeou-o arcebispo de Santiago de Cuba. Aqui, no meio das pesadas tarefas pastorais, a que se entregou inteiramente, fundou o Instituto das Irmãs educadoras de Maria Imaculada. Em 1857 voltou à Espanha para ser o conselheiro e confessor da rainha Isabel II; seguiu-a no exílio em 1868, e morreu na França, no mosteiro cisterciense de Fontfroide, em 24 de outubro de 1870. Entretanto tinha participado ativamente no concílio do Vaticano, defendendo com intrepidez a infalibilidade pontifícia. Durante toda a sua vida mostrou uma grande piedade para com o Ssmo. Sacramento, o Coração Imaculado de Maria e o Santo Rosário, trabalhando sem cessar para propagar esta tríplice devoção. Foi beatificado em 1934 por Pio XI e canonizado em 7 de maio de 1950, por Pio XII. 


Formação de Fiéis- 27/10

Comunicamos que, no dia 27, próximo sábado, será realizada mais uma Formação de Fiéis.
Tema: A formação da Cristandade.
Local: Rua Rio Preto, 589, Bairro Vigilato Pereira (Sede da Irmandade).
Data e Horário: 27/10, às 18 horas.
Palestrante: Prof. Fernando Freitas.
Evento gratuito e aberto ao público.

Liturgia Diária- 22/10/2018

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa Própria do XXII Domingo depois de Pentecostes

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Liturgia Diária- XXII Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria com Comemoração de Santo Hilarião, Abade

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Páginas 704 a 707 do Missal Quotidiano. 


Missa Rezada às 09:30 horas na Matriz da Paróquia Bom Jesus e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana. 


Liturgia Diária- 20/10/2018

SÃO JOÃO CÂNCIO, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Nasceu na Polônia. Como Sacerdote e Professor, exerceu a caridade para com os pobres.


Liturgia Diária- 19/10/2018

SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA, Confessor

Padroeiro Principal do Brasil

Festa de 1ª Classe [no Brasil]- Missa “Justus” com Coleta e Epístola próprias

Natural da Espanha, entrou na Ordem de S. Francisco, que reformou por seu zelo e uma vida exemplar de penitência e oração. Auxiliou Santa Teresa na reforma do Carmelo.


Páginas 1344, 930 e 864 a 867 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre). 


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes, com Comemoração de São Lucas e Santa Margarida.


Liturgia Diária- 18/10/2018

SÃO LUCAS, Evangelista

Festa de 2ª Classe- Missa Própria

Médico em Antioquia, foi convertido por S. Paulo e acompanhou-o sempre em suas viagens (Leitura). E’ autor do III. Evangelho, no qual escreveu o que ouvira de S. Paulo. Além do Evangelho, escreveu os Atos dos Apóstolos. Pregou em Acaia e ali foi martirizado.


Páginas 1341 a 1344 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 17/10/2018

SANTA MARGARIDA MARIA ALACOQUE, Virgem

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Religiosa da Visitação em Paray-le-Monial, entregou-se à contemplação e ao amor da Paixão de Nosso Senhor (Communio). D’Ele mesmo recebeu a ordem de trabalhar na difusão do culto ao seu Sagrado Coração (Oração e Epístola). As muitas dificuldades não conseguiram diminuir o seu fervor (Gradual). Foi canonizada em 1920.


[Fotos] I Encontro Summorum Pontificum de Uberlândia e Região

Compartilhamos algumas fotos da 1ª edição do Encontro Summorum Pontificum de Uberlândia e Região, realizado entre os dias 12 e 14 deste mês na Casa de Retiros Nossa Senhora das Graças.