Liturgia Diária- 06/11/2020

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa Própria

DIA DE ABSTINÊNCIA

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Páginas 704 a 707 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 03/11/2020

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa Própria

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Páginas 704 a 707 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- XXII Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Páginas 704 a 707 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana.


Liturgia Diária- 27/10/2018

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa Própria do XXII Domingo depois de Pentecostes

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Formação de Fiéis às 18 horas na Sede da Irmandade do Carmo. Mais informações, clique aqui.


Liturgia Diária- 22/10/2018

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa Própria do XXII Domingo depois de Pentecostes

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Liturgia Diária- XXII Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria com Comemoração de Santo Hilarião, Abade

Irrepreensíveis, deve encontrar-nos o Cristo no dia do juízo. O espírito de humildade e penitência (Introito, Ofertório e Communio) é, portanto, muito necessário neste tempo, assim como uma consciência nítida de nossos deveres. Quais são esses deveres, vemos na Epístola, pelo próprio exemplo que nos dá o Apóstolo S. Paulo; vemos ainda no Gradual, que é um louvor da caridade fraterna. Finalmente, no Evangelho, Jesus Cristo nos ensina as nossas obrigações para com a autoridade civil, e antes de tudo, o dever que temos de entregar, sem reserva, a nossa alma a Deus.


Páginas 704 a 707 do Missal Quotidiano. 


Missa Rezada às 09:30 horas na Matriz da Paróquia Bom Jesus e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana. 


Liturgia Diária- 07/11/2017

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa comum do Domingo


LEITURAS

Epístola (Fil 1, 6-11) 

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Filipenses.

Irmãos: Estou persuadido de que aquele que iniciou em vós esta obra excelente lhe dará o acabamento até o dia de
Jesus Cristo. É justo que eu tenha bom conceito de todos vós, porque vos trago no coração, por terdes tomado parte na graça que me foi dada, tanto na minha prisão como na defesa e na confirmação do Evangelho. Deus me é testemunha da ternura que vos consagro a todos, pelo entranhado amor de Jesus Cristo! Peço, na minha oração, que a vossa caridade se enriqueça cada vez mais de compreensão e critério, com que possais discernir o que é mais perfeito e vos torneis puros e irrepreensíveis para o dia de Cristo, cheios de frutos da justiça, que provêm de Jesus Cristo, para a glória e louvor de Deus.

Evangelho (Mt 22, 15-21)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus

Naquele tempo: Reuniram-se então os fariseus para deliberar entre si sobre a maneira de surpreender Jesus nas suas próprias palavras. Enviaram seus discípulos com os herodianos, que lhe disseram: Mestre! Sabemos que és verdadeiro e ensinas o caminho de Deus em toda a verdade, sem te preocupares com ninguém, porque não olhas para a aparência dos homens. Dize-nos, pois, o que te parece: É permitido ou não pagar o imposto a César? Jesus, percebendo a sua malícia, respondeu: Por que me tentais, hipócritas? Mostrai-me a moeda com que se paga o imposto! Apresentaram-lhe um denário. Perguntou Jesus: De quem é esta imagem e esta inscrição? De César, responderam-lhe. Disse-lhes então Jesus: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.

Liturgia Diária- 06/11/2017

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa comum do Domingo


LEITURAS

Epístola (Fil 1, 6-11) 

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Filipenses.

Irmãos: Estou persuadido de que aquele que iniciou em vós esta obra excelente lhe dará o acabamento até o dia de
Jesus Cristo. É justo que eu tenha bom conceito de todos vós, porque vos trago no coração, por terdes tomado parte na graça que me foi dada, tanto na minha prisão como na defesa e na confirmação do Evangelho. Deus me é testemunha da ternura que vos consagro a todos, pelo entranhado amor de Jesus Cristo! Peço, na minha oração, que a vossa caridade se enriqueça cada vez mais de compreensão e critério, com que possais discernir o que é mais perfeito e vos torneis puros e irrepreensíveis para o dia de Cristo, cheios de frutos da justiça, que provêm de Jesus Cristo, para a glória e louvor de Deus.

Evangelho (Mt 22, 15-21)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus

Naquele tempo: Reuniram-se então os fariseus para deliberar entre si sobre a maneira de surpreender Jesus nas suas próprias palavras. Enviaram seus discípulos com os herodianos, que lhe disseram: Mestre! Sabemos que és verdadeiro e ensinas o caminho de Deus em toda a verdade, sem te preocupares com ninguém, porque não olhas para a aparência dos homens. Dize-nos, pois, o que te parece: É permitido ou não pagar o imposto a César? Jesus, percebendo a sua malícia, respondeu: Por que me tentais, hipócritas? Mostrai-me a moeda com que se paga o imposto! Apresentaram-lhe um denário. Perguntou Jesus: De quem é esta imagem e esta inscrição? De César, responderam-lhe. Disse-lhes então Jesus: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.

 

Liturgia Diária- XXII Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própriacesar

 Lembremo-nos, hoje, que temos de dar a César o que é de César, ou seja, observar a lei de Justiça e dar a Deus o que é de Deus, ou seja, a alma feita à imagem de seu Criador deve render-Lhe o homenagem de adoração e obediência.

    Neste domingo, um dos últimos do ano eclesiástico, a Igreja está cheia de pensamento “do dia de Cristo” (Epístola), ou da aproximação do fim do mundo. “Se o Senhor considera nossas iniquidades, quem vai estar diante dele?” (Intróito). Portanto, a liturgia nos fala da misericórdia divina (Intróito, Secreta). Mas, para obtê-la devemos estar cheios de misericórdia de nós mesmos. “É bom e agradável de fato para os irmãos estarem unidos” (Gradual). Na hora do perigo, vamos usar as orações da Igreja que têm um caráter eminentemente social e fraterna, e que são ouvidas por Deus, o autor de toda a caridade (Coleta) como o Rei Assuero ouviu as orações de rainha Ester (Ofertório).

    Lembrando-se nestes dias em que o amor de Deus e do nosso vizinho dá à mente uma maior compreensão das coisas divinas, “vamos então aumentar a nossa caridade mais e mais na luz e na inteligência” para que possamos resistir aos mais terríveis assaltos do inimigo .

    O Evangelho nos recorda uma cena que teve lugar em um dos últimos dias da vida de Jesus quando Ele confundiu, por uma resposta cheia de sabedoria do alto, Seus inimigos, que mais do que nunca foram cercando sua ruína. Os judeus, sujeitos aos Romanos, tinham de pagar tributo a César, uma obrigação ainda mais odiosa para eles que ia contra o espírito de dominação universal prometido a Israel como eles imaginavam. O que o Mestre respondeu à questão dos fariseus? Ele iria excitar o povo judeu contra Ele se lhes dissesse para prestar homenagem a César, ou o faria às autoridades romanas e os herodianos, se Ele lhes disse para não pagar o tributo. Os inimigos de Jesus já pensavam que tinham motivo suficiente para tê-lo preso.

    O Salvador engenhosamente evita a armadilha. “De quem é a imagem e a inscrição nisto?” “César”, eles respondem. A lei exigia que, para pagar o tributo que deve primeiro mudar a moeda nacional para a moeda com a efígie do imperador romano. Jesus convence-los de ter-se respondido à pergunta por essa própria mudança. Se você tiver adquirido moedas com a efígie de César, você deve ter tido a intenção de pagar o tributo. “Dai, pois, a César o que é de César”. E o Mestre termina Sua lição dizendo “e dai a Deus, as coisas que são de Deus” para a alma humana, feita à imagem do seu Criador, deve-lhe o tributo de sua adoração e obediência.


Missa Rezada às 9:30 horas, na Capela São Judas Tadeu; e Cantada às 15:30 horas, na Catedral Diocesana.


LEITURAS

Epístola (Fil 1, 6-11) 

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Filipenses.

Irmãos: Estou persuadido de que aquele que iniciou em vós esta obra excelente lhe dará o acabamento até o dia de
Jesus Cristo. É justo que eu tenha bom conceito de todos vós, porque vos trago no coração, por terdes tomado parte na graça que me foi dada, tanto na minha prisão como na defesa e na confirmação do Evangelho. Deus me é testemunha da ternura que vos consagro a todos, pelo entranhado amor de Jesus Cristo! Peço, na minha oração, que a vossa caridade se enriqueça cada vez mais de compreensão e critério, com que possais discernir o que é mais perfeito e vos torneis puros e irrepreensíveis para o dia de Cristo, cheios de frutos da justiça, que provêm de Jesus Cristo, para a glória e louvor de Deus.

Evangelho (Mt 22, 15-21)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus

Naquele tempo: Reuniram-se então os fariseus para deliberar entre si sobre a maneira de surpreender Jesus nas suas próprias palavras. Enviaram seus discípulos com os herodianos, que lhe disseram: Mestre! Sabemos que és verdadeiro e ensinas o caminho de Deus em toda a verdade, sem te preocupares com ninguém, porque não olhas para a aparência dos homens. Dize-nos, pois, o que te parece: É permitido ou não pagar o imposto a César? Jesus, percebendo a sua malícia, respondeu: Por que me tentais, hipócritas? Mostrai-me a moeda com que se paga o imposto! Apresentaram-lhe um denário. Perguntou Jesus: De quem é esta imagem e esta inscrição? De César, responderam-lhe. Disse-lhes então Jesus: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.