Liturgia Diária- 19/11/2020

S. ISABEL, Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com Coleta própria e comemoração de S. Ponciano, Papa e Mártir

Esposa do landgrave da Turíngia, foi expulsa de sua residência depois da morte prematura de seu marido. Com grande paciência desprendeu-se de tudo e serviu a Deus, praticando a caridade, aceitando a pobreza e a humilhação. Morreu com a idade de 24 anos.


Páginas 1382, 1383 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 19/11/2019

S. ISABEL, Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com Coleta própria e comemoração de S. Ponciano, Papa e Mártir

Esposa do landgrave da Turíngia, foi expulsa de sua residência depois da morte prematura de seu marido. Com grande paciência desprendeu-se de tudo e serviu a Deus, praticando a caridade, aceitando a pobreza e a humilhação. Morreu com a idade de 24 anos.


Páginas 1382, 1383 e 891 a 895 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 19/11/2018

SANTA ISABEL DA HUNGRIA, Viúva

Festa de 3ª Classe- Missa “Cognovi”, com Coleta própria

Esposa do “landgrave” da Turíngia, foi expulsa de sua residência depois da morte prematura de seu marido. Com grande paciência desprendeu-se de tudo e serviu a Deus, praticando a caridade, aceitando a pobreza e a humilhação. Morreu com a idade de 24 anos.


SÃO PONCIANO, Papa e Mártir

Comemoração – Missa “Si diligis me”

Papa de 230 a 235, Ponciano teve de sofrer a dura perseguição de Alexandre Severo, que visava sobretudo os chefes das igrejas. Preso e exilado para as minas da Sardenha, veio a morrer dos maus tratos que lhe infligiram. 


Santo do dia – 19/11 – Santa Isabel da Hungria

Nascimento: 1207 (Pressburgo, Hungria)
Falecimento: 1231 (Marburgo, Hungria) (24 anos)11-19SantaElisabethHungria_03

⇒ Vida breve, mas intensa. Noiva aos 4 anos, esposa aos 14, mãe aos 15 e viúva aos 20 anos.
⇒ Teve três filhos, Hermano, Sofia e Gertrudes, em seis anos de vida conjugal.
⇒ A expulsaram da corte pelo tio do seu falecido esposo por suportar mal sua generosidade para com os pobres.
⇒ Abrigou-se num curral de porcos com os filhos, até ser socorrida como pobre pelos franciscanos de Eisenach.
⇒ Entrou para a Ordem Terceira de São Francisco.
⇒ Fundou um convento de franciscanas em 1229 e pôs-se a servir os doentes e enfermos até morrer, em 1231.
⇒ Quatro anos depois da sua morte, o papa Gregório IX inscreveu-a oficialmente no livro de ouro dos santos.

Fonte: paulinas.org.br e santo.cancaonova.com/

Liturgia – 19/11/2014 – Latim/Português

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Matthaeum.
R. Gloria tibi, Domine!
Matth 13:44-52
In illo témpore: Dixit Iesus discípulis suis parábolam hanc: Símile est regnum coelórum thesáuro abscóndito in agro: quem qui invénit homo, abscóndit, et præ gáudio illíus vadit, et vendit univérsa, quæ habet, et emit agrum illum. Iterum símile est regnum coelórum homini negotiatóri, quærénti bonas margarítas. Invénta autem una pretiósa margaríta, ábiit, et véndidit ómnia, quæ hábuit, et emit eam.Iterum símile est regnum coelórum sagénæ, missæ in mare et ex omni génere píscium cóngreganti. Quam, cum impléta esset educéntes, et secus litus sedéntes, elegérunt bonos in vasa, malos autem foras misérunt. Sic erit in consummatióne saeculi: exíbunt Angeli, et separábunt malos de médio iustórum, et mittent eos in camínum ignis: ibi erit fletus et stridor déntium. Intellexístis hæc ómnia? Dicunt ei: Etiam. Ait illis: Ideo omnis scriba doctus in regno coelórum símilis est hómini patrifamílias, qui profert de thesáuro suo nova et vétera.
R. Laus tibi, Christe!

Sequência Santo Evangelho segundo Mateus.
R. Glória a Vós Senhor!
Matth 13:44-52
Naquele tempo: disse Jesus aos seus discípulos esta parábola: O Reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo. O Reino dos céus é ainda semelhante a um negociante que procura pérolas preciosas. Encontrando uma de grande valor, vai, vende tudo o que possui e a compra. O Reino dos céus é semelhante ainda a uma rede que, jogada ao mar, recolhe peixes de toda espécie. Quando está repleta, os pescadores puxam-na para a praia, sentam-se e separam nos cestos o que é bom e jogam fora o que não presta. Assim será no fim do mundo: os anjos virão separar os maus do meio dos justos e os arrojarão na fornalha, onde haverá choro e ranger de dentes. Compreendestes tudo isto? Sim, Senhor, responderam eles.Por isso, todo escriba instruído nas coisas do Reino dos céus é comparado a um pai de família que tira de seu tesouro coisas novas e velhas.
R. Louvor a vós ó Cristo!

Tradução: Bíblia Ave Maria