Liturgia Diária- 31/07/2020

S. INÁCIO DE LOIOLA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa própria

Nasceu na Espanha em 1491. Como oficial do exército, foi gravemente ferido no cerco de Pamplona. Boas leituras, durante a sua doença, o levaram a deixar o mundo e a servir somente na milícia do Senhor. Em Paris, alguns varões, animados dos mesmos ideais, fundaram com ele a Companhia de Jesus. Em obediência ao Superior, estes “soldados do Cristo” queriam propagar e defender a religião católica e trabalhar na restauração da vida religiosa. Inácio, o primeiro “General ” morreu em Roma. Pio XI o declarou Padroeiro dos exercícios espirituais.


Páginas 1201 a 1203 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 15/07/2020

BEM-AVENTURADOS INÁCIO DE AZEVEDO E COMPANHEIROS, Mártires

Festa de 3ª Classe- PRÓPRIO DO BRASIL – Missa “Intret” com orações próprias e comemoração de S. Henrique, Imperador e Confessor

Inácio nasceu era 1527 no Porto e entrou na Companhia de Jesus, em 1548. No generalato de S. Francisco de Bórgia ele foi nomeado visitador das missões nas índias e no Brasil. Designado finalmente como Superior das missões no Brasil, embarcou com 39 companheiros. Durante a viagem seguiram a vida regular, fazendo do navio um convento. Aproximando-se das ilhas Canárias foram surpreendidos por corsários calvinistas que, por ódio à religião católica, massacraram todos os missionários, em 15 de julho de 1570. Pio IX (em 1854), confirmou o culto público e solene prestado a estes Mártires.


Páginas [30] a [31] (fim do Missal), 1169, 830 a 833 do Missal Quotidiano. 


Liturgia Diária- 03/12/2019

S. FRANCISCO XAVIER, Confessor

Festa de 3ª Classe- PADROEIRO PRINCIPAL DAS MISSÕES – Missa própria, com comemoração do domingo

Nasceu em 1506. Aos 19 anos, encontrou-se com S. Inácio de Loiola e tornou-se o maior missionário da Companhia de Jesus nas índias e no lapão. Sua única paixão era a de salvar as almas. Pio X o declarou padroeiro das Missões. Seu corpo está sepultado em Goa e seu braço direito, na igreja Al Gesú em Roma.


Páginas 907 a 909 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 31/07/2019

S. INÁCIO DE LOIOLA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa própria

Nasceu na Espanha em 1491. Como oficial do exército, foi gravemente ferido no cerco de Pamplona. Boas leituras, durante a sua doença, o levaram a deixar o mundo e a servir somente na milícia do Senhor. Em Paris, alguns varões, animados dos mesmos ideais, fundaram com ele a Companhia de Jesus. Em obediência ao Superior, estes “soldados do Cristo” queriam propagar e defender a religião católica e trabalhar na restauração da vida religiosa. Inácio, o primeiro “General ” morreu em Roma. Pio XI o declarou Padroeiro dos exercícios espirituais.


Páginas 1201 a 1203 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 15/07/2019

BEM-AVENTURADOS INÁCIO DE AZEVEDO E COMPANHEIROS, Mártires

Festa de 3ª Classe- PRÓPRIO DO BRASIL – Missa “Intret” com orações próprias e comemoração de S. Henrique, Imperador e Confessor

Inácio nasceu era 1527 no Porto e entrou na Companhia de Jesus, em 1548. No generalato de S. Francisco de Bórgia ele foi nomeado visitador das missões nas índias e no Brasil. Designado finalmente como Superior das missões no Brasil, embarcou com 39 companheiros. Durante a viagem seguiram a vida regular, fazendo do navio um convento. Aproximando-se das ilhas Canárias foram surpreendidos por corsários calvinistas que, por ódio à religião católica, massacraram todos os missionários, em 15 de julho de 1570. Pio IX (em 1854), confirmou o culto público e solene prestado a estes Mártires.


Páginas [30] a [31] (fim do Missal), 1169, 830 a 833 do Missal Quotidiano. 


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes. 


Liturgia Diária- 21/06/2019

S. LUÍS GONZAGA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa própria

Nasceu em Castiglione, perto de Mântua, em 1568. Amante apaixonado da pureza e da oração, abdicou o seu condado e entrou na Companhia de Jesus. Morreu de peste, vítima de seu zelo e caridade.


Páginas 1116 a 1119 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Hoje NÃO HAVERÁ Missa.


Liturgia Diária- 03/12/2018

SÃO FRANCISCO XAVIER, Confessor

Padroeiro das Missões – Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Nasceu em 1506. Aos 19 anos, encontrou-se com S. Inácio de Loiola e tornou-se o maior missionário da Companhia de Jesus nas índias e no lapão. Sua única paixão era a de salvar as almas. Pio X o declarou padroeiro das Missões. Seu corpo está sepultado em Goa e seu braço direito, na igreja Al Gesú em Roma.


Páginas 1306 a 1310 do Missal Quotidiano. 


Missa às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes. 


Liturgia Diária- 10/10/2018

SÃO FRANCISCO DE BÓRGIA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Os justi” (1ª do Comum dos abades) com orações próprias

Pertencendo à alta nobreza da Espanha, converteu-se, impressionado ao ver o cadáver da jovem Rainha Isabel. Depois da morte de sua esposa, fez-se jesuíta e foi o terceiro Geral. Distinguiu-se pela prática de austeras penitências, assim como por sua humildade e devoção ao Santíssimo. Sacramento.


Liturgia Diária- 31/07/2018

SANTO INÁCIO DE LOIOLA, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Santo Inácio nasceu em Loiola, Espanha, na região basca, em 1491. Temperamento ardente e belicoso, seguiu a carreira das armas; mas foi ferido em Pamplona, o que veio dar ocasião a uma prolongada convalescença, durante a qual a graça divina deu à sua vida um novo rumo. Privado dos livros de cavalaria, descobriu na vida de Cristo e dos santos horizontes novos, compreendendo que também a Igreja devia ter a sua milícia. Partiu para a abadia beneditina de Monserrate, depôs a espada aos pés da Virgem, disposto a só servir a Cristo. Alguns anos mais tarde, a 13 de agosto de 1534, Santo Inácio e os seus seis primeiros companheiros emitiram os votos de religião em Paris, na capela de S. Dinis em Montmarte; foi assim que nasceu a Companhia de Jesus, que havia de ser para a Igreja um poderoso auxiliar na luta contra as heresias e na expansão da fé até aos confins do mundo: aos três votos de religião, pobreza, castidade e obediência, os jesuítas acrescentam um quarto voto, pelo qual se comprometem a partir para onde quer que o papa os envie para salvação das almas. Santo Inácio morreu em Roma, em 31 de julho de 1556. Pio XI proclamou-o patrono de todos aqueles que seguem os exercícios espirituais. 

Santo do dia – 03/12 – São Francisco Xavier

Nascimento: 1506 (Xavier, Espanha)
Falecimento: 1552 (Sanchoão, China) (46 anos)SaoFranciscoXavier_02_Dez-03

⇒ Considerado o maior dos missionários jesuítas.
⇒ Era filho de uma família nobre. Com dezoito anos foi estudar na Universidade de Paris.
⇒ Francisco formou-se em filosofia e lecionava na mesma universidade, onde conheceu um aluno bem mais velho. Tratava-se do futuro santo Inácio de Loyola, fundador dos jesuítas.
⇒ Loyola sonhava formar uma companhia de apóstolos para a defesa e propagação do cristianismo no mundo e via em Xavier alguém capaz de ajudá-lo.
⇒ Depois de uma tarefa nada fácil Loyola, enfim, convenceu-o com uma frase: “De que vale a um homem ganhar o mundo inteiro se perder sua alma?” (Mc 8, 36).
⇒ Em 1536, com trinta e um anos, Francisco celebrou sua primeira missa e se tornou co-fundador da Companhia de Jesus. Passou, então, a cuidar dos doentes leprosos. Recolhia das ruas e tratava aqueles a quem ninguém tinha coragem de recolher.
⇒ Em 1542, D. João III, rei de Portugal, pediu a Inácio de Loyola para organizar um grupo de sacerdotes que acompanhassem as expedições ao Oriente e depois evangelizassem as Índias. Francisco com imensa satisfação recebeu este destino, não levando senão o crucifixo, o breviário e um bastão.
⇒ Francisco empreendeu grandes viagens, no intuito de propagar o reino de Deus na terra. Ia de aldeia em aldeia, evangelizava os nativos, batizava as crianças e os adultos. Reunia as aldeias em grupos, fundava comunidades eclesiais e deixava outro sacerdote para tocar a obra, enquanto investia em novas frentes apostólicas noutra região. Sem ter aprendido o idioma hindu, pregava a doutrina cristã e todos o compreendiam perfeitamente. Por causa dos numerosos e estupendos milagres que realizava quase diariamente milhares de pessoas vinham para conhecer o homem extraordinário, e ouvir-lhe a doutrina. Acabou saindo das Índias para pregar no Japão, além de ter feito algumas incursões clandestinas na China.SaoFranciscoXavier_01_Dez-03
⇒ Na ilha de Sanchoão, adoeceu e uma febre persistente o debilitou. São Francisco Xavier morre a 3 de dezembro de 1552, numa humilde esteira de vimes, abraçado ao crucifixo que o velho amigo Inácio de Loyola, um dia, lhe tinha oferecido. Suas últimas palavras foram: “Em vós pus minha esperança, Senhor, não serei confundido”.
⇒ Foi beatificado pelo Papa Paulo V a 25 de outubro de 1619 e canonizado pelo Papa Gregório XV, a 12 de março de 1622, em simultâneo com Inácio de Loyola. É o santo patrono dos missionários.

Fonte: paulinas.org.br, pt.wikipedia.org