Revista Benedicta – Baixe já a 1ª edição

Salve Maria Santíssima!

Hoje é 16 de julho, dia de Nossa Senhora do Carmo, padroeira da Irmandade do Carmo e, finalmente, o dia de estreia da Revista Benedicta.

A Revista Benedicta é o periódico eletrônico mensal de divulgação católica da Irmandade do Carmo e que tem a finalidade de contribuir para a formação espiritual, intelectual e moral de nossos membros internos e de todos que desejam fortalecimento no caminho da santidade e da conversão. Além disso, a comercialização da Benedicta serve ao propósito de construção de uma capela para a Santa Missa Tridentina na cidade de Uberlândia-MG.

E para que Benedicta seja cada palavra a ofício de Deus, nomeamos nossa revista em homenagem a Nossa Senhora Maria Santíssima, quem mais perfeitamente O serviu.

Conheça as disciplinas e as seções segundo as quais a Revista Benedicta se compõe (clique aqui).

Baixe GRATUITAMENTE o primeiro número da Revista Benedicta pelo site: https://revista-benedicta.mailchimpsites.com/

Os próximos números serão lançados sob PLANOS DE ASSINATURAS, vinculados à plataforma Hotmart. Em breve postaremos a descrição dos planos e um vídeo tutorial sobre como obter nossa Revista por meio dessa plataforma virtual.

Ajude-nos a propagar a Fé Católica através da Revista Benedicta, contribuindo com qualquer valor para que possamos dar continuidade às próximas edições, clicando aqui.

Para saber mais, acesse as mídias da Irmandade do Carmo ou envie email para revistabenedicta@gmail.com.

Desejamos uma proveitosa leitura a todos!

Que Nosso Senhor e Nossa Senhora do Carmo abençoem este novo projeto da Irmandade e a todos nós.

Liturgia Diária- Festa de Nossa Senhora do Carmo

PADROEIRA DE UBERLÂNDIA E DA IRMANDADE

A festa de hoje tem por fim agradecer a Nossa Senhora as extraordinárias graças que ela concedeu à Ordem do Carmelo e a todos os que, usando o escapulário, se confessam dedicados servos de Nossa Senhora. A festa foi prescrita para toda a Igreja em 1726 por Bento XIII.


Páginas 1168 a 1170 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Novena de Nossa Senhora do Carmo – 07 a 15/07

Começa amanhã (07) a Novena em preparação para a Festa de Nossa Senhora do Carmo, padroeira de Uberlândia e de nossa Irmandade.

Diariamente publicaremos o texto da Novena.

Para acessar o folheto com as orações de cada dia, clique aqui.

DIAS DA NOVENA

Liturgia Mensal – Julho/2020

01º/07

FESTA DO PRECIOSÍSSIMO SANGUE DE NOSSO SENHOR

Festa de 1ª Classe- Missa própria

Juntamente com o Corpo de Nosso Senhor, adoramos na santa Missa o seu preciosíssimo Sangue. Se a Igreja celebra ainda uma festa especial em honra do preciosíssimo Sangue, é porque quer pôr diante dos nossos olhos as graças que o Salvador nos comunicou, derramando-o em nosso favor (Epístola). Pelo Sangue que correu do seu lado, perdoou Deus ao mundo (Introito e Oração). A água e o Sangue nos comunicam a salvação e os frutos da Redenção pelos Sacramentos do Batismo e da Eucaristia. No santo Sacrifício corre este mesmo Sangue em nossos altares (Ofertório), e dele participamos, enquanto esperamos a sua vinda, para nossa salvação (Communio).


Páginas 1145 a 1148 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Ap 5, 9-10 | Sl 88, 2)

Redemísti nos,Dómine, in sánguine tuo, ex omni tribu et lingua et pópulo et natióne: et fecísti nos Deo nostro regnum. Ps. Misericórdias Dómini in ætérnum cantábo: in generatiónem et generatiónem annuntiábo veritátem tuam in ore meo. ℣. Glória Patri… Com o vosso Sangue, Senhor, Vós nos resgatastes de todas as tribos e línguas, de todos os povos e nações, e fizestes de nós um Reino para o nosso Deus. Sl. Cantarei eternamente as misericórdias do Senhor; de geração em geração anunciarei por minha boca a vossa fidelidade. ℣. Glória ao Pai…

Coleta

Omnípotens sempitérne Deus, qui unigénitum Fílium tuum mundi Redemptórem constituísti, ac eius Sánguine placári voluísti: concéde, quǽsumus, salútis nostræ prétium sollémni cultu ita venerári, atque a præséntis vitæ malis eius virtúte deféndi in terris; ut fructu perpétuo lætémur in coelis. Per eundem D.N. Ó Deus, onipotente e eterno, que constituístes vosso Filho Unigênito, Redentor do mundo, e quisestes ser aplacado por seu Sangue, concedei veneremos com um culto solene o preço de nossa salvação, e por sua força achemos neste mundo uma defesa contra os males na terra, de sorte a merecermos gozar eternamente de seus frutos no céu. Pelo mesmo J. C.

Epístola (Heb 9, 11-15)

Léctio Epístolæ beáti Pauli Apóstoli ad Hebræos.

Fratres: Christus assístens Póntifex futurórum bonórum, per ámplius et perféctius tabernáculum non manufáctum, id est, non huius creatiónis: neque per sánguinem hircórum aut vitulórum, sed per próprium sánguinem introívit semel in Sancta, ætérna redemptióne invénta. Si enim sanguis hircórum et taurórum et cinis vítulæ aspérsus inquinátos sanctíficat ad emundatiónem carnis: quanto magis sanguis Christi, qui per Spíritum Sanctum semetípsum óbtulit immaculátum Deo, emundábit consciéntiam nostram ab opéribus mórtuis, ad serviéndum Deo vivénti’? Et ídeo novi Testaménti mediátor est: ut, morte intercedénte, in redemptiónem earum prævaricatiónum, quæ erant sub prióri Testaménto, repromissiónem accípiant, qui vocáti sunt ætérnæ hereditátis, in Christo Iesu, Dómino nostro.

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Hebreus.

Irmãos: Cristo se manifestou como Pontífice dos bens futuros. Por um mais vasto e mais perfeito tabernáculo, não feito por mão de homem, isto é, não deste mundo, sem recorrer ao sangue de cabritos e novilhos, mas por seu próprio Sangue, entrou uma vez no santuário, tendo adquirido uma redenção eterna. Com efeito, se o sangue dos cabritos e touros e a cinza da novilha, aspergida sobre os manchados, os santificava para a purificação da carne, quanto mais o Sangue do Cristo, que pelo Espírito Santo a Si mesmo se ofereceu imaculado a Deus, purificará nossa consciência das obras mortas, fazendo-nos capazes de servir ao Deus vivo. E por esse motivo, Ele é o Mediador do Novo Testamento a fim de que por sua morte, que sofreu para o perdão das prevaricações que havia sob o primeiro Testamento, os que foram chamados à herança eterna recebam a promessa, no Cristo Jesus, Senhor nosso.

Gradual (I Jo 5, 6 e 7-8 | ib., 9)

Hic est, qui venit per aquam et sánguinem, Iesus Christus: non in aqua solum, sed in aqua et sánguine. ℣. Tres sunt, qui testimónium dant in coelo: Pater, Verbum et Spíritus Sanctus; et hi tres unum sunt. Et tres sunt, qui testimónium dant in terra: Spíritus, aqua et sanguis: et hi tres unum sunt..

Allelúia, allelúia. ℣. Si testimónium hóminum accípimus, testimónium Dei maius est. Allelúia.

Ele é o que veio pela água e pelo sangue, Jesus Cristo; não só pela água, senão pela água e pelo sangue. ℣. Três são os que testemunham no céu: o Pai, o Verbo e o Espírito Santo. E estes três são um só. E três são os que testemunham na terra: o espírito, a água e o sangue; e estes três são um só [testemunho]..

Aleluia, aleluia. ℣. Se aceitamos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior. Aleluia.

Evangelho (Jo 19, 30-35)

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Joánnem.

In illo témpore: Cum accepísset Iesus acétum, dixit: Consummátum est. Et inclináto cápite trádidit spíritum. Iudæi ergo – quóniam Parascéve erat -, ut non remanérent in cruce córpora sábbato – erat enim magnus dies ille sábbati -, rogavérunt Pilátum, ut frangeréntur eórum crura et tolleréntur. Venérunt ergo mílites: et primi quidem fregérunt crura et altérius, qui crucifíxus est cum eo. Ad Iesum autem cum venissent, ut vidérunt eum iam mórtuum, non fregérunt eius crura, sed unus mílitum láncea latus eius apéruit, et contínuo exívit sanguis et aqua. Et qui vidit, testimónium perhíbuit; et verum est testimónium eius. — CREDO…

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, havendo Jesus provado o vinagre, disse: Tudo está consumado. E, inclinando a cabeça, expirou. Como era preparação da Páscoa, para que não ficassem na cruz os corpos em dia de sábado, (porque aquele dia de sábado era de grande solenidade), rogaram os judeus a Pilatos que se lhes quebrassem os ossos e os corpos fossem tirados. Vieram pois os soldados, e quebraram os ossos ao primeiro e ao outro que com ele fora crucificado. Tendo vindo depois a Jesus, como O viram já morto, não Lhe quebraram os ossos. Mas um dos soldados Lhe abriu o lado com uma lança e imediatamente saiu sangue e água. E aquele que o viu, deu testemunho, e o seu testemunho é verdadeiro. — CREIO…

Ofertório (I Cor 10, 16)

Calix benedictiónis, cui benedícimus, nonne communicátio sánguinis Christi est? et panis, quem frángimus, nonne participátio córporis Dómini est? O cálice da bênção que benzemos, não é porventura a Comunhão do Sangue do Cristo? E o pão que partimos, não é a participação do Corpo do Senhor?

Secreta

Per hæc divína mystéria, ad novi, quǽsumus, Testaménti mediatórem Iesum accedámus: et super altária tua, Dómine virtútum, aspersiónem sánguinis mélius loquéntem, quam Abel, innovémus. Per eundem D.N. Permiti, Senhor dos exércitos, que por estes divinos Mistérios nos aproximemos de Jesus, o Mediador da Nova Aliança, e sobre os vossos altares renovemos a efusão do seu Sangue que fala melhor que o de Abel. Pelo mesmo J. C.

Prefácio (da Santa Cruz)

℣. Dóminus vobíscum.
℞. Et cum spíritu tuo.
℣. Sursum corda.
℞. Habémus ad Dóminum.
℣. Grátias agámus Dómino Deo nostro.
℞. Dignum et iustum est.
.
Vere dignum et justum est, æquum et salutáre, nos tibi semper et ubíque grátias ágere: Dómine sancte, Pater omnípotens, ætérne Deus: Qui salútem humáni géneris in ligno Crucis constituísti: ut, unde mors oriebátur, inde vita resúrgeret: et, qui in ligno vincébat, in ligno quoque vincerétur: per Christum, Dóminum nostrum. Per quem majestátem tuam laudant Angeli, adórant Dominatiónes, tremunt Potestátes. Cœli cœlorúmque Virtútes ac beáta Séraphim sócia exsultatióne concélebrant. Cum quibus et nostras voces ut admítti júbeas, deprecámur, súpplici confessióne dicéntes: Sanctus, Sanctus, Sanctus…
℣. O Senhor seja convosco.
℞. E com o vosso espírito,
℣. Para o alto os corações.
℞. Já os temos para o Senhor,
℣. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
℞. É digno e justo.
.
Verdadeiramente é digno e justo, razoável e salutar, que sempre e em todo o lugar, Vos demos graças, ó Senhor santo, Pai onipotente, eterno Deus, que estabelecestes no madeiro da Cruz a salvação do gênero humano, para que renascesse a vida de onde se originara a morte, e o que no lenho vencera, no lenho fosse vencido por Jesus Cristo, Nosso Senhor. Por Ele louvam os Anjos a vossa Majestade, as Dominações a adoram, tremem as Potestades. Os Céus, as Virtudes dos Céus, e os bem-aventurados Serafins a celebram com recíproca alegria. As suas vozes, nós Vos rogamos, mandeis que se unam as nossas, quando, em humilde confissão, Vos dizemos: Santo, Santo, Santo…

Comunhão (Heb 9, 28)

Christus semel oblítus est ad multórum exhauriénda peccáta: secúndo sine peccáto apparébit exspectántibus se in salútem. O Cristo se ofereceu uma só vez [em sacrifício] para apagar os pecados de muitos; e a segunda vez aparecerá sem pecados para salvação daqueles que O esperavam.

Pós-comunhão

Ad sacram, Dómine, mensam admíssi, háusimus aquas in gáudio de fóntibus Salvatóris: sanguis eius fiat nobis, quǽsumus, fons aquæ in vitam ætérnam saliéntis: Qui tecum vivit et regnat. Admitidos à sagrada Mesa, Senhor, haurimos com alegria as águas das fontes do Salvador, e Vos rogamos que o seu Sangue se torne para nós fonte de água viva que jorre até a vida eterna. Ele que, sendo Deus, convosco vive e reina. 

Traduções e comentários extraídos do Missal Quotidiano de D. Beda (1962).

Liturgia Diária- Festa de Nossa Senhora do Carmo

PADROEIRA DE UBERLÂNDIA E DA IRMANDADE

A festa de hoje tem por fim agradecer a Nossa Senhora as extraordinárias graças que ela concedeu à Ordem do Carmelo e a todos os que, usando o escapulário, se confessam dedicados servos de Nossa Senhora. A festa foi prescrita para toda a Igreja em 1726 por Bento XIII.


Páginas 1168 a 1170 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Procissão com a imagem de Nossa Senhora do Carmo às 19 horas, partindo da Capela Nossa Senhora de Lourdes; e, após, Missa Cantada.


Novena de Nossa Senhora do Carmo

Publicamos o texto a ser utilizado na Novena em Louvor a Nossa Senhora do Carmo, que se iniciará no próximo dia 07, e será feita após as Santas Missas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.

Clique aqui, acesse, confira e baixe o arquivo.

Liturgia Diária- 30/07/2018

SANTOS ABDÃO E SÉNEN, Mártires

Comemoração- Missa própria com 2ªs orações da féria

abdon e senen

Abdão e Sénen são dois mártires orientais, provavelmente persas. O seu culto no cemitério de Ponciano, na estrada para o Porto de Óstia, dá a entender que foram martirizados em Roma. No século XI os seus corpos foram transladados para a igreja de São Marcos. 

Liturgia Diária- 28/07/2018

SÃO NAZÁRIO E SÃO CELSO, Mártires; SÃO VITOR I, Papa e Mártir; SANTO INOCÊNCIO I, Papa e Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Intret” com orações e epístola próprias

São Celso e São Nazário 2

07-28-santo-inocencio-i

Vitor I

A Igreja celebra hoje, numa mesma festa, santos que viveram em épocas e países diferentes: São NazárioSão Celso são dois mártires do século I; seus corpos foram reencontrados em Milão por Santo Ambrósio em 395. Uma cidade da França tem o nome de São Nazário (Saint-Nazaire). São Vitor I, papa de 189 a 199, era de origem africana; foi ele quem introduziu a data tradicionalmente adotada em toda a Igreja latina para a celebração da festa da Páscoa. São Inocêncio I (401-417), contemporâneo de Santo Agostinho e São Jerônimo, é um dos maiores papas da antiguidade cristã. “Guardai a fé de Inocêncio que ocupa a cadeira apostólica, dizia dele São Jerônimo; não aceiteis outra doutrina, por sábia e atraente que pareça.”. Foi um dos grandes defensores do primado da Santa Sé. 

PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sl 78, 11.12.10.1)

Suba até Vós, Senhor, o pranto dos cativos: que os nossos vizinhos sofram o sétuplo no seu seio: vingai o sangue derramado dos vossos santos. Sl. Ó Deus, os gentios entraram no que era vosso; poluíram o vosso santo templo; fizeram de Jerusalém um fruteiro. Glória ao Pai.

Coleta

Que o glorioso triunfo dos bem-aventurados Nazário, Celso, Vitor e Inocêncio nos fortaleça e alcance para a nossa fraqueza o auxílio de que necessitamos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Epístola (Sab 10, 17-20)

Leitura do livro da Sabedoria. 

Deu aos santos o galardão de seus trabalhos, conduziu-os por um caminho miraculoso; durante o dia serviu-lhes de proteção, e deu-lhes a luz dos astros, durante a noite. Fê-los atravessar o mar Vermelho, e deu-lhes passagem através da massa das águas, ao passo que engoliu seus inimigos, e depois os tirou das profundezas do abismo. Também os justos, depois de despojados os ímpios, celebraram, Senhor, vosso santo nome, e louvaram, unidos num só coração, vossa mão protetora, ó Senhor, nosso Deus. 

Gradual (Ex 15,11.6*)

Deus é glorioso nos seus santos, admirável na sua majestade, e realiza prodígios. A vossa mão, Senhor, é gloriosa na sua fortaleza: a vossa mão direita aniquilou os inimigos.

Aleluia (Eclo 44,14)

Aleluia, aleluia. Os corpos dos santos foram sepultados na paz, e o seu viverá de geração em geração. Aleluia.

Evangelho (Lc 21, 9-19)


As profecias de Jesus verificam-se na história dos mártires; sustentados pela graça, confundem os adversários e não receiam afrontar a morte.


Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo: Disse Jesus a seus discípulos: Quando ouvirdes falar de guerras e de tumultos, não vos assusteis; porque é necessário que isso aconteça primeiro, mas não virá logo o fim. Disse-lhes também: Levantar-se-ão nação contra nação e reino contra reino. Haverá grandes terremotos por várias partes, fomes e pestes, e aparecerão fenômenos espantosos no céu. Mas, antes de tudo isso, vos lançarão as mãos e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, levando-vos à presença dos reis e dos governadores, por causa de mim. Isto vos acontecerá para que vos sirva de testemunho. Gravai bem no vosso espírito de não preparar vossa defesa, porque eu vos darei uma palavra cheia de sabedoria, à qual não poderão resistir nem contradizer os vossos adversários. Sereis entregues até por vossos pais, vossos irmãos, vossos parentes e vossos amigos, e matarão muitos de vós. Sereis odiados por todos por causa do meu nome. Entretanto, não se perderá um só cabelo da vossa cabeça. É pela vossa constância que alcançareis a vossa salvação.

Ofertório (Sl 67,36*)

Deus é admirável nos seus santos. O próprio Deus de Israel dará ao seu povo valor e fortaleza: bendito seja Deus, aleluia.

Secreta

Fazei, ó Deus onipotente, que, oferecendo-Vos este sacrifício em memória dos vossos santos Nazário, Celso, Vitor e Inocêncio, Vos agrademos pela nossa oferta e nela encontremos a vida. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Comunhão (Sab 3, 4-6*)

Se tantos tormentos suportaram da parte dos homens, era Deus que os provava: e provou-os como ouro no cadinho, e aceitou-os como vítimas de holocausto. 

Pós-comunhão

Aplacado, Senhor, pela intercessão dos vossos santos Nazário, Celso, Vítor e Inocêncio, fazei com que encontremos neste sacrifício que celebramos, a graça da salvação eterna. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Liturgia Diária- Festa de Nossa Senhora do Carmo

Padroeira da Irmandade

Festa de 1ª Classe [para a Irmandade] – Missa Própria

A Ordem do Monte Carmelo, fundada no século XII por um sacerdote da Calábria, pretende e com razão, continuar uma tradição monástica, já então multissecular, na colina do Carmelo, recuando de bom grado a sua origem ao profeta Elias. 

Em 16 de julho de 1251, a Santíssima Virgem apareceu a São Simão Stock, geral da Ordem, e prometeu uma benção especial, não somente para seus religiosos, mas também para todos aqueles que trouxessem o hábito da sua Ordem. Numerosos privilégios especiais foram concedidos pelos papas aos que trazem o escapulário e fazem parte da confraria de Nossa Senhora do Carmo. Instituída pelos carmelitas em 1332, a festa de Nossa Senhora do Carmo foi estendida a toda a Igreja por Bento XIII, em 1726. 


Páginas 1168 a 1170 do Missal Quotidiano.


Missa Cantada às 18:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- 19/07/2017

SÃO VICENTE DE PAULO, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Justus”, com Evangelho próprio

saint-vincent-de-paul-11

O santo de hoje, São Vicente de Paulo, nasceu na Aquitânia (França) em 1581. No seu tempo a França era uma potência, porém convivia com as crianças abandonadas, prostitutas, pobreza e ruínas causadas pelas revoluções e guerras.

Grande sacerdote, gerado numa família pobre e religiosa, ele não ficou de braços cruzados mas se deixou mover pelo espírito de amor. Como padre, trabalhou numa paróquia onde conviveu com as misérias materiais e morais; esta experiência lhe abriu para as obras da fé. Numa viagem foi preso e, com grande humildade, viveu na escravidão até converter seu patrão e conseguiu depois de dois anos sua liberdade.

A partir disso, São Vicente de Paulo iniciou a reforma do clero, obras assistenciais, luta contra o jansenismo que esfriava a fé do povo e estragava com seu rigorismo irracional. Fundou também a “Congregação da Missão” (lazaristas) e unido a Santa Luísa de Marillac, edificou as “Filhas da Caridade” (irmãs vicentinas).

Sabia muito bem tirar dos ricos para dar aos pobres, sem usar as forças dos braços, mas a força do coração. Morreu quase octogenário, a 27 de setembro de 1660.

LEITURAS

Epístola (1 Cor 4, 9-14)

Leitura da Primeira Carta de São paulo Apóstolo aos Coríntios. 

Irmãos: Somos entregues em espetáculo ao mundo, aos anjos e aos homens. Nós, estultos por causa de Cristo; e vós, sábios em Cristo! Nós, fracos; e vós, fortes! Vós, honrados; e nós, desprezados! Até esta hora padecemos fome, sede e nudez. Somos esbofeteados, somos errantes, fatigamo-nos, trabalhando com as nossas próprias mãos. Insultados, abençoamos; perseguidos, suportamos; caluniados, consolamos! Chegamos a ser como que o lixo do mundo, a escória de todos até agora… Não vos escrevo estas coisas para vos envergonhar, mas admoesto-vos como meus filhos muitos amados.

Evangelho (Lc 10, 1-9)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo, designou o Senhor setenta e dois outros discípulos e mandou-os, dois a dois, adiante de si, por todas as cidades e lugares para onde ele tinha de ir. Disse-lhes: Grande é a messe, mas poucos são os operários. Rogai ao Senhor da messe que mande operários para a sua messe. Ide; eis que vos envio como cordeiros entre lobos. Não leveis bolsa nem mochila, nem calçado e a ninguém saudeis pelo caminho. Em toda casa em que entrardes, dizei primeiro: Paz a esta casa! Se ali houver algum homem pacífico, repousará sobre ele a vossa paz; mas, se não houver, ela tornará para vós. Permanecei na mesma casa, comei e bebei do que eles tiverem, pois o operário é digno do seu salário. Não andeis de casa em casa.Em qualquer cidade em que entrardes e vos receberem, comei o que se vos servir. Curai os enfermos que nela houver e dizei-lhes: O Reino de Deus está próximo.

 

Liturgia Diária- 18/07/2017

SÃO CAMILO DE LELLIS, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Nasceu no ano de 1550 na Itália. Filho de pai militar, também seguiu essa carreira, mas não pode prosseguir devido a um tumor em um dos pés. Recorreu ao hospital de São Tiago em Roma, onde viveu sua compaixão pelos outros doentes.

Porém, ele deu um ‘sim’ ao pecado, entregando-se ao vício do jogo, onde perdeu tudo e ficou na miséria total. Saiu do hospital devido o seu temperamento. Foi de hospital em hospital para cuidar de sua ferida, até bater na porta dos franciscanos capuchinhos e ali quis trabalhar na obra de Deus.

Com 25 anos começou o seu processo de conversão. No hospital em Roma, Deus suscitou nele a santidade de ver nos doentes a pessoa de Cristo e também o carisma dos ‘Camilianos’. Camilo também viveu uma bela amizade com São Felipe Néri.

Entrou para os estudos, foi ordenado sacerdote, e vendo a realidade dos peregrinos de Roma, que não tinham uma assistência médica digna, foi brotando nele o carisma de servir a Cristo na pessoa do doente, do peregrino. E muitos se juntaram a ele nessa obra. Em cada sofredor está a presença do Crucificado.

São Camilo partiu para o céu em 1614.

LEITURAS

Epístola (I Jo 3, 13-18)

Leitura da Epístola de São João. 

Caríssimos, não vos admireis, irmãos, se o mundo vos odeia. Nós sabemos que fomos trasladados da morte para a vida, porque amamos nossos irmãos. Quem não ama permanece na morte. Quem odeia seu irmão é assassino. E sabeis que a vida eterna não permanece em nenhum assassino. Nisto temos conhecido o amor: (Jesus) deu sua vida por nós. Também nós outros devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos. Quem possuir bens deste mundo e vir o seu irmão sofrer necessidade, mas lhe fechar o seu coração, como pode estar nele o amor de Deus? Meus filhinhos, não amemos com palavras nem com a língua, mas por atos e em verdade.

Evangelho (Jo 15, 12-16)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos. Vós sois meus amigos, se fazeis o que vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai. Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda.

Liturgia Diária- 17/07/2017

SANTO ALEIXO, Confessor

Comemoração- Missa do Domingo com orações da “Os justi” (1º Comum dos Confessores)

Aleixo, filho único do senador Eufemiano, era italiano, nasceu em Roma no ano de 350. Seu nome significa “defensor”. Herdeiro de uma considerável fortuna, cresceu dentro da religião cristã. Desde a infância era famoso por sua natural caridade, possuindo todas as graças e virtudes. Os pais, como era costume na época, cuidaram do seu enlace com uma jovem de excelente família cristã e ele acabou se casando.

Porém, na noite de núpcias, sem consumar a união, e após conversar com a esposa, abandonou tudo para se aproximar de Deus. Como peregrino, vagou de cidade em cidade até chegar a Edessa. Vivia como um piedoso mendigo ao lado da Basílica do Apóstolo Tomé. Diversos prodígios aconteciam com a sua presença, passou a ser chamado de “o homem de Deus” e venerado por sua santidade. Entretanto, não desejando ser vangloriado, retornou à vida peregrina.

A vida de peregrino desfigurou-o completamente, Ao voltar para casa, seu pai não o reconheceu e mandou repousar na cocheira. Viveu assim durante dezessete anos, na cocheira do seu próprio palácio, sendo maltratado pelos seus próprios criados e sem ser identificado pelos pais.

Morreu em 17 de julho e foi colocado num cemitério comum para criados. Porém, antes de morrer, entregou um pergaminho ao criado que o socorreu, na qual revelava sua identidade. Os pais quando souberam, levaram o caso ao conhecimento do Bispo, que autorizou sua exumação. Aleixo foi levado então para um túmulo construído na propriedade do senador. A fama de sua história de “homem de Deus” se espalhou entre os cristãos romanos e orientais, difundindo rapidamente o seu culto.

LEITURAS

Epístola (Rm 6,19-23)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Romanos. 

Irmãos: Vou-me servir de linguagem corrente entre os homens, por causa da fraqueza da vossa carne. Pois, como pusestes os vossos membros a serviço da impureza e do mal para cometer a iniquidade, assim ponde agora os vossos membros a serviço da justiça para chegar à santidade. Quando éreis escravos do pecado, éreis livres a respeito da justiça. Que frutos produzíeis então? Frutos dos quais agora vos envergonhais. O fim deles é a morte. Mas agora, libertados do pecado e feitos servos de Deus, tendes por fruto a santidade; e o termo é a vida eterna. Porque o salário do pecado é a morte, enquanto o dom de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.

Evangelho (Mt 7, 15-21)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo disse Jesus: Guardai-vos dos falsos profetas. Eles vêm a vós disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos arrebatadores. Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinhos e figos dos abrolhos? Toda árvore boa dá bons frutos; toda árvore má dá maus frutos. Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má, bons frutos. Toda árvore que não der bons frutos será cortada e lançada ao fogo. Pelos seus frutos os conhecereis. Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos céus, mas sim aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.

Liturgia Diária- 16/07/2017

FESTA DE NOSSA SENHORA DO CARMO

Padroeira da Irmandade

Festa de 1ª Classe – Missa Própria com comemoração do VI Domingo depois de Pentecostes 

Missa às 09:30 horas na Capela São Judas Tadeu, COM IMPOSIÇÃO DO ESCAPULÁRIO e Às 15:30 horas na Catedral.

Ao olharmos para a história da Igreja encontramos uma linda página marcada pelos homens de Deus, mas também pela dor, fervor e amor à Virgem Mãe de Deus: é a história da Ordem dos Carmelitas, da qual testemunha o cardeal Piazza: “O Carmo existe para Maria e Maria é tudo para o Carmelo, na sua origem e na sua história, na sua vida de lutas e de triunfos, na sua vida interior e espiritual”.

Carmelo (em hebraico, “carmo” significa vinha; e “elo” significa senhor; portanto, “Vinha do Senhor”): este nome nos aponta para a famosa montanha que fica na Palestina, donde o profeta Elias e o sucessor Elizeu fizeram história com Deus e com Nossa Senhora, que foi pré-figurada pelo primeiro numa pequena nuvem (cf. I Rs 18,20-45).

Estes profetas foram “participantes” da Obra Carmelita, que só vingou devido à intervenção de Maria, pois a parte dos monges do Carmelo que sobreviveram (século XII) da perseguição dos muçulmanos, chegaram fugidos na Europa e elegeram São Simão Stock como seu superior geral; este, por sua vez, estava no dia 16 de julho intercedendo com o Terço, quando Nossa Senhora apareceu com um escapulário na mão e disse-lhe:“Recebe, meu filho, este escapulário da tua Ordem, que será o penhor do privilégio que eu alcancei para ti e para todos os filhos do Carmo. Todo o que morrer com este escapulário será preservado do fogo eterno”.

Vários Papas promoveram o uso do escapulário e Pio XII chegou a escrever: “Devemos colocar em primeiro lugar a devoção do escapulário de Nossa Senhora do Carmo – e ainda – escapulário não é ‘carta-branca’ para pecar; é uma ‘lembrança’ para viver de maneira cristã, e assim, alcançar a graça duma boa morte”.


Páginas 1168 a 1170 e 619 a 622 do Missal Quotidiano.


LEITURAS/LESSONS

Leitura (Eclo 24,17-21)

Leitura do livro da Sabedoria. 
Elevei-me como o cedro do Líbano, como o cipreste do monte Sião; cresci como a palmeira de Cades, como as roseiras de Jericó. Elevei-me como uma formosa oliveira nos campos, como um plátano no caminho à beira das águas. Exalo um perfume de canela e de bálsamo odorífero, um perfume como de mirra escolhida; como o estoraque, o gálbano, o ônix e a mirra, como a gota de incenso que cai por si própria, perfumei minha morada. Meu perfume é como o de um bálsamo sem mistura.

Evangelho (Lc 11,27-28)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 
Naquele tempo, enquanto Jesus falava, uma mulher levantou a voz do meio do povo e lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe, e os peitos que te amamentaram! Mas Jesus replicou: Antes bem-aventurados aqueles que ouvem a palavra de Deus e a observam!

In English

Lesson (Eccl. 24: 17-21)

Lesson from the Book of the Wisdom. 

I was exalted like a cedar in Lebanon and like a cypress on Mount Zion. I was exalted like a palm tree in Kadesh and like a rose bush in Jericho. I was exalted like a beautiful olive tree in the plains, and like a sycamore tree beside the waters along a wide road. I gave off an aromatic fragrance like cinnamon or balsam. I produced a sweet odor like the best myrrh. And I perfumed my dwelling place with sweet gum, and aromatic resin, and flower petals, and aloe, as well as the finest cedar from Lebanon. And my fragrance is like undiluted balsam.

Gospel (Luke 11: 27-28)

In that time, when He was saying, a certain woman from the crowd, lifting up her voice, said to him, “Blessed is the womb that bore you and the breasts that nursed you.” Then he said, “Yes, but moreover: blessed are those who hear the word of God and keep it.”

Liturgia Diária- 30/07/2016

MISSA SANTA MARIA IN SABATO

Festa de 4ª Classe- Missa Própria com as orações de: 

carmelo_virgem

SANTOS ABDÃO E SÉNEN, Mártires

Comemoração

abdon e senen

O imperador Décio(200-251), inimigo dos cristãos, tinha derrotado o rei da Pérsia e tornar-se mestre de vários países sobre os quais ele reinou. Ele já tinha condenado à tortura e morte cinco membros de seu clero. São Abdão e Santo Sénnen, ilustres dignitários persas do século III a quem o rei da Pérsia tinha muito honrado, eram secretamente Cristãos, mas foram eles que tinham tomado o corpo do bispo mártir, que havia sido fundido com desprezo antes de um templo de Saturno, para enterrá-lo em noite, com honra. Agora caídos sob a dominação de Roma, foram pegos para testemunhar a crueldade do imperador para com os cristãos. Com tal situação acreditava serem seus deveres dar a conhecer o seu amor por Jesus Cristo, portanto, sem medo de seu novo soberano, comprometeram-se por todos os meios possíveis para difundir e fortalecer a fé, para encorajar os confessores e enterrar o mártires.

Décio, ficou extremamente irritado pois sua lição em mostrar sua crueldade não diminui assim suas dedicações como cristão. Então ele chamou os dois irmãos a comparecer perante o seu tribunal para tentá-los conquistá-los para oferecer sacrifico aos deuses, apelando à sua recente vitória como um sinal de seu favor. Os Santos responderam, no entanto, que esta vitória não estava em tudo uma prova de tal poder, pois o único Deus verdadeiro, Criador do céu e Terra com Seu Filho, Jesus Cristo, dá a vitória para uns e derrota para outros, por razões ocultas de seus desígnios e da sua providência. Eles disseram que nunca poderia adorar qualquer ídolo, mas Ele, e Décio aprisionaram os dois irmãos. Logo depois, quando soube da morte do vice-rei que ele havia deixado para governar em sue lugar em Roma, ele voltou a Roma e levou seus dois cativos com ele para servir como troféus esplêndidos de sua vitória persa. Com efeito, estes magistrados usavam joias e tecidos ricos em suas cadeias.

Eles acusados perante o Senado novamente testemunharam para qual era a única Divindade; que é Nosso Senhor Jesus Cristo, dizendo o qual eles só poderiam adorar nenhum outro. Então firmes na presença do Senado continuam a se recusaram, de acordo com a prática de sacrificar aos ídolos. Foram assim condenados à morte e levados no anfiteatro Flaviano, foram açoitados onde ficava o Colosso de Nero e do Templo de Vênus, e depois  serem  devorados por animais selvagens, os dois leões e quatro ursos foram liberado para devorá-los. Mas milagrosamente as feras se deitaram a seus pés e tornaram-se seus tutores, e ninguém se atreveu abordagem por um tempo. Finalmente o prefeito enviando gladiadores para matá-los com a espada, que com a permissão de Deus foi feito. Seus corpos depois de decapitados pelos gladiadores  foram jogados na frente da estátua do Sol, onde ficaram três dias sem enterro, até que o diácono Quirino recolheu os santos mártires, escondendo-os em sua casa, onde permaneceram por um longo tempo. Depois sob o império de Constantino, o Grande, os túmulos foram descobertos por divina revelação e suas relíquias enterradas no cemitério Ponciano, que mais tarde foi chamada pelos seus nomes. Nós os vemos em um quadro das catacumbas, coroado pelo próprio Nosso Senhor. Seu martírio glorioso ocorreu em no ano 254.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Eclo 24, 14-16)

Leitura do Livro da Sabedoria. 

Desde o início, antes de todos os séculos, ele me criou, e não deixarei de existir até o fim dos séculos; e exerci as minhas funções diante dele na casa santa. Assim fui firmada em Sião; repousei na cidade santa, e em Jerusalém está a sede do meu poder. Lancei raízes no meio de um povo glorioso, cuja herança está na partilha de meu Deus; e fixei minha morada na assembléia dos santos.

Evangelho (Lc 11, 27-28) 

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo, enquanto Jesus falava, uma mulher levantou a voz do meio do povo e lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe, e os peitos que te amamentaram! Mas Jesus replicou: Antes bem-aventurados aqueles que ouvem a palavra de Deus e a observam!

In English

Lesson (Eccles. 24. 14-16)

Lesson from the Book of Wisdom.

From the beginning, and before the world, was I created, and unto the world to come I shall not cease to be, and in the holy dwelling place I have ministered before him. And so I was established in Sion, and in the holy city likewise I rested, and my power was in Jerusalem. And I took root in an honorable people, and in the portion of y God his inheritance, ad my abode is in the full assembly of saints.

Gospel (John 19: 25-27)

The continuation of the holy Gospel according to John.

At that time, there stood by the cross of Jesus, His mother and His mother’s sister, Mary of Cleophas and Mary Magdalen. When Jesus therefore had seen His mother and the disciple standing whom He loved, He saith to His Mother:”Woman, behold thy son.” After that He saith to the disciple: “Behold thy mother.” And from that hour the disciple took her to his own.

Liturgia Diária- 29/07/2016

SANTA MARTA, Virgem

Festa de 3ª Classe- Missa “Dilexisti” com Evangelho próprio.

image003

As escrituras contam que, em seus poucos momentos de descanso ou lazer, Jesus procurava a casa de amigos em Betânia, local muito agradável há apenas três quilômetros de Jerusalém. Ali moravam Marta, Lázaro e Maria. Há poucas, mas importantíssimas citações de Marta nas sagradas escrituras.

É narrado, por exemplo, o primeiro momento em que Jesus pisou em sua casa. Ali chegando Jesus conversava com eles e Maria estava aos pés do Senhor, ouvindo sua pregação. Marta, trabalhadora e responsável, reclamou da posição da irmã, que nada fazia ouvindo o Mestre. Jesus aproveita então para ensinar que os valores espirituais são mais importantes que os materiais, apoiando Maria em sua ocupação de ouvir e aprender.

Fala-se dela também quando da ressurreição de Lázaro. É ela quem mais fala com Jesus, nesse acontecimento. Marta disse a Jesus: “Senhor, se tivesses estado aqui, o meu irmão não teria morrido. Mas mesmo agora, eu sei que tudo o que pedires a Deus, Deus dará”. (Jo 11,20-22). O milagre de reviver Lázaro solicitado com tamanha simplicidade, por Marta, exemplifica a plena fé na onipotência do Senhor.

SANTOS FÉLIX, SIMPLÍCIO, FAUSTINO E BEATRIZ, Mártires

Comemoração- Missa conforme à de Sta. Marta, com orações próprias

No mesmo dia de Santa Marta prima de Jesus, a Igreja comemora os mártires irmãos romanos Simplício, Faustino e Beatriz, que morreram pela fé de Cristo na perseguição dos imperadores Diocleciano e Maximiano.

Simplicio e Faustino de Roma foram presos. Como eram muito constantes na fé, um vigário do imperador mandou torturá-los e depois degolá-los, sendo seus corposdespejados no rio Tibre. Sua santa irmã Beatriz os recolheu para dar sepultura digna, e depois se escondeu na casa de uma santa viúva chamada Lucina, a qual passava dia e noite em oração, penitência e obras de piedade.

Sete meses durou esta santa companhia; mas o Senhor permitiu que um homem poderoso, chamado Lucrécio, ficasse cego de ambição e desejasse tirar de Santa Beatriz os seus bens de herança, juntando-os ao patrimônio que ele já possuía. Parapoder fazê-lo mais facilmente e sem nada gastar de seu bolso, sabendo de sua condição de cristã, fez a ela um convite para sacrificar aos ídolos.

Como Beatriz confessou espontaneamente ser cristã e que de forma alguma adoraria a falsos deuses, Lucrécio a jogou na prisão, e à noite sufocou-a pelo pescoço até morrer. Sua santa amiga Lucina enterrou o corpo dela junto aos de seus irmãosSimplicio e Faustino. Mais tarde o Papa Leão II edificou um magnífico templo emRoma, e para lá trasladou os corpos santos destes mártires.

Para mostrar o tamanho mal que acontece aos que se deixam levar pela cobiça, e que o Senhor descobre e pune as ciladas e artifícios dos homens maus, convém saber como foi o castigo sofrido por Lucrécio.

O ímpio senhor, tão logo se apossou da herança de Beatriz, ofereceu a alguns de seus amigos uma festa para comemorar o delito. Enquanto ele se esbaldasse de alegria e chacota, zombando dos santos mártires e se sentindo dono da fazenda que não lhe pertencia, do nada compareceu ao banquete uma mulher com um bebê lactante aos braços. O bebê, em alto e bom som, disse diante de todos: “Olá,Lucrécio! Mataste, e te apossaste de bem alheio, e caíste em mãos de teu inimigo.”

Imediatamente Lucrécio caiu atordoado, ficou pálido e passou a sangrar; em seguida, ficou possesso do demônio, que lhe atormentou cruelmente durante três horas, para então morrer com grande dano à sua alma e grande proveito de muitos, que com tal fato entenderam que Deus não só reserva o prêmio aos bons e o castigo aos maus, como também tira a máscara dos que mentem e tramam, e mostra que as benesses obtidas por meios ilícitos se transformam em punhal e veneno dos que pecam para conquistá-los.

A Igreja celebra a festa dos Santos Simplício, Faustino e Beatriz no dia de seu martírio, ocorrido em 29 de julho de 302. Fazem menção deste fato todos os Martirológios: o Romano, o de São Beda, o de Usuardo e o de Adon; nas Atas de Santo Antímio Mártir, também se escreve a suma do martírio destes santos irmãos.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (II Cor 10, 17-18; 11, 1-2)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios.

Irmãos: quem se gloria, glorie-se no Senhor. Pois merece a aprovação não aquele que se recomenda a si mesmo, mas aquele que o Senhor recomenda.  Oxalá suportásseis um pouco de loucura de minha parte! Oh, sim! Tolerai-me. Eu vos consagro um carinho e amor santo, porque vos desposei com um esposo único e vos apresentei a Cristo como virgem pura.

Evangelho ( Lc 10,38-42)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo, estando Jesus em viagem, entrou numa aldeia, onde uma mulher, chamada Marta, o recebeu em sua casa. Tinha ela uma irmã por nome Maria, que se assentou aos pés do Senhor para ouvi-lo falar. Marta, toda preocupada na lida da casa, veio a Jesus e disse: Senhor, não te importas que minha irmã me deixe só a servir? Dize-lhe que me ajude. Respondeu-lhe o Senhor: Marta, Marta, andas muito inquieta e te preocupas com muitas coisas; no entanto, uma só coisa é necessária; Maria escolheu a boa parte, que lhe não será tirada.

In English

Epistle (II Cor 10: 17-18; 11: 1-2)

Lesson from the Epistle of blessed Paul the Apostle to the Corinthians.

Brethren, he that glorieth, let him glory in the Lord. For not he who commandeth himself is approved : but he whom God commandeth. Would to God you could bear with some little of my folly, but do bear with me : for I am jealous of you with the jealousy of God. For I have espoused you to one husband, that I may present you as a chaste virgin to Christ.

Gospel (Luke 10, 38-42)

The continuation of the holy Gospel according to Luke. 

At that time, Jesus entered into a certain town; and a certain woman named Martha, received Him into her house: and she had a sister called Mary, who sitting also at the Lord’s feet, heard His word. But Martha was busy about much serving: who stood and said, Lord, hast Thou no care that my sister hath left me alone to serve? Speak to her therefore, that she help me. And the Lord answering, said to her: “Martha, Martha, thou art careful, and art troubled about many things: but one thing is necessary. Mary hath chosen the best part, which shall not be taken away from her.”

Liturgia Diária- 28/07/2016

SÃO NAZÁRIO E SÃO CELSO, Mártires

SÃO VITOR I, Papa e Mártir

SANTO INOCÊNCIO I, Papa e Confessor

Santos Nazário e Celso

São Celso e São Nazário 2Nazário e Celso foram dois mártires dos quais nada sabemos além da descoberta de seus corpos em Mediolano por Santo Ambrósio. Segundo Paulino, o Diácono em sua biografia do santo, o próprio Ambrósio, em algum momento nos três anos finais de sua vida, depois da morte do imperador Teodósio (m. 395), descobriu, num jardim fora das muralhas de Mediolano, o corpo de São Nazário, com a cabeça separada do corpo. Segundo a lenda, o sangue ainda estava líquido e vermelho quando seu corpo foi exumado. O bispo então levou-o para a Basílica dos Apóstolos. No mesmo jardim, Ambrósio descobriu também o corpo de São Celso, que ele transportou para o mesmo lugar. Segundo a Enciclopédia Católica : “Obviamente a tradição sobre estes mártires ainda existia na comunidade cristã de Mediolano, o que levou à busca e à descoberta dos corpos”

Santo Inocêncio I

07-28-santo-inocencio-iInocêncio I era italiano, nasceu em Albano, uma província romana do Lazio. Ele foi eleito no ano 401 e governou a Igreja por dezesseis anos, num período dos mais difíceis para o cristianismo. Sua primeira atividade pastoral foi uma intervenção direta no Oriente, exortando a população de Constantinopla a seguir as orientações do seu bispo, são João Crisóstomo, e assim viver em paz. Mas um dos maiores traumas de seu pontificado foi a invasão e o saque de Roma, cometidos pelos bárbaros godos, liderados por Alarico. Roma estava cercada por eles desde o ano 408 e só não tinha sido invadida graças às intervenções do papa junto a Alarico. Pressionado pelo invasor, e tentando salvar a vida dos cidadãos romanos, Inocêncio viajou até a diocese de Ravena, onde se escondia o medroso imperador Honório. O papa tentava, há muito tempo, convencê-lo a negociar e conceder alguns poderes especiais a Alarico, para evitar o pior, que ele saqueasse a cidade e matasse a população. Não conseguiu e o saque teve início. Foram três dias de roubo, devastação e destruição. Os bárbaros respeitaram apenas as igrejas, por causa dos anos de contato e mediação com o papa Inocêncio I. Mesmo assim, a invasão foi tão terrível que seria comentada e lamentada depois, por santo Agostinho e são Jerônimo. Apesar de enfrentar inúmeras dificuldades, conseguiu manter a disciplina e tomou decisões litúrgicas que perduram até hoje. Elas se encontram na inúmera correspondência deixada pelo papa Inocêncio I. Aliás, com essas cartas se formou o primeiro núcleo das coleções canônicas, que faz parte do magistério ordinário dos pontífices, alvo de estudos ainda nos nossos dias. Também foi ele que estabeleceu a uniformidade que as várias Igrejas devem ter com a doutrina apostólica romana. Além disso, estratificou em forma e conteúdo a doutrina dos sacramentos da penitência, da unção dos enfermos, do batismo e do casamento. Durante o seu pontificado difundia-se a heresia pelagiana, condenada no ano 416 pelos concílios regionais de Melevi e de Cartago, convocados por iniciativa de santo Agostinho e com aprovação do papa Inocêncio I, que formalmente sentenciou Pelágio e seu discípulo Celestio. O papa Inocêncio I morreu no dia 28 de julho de 417, sendo sepultado no cemitério de Ponciano, na Via Portuense, em Roma.

São Vítor I, Papa

Vitor IVítor I nasceu África. É algo incerta a cronologia deste papa. Alguns, seguindo o historiador Eusébio, fazem-no reinar até o ano 202. Teria morrido mártir na quinta perseguição, que foi movida nesse ano pelo imperador Sétimo Severo, ou então pouco antes, numa sublevação de pagãos. Declarou que água comum, de fonte, de poço, de chuva, do mar, etc… pode, no caso de necessidade, servir para a administração do batismo. Isto prova que já era costume, em tempo de paz, usar-se a água benta com a celebração do batismo. Sob S. Vítor a questão da data pascal, de novo agitada, deu mais brilho à supremacia do Bispo de Roma. A Igreja conservara do ritual judaico o uso de se consagrarem a Deus vários dias festivos. O sábado (a festa semanal judaica) foi cedo substituído pelo domingo em memória do dia da Ressurreição do Senhor. As festas hebraicas caíram em desuso, menos Pentecostes e Páscoa. Por esta é que se estabelecia todo o calendário judaico cristão. Na Ásia era a Páscoa celebrada no 14º dia do plenilúnio de março. Em Roma pretendia-se que a festa fosse sempre num domingo. O papa, examinando a opinião das demais Igrejas, fixou a Páscoa para o domingo seguinte ao 13º dia do plenilúnio de março. Mais tarde, 130 anos depois, o memorável Concílio de Nicéia (325) deu plena razão a S. Vítor.

 LEITURAS/LESSONS

Leitura (Sab 10, 17-20)

Leitura do livro da Sabedoria. 

Deu aos santos o galardão de seus trabalhos, conduziu-os por um caminho miraculoso; durante o dia serviu-lhes de proteção, e deu-lhes a luz dos astros, durante a noite. Fê-los atravessar o mar Vermelho, e deu-lhes passagem através da massa das águas, ao passo que engoliu seus inimigos, e depois os tirou das profundezas do abismo. Também os justos, depois de despojados os ímpios, celebraram, Senhor, vosso santo nome, e louvaram, unidos num só coração, vossa mão protetora, ó Senhor, nosso Deus. 

Evangelho (Lc 21, 9-19)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo: Disse Jesus a seus discípulos: Quando ouvirdes falar de guerras e de tumultos, não vos assusteis; porque é necessário que isso aconteça primeiro, mas não virá logo o fim. Disse-lhes também: Levantar-se-ão nação contra nação e reino contra reino. Haverá grandes terremotos por várias partes, fomes e pestes, e aparecerão fenômenos espantosos no céu. Mas, antes de tudo isso, vos lançarão as mãos e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, levando-vos à presença dos reis e dos governadores, por causa de mim. Isto vos acontecerá para que vos sirva de testemunho. Gravai bem no vosso espírito de não preparar vossa defesa, porque eu vos darei uma palavra cheia de sabedoria, à qual não poderão resistir nem contradizer os vossos adversários. Sereis entregues até por vossos pais, vossos irmãos, vossos parentes e vossos amigos, e matarão muitos de vós. Sereis odiados por todos por causa do meu nome. Entretanto, não se perderá um só cabelo da vossa cabeça. É pela vossa constância que alcançareis a vossa salvação.

In English

Lesson (Wisdom 10: 17-20)

Lesson from the Book of Wisdom.

God rendered to the just the wages of their labors, and led them along a wondrous way; and she was to them, like a cover by day, and like the light of the stars by night. She carried them through the Red Sea, and led them across a great water. But their enemies, she submerged in the sea, and from the furthest depths, she drew them up. Therefore, the just carried off the spoils of the impious. And they chanted to your holy name, Lord, and they together praised your victorious hand, oh Lord, our God. 

Gospel (Luke 21: 9-19)

The continuation of the holy Gospel according to Luke. 

At that time, Jesus said to His disciples: ‘When you shall hear of wars and seditions, be not terrified: these things must first come to pass, but the end is not yet presently. Then He said to them: Nation shall rise against nation, and kingdom against kingdom. And there shall be great earthquakes in divers places, and pestilences, and famines and terrors from Heaven, and there shall be great signs. But before all these things, they will lay their hands on you and persecute you, delivering you up to the synagogues and into prisons, dragging you before kings and governors for My name’s sake; and it shall happen unto you for a testimony. Lay it up therefore in your hearts, not to meditate before how you shall answer. For I will give you a mouth and wisdom, which all your adversaries shall not be able to resist and gainsay. And you shall be betrayed by your parents and brethren and kinsmen and friends, and some of you they will put to death : and you shall be hated by all men for My name’s sake; but a hair of your head shall not perish. In your patience you shall possess your souls.’

Liturgia Diária- 27/06/2016

SÃO PANTALEÃO, Mártir

Comemoração- Missa da Féria com orações da Missa “Laetabitur”

sao-pantaleao-dia-do-nhoque-da-fortuna

O santo de hoje viveu no séc. III e IV da era cristã, durante um período de intensa perseguição aos cristãos que não podiam professar a própria fé, pois o que predominava naquela época era o culto aos deuses pagãos.

Pantaleão era filho de Eustóquio, gentio e de Êubola, cristã. Sua mãe encaminhou-o na fé cristã. Após o falecimento de sua mãe, Pantaleão foi aplicado pelo pai aos estudos de retórica, filosofia e medicina.

Durante a perseguição, travou amizade com um sacerdote, exemplo de virtude, Hermolau, que o persuadiu de Nosso Senhor Jesus Cristo ser o autor da vida e o senhor da verdadeira saúde.

Um dia que se viu diante de uma criança morta por uma víbora, disse para consigo: “Agora verei se é verdade o que Hermolau me diz”. E, segundo isto, diz ao menino: “Em nome de Jesus Cristo, levanta-te; e tu, animal peçonhento, sofre o mal que fizeste”. Levantou-se a criança e a víbora ficou morta; em vista disso, Pantaleão converteu-se e recebeu logo o santo batismo.

Acabou sendo convocado pelo imperador Maximiano como seu médico pessoal. As milagrosas curas que em nome de Jesus Cristo realizava, suscitaram a inveja de outros médicos, que o acusaram de cristão perante o imperador que, por sua vez, o mandou ser amarrado a uma árvore e degolado.

Desta forma, assumindo a coroa do martírio, São Pantaleão passou desta vida para a vida eterna.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (I Cor, 12, 2-11)    

Leitura da Epístola de São Paulo aos Coríntios.
Irmãos: Sabeis que, quando éreis pagãos, vos deixáveis levar, conforme vossas tendências, aos ídolos mudos. Por isso, eu vos declaro: ninguém, falando sob a ação divina, pode dizer: Jesus seja maldito e ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor, senão sob a ação do Espírito Santo. Há diversidade de dons, mas um só Espírito. Os ministérios são diversos, mas um só é o Senhor. Há também diversas operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.A cada um é dada a manifestação do Espírito para proveito comum. A um é dada pelo Espírito uma palavra de sabedoria; a outro, uma palavra de ciência, por esse mesmo Espírito; a outro, a fé, pelo mesmo Espírito; a outro, a graça de curar as doenças, no mesmo Espírito; a outro, o dom de milagres; a outro, a profecia; a outro, o discernimento dos espíritos; a outro, a variedade de línguas; a outro, por fim, a interpretação das línguas. Mas um e o mesmo Espírito distribui todos estes dons, repartindo a cada um como lhe apraz.

Evangelho (Lc 18,9-14)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.
Naquele tempo, disse Jesus ainda esta parábola a respeito de alguns que se vangloriavam como se fossem justos, e desprezavam os outros: Subiram dois homens ao templo para orar. Um era fariseu; o outro, publicano. O fariseu, em pé, orava no seu interior desta forma: Graças te dou, ó Deus, que não sou como os demais homens: ladrões, injustos e adúlteros; nem como o publicano que está ali. Jejuo duas vezes na semana e pago o dízimo de todos os meus lucros. O publicano, porém, mantendo-se à distância, não ousava sequer levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem piedade de mim, que sou pecador! Digo-vos: este voltou para casa justificado, e não o outro. Pois todo o que se exaltar será humilhado, e quem se humilhar será exaltado.

In English

Epistle (I Corinthians 12. 2-11)

Lesson from the Epistle of Blessed Paul the Apostle to the Corinthians.

Brethren, You know that, when you were heathens, you went to dumb idols, according as you were led, Wherefore I give you to understand, that no man, speaking by the Spirit of God, saith Anathema to Jesus and no man can say, The Lord Jesus, but by the Holy Ghost. Now there are diversities of graces, but the same Spirit and there are diversities of ministries, but the same Lord and there are diversities of operations, but the same God, who worketh in all. And the manifestation of the Spirit is given to every man unto profit. To one indeed, by the Spirit, is given the word of wisdom, and to another, the word of knowledge, according to the same Spirit; to another the grace of healing in one Spirit; to another the working of miracles; to another, prophecy; to another the discerning of spirits; to another divers kinds of tongues; to another, interpretation of speeches. But all these things one and the same Spirit worketh, dividing to every one according as He will.

Gospel (Luke 18: 9-14)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew.

At that time, Jesus spoke this parable to some who trusted in themselves as just, and despised others. “Two men went up into the temple to pray: the one was a pharisee, and the other a publican, The pharisee standing, prayed thus with himself. O God, I give Thee thanks that I am not as the rest of men, extortioners, unjust, adulterers as also is this publican. I fast twice in the week I give tithes of all that I possess. And the publican standing afar off would not so much as lift up his eyes towards heaven, but struck his breast saying: O God, be merciful to me a sinner. I say to you, this man went down to his house justified rather than the other: because every one that exalteth himself shall be humbled: and he that humbleth himself shall be exalted.”

Liturgia Diária- 26/07/2016

SANTA ANA, Mãe da Santíssima Virgem

Festa de 2ª Classe- Missa Própria

santa-ana-e-sc3a3o-joaquim

O proto-evangelho de São Tiago narra-nos que os vizinhos de Joaquim (nome que significa a quem Jeová confirma), desprezavam-nos porque não tinham filhos. Então, o santo retirou-se quarenta dias ao deserto para orar e jejuar. Ana (cujo nome significa Graça) “fazia lamentações”. Um anjo lhe apareceu e disse-lhe: “Ana, o Senhor ouviu tua oração: conceberás e darás a luz. Sobre o fruto de teu ventre falará o mundo inteiro”.

Nasceu-lhe Maria, Aquela que seria a Mãe de Deus. Esta narração se parece muito com a concepção e o nascimento de Samuel, cuja mãe se chamava também Ana (1 Reis, 1). Os primeiros Padres da Igreja oriental viam nesse caso um paralelo entre a narração da concepção de Samuel e a de João Batista.

A melhor prova da antiguidade ao culto a Santa Ana em Constantinopla é que, em meados do século VI, o imperador Justiniano dedicou-lhe um santuário. Há também dois afrescos que representam Santa Ana e datam do século VIII. No Oriente dedicam-lhe veneração desde o século VI Em 1382, o Papa Urbano VI publicou o primeiro decreto pontifício referente a Santa Ana; por ele concedia-se a celebração da festa da santa exclusivamente aos bispos da Inglaterra. A festa foi extensa depois a toda a Igreja do ocidente a partir de 1584.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Pr  31,10-31) 

Leitura do livro dos Provérbios.

Uma mulher virtuosa, quem pode encontrá-la? Superior ao das pérolas é o seu valor. Confia nela o coração de seu marido, e jamais lhe faltará coisa alguma. Ela lhe proporciona o bem, nunca o mal, em todos os dias de sua vida. Ela procura lã e linho e trabalha com mão alegre. Semelhante ao navio do mercador, manda vir seus víveres de longe. Levanta-se, ainda de noite, distribui a comida à sua casa e a tarefa às suas servas. Ela encontra uma terra, adquire-a. Planta uma vinha com o ganho de suas mãos. Cinge os rins de fortaleza, revigora seus braços. Alegra-se com o seu lucro, e sua lâmpada não se apaga durante a noite. Põe a mão na roca, seus dedos manejam o fuso. Estende os braços ao infeliz e abre a mão ao indigente. Ela não teme a neve em sua casa, porque toda a sua família tem vestes duplas. Faz para si cobertas: suas vestes são de linho fino e de púrpura. Seu marido é considerado nas portas da cidade, quando se senta com os anciãos da terra. Tece linha e o vende, fornece cintos ao mercador. Fortaleza e graça lhe servem de ornamentos; ri-se do dia de amanhã. Abre a boca com sabedoria, amáveis instruções surgem de sua língua. Vigia o andamento de sua casa e não come o pão da ociosidade. Seus filhos se levantam para proclamá-la bem-aventurada e seu marido para elogiá-la. Muitas mulheres demonstram vigor, mas tu excedes a todas. A graça é falaz e a beleza é vã; a mulher inteligente é a que se deve louvar. Dai-lhe o fruto de suas mãos e que suas obras a louvem nas portas da cidade.

Evangelho (Mt 13,44-52 )

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus. 

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos a seguinte parábola: O Reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo. O Reino dos céus é ainda semelhante a um negociante que procura pérolas preciosas. Encontrando uma de grande valor, vai, vende tudo o que possui e a compra. O Reino dos céus é semelhante ainda a uma rede que, jogada ao mar, recolhe peixes de toda espécie. Quando está repleta, os pescadores puxam-na para a praia, sentam-se e separam nos cestos o que é bom e jogam fora o que não presta. Assim será no fim do mundo: os anjos virão separar os maus do meio dos justos e os arrojarão na fornalha, onde haverá choro e ranger de dentes. Compreendestes tudo isto? Sim, Senhor, responderam eles. Por isso, todo escriba instruído nas coisas do Reino dos céus é comparado a um pai de família que tira de seu tesouro coisas novas e velhas.

In English

Lesson (Proverbs 31: 10-31)

Lesson from the Book of Wisdom.

Who shall find a valiant woman? the price of her is as of things brought from afar off, and from the uttermost coasts. The heart of her husband trusteth in her, and he shall have no need of spoils. She will render him good and not evil all the days of her life. She hath sought wool and flax, and hath wrought by the counsel of her hands: she is like the merchant’s ship, she bringeth her bread from afar: and she hath risen in the night, and given a prey to her household, and victuals to her maidens: she hath considered a field and bought it; with the fruit of her hands she hath planted a vineyard. She hath girded her loins with strength, and hath strengthened her arm. She hath tasted and seen that her traffic is good; her lamp shall not be put out in the night. She hath put out her hands to strong things, and her fingers have taken hold of the spindle. She hath opened her hand to the needy, and stretched out her hands to the poor. She shall not fear for her house in the cold of snow: for all her domestics are clothed with double garments. She hath made for herself clothing of tapestry; fine linen and purple is her covering. Her husband is honorable in the gates, when he sitteth among the senators of the land. She made fine linen and sold it, and delivered a girdle to the Canaanite. Strength and beauty are her clothing: and she shall laugh in the latter day. She hath opened her mouth to wisdom, and the law of clemency is on her tongue: she hath looked well to the paths of her house, and hath not eaten her bread idle. Her children rose up, and called her blessed; her husband, and he praised her. Many daughters have gathered together riches; thou hast surpassed them all. Favor is deceitful, and beauty is vain: the woman that feareth the Lord, she shall be praised. Give her of the fruit of her hands; and let her works praise her in the gates.

Gospel (Matt. 13: 44-52)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew.

At that time, Jesus spoke this parable to His disciples: “The kingdom of Heaven is like unto a treasure hidden in a field; which a man having found, hid it, and for joy thereof goeth, and selleth all that he hath, and buyeth that field. Again, the kingdom of Heaven is like to a merchant seeking good pearls. Who, when he had found one pearl of great price, went his way and sold all that he had, and bought it. Again, the kingdom of Heaven is like to a net cast into the sea, and gathering together of all kinds of fishes; which, when it was filled, they drew out, and sitting by the shore, they chose out the good into vessels, but the bad they cast forth. So shall it be at the end of the world. The angels shall go out, and shall separate the wicked from among the just, and shall cast them into the furnace of fire; there shall be weeping and gnashing of teeth. Have ye understood all these things?” They say to Him, Yes. He said unto them, “Therefore, every scribe instructed in the kingdom of Heaven, is like to a man who is a householder, who bringeth forth out of his treasure new things and old.”

Liturgia Diária- 25/07/2016

SÃO TIAGO MAIOR, Apóstolo

Festa de 2ª Classe- Missa Própria

SO_TIA-1

Nascido em Betsaida, este apóstolo do Senhor era filho de Zebedeu e de Salomé e irmão do apóstolo João, o Evangelista.

Pescador juntamente com seu irmão João, foi chamado por Jesus a ser discípulo d’Ele. Aceitou o chamado do Mestre e, deixando tudo, seguiu os passos do Senhor.

Dentre os doze apóstolos, São Tiago foi um grande amigo de Nosso Senhor fazendo parte daquele grupo mais íntimo de Jesus (formado por Pedro, Tiago e João) testemunhando, assim, milagres e acontecimentos como a cura da sogra de Pedro, a Transfiguração de Jesus, entre outros.

Procurou viver com fidelidade o seu discipulado. No entanto, foi somente após a vinda do Espírito Santo em Pentecostes que São Tiago correspondeu concretamente aos desígnios de Deus. No livro dos Atos dos Apóstolos, vemos o belo testemunho de São Tiago, o primeiro dentre os doze apóstolos a derramar o próprio sangue pela causa do Evangelho: “Por aquele tempo, o rei Herodes tomou medidas visando maltratar alguns membros da Igreja. Mandou matar à espada Tiago, irmão de João” (At 12,1-2).

Segundo uma tradição, antes de ser martirizado, São Tiago abraçou um carcereiro desejando-lhe “a Paz de Cristo”. Este gesto converteu o carcereiro que, assumindo a fé em Jesus, foi martirizado juntamente com o apóstolo.

Existe ainda outra tradição sobre os lugares em que São Tiago passou, levando a Boa Nova do Reino. Dentre estes lugares, a Espanha onde, a partir do Século IX, teve início a devoção a São Tiago de Compostela.


SÃO CRISTÓVÃOMártir

Comemoração- Missa de São Tiago, com orações da missa “In Virtute”

download

São Cristovão nasceu no século III, era filho primogênito do rei de Canaã, e recebeu o nome de Ofero Relicto despertando admiração pelas suas virtudes, principalmente a delicadeza com que tratava as pessoas. Era belíssimo e sua ambição maior era a se servir um rei que fosse muito poderoso.

Cristovão passou a prestar serviços ao imperador, como guerreiro famoso e temido e passou a obedecer a Satã, cujo poder fazia o imperador se amedrontar. Relicto percebeu que acima do poder de satanás, estava a cruz, ante a qual fogem todos os demônios e Relicto de tornou cristão. Começou a viajar em busca da história do Crucificado e em uma de suas viagens encontrou um eremita que lhe contou a história.

Converteu-se, batizou-se e decidiu devotar a vida ao transporte dos viajantes que necessitassem atravessar um rio caudaloso. Certo dia, um menino pediu a Cristovão que o levasse até a outra margem. Colocou a criança nos ombros, entrou na água e começou a sentir que o peso aumentava a cada passo.

Ao chegar à margem oposta, curvado pela carga, quase morrendo afogado por seu enorme peso, ouviu do menino: “Não te surpreendas com o que aconteceu, pois comigo carregaste todos os pecados do mundo.” Só então reconheceu o pequeno viajante: era o próprio Jesus, que o mandou cravar na terra o cajado no qual se apoiava.

No dia seguinte, o cajado tinha se transformado numa palmeira. O milagre fez com que muitos se convertessem e levo Relicto Ofero a mudar seu nome para Chistophoros (Cristóvão) que em grego significa “aquele que carrega Cristo”. Retirado do calendário litúrgico católico em 1969 por ter-se dúvidas de sua verdadeira existência, São Cristóvão continua a ser venerado em todo o mundo como protetor dos viajantes e motoristas.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (I Cor 4,9-15)

Leitura da Epístola de São Paulo aos Coríntios. 

Irmãos, ao que parece, Deus nos tem posto a nós, apóstolos, na última classe dos homens, por assim dizer sentenciados à morte, visto que fomos entregues em espetáculo ao mundo, aos anjos e aos homens.10.Nós, estultos por causa de Cristo; e vós, sábios em Cristo! Nós, fracos; e vós, fortes! Vós, honrados; e nós, desprezados! Até esta hora padecemos fome, sede e nudez. Somos esbofeteados, somos errantes, fatigamo-nos, trabalhando com as nossas próprias mãos. Insultados, abençoamos; perseguidos, suportamos; caluniados, consolamos! Chegamos a ser como que o lixo do mundo, a escória de todos até agora… Não vos escrevo estas coisas para vos envergonhar, mas admoesto-vos como meus filhos muitos amados. Com efeito, ainda que tivésseis dez mil mestres em Cristo, não tendes muitos pais; ora, fui eu que vos gerei em Cristo Jesus pelo Evangelho.

Evangelho (Mt 20,2023)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.  

Naquele tempo, aproximou-se de Jesus a mãe dos filhos de Zebedeu com seus filhos e prostrou-se diante dele para lhe fazer uma súplica. Perguntou-lhe ele: Que queres? Ela respondeu: Ordena que estes meus dois filhos se sentem no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda. Jesus disse: Não sabeis o que pedis. Podeis vós beber o cálice que eu devo beber? Sim, disseram-lhe. De fato, bebereis meu cálice. Quanto, porém, ao sentar-vos à minha direita ou à minha esquerda, isto não depende de mim vo-lo conceder. Esses lugares cabem àqueles aos quais meu Pai os reservou.

Liturgia Diária- 23/07/2016

SANTO APOLINÁRIO, Bispo e Mártir

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

0723b

Nascido no Séc. I numa família pagã, foi convertido por Deus em Roma, através da pregação do apóstolo São Pedro.

No tempo de Apolinário o paganismo e sincretismo estavam dominando todo o Império e, por isso, todo evangelizador corria grandes riscos de vida. Com a missão indicando a evangelização do Norte da Itália, foi ele edificar a Igreja de Ravena, a qual tornou-se na Itália, depois de Roma, pólo do Cristianismo.

Por causa de Jesus Cristo e do Seu Reino, lutou contra as tentações, permaneceu fiel, com coragem sofreu e suportou até mesmo as torturas como confessor e, mais tarde, o martírio. Conta-nos a história que diante do Édito de Milão em 313, a Igreja Católica adquiriu liberdade religiosa e com isso pôde livremente evangelizar o Império Romano, assim como venerar seus santos; é deste período que encontramos em Ravena grande devoção ao Santo Bispo do qual celebramos hoje, herói da nossa fé.


SÃO LIBÓRIO, Bispo e Confessor

Comemoração

san liborio de le mans (2)

São Libório de Le Mans (Gallia, c/a 320 – Le Mans, 397) foi o 4º Bispo de Le Mans e padroeiro da cidade de Paderborn.

Como para outro Santos do século IV, pouco se sabe sobre sua vida, e não se tem certeza de onde e quando nasceu, mas que se tornou bispo de Le Mans em 348. Libório mandou construir algumas igrejas nos arredores de Le Mans, motivo pelo qual sua ação evangelizadora parece circunscrita a esse território. Diz-se que ordenou 217 sacerdotes e 186 diáconos. Foi assistido por São Martinho de Tours quando morreu em 397, em 23 de Julho. Foi sepultado na Basílica Apostólica de Le Mans, ao lado de seu predecessor São Juliano de Le Mans.

Segundo a lenda, vários milagres ocorreram diante de sua tumba. Em 21 de junho de 835, o Bispo Aldrich pôs as relíquias do santo no altar da Catedral de Le Mans e no ano seguinte, por instrução do Imperador Ludovigo o Piedoso, enviou os restos mortais à Diocese de Paderborn, criada em 799 pelo Papa Leão III e o Imperador Carlos Magno.

A iconografia o representa como um Bispo ancião caracterizado pela presença de pequena pedras: de fato, é o padroeiro dos doentes renais, da bexiga e afina. Também é representando junto com um pavão ou com alguma penas de pavão, em memória do lendário pássaro que acompanhou o traslado das relíquias de Le Mans a Paderborn. O culto é particularmente difundido na França, Alemanha, Espanha e Itália.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (I Pe 5,1-11)

Leitura da Epístola de São Pedro Apóstolo. 

Caríssimos: Eis a exortação que dirijo aos anciãos que estão entre vós; porque sou ancião como eles, fui testemunha dos sofrimentos de Cristo e serei participante com eles daquela glória que se há de manifestar. Velai sobre o rebanho de Deus, que vos é confiado. Tende cuidado dele, não constrangidos, mas espontaneamente; não por amor de interesse sórdido, mas com dedicação; não como dominadores absolutos sobre as comunidades que vos são confiadas, mas como modelos do vosso rebanho. E, quando aparecer o supremo Pastor, recebereis a coroa imperecível de glória. Semelhantemente, vós outros que sois mais jovens, sede submissos aos anciãos. Todos vós, em vosso mútuo tratamento, revesti-vos de humildade; porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes (Pr 3,34). Humilhai-vos, pois, debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele vos exalte no tempo oportuno. Confiai-lhe todas as vossas preocupações, porque ele tem cuidado de vós. Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar. Resisti-lhe fortes na fé. Vós sabeis que os vossos irmãos, que estão espalhados pelo mundo, sofrem os mesmos padecimentos que vós. O Deus de toda graça, que vos chamou em Cristo à sua eterna glória, depois que tiverdes padecido um pouco, vos aperfeiçoará, vos tornará inabaláveis, vos fortificará. A ele o poder na eternidade! Amém.

Evangelho (Lc 22,24-30)  

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo, surgiu entre os discípulos uma discussão: qual deles seria o maior. E Jesus disse-lhes: Os reis dos pagãos dominam como senhores, e os que exercem sobre eles autoridade chamam-se benfeitores. Que não seja assim entre vós; mas o que entre vós é o maior, torne-se como o último; e o que governa seja como o servo. Pois qual é o maior: o que está sentado à mesa ou o que serve? Não é aquele que está sentado à mesa? Todavia, eu estou no meio de vós, como aquele que serve. E vós tendes permanecido comigo nas minhas provações; eu, pois, disponho do Reino a vosso favor, assim como meu Pai o dispôs a meu favor, para que comais e bebais à minha mesa no meu Reino e vos senteis em tronos, para julgar as doze tribos de Israel.

In English

Epistle (1 Peter 5: 1-11)

Lesson from the Epistle of blessed Peter the Apostle.

Dearly beloved, The ancients that are among you I beseech, who am myself also an ancient and a witness of the sufferings of Christ; as also a partaker of that glory which is to be revealed in time to come; feed the flock of God which is among you, taking care of it not by constraint, but willingly according to God; not for filthy lucre’s sake, but voluntarily; neither as lording it over the clergy but being made a pattern of the flock from the heart: and when the Prince of pastors shall appear, you shall receive a never-fading crown of glory. In like manner, ye young men, be subject to the ancients: and do ye all insinuate humility one to another; for God resisteth the proud, but to the humble He giveth grace. Be you humbled therefore under the mighty hand of God, that He may exalt you in the time of visitation; casting all your care upon Him, for He hath care of you. Be sober and watch, because your adversary the devil, as a roaring lion, goeth about, seeking whom he may devour. Whom resist ye, strong in faith, knowing that the same affliction befalls your brethren who are in the world. But the God of all grace, Who hath called us unto His eternal glory in Christ Jesus, after you have suffered a little, will Himself perfect you, and confirm vou. and establish You. To Him be glory and empire for ever and ever. Amen.

Gospel (Luke 22: 24-30)

The continuation of the holy Gospel according to Luke. 

At that time, There was a strife among the disciples, which of them should seem to be greater. And Jesus said to them. “The kings of the gentiles lord it over them; and they that have power over them, are called beneficent. But you not so; but he that is the greater among you, let him become as the younger; and he that is the leader, as he that serveth. For which is greater, he that sitteth at table, or he that serveth? Is not he thatsitteth at table? but I am in the midst of you, as he that serveth. And you are they who have continued with Me in My temptations: and I dispose to you, as My Father hath disposed to Me, a kingdom: that you may eat and drink at My table in My kingdom, and may sit upon thrones, judging the twelve tribes of Israel.”

Liturgia Diária- 22/07/2016

SANTA MARIA MADALENA, Penitente

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

santa-maria-madalena1

Natural de Mágdala, na Galileia, Maria Madalena foi contemporânea de Jesus Cristo, tendo vivido no Século I. O testemunho de Maria Madalena é encontrado nos quatro Evangelhos:

“Os doze estavam com ele, e também mulheres que tinham sido curadas de espíritos maus e de doenças. Maria, dita de Mágdala, da qual haviam saído sete demônios…” (Lc 8,1-2).

Após ter sido curada por Jesus, Maria Madalena coloca-se a serviço do Reino de Deus, fazendo um caminho de discipulado, de seguimento a Nosso Senhor no amor e no serviço. E este amor maduro de Maria Madalena levou-a até ao momento mais difícil da vida e da missão de Nosso Senhor, permanecendo ao lado d’Ele:

“Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe e a irmã de sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena” (Jo 19,25).

Maria Madalena foi a primeira testemunha da Ressurreição de Jesus:

“Então, Jesus falou: ‘Maria!’ Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: ‘Rabûni!’ (que quer dizer: Mestre)” (Jo 20,16).

A partir deste encontro com o Ressuscitado, Maria Madalena, discípula fiel, viveu uma vida de testemunho e de luta pela santidade.

Existe também uma tradição de que Maria Madalena, juntamente com a Virgem Maria e o Apóstolo João, foi evangelizar em Éfeso, onde depois veio a falecer nesta cidade.

O culto à Santa Maria Madalena no Ocidente propagou-se a partir do Século XII.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Ct 3,2-5; 8,6-7)

Leitura do livro da Sabedoria. 

Vou levantar-me e percorrer a cidade, as ruas e as praças, em busca daquele que meu coração ama; procurei-o, sem o encontrar. Os guardas encontraram-me quando faziam sua ronda na cidade. Vistes acaso aquele que meu coração ama? Mal passara por eles, encontrei aquele que meu coração ama. Segurei-o, e não o largarei antes que o tenha introduzido na casa de minha mãe, no quarto daquela que me concebeu. – Conjuro-vos, ó filhas de Jerusalém, pelas gazelas e corças dos campos, não desperteis nem perturbeis o amor, antes que ele o queira.- Põe-me como um selo sobre o teu coração, como um selo sobre os teus braços; porque o amor é forte como a morte, a paixão é violenta como o cheol. Suas centelhas são centelhas de fogo, uma chama divina. As torrentes não poderiam extinguir o amor, nem os rios o poderiam submergir. Se alguém desse toda a riqueza de sua casa em troca do amor, só obteria desprezo.

Evangelho (Lc 7,36-50)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo, um fariseu convidou Jesus a ir comer com ele. Jesus entrou na casa dele e pôs-se à mesa. Uma mulher pecadora da cidade, quando soube que estava à mesa em casa do fariseu, trouxe um vaso de alabastro cheio de perfume; e, estando a seus pés, por detrás dele, começou a chorar. Pouco depois suas lágrimas banhavam os pés do Senhor e ela os enxugava com os cabelos, beijava-os e os ungia com o perfume. Ao presenciar isto, o fariseu, que o tinha convidado, dizia consigo mesmo: Se este homem fosse profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que o toca, pois é pecadora. Então Jesus lhe disse: Simão, tenho uma coisa a dizer-te. Fala, Mestre, disse ele. Um credor tinha dois devedores: um lhe devia quinhentos denários e o outro, cinqüenta. Não tendo eles com que pagar, perdoou a ambos a sua dívida. Qual deles o amará mais? Simão respondeu: A meu ver, aquele a quem ele mais perdoou. Jesus replicou-lhe: Julgaste bem. E voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não me deste água para lavar os pés; mas esta, com as suas lágrimas, regou-me os pés e enxugou-os com os seus cabelos. Não me deste o ósculo; mas esta, desde que entrou, não cessou de beijar-me os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo; mas esta, com perfume, ungiu-me os pés. Por isso te digo: seus numerosos pecados lhe foram perdoados, porque ela tem demonstrado muito amor. Mas ao que pouco se perdoa, pouco ama. E disse a ela: Perdoados te são os pecados. Os que estavam com ele à mesa começaram a dizer, então: Quem é este homem que até perdoa pecados? Mas Jesus, dirigindo-se à mulher, disse-lhe: Tua fé te salvou; vai em paz.

In English

Lesson (Canticles 3: 2-5; 8, 6, 7)

Lesson from the book of Wisdom.

I will rise and will go about the city: in the streets and the broad ways I will seek Him Whom my soul loveth: I sought Him, and I found Him not. The watchmen who keep the city found me. Have you seen Him Whom my soul loveth? When I had a little passed by them, I found Him Whom my soul loveth; I held Him, and I will not let Him go till I bring Him into my mother’s house, and into the chamber of her that bore me. I adjure you, O daughters of Jerusalem, by the roes and harts of the fields, that you stir not up, nor wake my beloved till she please. Put me as a seal upon Thy heart, as a seal upon Thy arm; for love is strong as death, jealousy is hard as hell; the lamps thereof are lamps of fire and flames. Many waters cannot quench charity, neither can the floods drown it; if a man shall give all the substance of his house for love, he shall despise it as nothing.

Gospel (Luke 7: 36-50)

The continuation of the holy Gospel according to Luke. 

At that time, one of the Pharisees desired Jesus to eat with him; and He went into the house of the pharisee, and sat down to meat. And behold a woman that was in the city, a sinner, when she knew that He sat at meat in the pharisee’s house, brought an alabaster box of ointment; and standing behind at His feet, she began to wash His feet with tears, and wiped them with the hairs of her head, and kissed his feet, and anointed them with the ointment. And the pharisee, who had invited Him, seeing it, spoke within himself, saying, This man, if he were a prophet, would know surely who and what manner of woman this is that toucheth Him, that she is a sinner. And Jesus answering, said to him, “Simon, I have somewhat to say to thee:” but he said, “Master, say it.” “A certain. creditor had two debtors, the one owed five hundred pence, and the other fifty. And whereas they had not wherewith to pay, he forgave them both. Which therefore of the two loveth him most?” Simon answering, said, I suppose that he to whom he forgave most. And He said to him, “Thou hast judged rightly.” And turning to the woman, He said unto Simon, “Dost thou see this woman? I entered into thy house: thou gavest me no water for My feet; but she with tears hath washed My feet, and with her hairs hath wiped them. Thou gavest me no kiss; but she, since she came in, hath not ceased to kiss my feet. My head with oil thou didst not anoint; but she with ointment hath anointed My feet. Wherefore I say to thee, Many sins are forgiven her, because she hath loved much: but to whom less is forgiven, he loveth less.” And He said to her, “Thy sins are forgiven thee.” And they that sat at meat with Him began to say within themselves, Who is this that forgiveth sins also? And He said to the woman, “Thy faith has made thee safe; go in peace.”

Liturgia Diária- 21/07/2016

SÃO LOURENÇO DE BRINDISI, Confessor e Doutor

Festa de 3ª Classe- Missa “In Medio”

San_Lorenzo_da_Brindisi

Presbítero da Igreja, o santo de hoje é reconhecido como Doutor, pois amou, aprofundou, serviu e com ardor comunicou a Sã Doutrina Católica. Nascido em Brindes, na Itália, no ano de 1559, São Lourenço entrou na família franciscana, como Capuchinho e chegou a Superior Geral.

Homem de Deus e conciliador da maneira franciscana de viver com as necessidades da época, como pregador espalhou a Palavra de Deus em muitos lugares, como Itália, Espanha, Portugal, França, Bélgica, Holanda. Conhecedor do hebraico, aramaico, caldeu, grego, latim, alemão, italiano e outras línguas, pôde – como teólogo e apologista – aprofundar nos estudos das Sagradas Escrituras e bradar pelos quatro cantos da Igreja e do mundo a Verdade, pois o protestantismo se alastrava, assim como diversas heresias.

São Lourenço fugia constantemente das honras e, além de dormir no chão, levantava-se à noite para rezar e se alimentava somente de pão, água e verduras, como penitência. Além de grande propagador da Palavra, foi quem muito lutou para vivê-la, por isso, ao ocupar a função de diplomata da Igreja, serviu de pacificador durante a ameaça de invasão por parte dos turcos. São Lourenço, que entrou no Céu com 60 anos, deixou muitos escritos, os quais externam o amor pela Palavra de Deus: “A Palavra de Deus é luz para a inteligência, fogo para a vontade, para que o homem possa conhecer e amar a Deus… É martelo contra a dura obstinação do coração, nos vícios contra a carne, o mundo e o demônio; é espada que mata todo o pecado”.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (II Tim 4, 1-8)

Leitura da Segunda Carta de São Paulo Apóstolo a Timóteo. 

Caríssimo, eu te conjuro em presença de Deus e de Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, por sua aparição e por seu Reino: prega a palavra, insiste oportuna e importunamente, repreende, ameaça, exorta com toda paciência e empenho de instruir. Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas. Tu, porém, sê prudente em tudo, paciente nos sofrimentos, cumpre a missão de pregador do Evangelho, consagra-te ao teu ministério. Quanto a mim, estou a ponto de ser imolado e o instante da minha libertação se aproxima. Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé. Resta-me agora receber a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia, e não somente a mim, mas a todos aqueles que aguardam com amor a sua aparição.

Evangelho (Mt 5, 13-19)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus. 

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Vós sois o sal da terra. Se o sal perde o sabor, com que lhe será restituído o sabor? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e calcado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre uma montanha nem se acende uma luz para colocá-la debaixo do alqueire, mas sim para colocá-la sobre o candeeiro, a fim de que brilhe a todos os que estão em casa. Assim, brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus. Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição. Pois em verdade vos digo: passará o céu e a terra, antes que desapareça um jota, um traço da lei. Aquele que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar assim aos homens, será declarado o menor no Reino dos céus. Mas aquele que os guardar e os ensinar será declarado grande no Reino dos céus.

In english

Epistle (II Tim. 4: 1-8)

Lesson from the Epistle of blessed Paul the Apostle to Timothy. 

Dearly beloved, I charge thee before God and Jesus Christ, Who shall judge the living and the dead, by His coming, and His Kingdom. Preach the word: be instant in season: reprove, entreat, rebuke in all patience, and doctrine. For there shall be a time, when they will not endure sound doctrine; but according to their own desires they will heap to themselves teachers, having itching ears, and will indeed turn away their hearing from the truth, but will be turned unto fables. But be thou vigilant, labor in all things, do the work of an evangelist, fulfill thy ministry. Be sober. For I am even now ready to be sacrificed; and the time of my dissolution is at hand. I have fought a good fight, I have finished my course, I have kept the Faith. As to the rest, there is laid up for me a crown of justice, which the Lord, the just Judge, will render to me in that day; and not only to me, but to them also that love His coming.

Gospel (Matt 5: 13-19)

The continuation of the holy Gospel according to Matthew.

At that time, Jesus said to His disciples: “You are the salt of the earth: but if the salt lose its savor, wherewith shall it be salted? It is good for nothing any more but to be cast out, and to be trodden by men. You are the light of the world. A city seated on a mountain can not be hid. Neither do men light a candle and put it under a bushel, but upon a candlestick, that it may shine to all that are in the house; so let your light shine before men, that they may see your good works, and glorify your Father Who is in Heaven. Do not think that I am come to destroy the law or the prophets: I am not come to destroy, but to fulfill. For, amen I say unto you, till Heaven and earth pass, one jot or one tittle shall not pass of the law till all be fulfilled.He therefore that shall break one of these least commandments, and shall so teach men,shall be called the least in the kingdom of Heaven: but he that shall do and teach, he shall be called great in the kingdom of Heaven.”

Liturgia Diária- 19/07/2016

SÃO VICENTE DE PAULO, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa “Justus”, com Evangelho próprio

saint-vincent-de-paul-11

O santo de hoje, São Vicente de Paulo, nasceu na Aquitânia (França) em 1581. No seu tempo a França era uma potência, porém convivia com as crianças abandonadas, prostitutas, pobreza e ruínas causadas pelas revoluções e guerras.

Grande sacerdote, gerado numa família pobre e religiosa, ele não ficou de braços cruzados mas se deixou mover pelo espírito de amor. Como padre, trabalhou numa paróquia onde conviveu com as misérias materiais e morais; esta experiência lhe abriu para as obras da fé. Numa viagem foi preso e, com grande humildade, viveu na escravidão até converter seu patrão e conseguiu depois de dois anos sua liberdade.

A partir disso, São Vicente de Paulo iniciou a reforma do clero, obras assistenciais, luta contra o jansenismo que esfriava a fé do povo e estragava com seu rigorismo irracional. Fundou também a “Congregação da Missão” (lazaristas) e unido a Santa Luísa de Marillac, edificou as “Filhas da Caridade” (irmãs vicentinas).

Sabia muito bem tirar dos ricos para dar aos pobres, sem usar as forças dos braços, mas a força do coração. Morreu quase octogenário, a 27 de setembro de 1660.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (1 Cor 4, 9-14)

Leitura da Primeira Carta de São paulo Apóstolo aos Coríntios. 

Irmãos: Somos entregues em espetáculo ao mundo, aos anjos e aos homens. Nós, estultos por causa de Cristo; e vós, sábios em Cristo! Nós, fracos; e vós, fortes! Vós, honrados; e nós, desprezados! Até esta hora padecemos fome, sede e nudez. Somos esbofeteados, somos errantes, fatigamo-nos, trabalhando com as nossas próprias mãos. Insultados, abençoamos; perseguidos, suportamos; caluniados, consolamos! Chegamos a ser como que o lixo do mundo, a escória de todos até agora… Não vos escrevo estas coisas para vos envergonhar, mas admoesto-vos como meus filhos muitos amados.

Evangelho (Lc 10, 1-9)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo, designou o Senhor setenta e dois outros discípulos e mandou-os, dois a dois, adiante de si, por todas as cidades e lugares para onde ele tinha de ir. Disse-lhes: Grande é a messe, mas poucos são os operários. Rogai ao Senhor da messe que mande operários para a sua messe. Ide; eis que vos envio como cordeiros entre lobos. Não leveis bolsa nem mochila, nem calçado e a ninguém saudeis pelo caminho. Em toda casa em que entrardes, dizei primeiro: Paz a esta casa! Se ali houver algum homem pacífico, repousará sobre ele a vossa paz; mas, se não houver, ela tornará para vós. Permanecei na mesma casa, comei e bebei do que eles tiverem, pois o operário é digno do seu salário. Não andeis de casa em casa.Em qualquer cidade em que entrardes e vos receberem, comei o que se vos servir. Curai os enfermos que nela houver e dizei-lhes: O Reino de Deus está próximo.

In English

Epistle (1 Cor 4: 9-14)

Lesson from the Book of the Blessed Paul Apostle to the Corinthians.

Brethen, for it seems to me that God has put us apostles on show right at the end, like men condemned to death: we have been exhibited as a spectacle to the whole universe, both angelic and human. Here we are, fools for Christ’s sake, while you are the clever ones in Christ; we are weak, while you are strong; you are honoured, while we are disgraced. To this day, we go short of food and drink and clothes, we are beaten up and we have no homes; we earn our living by labouring with our own hands; when we are cursed, we answer with a blessing; when we are hounded, we endure it passively; when we are insulted, we give a courteous answer. We are treated even now as the dregs of the world, the very lowest scum. I am writing all this not to make you ashamed but simply to remind you, as my dear children;

Gospel (Luke 10: 1-9)

The continuation of the Holy Gospel according to Luke. 

In that time, the Lord designated another seventy-two. And he sent them in pairs before his face, into every city and place where he was to arrive. And he said to them: “Certainly the harvest is great, but the workers are few. Therefore, ask the Lord of the harvest to send workers into his harvest. Go forth. Behold, I send you out like lambs among wolves. Do not choose to carry a purse, nor provisions, nor shoes; and you shall greet no one along the way. Into whatever house you will have entered, first say, ‘Peace to this house.’ And if a son of peace is there, your peace will rest upon him. But if not, it will return to you. And remain in the same house, eating and drinking the things that are with them. For the worker is worthy of his pay. Do not choose to pass from house to house. And into whatever city you have entered and they have received you, eat what they set before you. And cure the sick who are in that place, and proclaim to them, ‘The kingdom of God has drawn near to you.’

Liturgia Diária- 16/07/2016

FESTA DE NOSSA SENHORA DO CARMO

Padroeira da Irmandade

Festa de 1ª Classe para a Irmandade; nas demais capelas e templos, Comemoração- Missa Própria 

Missa às 18:30 horas na Capela São Judas Tadeu
carmelo_virgem

Ao olharmos para a história da Igreja encontramos uma linda página marcada pelos homens de Deus, mas também pela dor, fervor e amor à Virgem Mãe de Deus: é a história da Ordem dos Carmelitas, da qual testemunha o cardeal Piazza: “O Carmo existe para Maria e Maria é tudo para o Carmelo, na sua origem e na sua história, na sua vida de lutas e de triunfos, na sua vida interior e espiritual”.

Carmelo (em hebraico, “carmo” significa vinha; e “elo” significa senhor; portanto, “Vinha do Senhor”): este nome nos aponta para a famosa montanha que fica na Palestina, donde o profeta Elias e o sucessor Elizeu fizeram história com Deus e com Nossa Senhora, que foi pré-figurada pelo primeiro numa pequena nuvem (cf. I Rs 18,20-45).

Estes profetas foram “participantes” da Obra Carmelita, que só vingou devido à intervenção de Maria, pois a parte dos monges do Carmelo que sobreviveram (século XII) da perseguição dos muçulmanos, chegaram fugidos na Europa e elegeram São Simão Stock como seu superior geral; este, por sua vez, estava no dia 16 de julho intercedendo com o Terço, quando Nossa Senhora apareceu com um escapulário na mão e disse-lhe:“Recebe, meu filho, este escapulário da tua Ordem, que será o penhor do privilégio que eu alcancei para ti e para todos os filhos do Carmo. Todo o que morrer com este escapulário será preservado do fogo eterno”.

Vários Papas promoveram o uso do escapulário e Pio XII chegou a escrever: “Devemos colocar em primeiro lugar a devoção do escapulário de Nossa Senhora do Carmo – e ainda – escapulário não é ‘carta-branca’ para pecar; é uma ‘lembrança’ para viver de maneira cristã, e assim, alcançar a graça duma boa morte”.

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Eclo 24,17-21)

Leitura do livro da Sabedoria. 
Elevei-me como o cedro do Líbano, como o cipreste do monte Sião; cresci como a palmeira de Cades, como as roseiras de Jericó. Elevei-me como uma formosa oliveira nos campos, como um plátano no caminho à beira das águas. Exalo um perfume de canela e de bálsamo odorífero, um perfume como de mirra escolhida; como o estoraque, o gálbano, o ônix e a mirra, como a gota de incenso que cai por si própria, perfumei minha morada. Meu perfume é como o de um bálsamo sem mistura.

Evangelho (Lc 11,27-28)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 
Naquele tempo, enquanto Jesus falava, uma mulher levantou a voz do meio do povo e lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe, e os peitos que te amamentaram! Mas Jesus replicou: Antes bem-aventurados aqueles que ouvem a palavra de Deus e a observam!

In English

Lesson (Eccl. 24: 17-21)

Lesson from the Book of the Wisdom. 

I was exalted like a cedar in Lebanon and like a cypress on Mount Zion. I was exalted like a palm tree in Kadesh and like a rose bush in Jericho. I was exalted like a beautiful olive tree in the plains, and like a sycamore tree beside the waters along a wide road. I gave off an aromatic fragrance like cinnamon or balsam. I produced a sweet odor like the best myrrh. And I perfumed my dwelling place with sweet gum, and aromatic resin, and flower petals, and aloe, as well as the finest cedar from Lebanon. And my fragrance is like undiluted balsam.

Gospel (Luke 11: 27-28)

In that time, when He was saying, a certain woman from the crowd, lifting up her voice, said to him, “Blessed is the womb that bore you and the breasts that nursed you.” Then he said, “Yes, but moreover: blessed are those who hear the word of God and keep it.”

Liturgia Diária- 02/07/2016

VISITAÇÃO DE NOSSA SENHORA

Festa de 2ª Classe- Missa Própria

visita_de_n_sra_a_sta_isabel

Depois do Anjo anunciar a Virgem Santíssima que seria a Mãe de Deus e que sua prima Isabel estava para dar a luz, Maria Santíssima dirigiu-se ao Hebrom onde sua prima habitava. É o Mistério da Visitação que a Santa Igreja Recorda logo a seguir a oitava do natal de São João Batista. No Advento a Sexta-feira das Têmporas recorda-nos este mistério, e aqui a Santa Igreja quer também aproximar a memória do precursor de Jesus e da de Maria. Mistério de Santificação e de paz. Maria visita Isabel e Jesus Visita João para o Santificar. O precursor exulta de alegria no ventre da mãe, que iluminada pelo Espírito Santo, saúda a prima e proclama “És bendita entre todas as mulheres e bendito o fruto do seu Ventre. Que mereço para que venha até a mim a Mãe do Meus Senhor?”. E a Virgem Mãe de Deus, que traz no seio o autor de todas as coisas entoa o cântico sublime: O Magnificat!

LEITURAS/LESSONS

Leitura (Ct 2,8-14).

Leitura do Livro da Sabedoria  

Oh, esta é a voz do meu amado! Ei-lo que aí vem, saltando sobre os montes, pulando sobre as colinas. Meu amado é como a gazela e como um cervozinho. Ei-lo atrás de nossa parede. Olho pela janela, espreito pelas grades. Meu bem-amado disse-me: Levanta-te, minha amiga, vem, formosa minha. Eis que o inverno passou, cessaram e desapareceram as chuvas. Apareceram as flores na nossa terra, voltou o tempo das canções. Em nossas terras já se ouve a voz da rola. A figueira já começa a dar os seus figos, e a vinha em flor exala o seu perfume; levanta-te, minha amada, formosa minha, e vem. Minha pomba, oculta nas fendas do rochedo, e nos abrigos das rochas escarpadas, mostra-me o teu rosto, faze-me ouvir a tua voz. Tua voz é tão doce, e delicado teu rosto!

Evangelho (Lc 1,39-47)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele dias, Maria se levantou e foi às pressas às montanhas, a uma cidade de Judá.Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel. Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor? Pois assim que a voz de tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria no meu seio. Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas! E Maria disse: Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador.

In English

Lesson (Canticle 2: 8-14)

Lesson from the Book of Wisdom.

Behold He cometh, leaping upon the mountains, skipping over the hills. My beloved is like a roe or a young hart. Behold He standeth behind our wall; looking through the windows, looking through the lattices. Behold, my beloved speaketh to me, Arise, make haste, My love, my dove, my beautiful one; and come. For winter is now past, the rain is over and gone, The flowers have appeared in our land, the time of pruning Is come, the voice of the turtle is heard in our land: the fig-tree hath put forth her green figs, the vines in flower yield their sweet smell. Arise my love, my beautiful one; and come. My dove in the clefts of the rock, in the hollow places of the wall, show Me thy face, let thy voice sound in My ear; for thy voice is sweet, and thy face comely.

Gospel (Luke 1: 39-47)

The continuation of the holy Gospel according to Luke. 

At that time, Mary rising up, went into the hill country with haste, into a city of Juda. And she entered into the house of Zachary, and saluted Elizabeth. And it came to pass that when Elizabeth heard the salutation of Mary, the infant leaped in her womb. And Elizabeth was filled with the Holy Ghost: and she cried out with a loud voice, and said, Blessed art thou among women, and blessed is the fruit of thy womb. And whence is this to me, that the mother of my Lord should come to me? For behold, as soon as the voice of thy salutation sounded in my ears, the infant in my womb leaped for joy. And blessed art thou that hast believed, because those things shall be accomplished that were spoken to thee by the Lord. And Mary said, My soul doth magnify the Lord; and my spirit hath rejoiced in God my Savior.

Liturgia Diária- 01/07/2016

FESTA DO PRECIOSÍSSIMO SANGUE DE NOSSO SENHOR

Festa de 1ª Classe- Missa Própria

0107

A Igreja do Santo Sepulcro de Neuvy possui duas gotas do Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo recolhidas no dia de sua Paixão no Calvário. Elas têm a forma de duas lágrimas coaguladas. Puro e sem mistura de água nem de terra, este Sangue divino é, talvez, a mais preciosa relíquia do mundo.O Cardeal Eudes, bispo de Tusculum, trouxe as duas gotas de Sangue da Terra Santa onde, durante seis anos, havia exercido as funções de emissário do Papa na primeira cruzada de São Luís. E, em 1257, doou o Sangue recolhido a Neuvy, sua região natal. Desde aquela época, o Preciosíssimo Sangue repousa sob a magnífica cúpula bizantina, construída em 1042 – 1046 por Eudes de Déols e Geoffroy, de Bourges, baseada no modelo primitivo da igreja do Santo Sepulcro de Jerusalém.Para honrar essa santa Relíquia, os soberanos pontífices, desde a origem, concederam à igreja de Neuvy grandes favores; e, em 1621, André Fremiot, arcebispo de Bourges, instituiu uma confraria do Preciosíssimo Sangue que, dois anos depois, o papa Gregório XV aprovava e enriquecia com numerosas indulgências. Nos tempos atuais, esta confraria foi reorganizada por Monsenhor de La Tour d’Auvergne e por Monsenhor Sorvonnet, arcebispo de Bourges.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (Heb 9,11-15)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Hebreus. 

Irmãos: Já veio Cristo, Sumo Sacerdote dos bens vindouros. E através de um tabernáculo mais excelente e mais perfeito, não construído por mãos humanas (isto é, não deste mundo), sem levar consigo o sangue de carneiros ou novilhos, mas com seu próprio sangue, entrou de uma vez por todas no santuário, adquirindo-nos uma redenção eterna. Pois se o sangue de carneiros e de touros e a cinza de uma vaca, com que se aspergem os impuros, santificam e purificam pelo menos os corpos, quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu como vítima sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência das obras mortas para o serviço do Deus vivo? Por isso ele é mediador do novo testamento. Pela sua morte expiou os pecados cometidos no decorrer do primeiro testamento, para que os eleitos recebam a herança eterna que lhes foi prometida.

Evangelho (Jo 19,30-35)

Naquele, havendo Jesus tomado do vinagre, disse: Tudo está consumado. Inclinou a cabeça e rendeu o espírito. Os judeus temeram que os corpos ficassem na cruz durante o sábado, porque já era a Preparação e esse sábado era particularmente solene. Rogaram a Pilatos que se lhes quebrassem as pernas e fossem retirados. Vieram os soldados e quebraram as pernas do primeiro e do outro, que com ele foram crucificados. Chegando, porém, a Jesus, como o vissem já morto, não lhe quebraram as pernas, mas um dos soldados abriu-lhe o lado com uma lança e, imediatamente, saiu sangue e água. O que foi testemunha desse fato o atesta (e o seu testemunho é digno de fé, e ele sabe que diz a verdade), a fim de que vós creiais.

In English

Epistle (Hebrews 9: 11-15)

Lesson from the Epistle of Blessed Paul the Apostle to the Hebrews.

Brethren, Christ being come, a high priest of the good things to come, by a greater and more perfect tabernacle, not made with hands, that is, not of this creation, neither by the blood of goats or of calves, but by His own blood, entered once into the Holies, having obtained eternal redemption. For if the blood of goats and of oxen, and the ashes of an heifer being sprinkled sanctify such as are defiled, to the cleansing of the flesh, how much more shall the blood of Christ, Who, through the Holy Ghost, offered Himself without spot to God, cleanse our conscience from dead works, to serve the living God? And therefore He is the mediator of the New Testament: that by means of His death, for the redemption of those transgressions which were under the former testament; they that are called may receive the promise of eternal inheritance; in Christ Jesus our Lord.

Evangelho (John 19: 30-35)

The continuation of the holy Gospel according to John. 

At that time, Jesus, when He had taken the vinegar, said: “It is consummated.” And bowing His head He gave up the ghost. Then the Jews (because it was the parasceve), that the bodies might not remain upon the cross on the sabbath-day (for that was a great sabbath-day), besought Pilate that their legs might be broken, and that they might be taken away. The soldiers, therefore, came: and they broke the legs of the first and of the other that was crucified with him. But after they were come to Jesus, when they saw that He was already dead, they did not break His legs. But one of the soldiers with a spear opened His side, and immediately there came out blood and water. And he that saw it hath given testimony, and his testimony is true.

Comunicado – Santa Missa Tridentina e Imposição do Escapulário

Próxima quinta-feira, 16/07/2015, Missa Tridentina em honra a Nossa Senhora do Carmo.
O Pe. Leles fará a imposição do Escapulário de Nossa Senhora do Carmo nos fiéis que o desejarem.

Será celebrada na Paróquia Nossa Senhora das Dores.

Rua Dom Barreto, 60 – Fundinho, Uberlândia – MG
Horário: 19:30

NsaCarmo_01

img_7760img_7747
* fotos do Pe Daniel de Brasília fazendo a imposição do Escapulário.