Revista Benedicta – V. 2, Nº 10

O número 10, publicado no mês de outubro, é dedicado a Nossa Senhora Aparecida, encontrando-se assim constituído:
 

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

São José: terror dos demônios, Protetor da Santa Igreja: Neste último artigo sobre a ladainha de S. José, abordamos as razões pelas quais o Patriarca, junto de Nossa Senhora, causa temor ao demônio e intercede pela proteção da Igreja, de cuja Cabeça foi pai adotivo.

A gnose romântica contra a realidade: O romantismo não foi um inócuo movimento sentimentalista. Foi, sobretudo, a sementeira das principais sandices revolucionárias do mundo contemporâneo — elo importante de uma cadeia anticristã que já procedia dos séculos precedentes.

Liberalismo: inimigo de Deis e da Igreja: O liberalismo, ao pregar a independência do homem em relação a Deus e a Igreja, propaga os mais terríveis erros em todos os campos do conhecimento e da atividade humana.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

Sermão da Sexagésima, de Pe. Antônio Vieira: Pe. Antônio Vieira (1608-1697), exímio orador de língua portuguesa, trata neste sermão do ofício do pregador, relacionando-o à frutificação da palavra de Deus; texto atualíssimo para entendermos a atual crise de conversão católica.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

Nossa Senhora Aparecida: Em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, comemorada em 12 de outubro, trazemos o utilíssimo texto do Padre Rohrbacher (1789-1856), que sintetiza a história da aparição da Regina Brasiliæ e seus desdobramentos.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

Santa Brígida: S. Brígida da Suécia (c. 1303-1373), de linhagem católica e origem nobre, destacou-se por sua caridade e vida ascética e mística, repleta de visões de Nosso Senhor Crucificado. É comemorada em 8 de outubro pela Santa Igreja.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Altar da Santa Missa: Dando continuidade às curiosidades sobre os itens litúrgicos, tratamos agora da composição do altar para a celebração da Santa Missa.

– Base ilustrativa da capa: Lembrança da Piedosa Romaria à Basílica de Nossa Senhora Aparecida, de artista desconhecido (1951)

Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – V. 2, Nº 9

O número 09, publicado no mês de agosto e dedicado a Nossa Senhora das Dores, encontra-se assim constituído:
 

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

São José: Alívio dos miseráveis, Esperança dos doentes, Patrono dos moribundos: Os santos são feitos de homens. S. José, por tudo que sofreu junto a Cristo, é o santo do alívio e da esperança de todo o padecer humano; e por ter sido assistido pelo Filho e Sua Mãe na hora da morte, é o patrono dos agonizantes durante a passagem desta vida à vida eterna.

O principal inimigo do Padre Pio: O assédio de satanás marca toda a vida de Padre Pio e reflete a Paixão moderna da própria Igreja. Assim, importa aprender o discernimento da ação demoníaca e a obediência do santo capuchinho, que nos antecedeu no combate ao inimigo.

Erros protestantes: iconoclastia: Entre os erros recorrentes dos protestantes estão as falsas acusações de idolatria sobre os católicos, as quais podem ser refutadas pelas Escrituras e pelo ensinamento do Magistério da Igreja.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

Contra aqueles que condenam as imagens sagradas, de S. João Damasceno: Um dos atributos mais famosos de S. João Damasceno (675-749) é a luta contra a iconoclastia. A partir do ensinamento dos padres gregos, o Doutor da Igreja sai em defesa dos ícones neste breve texto aqui resenhado.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

Exaltação da Santa Cruz: Pe. Antônio Vieira (1608-1697), neste sermão de 1645, propõe um Juízo das cruzes, para saber a mais pesada: se a cruz de Cristo, a cruz da religião ou a cruz do mundo; e assim desvela aspectos admiráveis da Festa do dia 14 de setembro.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

São Miguel Arcanjo: Em razão de seu papel na batalha no céu, São Miguel Arcanjo é o príncipe da Igreja de Cristo e o exterminador do anticristo. A Igreja festeja esse santo anjo no dia 29 de setembro.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Chapéus clericais: Em sequência aos paramentos sacerdotais, apresentamos algumas coberturas para cabeça utilizadas pelo clero ao longo da história da Igreja e suas relações com a Liturgia.


– Base ilustrativa da capa: Virgem Dolorosa, de Nicolás Enríquez (1704-1790) (Museu Metropolitano de Arte, Nova Iorque)

Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – V. 2, Nº 8

O número 08, publicado no mês de agosto e dedicado a Assunção de Nossa Senhora, encontra-se assim constituído:

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

São José: espelho de paciência: A nobre e bela causa dos sofrimentos de São José e a maneira silenciosa como os suportou ensina que a perfeita paciência nasce das provações e da alegria de sofrer tudo por Nosso Senhor e Sua Mãe.

Quando a marquesa descobriu que não era órfã: Em 1905, a primeira bilocação do Padre Pio fê-lo presenciar a morte de um marquês no nascimento da filha, e receber de Nossa Senhora a missão de cuidar da jovem marquesa, que viria a tornar-se a Jacoba dei Settesoli do santo padre.

Erros protestantes: Jesus não fundou uma igreja: Entre os erros dos protestantes está a afirmação de que Cristo não teria fundado uma Igreja visível, porém as Escrituras e a Tradição apostólica provam o contrário.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

As seis Asas dos Serafins, de S. Boaventura: opúsculo de S. Boaventura (1218-1274) reúne normas indispensáveis ao Religioso no ofício do governo sobre seus súditos. Com base nas Sagradas Escrituras, o santo ensina os passos para se tornar um verdadeiro mestre espiritual.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

Festa da Assunção de Maria Santíssima: esta meditação, S. Afonso Maria de Ligório (1696-1787) mostra que a alegria pela Assunção de Maria é dupla: pelo fato em si, e porque no Céu ela é feita nossa Advogada: defende os que a ela se recomendam e ganha todas as causas.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

Santa Rosa de Lima: S. Rosa de Lima (1586-1617), primeira santa do Novo Mundo e padroeira da América Latina, é festejada em 30 de agosto. Dominicana, personificou sobrenaturalmente a pureza e a mortificação, e iniciou a mística e ascética no além-mar.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Nossa Senhora do Carmo: Os paramentos sacerdotais cumprem a parte exterior do preceito de amar a Deus sobre todas as coisas. Sendo assim, apresentamos cada veste litúrgica (e sua respectiva oração) colocada pelo Sacerdote para a celebração da Santa Missa.


– Base ilustrativa da capa: A Imaculada Conceição, de Bartolomé Esteban Murillo (1617-1682) (Museu do Prado).

Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – V. 2, Nº 7

O número 07, publicado no mês de julho e dedicado a Nossa Senhora do Carmo, encontra-se assim constituído:
07.2021

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

São José: Chefe da Sagrada Família: O patrocínio de São José sobre a Sagrada Família advém de seu amor por Deus, da ação santificante da Trindade e do convívio com a santidade perfeita de Maria. Por esses atributos, é de grande ajuda que lhe entreguemos as famílias do mundo.

Como nascem os filhos espirituais do Padre Pio: A filiação espiritual a um santo é um caminho facilitado para o Céu. Neste artigo sobre o Padre Pio, narra-se o nascimento de uma filha espiritual do frade capuchinho; convite aberto a todos que se admiram particularmente desse santo.

Erros protestantes: “uma vez salvo, para sempre salvo”: Entre os erros mais graves da revolução protestante está aquele formulado por Lutero: “somos salvos somente pela fé”. Esse erro culmina em outro ainda pior, que faz o protestante crer que já está salvo para sempre.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

Carta aberta aos católicos perplexos, de Mons. Lefebvre: A pequena e urgente Carta aberta (1987/2015) de Mons. Lefebvre (1905-1991) expõe como o modernismo se alastrou dentro da Igreja, sobretudo após o Vaticano II; e aconselha os católicos a permanecerem na verdadeira fé.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

A Visitação de Maria Santíssima: Visitação de Maria Santíssima autentica a imprescindibilidade de Nossa Senhora no plano escatológico. Nessa perspectiva, Pe. Júlio Maria de Lombaerde (1878-1944) localiza nas condições históricas do evangelho as glórias de Maria.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

Santa Isabel de Portugal: Santa Isabel de Portugal (1270-1336) é comemorada em 8 de julho. Ainda viva, é venerada pela fervorosa caridade, pelas inúmeras curas, pelo dom da reconciliação e, sobretudo no Brasil católico, pela conversão de seu esposo, o Rei D. Dinis.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Nossa Senhora do Carmo: o dia 16 de julho, a Igreja comera Nossa Senhora do Carmo, padroeira da Irmandade do Carmo. Por isso, apresentamos os pontos principais da mais antiga devoção mariana, que remonta ao Antigo Testamento.

– Base ilustrativa da capa: Nossa Senhora do Monte Carmelo, de Pietro Novelli (1603-1647)

Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – V. 2, Nº 4

O número 04 (volume 02), publicado no mês de abril e dedicado a Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, encontra-se assim constituído:

Capa - Benedicta - V2 - N.4

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

São José: fortíssimo, obedientíssimo e fidelíssimo: No quarto artigo sobre o Patrono da Igreja, as virtudes da fortaleza, obediência e fidelidade são brevemente destacadas no tempo e na eternidade de São José.

Padre Pio e os pecados do mundo: O terceiro texto sobre São Pio de Pietrelcina trata de sua prodigiosa atividade no confessionário, pela qual mais realizou conversões e expiações na própria carne. 

A profecia de São Simeão e o sinal de contradição na história: A vida pública de Nosso Senhor Jesus Cristo desvelou os corações dos judeus, sendo a espada que dividiu-os entre o verdadeiro povo de Deus, que se converteu ao Cristo Messias, e o falso povo de Deus, entusiastas da vinda do anticristo.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

Proslógio,de S. Anselmo: Neste opúsculo, Santo Anselmo de Cantuária (1033-1109) demonstra a veracidade e a necessidade da existência de Deus a partir de uma análise lógica conceitual.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

O estado miserável dos que recaem no pecado: Para bem vivermos o tempo pascoal, Santo Afonso Maria de Ligório (1696-1787) aconselha a ressuscitarmos dos pecados, sobretudo em relação aos já confessos, cuja recidiva incorre em ofensa mais grave que a anteriormente cometida.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

Santo Anselmo de Cantuária: Em 21 de abril, a Liturgia lembra S. Anselmo de Cantuária, doutor da Igreja, que, a despeito de perseguições e exílios, cumpriu com caridade e diligência a função de abade e arcebispo e combateu o cesaropapismo e a degeneração do clero.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Mártires do mês de abril: Cruzadinha sobre alguns santos mártires da Liturgia de abril.


SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).


Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Devocionário

Publicamos abaixo devocionário com coleção das principais orações e devoções católicas, além de explicações acerca do Rito Romano Tradicional e sobre pontos da doutrina da Igreja.

CLIQUE AQUI E CONFIRA

Revista Benedicta – V. 2, Nº 2

O número 02 (volume 02), publicado no mês de fevereiro e dedicado a Purificação de Nossa Senhora, encontra-se assim constituído:

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

São José: Sustentador do Filho de Deus, Zeloso defensor de Jesus Cristo: No segundo artigo da série que aborda São José a partir de versos de sua ladainha, o Chefe da Sagrada Família é observado na relação com o Salvador, de quem foi pai e adorador.

A vida sobrenatural do Padre Pio: Canonizado em 2002, São Pio de Pietrelcina (1887-1968) foi o extremo sobrenatural de uma época profundamente presunçosa e cética. Sua santidade providencial ganha espaço, a partir desta publicação, em uma série de sete artigos.

Os caminhos de Maria Santíssima: É impossível imitar as circunstâncias sobrenaturais da santidade da Mãe de Deus. Insta-nos, portanto, imitá-la nas virtudes, disponível a todos os homens, e caracterizadas pelo caminhar de Nossa Senhora nos Evangelhos.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

A Maternidade Divina, de D. Anscar VonierA Maternidade Divina (1921), de D. Anscar Vonier (1875-1938), é um tratado sobre a maternidade da Mãe de Deus, que dá luz à teologia da Encarnação e aplaca qualquer dúvida sobre o Filho de Deus ser também o Filho de Maria.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

Primeiro sermão pelo dia da Purificação da Santíssima Virgem Maria: Neste sermão, São Bernardo de Claraval (1090-1153) explica três mistérios envolvidos na purificação de Nossa Senhora, celebrada pela Igreja no dia 02 de fevereiro.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

São Brás: No dia 03 de fevereiro, a Santa Igreja comemora o martírio de S. Brás. O bispo taumaturgo do século IV é venerado no mundo todo como padroeiro das gargantas e dos animais selvagens.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Aparição de Nossa Senhora em Lourdes: Cruzadinha sobre as circunstâncias da aparição de Nossa Senhora em Lourdes.


SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).


Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – Nº 1 (2021)

O número 01 (volume 02), publicado no mês de janeiro e dedicado a Epifania do Nosso Senhor Jesus Cristo, encontra-se assim constituído:

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

São José: Filho de Davi, Luz dos Patriarcas: 150 anos após o decreto de São José como Patrono da Igreja de Cristo, a Igreja declara 2021 como o Ano do casto Esposo de Maria. Para comemorá-lo, inauguramos uma série de artigos sobre o Santo, baseada na Ladainha a ele dedicada.

Por que somos católicos?: A Fé em Cristo e Sua religião é, primeiramente, uma graça de Deus Pai; de imediato, ela é também a prova de que nosso intelecto tende à Verdade e precisa romper com o raciocínio lógico para então negá-la e aderir a falsas religiões.

O Homem do Sudário: Embora a cautela da Igreja em declará-lo como o autêntico pano mortuário que envolveu Nosso Senhor após Sua Morte, os católicos sempre veneraram o Santo Sudário. Agora, a ciência também o tem legitimado, confirmando a Ressurreição e a divindade de Cristo.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

Filoteia, de S. Francisco de Sales: Em Filoteia (1609), S. Francisco de Sales (1567-1622) ensina os pormenores para a interiorização da devoção a Deus e do reto viver.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

Terceiro discurso sobre a solenidade da Epifania: Neste sermão, São Leão Magno (?-461) explica o que os Santos Reis Magos espelham em nossa trajetória enquanto os filhos de Deus pela Fé.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

São Francisco de Sales: Em 29 de janeiro, a Liturgia lembra de S. Francisco de Sales, bispo francês que combateu o protestantismo e, com S. Joana Francisca de Chantal, fundou a Ordem de Visitação de Santa Maria (1610), o primeiro de monjas não enclausuradas.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Santos de janeiro: Cruzadinha sobre os santos da Liturgia do mês de janeiro.

NOTA:

Aniversário de sacerdócio: Em 13 de janeiro, os fiéis da Irmandade do Carmo parabenizam o Revmo. Pe. José do Prado Leles pelos 32 anos de sacerdócio.


SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).


Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Agenda Litúrgica – 2021

Salve Maria Santíssima!

Já está disponível a Agenda Litúrgica 2021, segundo o Calendário Romano Tradicional, Universal e Próprio do Brasil, conforme as normas editadas pela Sé Apostólica até 1962. 

Os interessados poderão adquirir seu(s) exemplar(es) presencialmente na Capela Nossa Senhora de Lourdes, ao final das Santas Missas dos domingos, festas e/ou solenidades; por e-mail (comunicacao@irmandadedocarmo.org) ou WhatsApp (clique aqui). 

O investimento é de R$ 40,00 + frete (se for o caso).

Formas de pagamento: dinheiro, boleto ou transferência bancária.

OBS: Para realizar o pagamento via boleto será necessário fornecer o CPF. 

Lembramos ainda que a aquisição desta agenda além de ajudar em nosso apostolado, na propagação do Reinado de Nosso Senhor Jesus Cristo, ajudará também na construção de nossa Capela.

Viva Cristo Rei!
Salve Maria Santíssima!

Revista Benedicta – Nº 6

O número 06, publicado no mês de dezembro e dedicado ao Advento de Nosso Senhor Jesus Cristo, encontra-se assim constituído:

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

O Natal do Senhor e o falso natal dos herodianos: Na vigília do dia 24 de dezembro, quando a ansiedade pelo assado do jantar parece maior que o desejo ardente pela Santíssima Eucaristia, é prudente relembrar: o que de fato celebramos no Natal?

O teatro católico medieval: O teatro católico surge na instauração da Festa de Corpus Christi (1264) e sua posterior assertividade no combate à revolta protestante mostra a preocupação da Igreja para que todas as classes sociais reconheçam o reinado de Nosso Senhor.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

Exercícios Espirituais, de Santo Inácio de Loiola: Santo Inácio oferece, neste livreto do séc. XVI, um guia de meditação. O método inaciano de exercícios se realiza nas dimensões dos Mistérios de Cristo, sendo recurso para tirar de si as afeições desordenadas e encontrar a vontade de Deus.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

As seis circunstâncias características do Advento: Neste sermão, São Bernardo, Abade (1090-1153) nos convida a meditar as realidades ocultas do Advento de Nosso Senhor, a partir de seis questões que demonstram porque esse episódio é objeto de tamanha devoção da Igreja.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

Santos Inocentes: No dia 28 de dezembro, a Igreja lembra das crianças mortas pela perseguição de Herodes ao Menino Jesus.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Presépio: No Brasil, a tradição do presépio, criado por São Francisco de Assis, é iniciada por São José de Anchieta como recurso catequético (1552), sendo forte devoção das igrejas e casas católicas no Natal.

– Conto:

O que falavam a mula e o boi há dois mil anos: Este piedoso conto, ambientado na ocasião do nascimento de Nosso Senhor, simboliza como a humildade do agir divino com o Advento emana para as criaturas ali presentes e configura o mote espiritual do cristão de todos os tempos.


SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).


Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

BLACK FRIDAY – Revista Benedicta

Aproveite este super desconto e adquira já a edição do mês de Novembro e ganhe o acesso às edições anteriores!
.
Promoção válida de 27 a 30/11. Aproveite!

SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).


Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – Nº 5

Neste mês de Novembro dedicamos a edição à Festa de Todos os Santos:
A maioria dos santos extraordinários que hoje intercedem por nós, um dia padeceram no purgatório e beneficiaram-se das orações da Igreja pelas almas. Nas casas católicas, as paredes e os altares ornados por imagens de santos refletem a esperança pelos parentes defuntos um dia alcançarem semelhante glória. Portanto, conforme nos fala São Bernardo, Abade, a essência da veneração pelos santos é a fé na bem-aventurança eterna com Cristo, Nosso Senhor.

SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).


Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – Nº 4

O número 04, publicado no mês de outubro e dedicado a Nossa Senhora Aparecida, encontra-se assim constituído:
– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

Eis aí Nossa Fé: Breve consideração sobre a fundação católica do Brasil e a perfilhação mística do povo brasileiro a Nossa Senhora. ​

Heresia modernista: a Igreja evolutiva: O espírito moderno prega a inovação, a atualização de tudo conforme as eras. Dentro da Igreja, ele faz crer que a verdadeira religião de Cristo precisa evoluir aos tempos vindouros, em que Deus se torna mutável e permite múltiplas religiões. Devido à infestação de tamanha heresia, os católicos devem saber como defender a verdadeira doutrina.

Vida e doutrina espiritual do Pe. Libermann: Pe. Libermann, sacerdote francês do século XIX, converteu-se do judaísmo e tornou-se um diretor espiritual de conselho incomparável. Por meio de quase 1800 cartas, profundiu doutrina que tem poupado do erro os destinatários originais, e que graça enorme deve conceder a todos que, nas páginas seguintes, podem ler suas santas missivas.

Sobre a catequese: O que é e para que serve a catequese? Este texto recobra aos velhos católicos e antecipa aos novos os ensinamentos da Igreja que jamais podemos esquecer. A catequese é um de nossos primeiros contatos com a Santa Madre Igreja e nos dá o que de mais precioso dela recebemos: a Sagrada Eucaristia.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

As Moradas do Castelo Interior, de Santa Teresa d’Ávila: Na obra As Moradas do Castelo Interior (1577), Santa Teresa d’Ávila revela o itinerário a Deus a partir da metáfora de um castelo concêntrico. O aperfeiçoamento espiritual começa no adentramento aos aposentos orbitantes e finda no alcance do centro, onde está Deus, Rei do castelo. Com escrita profundamente mística, a santa espanhola ensina como proceder nas sete moradas, a fim de alcançarmos nosso fim último. ​

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

O Brasil escravo de Nossa Senhora Aparecida: No dia 12 de outubro, o Brasil comemora a festa de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. Maria, ao emergir nas águas do rio Paraíba, deixa de ser “amargura do mar” e torna-se doce fonte de esperança do povo brasileiro. Porque ressignificou o destino do Brasil, devemos servidão a Virgem Santa, conforme exorta Pe. Daniel Pinheiro (IBP).

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

Santa Teresinha do Menino Jesus: Ao dia 03 de outubro, a Igreja celebra a Festa de Santa Teresinha do Menino Jesus. Essa santa do século XIX, carmelita descalça, agradou tanto a Deus com sua humildade e simplicidade que logo Ele a levou, providenciando-a grande Doutora da Igreja, para exemplo a todo o povo católico.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Catequese: Quiz sobre catecismo. ​

VÍDEO DE APRESENTAÇÃO:

 


SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).


Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – Num. 4

Vem aí no próximo dia 10 o lançamento de número 04 da Revista Benedicta.

Neste mês de Outubro dedicamos a edição a Nossa Senhora Aparecida.

No dia 12 de outubro, o Brasil comemora a festa de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. Maria, ao emergir nas águas do rio Paraíba, deixa de ser “amargura do mar” e torna-se doce fonte de esperança do povo brasileiro. Porque ressignificou o destino do Brasil, devemos servidão a Virgem Santa, conforme exorta Pe. Daniel Pinheiro (IBP).

SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).

<

p style=”text-align:justify;”>Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – 3ª edição

Nesta edição apresentamos As Dores de Nossa Senhora, por Santo Afonso Maria de Ligório, como principal tema.

Na seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios, os termos passam pela formação da cristandade, pelos erros do liberalismo e do socialismo, desaguando na Comunhão Espiritual, alimento das almas devotas. 

Na seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas de obras de temática católica, o texto do mês aborda tratado De Trinitate, de S. Agostinho, fundamental para combater as heresias do sabelianismo e arianismo; e, hoje, leitura obrigatória aos que buscam mais perfeitamente conhecer o mistério de Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.

Em DOMINUS VOBISCUM, seção de homilias e meditações de santos, divulgamos um profundo excerto do séc. XVIII, de S. Afonso Maria de Ligório, acerca do martírio de Maria Santíssima, iniciado em seu fiat e perdurante até sua própria morte.

No mês em que a Igreja festeja o grande São Pio X, traduzimos aos leitores,  na seção YSTORIA SANCTI, o discurso proferido pelo Papa Pio XII, em 29 de maio de 1954, após a canonização daquele Santo Pontífice, em que exalta as virtudes do Papa da Eucaristia.

Por fim, na seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico e educativo, em lembrança ao dia de São Miguel Arcanjo (29 de setembro), apresentamos um quiz sobre o Príncipe das Milícias Celestes.

SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).

Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – 2ª edição

O número 02, publicado no mês de agosto é dedicado a Assunção de Nossa Senhora, encontra-se assim constituído:

Na seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios, a preparação cristã para a morte é abordada por Marcos Domingues em Memento mori. Sendo o evento mais importante da vida, a morte é condição para que passemos à bem-aventurança eterna, ou condenação eterna. Em nosso tempo, a crença moderna de que o inferno se trata de uma superstição medieval e a pregação pós-conciliar de perdão incondicional de Nosso Senhor extirpam a esperança de salvação de muitos. Por isso, o Mestre nos ensina a vigiar e o Magistério nos inspira no exercício do santo temor, basilar para que a morte seja o início da beatitude eterna.

Não apenas o Pai Celeste se preocupa com a salvação do cristão, mas o pai carnal também dela deve ocupar-se. Em A paternidade: a vocação para Cruz, Laura Coradi apresenta os fundamentos da paternidade cristã, versando, sobretudo, acerca da autoridade e do espírito de sacrifício. Esses atributos refletem algo como uma dupla função da paternidade: é, ao mesmo tempo, instrumento de aperfeiçoamento espiritual da família e meio de santificação do próprio homem. O ofício paternal, à medida que imita Cristo e os santos pais (especialmente na santidade de São José), agracia o homem com a caminhada para o Calvário.

Na seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas de obras de temática católica, Kaúla Rocha Araújo apresenta o livro O Namoro Cristão em um mundo supersexualizado, do Pe. Thomas G. Morrow. A obra, publicada em 2003, tem a finalidade de orientar os jovens católicos quanto ao namoro ao molde cristão e o combate às influências atuais da revolução sexual da década de 1960. Para tanto, parte da crítica ao namoro mal vivido e do índice crescente de fracassos matrimoniais e apoia-se em instruções práticas para a construção de um relacionamento ao agrado de Cristo, Nosso Senhor.

Em DOMINUS VOBISCUM, seção de homilias e meditações de santos, divulgamos uma homilia do Pe. Júlio Maria de Lombaerde denominada A Virgem Gloriosa. Essa é dedicada a Assunção de Nossa Senhora, solenidade que remonta ao século IV d. C., sendo uma das festas mais antigas a Virgem Maria. Pe. Júlio Maria explica o fato histórico da Assunção e também os outros três pormenores nela envolvidos, isto é, Morte, Ressurreição e Coroação de Nossa Senhora; mistérios antigos da Igreja primitiva e que se tornaram dogma de fé.

Adiante, a seção YSTORIA SANCTI deste mês tem por protagonista São Domingos de Gusmão, comemorado ao dia 04 de agosto. O Doutor da Igreja e Pai dos dominicanos realizou a perfeita harmonia entre vida contemplativa e vida ativa. Segundo Deus revela a Santa Catarina de Sena, São Domingos teve a mesma missão do Verbo Encarnado: proclamou a Verdade e espalhou seus irmãos para pregar pelo mundo; manteve-se puro e obediente e destinou à salvação das alma sua vida inteira.

Por fim, apresentamos a seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico e educativo. Nesta edição, para celebrar o Reinado de Nossa Senhora, apresentamos um caça-palavras que tematiza as Aparições marianas.

SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).

Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Revista Benedicta – Baixe já a 1ª edição

Salve Maria Santíssima!

Hoje é 16 de julho, dia de Nossa Senhora do Carmo, padroeira da Irmandade do Carmo e, finalmente, o dia de estreia da Revista Benedicta.

A Revista Benedicta é o periódico eletrônico mensal de divulgação católica da Irmandade do Carmo e que tem a finalidade de contribuir para a formação espiritual, intelectual e moral de nossos membros internos e de todos que desejam fortalecimento no caminho da santidade e da conversão. Além disso, a comercialização da Benedicta serve ao propósito de construção de uma capela para a Santa Missa Tridentina na cidade de Uberlândia-MG.

E para que Benedicta seja cada palavra a ofício de Deus, nomeamos nossa revista em homenagem a Nossa Senhora Maria Santíssima, quem mais perfeitamente O serviu.

Conheça as disciplinas e as seções segundo as quais a Revista Benedicta se compõe (clique aqui).

Baixe GRATUITAMENTE o primeiro número da Revista Benedicta pelo site: https://revista-benedicta.mailchimpsites.com/

Os próximos números serão lançados sob PLANOS DE ASSINATURAS, vinculados à plataforma Hotmart. Em breve postaremos a descrição dos planos e um vídeo tutorial sobre como obter nossa Revista por meio dessa plataforma virtual.

Ajude-nos a propagar a Fé Católica através da Revista Benedicta, contribuindo com qualquer valor para que possamos dar continuidade às próximas edições, clicando aqui.

Para saber mais, acesse as mídias da Irmandade do Carmo ou envie email para revistabenedicta@gmail.com.

Desejamos uma proveitosa leitura a todos!

Que Nosso Senhor e Nossa Senhora do Carmo abençoem este novo projeto da Irmandade e a todos nós.