Revista Benedicta – V. 2, Nº 10

O número 10, publicado no mês de outubro, é dedicado a Nossa Senhora Aparecida, encontrando-se assim constituído:
 

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

São José: terror dos demônios, Protetor da Santa Igreja: Neste último artigo sobre a ladainha de S. José, abordamos as razões pelas quais o Patriarca, junto de Nossa Senhora, causa temor ao demônio e intercede pela proteção da Igreja, de cuja Cabeça foi pai adotivo.

A gnose romântica contra a realidade: O romantismo não foi um inócuo movimento sentimentalista. Foi, sobretudo, a sementeira das principais sandices revolucionárias do mundo contemporâneo — elo importante de uma cadeia anticristã que já procedia dos séculos precedentes.

Liberalismo: inimigo de Deis e da Igreja: O liberalismo, ao pregar a independência do homem em relação a Deus e a Igreja, propaga os mais terríveis erros em todos os campos do conhecimento e da atividade humana.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

Sermão da Sexagésima, de Pe. Antônio Vieira: Pe. Antônio Vieira (1608-1697), exímio orador de língua portuguesa, trata neste sermão do ofício do pregador, relacionando-o à frutificação da palavra de Deus; texto atualíssimo para entendermos a atual crise de conversão católica.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

Nossa Senhora Aparecida: Em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, comemorada em 12 de outubro, trazemos o utilíssimo texto do Padre Rohrbacher (1789-1856), que sintetiza a história da aparição da Regina Brasiliæ e seus desdobramentos.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

Santa Brígida: S. Brígida da Suécia (c. 1303-1373), de linhagem católica e origem nobre, destacou-se por sua caridade e vida ascética e mística, repleta de visões de Nosso Senhor Crucificado. É comemorada em 8 de outubro pela Santa Igreja.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Altar da Santa Missa: Dando continuidade às curiosidades sobre os itens litúrgicos, tratamos agora da composição do altar para a celebração da Santa Missa.

– Base ilustrativa da capa: Lembrança da Piedosa Romaria à Basílica de Nossa Senhora Aparecida, de artista desconhecido (1951)

Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: