Liturgia Mensal – Junho/2020

06/06

SÁBADO DAS TÊMPORAS DE PENTECOSTES

Oitava de 1ª Classe- Missa Própria- Estação em S. Pedro

Em poucas palavras resume a Santa Igreja, neste dia em que termina o Tempo pascal, todo o Mistério do amor de Deus. “Deus caritas est“, Deus é a Caridade e esta Caridade foi derramada em nossos corações (Introito, Epístola). Na casa de Pedro (Statio), isto é, na santa Igreja, encontramos Nosso Senhor, que nos dá a saúde, comunicando-nos o seu Espírito. Pelos Mistérios Sagrados recebemos o “fervor divino” e neste fervor caminharemos para as alegrias eternas (Postcommunio).


Páginas 564 a 572 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Rm 5, 5 | Sl 102, 1)

Cáritas Dei diffúsa est in córdibus nostris, allelúia: per inhabitántem Spíritum eius in nobis, allelúia, allelúia. Ps. Benedic, anima mea, Dómino: et ómnia, quæ intra me sunt, nómini sancto eius. ℣. Glória Patri… O Amor de Deus está derramado em nossos corações, aleluia, por seu Espírito que habita em nós, aleluia, aleluia. Ps. Bendize, ó minha alma, ao Senhor; e todas as coisas que existem dentro de mim louvem o seu santo Nome. ℣. Glória ao Pai…

Oratio

Méntibus nostris, quǽsumus, Dómine, Spíritum Sanctum benígnus infúnde: cuius et sapiéntia cónditi sumus, et providéntia gubernámur. Per D.N… in unitate ejusdem Spiritus Sancti. Nós Vos suplicamos, Senhor, dignai-Vos infundir em nossas almas o Espírito Santo, cuja Sabedoria nos criou e cuja Providência nos governa. Por N.S... em união com o mesmo Espírito Santo.

Das lições que se seguem só a 1ª é obrigatória com a Oração e o Versículo. As demais são facultativas. Nas Missas Conventuais ou de Ordenações, fazem todas as leituras com as respectivas Orações e Versículos.

I Leitura (Joel 2, 28-32)

Léctio Joélis Prophétae.

Hæc dicit Dóminus Deus: Effúndam Spíritum meum super omnem carnem: et prophetábunt fílii vestri et fíliæ vestræ: senes vestri sómnia somniábunt, et iúvenes vestri visiónes vidébunt. Sed et super servos meos et ancíllas in diébus illis effúndam Spíritum meum. Et dabo prodígia in cœlo et in terra, sánguinem et ignem et vapórem fumi. Sol convertétur in ténebras et luna in sánguinem: ántequam véniat dies Dómini magnus ei horríbilis. Et erit: omnis, qui invocáverit nomen Dómini, salvus erit.

Leitura do Profeta Joel.

Eis o que diz Deus, o Senhor: Derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão. Vossos velhos serão instruídos por sonhos, e os vossos jovens terão visões. Derramarei também naqueles dias o meu Espírito sobre os meus servos e sobre as minhas servas. E farei aparecer prodígios no céu e na terra, sangue, fogo e rolos de fumaça. O sol converter-se-á em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor. E sucederá: Todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo.

Aleluia (Jo 6, 64) 

Allelúia. ℣. Spíritus est, qui vivíficat: caro autem non prodest quidquam.

Aleluia. ℣. O Espírito é que vivifica; a carne, porém, nada vale.

Oratio

Illo nos igne, quǽsumus, Dómine, Spíritus Sanctus inflámmet: quem Dóminus noster Iesus Christus misit in terram, et vóluit veheménter accéndi: Qui tecum vivit et regnat… in unitate ejusdem Spiritus Sancti. Nós Vos rogamos, Senhor, fazei que o Espírito Santo nos abrase com aquele fogo que Nosso Senhor Jesus Cristo enviou aterra e que Ele quis aí ardesse com veemência, Ele que, sendo Deus, convosco vive e reina em união com o mesmo Espírito Santo.

II Leitura (Lv 23, 9-11, 15-17 e 21)

Léctio libri Levítici.

In diébus illis: Locútus est Dóminus ad Móysen, dicens: Lóquere fíliis Israël, et dices ad eos: Cum ingréssi fuéritis terram, quam ego dabo vobis, et messuéritis ségetem, ferétis manípulos spicárum, primítias messis vestræ ad sacerdótem: qui elevábit fascículum coram Dómino, ut acceptábile sit pro vobis, áltero die sábbati, et sanctificábit illum. Numerábitis ergo ab áltero die sábbati, in quo obtulístis manípulum primitiárum, septem hebdómadas plenas, usque ad álteram diem expletiónis hebdómadæ séptimæ, id est, quinquagínta dies: et sic offerétis sacrifícium novum Dómino ex ómnibus habitáculis vestris, panes primitiárum duos de duábus décimis símilæ fermentátæ, quos coquétis in primítias Dómini. Et vocábitis hunc diem celebérrimum atque sanctíssimum: omne opus servíle non faciétis in eo. Legítimum sempitérnum erit in cunctis habitáculis et generatiónibus vestris: dicit Dóminus omnípotens.

Leitura do livro do Levítico.

Naqueles dias, falou o Senhor a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel e dize-lhes: Quando tiverdes entrado na terra que vos darei, e fizerdes a ceifa das searas, levareis ao sacerdote molhos de espigas como primícias de vossa colheita. No dia seguinte ao sábado, ele elevará o molho diante do Senhor e o santificará para que seja aceito em vosso favor. Em seguida, desde o dia que segue o sábado, no qual oferecestes o molho das primícias, contareis sete semanas inteiras até o dia em que se completar a sétima semana; ao todo serão portanto cinquenta dias. Então oferecereis um novo sacrifício ao Senhor, em todas as vossas habitações; dois pães das primícias de duas dízimas de flor de farinha fermentada, os quais cozinhareis para primícias do Senhor. Celebrareis este dia de maneira soleníssima e guardá-lo-eis como dia santíssimo. Não fareis nele obra servil alguma. Esta será uma lei perpétua em todas as vossas habitações e gerações, diz o Senhor Todo Poderoso.

Aleluia (Jó 26, 13) 

Allelúia. ℣. Spíritus eius ornávit cœlos.

Aleluia. ℣. Seu Espírito ornou os céus.

Oratio

Deus, qui, ad animárum medélam, ieiúnii devotióne castigári córpora præcepísti: concéde nobis propítius; et mente et córpore tibi semper esse devótos. Per D.N. Ó Deus, que para remédio de nossas almas, ordenastes castigássemos os corpos com o devoto exercício do jejum, concedei nos propício a graça de Vos sermos sempre dedicados, tanto de alma como de corpo. Por N.S.

III Leitura (Dt 26, 1-11)

Léctio libri Deuteronómii.

In diébus illis: Dixit Moyses fíliis Israël: Audi, Israël, quæ ego præcípio tibi hódie. Cum intráveris terram, quam Dóminus, Deus tuus, tibi datúrus est possidéndam, et obtinúeris eam atque habitáveris in ea: tolles de cunctis frúgibus tuis primítias, et pones in cartállo, pergésque ad locum, quem Dóminus, Deus tuus, elégerit, ut ibi invocétur nomen eius: accedésque ad sacerdótem, qui fúerit in diébus illis, et dices ad eum: Profíteor hódie coram Dómino, Deo tuo, qui exaudívit nos, et respexit humilitátem nostram et labórem atque angústiam: et edúxit nos de Ægýpto in manu forti et bráchio exténto, in ingénti pavóre, in signis atque porténtis: et introdúxit ad locum istum, et trádidit nobis terram lacte et melle manántem. Et idcírco nunc óffero primítias frugum terræ, quam Dóminus dedit mihi. Et dimíttes eas in conspéctu Dómini, Dei tui, et adoráto Dómino, Deo tuo. Et epuláberis in ómnibus bonis, quæ Dóminus, Deus tuus, déderit tibi.

Leitura do livro do Deuteronômio.

Naqueles dias, falou Moisés aos filhos de Israel, dizendo: Escuta, ó Israel, o que te prescreverei hoje: Quando tiveres entrado na terra da qual o Senhor, teu Deus, está para te dar a posse, e fores senhor dela e nela habitares, tomarás as primícias de todos os teus frutos e as deitarás num cesto; e irás ao lugar que o Senhor, teu Deus, tiver escolhido para que aí seja invocado o seu Nome. Apresentar-te-ás ao sacerdote que estiver naqueles dias e lhe dirás: Confesso hoje diante do Senhor, teu Deus, que Ele nos ouviu e olhou para a nossa humilhação, o nosso labor e a nossa angústia, e nos tirou do Egito com mão forte e braço estendido, por entre grande pavor, milagres e prodígios, introduzindo-nos neste lugar e dando-nos esta terra onde corre leite e mel. E por esta razão ofereço agora as primícias dos frutos da terra que o Senhor me deu. E tu os deixarás diante do Senhor, teu Deus, e adorarás o Senhor, teu Deus. E te banquetearás com todos os bens, que o Senhor, teu Deus, te houver dado.

Aleluia (At 2, 1) 

Allelúia. ℣. Cum compleréntur dies Pentecóstes, erant omnes páriter sedéntes.

Aleluia. ℣. Quando era chegado o dia de Pentecostes, estavam todos sentados juntos.

Oratio

Præsta, quǽsumus, omnípotens Deus: ut, salutáribus ieiúniis erudíti, ab ómnibus etiam vítiis abstinéntes, propitiatiónem tuam facílius impetrémus. Per D.N, Nós Vos rogamos, ó Deus onipotente, que, instruídos por estes jejuns salutares e nos abstendo também de todos os vícios, obtenhamos mais facilmente o vosso perdão. Por N. S.

IV Leitura (Lv 26, 3-12)

Léctio libri Levítici.

In diébus illis: Dixit Dóminus ad Móysen: Lóquere fíliis Israël, et dices ad eos: Si in præcéptis meis ambulavéritis, et mandáta mea custodiéritis et fecéritis ea, dabo vobis plúvias tempóribus suis, et terra gignet germen suum, et pomis árbores replebúntur. Apprehéndet méssium tritúra vindémiam, et vindémia occupábit seméntem: et comedétis panem vestrum in saturitáte, et absque pavóre habitábitis in terra vestra. Dabo pacem in fínibus vestris: dormiétis, et non erit, qui extérreat. Auferam malas béstias, et gládius non transíbit términos vestros. Persequémini inimícos vestros, et córruent coram vobis. Persequéntur quinque de vestris centum aliénos et centum de vobis decem mília: cadent inimíci vestri gládio in conspéctu vestro. Respíciam vos et créscere fáciam: multiplicabímini, et firmábo pactum meum vobíscum. Comedétis vetustíssima véterum, et vétera novis superveniéntibus proiiciétis. Ponam tabernáculum meum in médio vestri, et non abiíciet vos ánima mea. Ambulábo inter vos, et ero Deus vester, vosque éritis pópulus meus: dicit Dóminus omnípotens.

Leitura do livro do Levítico.

Naqueles dias, falou o Senhor a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel e dize-lhes: Se guardardes os meus mandamentos, e os praticardes, eu vos enviarei chuvas em seus tempos, e a terra dará o seu produto e as árvores se carregarão de frutos. A debulha do trigo prolongar-se-á até a vindima, e a vindima juntar-se-á à sementeira; e comereis o vosso pão à saciedade e habitareis em vossa terra sem temor. Darei paz dentro de vossos limites. Dormíreis, e não haverá quem vos atemorize. Afastarei de vós os animais ferozes e a espada não passará por vossos confins. Perseguireis os vossos inimigos, e eles cairão diante de vós. Cinco dos vossos perseguirão um cento de adversários e cem dos vossos perseguirão dez mil deles. Vossos inimigos cairão ao fio da espada diante de vós. Olharei para vós, e vos farei crescer. Multiplicar-vos-ei, e ratificarei a minha aliança convosco. Comereis produtos velhíssimos e sobrevindo os novos lançareis fora os velhos. Porei o meu tabernáculo no meio de vós, e a minha alma não vos rejeitará. Andarei entre vós, e serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo, diz o Senhor Todo Poderoso.

Aleluia 

Allelúia, allelúia. (Hic genuflectitur) ℣. Veni, Sancte Spíritus, reple tuórum corda fidélium: et tui amóris in eis ignem accénde.

Aleluia, aleluia. (Aqui todos se ajoelham.) ℣. Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis, e acendei neles o fogo de vosso Amor.

Oratio

Præsta, quǽsumus, omnípotens Deus: sic nos ab épulis carnálibus abstinére; ut a vítiis irruéntibus páriter ieiunémus. Per D.N. Concedei, Vos suplicamos, ó Deus onipotente, que de tal modo nos privemos do alimento corporal que igualmente nos abstenhamos dos vícios que nos ameaçam. Por N.S.

V Leitura (Dn 3, 47-51)

Léctio Daniélis Prophétae.

In diébus illis: Angelus Dómini descéndit cum Azaría et sóciis eius in fornácem: et excússit flammam ignis de fornáce, et fecit médium fornácis quasi ventum roris flantem. Flamma autem effundebátur super fornácem cúbitis quadragínta novem: et erúpit, et incéndit, quos répperit iuxta fornácem de Chaldǽis, minístros regis, qui eam incendébant. Et non tétigit eos omníno ignis, neque contristávit, nec quidquam moléstiæ íntulit. Tunc hi tres quasi ex uno ore laudábant, et glorificábant, et benedicébant Deum in fornáce, dicéntes: 

Leitura do Profeta Daniel.

Naqueles dias, o Anjo do Senhor desceu com Azarias e os seus companheiros à fornalha, e desviando da mesma as chamas do fogo, fez que soprasse no meio da fornalha como que uma fresca viração acompanhada de orvalho. As chamas, porém, cresciam acima da fornalha quarenta e nove côvados, e saltando fora dela, queimaram, entre os Caldeus que estavam perto da fornalha, os servos do rei que atiçavam o fogo. Mas o fogo não tocou de modo algum os três jovens [Hebreus], não os molestou, nem lhes causou o menor vexame. Então estes três jovens, em voz uníssona, louvavam, glorificavam e bendiziam a Deus, na fornalha, dizendo:

Aleluia (Dn 3, 52)

Allelúia, allelúia. ℣. Benedíctus es, Dómine, Deus patrum nostrórum, et laudábilis in sǽcula. Aleluia, aleluia. ℣. Vós sois bendito, Senhor, Deus de nossos país e digno de louvor por todos os séculos.

O Sacerdote reza o Glória e diz: Dominus vobiscum.

Oratio

Deus, qui tribus púeris mitigásti flammas ígnium: concéde propítius; ut nos fámulos tuos non exúrat flamma vitiórum. Per D.N. Ó Deus, que aos três jovens Hebreus suavizastes o calor das chamas da fornalha, concedei propício que a nós, vossos servos, não abrase a chama dos vícios. Por N.S.

Epístola (Rm 5, 1-5)

Léctio Epístolæ beáti Pauli Apóstoli ad Romános.

Fratres: Iustificáti ex fide, pacem habeámus ad Deum per Dóminum nostrum Iesum Christum: per quem et habémus accéssum per fidem in grátiam istam, in qua stamus, et gloriámur in spe glóriæ filiórum Dei. Non solum autem, sed et gloriámur in tribulatiónibus: scientes, quod tribulátio patiéntiam operátur, patiéntia autem probatiónem, probátio vero spem, spes autem non confúndit: quia cáritas Dei diffúsa est in córdibus nostris per Spíritum Sanctum, qui datus est nobis.

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Romanos.

Irmãos: Justificados pela fé, tenhamos paz com Deus, por Nosso Senhor Jesus Cristo. Por Ele temos acesso, pela fé, a esta graça da qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória dos filhos de Deus. E não somente nesta esperança; gloriamo-nos até nas tribulações, sabendo que a tribulação produz a paciência, a paciência prova o que valemos e esta prova produz a esperança. E a esperança não traz engano, porque o Amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

Trato (Sl 116, 1-2)

Laudáte Dóminum, omnes gentes: et collaudáte eum, omnes pópuli. ℣. Quóniam confirmáta est super nos misericórdia eius: et véritas Dómini manet in ætérnum. Louvai ao Senhor, nações todas; louvai-O, todos os povos. ℣. Porque se confirmou em nós a sua misericórdia, e a fidelidade do Senhor perdura eternamente.

Sequência 

Veni, Sancte Spíritus,
et emítte cǽlitus
lucis tuæ rádium.

Veni, pater páuperum;
veni, dator múnerum;
veni, lumen córdium.
.
Consolátor óptime,
dulcis hospes ánimæ,
dulce refrigérium.
.
In labóre réquies,
in æstu tempéries,
in fletu solácium.
.
O lux beatíssima,
reple cordis íntima
tuórum fidélium.
.
Sine tuo númine
nihil est in hómine,
nihil est innóxium.
.
Lava quod est sórdidum,
riga quod est áridum,
sana quod est sáucium.
.
Flecte quod est rígidum,
fove quod est frígidum,
rege quod est dévium.
.
Da tuis fidélibus,
in te confidéntibus,
sacrum septenárium.
.
Da virtútis méritum,
da salútis éxitum,
da perénne gáudium.

Amen. Allelúia.

Vinde, Santo Espírito,
Emiti um raio
Da celeste luz.
.
Vinde, Pai dos pobres,
Doador das graças,
Luz dos corações.
.
Consolador nosso,
Hóspede da alma,
Doce refrigério.
.
No labor repouso,
Na aflição sois gozo,
No calor, aragem.
.
Ó luz abençoada,
O íntimo enchei
Dos vossos fiéis.
.
Sem a vossa força,
Não há nada no homem,
Nada de inocente.
.
Ao sujo lavai,
Ao seco regai,
Curai o doente.
.
Envergai o rígido,
Aquecei o frígido,
Conduzi o errante.
.
Dai aos vossos filhos,
Que em Vós confiam,
Vossos sete dons.
.
Dai-lhes a virtude,
A imortal saúde,
O perene gáudio.
.
Amen. Aleluia.

Evangelho (Lc 4, 38-44)

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Lucam.

In illo témpore: Surgens Jesus de synagóga, introívit in domum Simónis. Socrus autem Simónis tenebátur magnis fébribus: et rogavérunt illum pro ea. Et stans super illam, imperávit febri: et dimísit illam. Et contínuo surgens, ministrábat illis. Cum autem sol occidísset, omnes, qui habébant infírmos váriis languóribus, ducébant illos ad eum. At ille síngulis manus impónens, curábat eos. Exíbant autem dæmónia a multis, clamántia et dicéntia: Quia tu es Fílius Dei; et íncrepans non sinébat ea loqui, quia sciébant ipsum esse Christum. Facta autem die egréssus ibat in desértum locum, et turbæ requirébant eum, et venérunt usque ad ipsum: et detinébant illum, ne discéderet ab eis. Quibus ille ait: Quia et áliis civitátibus opórtet me evangelizáre regnum Dei: quia ídeo missus sum. Et erat prǽdicans in synagógis Galilǽæ. — CREDO…

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo, saindo Jesus da sinagoga, entrou em casa de Simão. Ora, a sogra de Simão tinha uma forte febre e houve quem intercedesse a Jesus por ela. De pé, ao seu lado, ordenou Jesus à febre e esta a deixou. E levantando-se logo, ela os servia. Quando o sol estava no ocaso, todos os que tinham enfermos de várias doenças traziam-nos a Jesus. E Ele, impondo as mãos sobre cada um, curava-os. Saíam também os demônios de muitos deles, clamando e dizendo Vós sois o Filho de Deus. Ele os ameaçava, entretanto, para que não dissessem que sabiam que Ele era o Cristo. Quando se fez dia, Jesus saiu e foi para um lugar deserto. E as multidões O procuravam e foram até Ele; e queriam retê-Lo, com medo que os deixasse. Ele porém lhes disse: É preciso que eu vá a outras cidades anunciar o Reino de Deus: porque para isso fui enviado. E assim pregava nas sinagogas da Galileia. — CREIO…

Ofertório (Sl 137, 7) 

Dómine, Deus salútis meæ, in die clamávi et nocte coram te: intret orátio mea in conspéctu tuo, Dómine, allelúia. Senhor, Deus de minha salvação, de dia e de noite clamo por Vós. Chegue a minha oração à vossa presença, ó Senhor, aleluia.

Secreta

Ut accépta tibi sint, Dómine, nostra ieiúnia: præsta nobis, quǽsumus; huius múnere sacraménti purificátum tibi pectus offérre. Per D. N. Sejam aceitos por Vós, Senhor, os nossos jejuns e concedei, Vos pedimos, que possamos oferecer-Vos pelo poder deste sacrifício um coração purificado. Por N. S.

Prefácio (de Pentecostes)

℣. Dóminus vobíscum.
℞. Et cum spíritu tuo.
℣. Sursum corda.
℞. Habémus ad Dóminum.
℣. Grátias agámus Dómino Deo nostro.
℞. Dignum et iustum est.
.
Vere dignum et iustum est, æquum et salutáre, nos tibi semper et ubíque grátias ágere: Dómine sancte, Pater omnípotens, ætérne Deus: per Christum, Dóminum nostrum. Qui, ascéndens super omnes coelos sedénsque ad déxteram tuam, promíssum Spíritum Sanctum hodierna die in fílios adoptiónis effúdit. Quaprópter profúsis gáudiis totus in orbe terrárum mundus exsúltat. Sed et supérnæ Virtútes atque angélicæ Potestátes hymnum glóriæ tuæ cóncinunt, sine fine dicéntes: Sanctus, Sanctus, Sanctus…
℣. O Senhor seja convosco.
℞. E com o vosso espírito,
℣. Para o alto os corações.
℞. Já os temos para o Senhor,
℣. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
℞. É digno e justo.
.
Verdadeiramente é digno e justo, razoável e salutar que, sempre e em todo o lugar, Vos demos graças, ó Senhor santo, Pai onipotente, eterno Deus, por Jesus Cristo Nosso Senhor. Ele, subindo ao mais alto dos céus, e estando assentado à vossa direita, fez descer (hoje) sobre os vossos filhos adotivos, o Espírito Santo que lhes prometera. Por isso o mundo inteiro exulta com imenso gozo, enquanto as sublimes Virtudes e as Potestades angélicas entoam o hino de vossa glória, dizendo sem fim: Santo, Santo, Santo…

Comunhão (Jo 3, 8)

Spíritus, ubi vult, spirat: et vocem eius audis, allelúia, allelúia: sed nescis, unde véniat aut quo vadat, allelúia, allelúia, allelúia. O Espírito Santo sopra onde quer; poderás ouvir o seu ruído, aleluia, aleluia; tu porém, não sabes donde ele vem, nem para onde vai, aleluia, aleluia, aleluia. 

Pós-comunhão

Prǽbeant nobis, Dómine, divínum tua sancta fervórem: quo eórum páriter et actu delectémur et fructu. Per D.N. Vossos santos Mistérios, Senhor, nos comuniquem um fervor divino que nos faça gozar igualmente de sua celebração, como de seu fruto. Por N. S.

Com esta Missa termina o Tempo Pascal.


Traduções e comentários extraídos do Missal Quotidiano de D. Beda (1962).


Clique em um dos demais dias para acessar a respectiva Liturgia:

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: