Liturgia Diária- 16/06/2020

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do II Domingo depois de Pentecostes

Amor e Eucaristia são os dois pensamentos principais da Missa deste dia (Evangelho). Devemos amar a Deus (Introito) e ao próximo (Epístola), porque Deus nos convida para o seu Banquete — o Reino de Deus neste mundo e a felicidade no céu. A Igreja Católica é a sala do festim, e a Sagrada Eucaristia a mesa preparada. Os Cânticos respiram confiança na vitória, que é um fruto da santa Comunhão, ou imploram o auxílio contra os inimigos da salvação.


Páginas 596 a 599 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 15/06/2020

MISSA DA FÉRIA

4ª Classe- Missa do II Domingo depois de Pentecostes, com comemoração dos Ss. Vito, Modesto e Crescência, Mártires

Amor e Eucaristia são os dois pensamentos principais da Missa deste dia (Evangelho). Devemos amar a Deus (Introito) e ao próximo (Epístola), porque Deus nos convida para o seu Banquete — o Reino de Deus neste mundo e a felicidade no céu. A Igreja Católica é a sala do festim, e a Sagrada Eucaristia a mesa preparada. Os Cânticos respiram confiança na vitória, que é um fruto da santa Comunhão, ou imploram o auxílio contra os inimigos da salvação.

Sobre os santos: Vito, filho de pagãos, foi batizado por Modesto, seu professor e Crescência, sua ama. Os três sofreram juntos o martírio. Segundas orações próprias, ou Missa dos santos (própria), com comemoração da Féria.


Páginas 596 a 599, 1108 a 1110 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- II Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Amor e Eucaristia são os dois pensamentos principais da Missa deste dia (Evangelho). Devemos amar a Deus (Introito) e ao próximo (Epístola), porque Deus nos convida para o seu Banquete — o Reino de Deus neste mundo e a felicidade no céu. A Igreja católica é a sala do festim, e a Sagrada Eucaristia a mesa preparada. Os Cânticos respiram confiança na vitória, que é um fruto da santa Comunhão, ou imploram o auxílio contra os inimigos da salvação.


Páginas 596 a 599 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Liturgia Diária- 27/06/2019

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do domingo

Amor e Eucaristia são os dois pensamentos principais da Missa deste dia (Evangelho). Devemos amar a Deus (Introito) e ao próximo (Epístola), porque Deus nos convida para o seu Banquete — o Reino de Deus neste mundo e a felicidade no céu. A Igreja católica é a sala do festim, e a Sagrada Eucaristia a mesa preparada. Os Cânticos respiram confiança na vitória, que é um fruto da santa Comunhão, ou imploram o auxílio contra os inimigos da salvação.


Páginas 596 a 599 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


Liturgia Diária- II Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

Amor e Eucaristia são os dois pensamentos principais da Missa deste dia (Evangelho). Devemos amar a Deus (Introito) e ao próximo (Epístola), porque Deus nos convida para o seu Banquete — o Reino de Deus neste mundo e a felicidade no céu. A Igreja católica é a sala do festim, e a Sagrada Eucaristia a mesa preparada. Os Cânticos respiram confiança na vitória, que é um fruto da santa Comunhão, ou imploram o auxílio contra os inimigos da salvação.


Páginas 596 a 599 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa Rezada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana.


Próximas Missas

20/06 (quinta-feira) Festa do Corpo de Deus – DIA DE PRECEITO – Missa às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.

21/06 (sexta-feira)- NÃO HAVERÁ missa neste dia. No sábado (22/06), Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes, como de costume.

23/06 – II Domingo depois de Pentecostes

  • Missa Rezada às 09:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes;
  • Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Santa Terezinha.

Atendimento de Confissões- Antes e depois das Missas na Capela.

Liturgia Diária- II Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª Classe- Missa Própria

digitalizar0001

A epístola lembra o imperioso dever de caridade fraterna. À imitação de Cristo, que se entregou por nós, devemos amar o próximo até dar a vida por ele. No evangelho, a parábola dos convidados ao banquete, prefigura também a sangrada Eucaristia, como o banquete messiânico ao qual estamos todos convidados. Sempre que nos aproximamos da sagrada mesa, lembremo-nos que esta comunhão com Deus, nos prepara para a união definitiva da alma. As antecipações santificantes do sacramento encontrarão plena realização na felicidade eterna. 

 

As orações convidam-nos a fixar o nosso amor em Deus, a despojar-nos das coisas terrenas, para nos “elevarmos à prática duma vida perfeita”.


Páginas 596 a 599 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefevbre, 1963).


Missa Rezada às 9:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana.


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sl. 17,19-20, 2-3)

O Senhor fez-se o meu protetor e levou-me para um lugar espaçoso. Salvou-me porque me queria. Sl. Amo-Vos, Senhor, porque sois a minha fortaleza; sois o meu arrimo, o meu refúgio e libertador. Glória ao Pai.

Coleta

Fazei, Senhor, que nos anime sempre o temor e o amor do vosso santo nome, porque nunca deixais de dirigir os que firmais na vossa caridade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Epístola (I Jo 3, 13-18)


O amor a nossos irmãos, para ser eficaz e verdadeiro, deve crescer até a medida do que Jesus Cristo nos dedicou: Ele deu a vida por nós.


Leitura da Epístola de São João Apóstolo .

Caríssimos: Não vos admireis, irmãos, se o mundo vos odeia. Nós sabemos que fomos trasladados da morte para a vida, porque amamos nossos irmãos. Quem não ama permanece na morte. Quem odeia seu irmão é assassino. E sabeis que a vida eterna não permanece em nenhum assassino. Nisto temos conhecido o amor: (Jesus) deu sua vida por nós. Também nós outros devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos. Quem possuir bens deste mundo e vir o seu irmão sofrer necessidade, mas lhe fechar o seu coração, como pode estar nele o amor de Deus? Meus filhinhos, não amemos com palavras nem com a língua, mas por atos e em verdade.

Gradual (Sl. 119, 1-2)

Clamei pelo Senhor quando me atribularam e Ele ouviu-me. Senhor livrai a minha alma dos lábios pecadores e da língua mentirosa.

Aleluia (Sl 7,2)

Aleluia, aleluia. Meu Senhor e meu Deus, esperei em Vós, salvai-me das mãos dos que me perseguem e livrai-me. Aleluia.

Evangelho (Lc 14, 16-24)


Para o banquete eucarístico ou para o festim messiânico todos estão convidados, ainda os mais miseráveis. Simplesmente se excluem aqueles que, satisfeitos com o que têm, pensam não ter necessidade de Deus. 


Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo: Disse Jesus aos fariseus a seguinte parábola: Um homem deu uma grande ceia e convidou muitas pessoas. E à hora da ceia, enviou seu servo para dizer aos convidados: Vinde, tudo já está preparado. Mas todos, um a um, começaram a escusar-se. Disse-lhe o primeiro: Comprei um terreno e preciso sair para vê-lo; rogo-te me dês por escusado. Disse outro: Comprei cinco juntas de bois e vou experimentá-las; rogo-te me dês por escusado. Disse também um outro: Casei-me e por isso não posso ir. Voltou o servo e referiu isto a seu senhor. Então, irado, o pai de família disse a seu servo: Sai, sem demora, pelas praças e pelas ruas da cidade e introduz aqui os pobres, os aleijados, os cegos e os coxos. Disse o servo: Senhor, está feito como ordenaste e ainda há lugar. O senhor ordenou: Sai pelos caminhos e atalhos e obriga todos a entrar, para que se encha a minha casa. Pois vos digo: nenhum daqueles homens, que foram convidados, provará a minha ceia.

Ofertório (Sl 6,5)

Voltai, Senhor, e salvai a minha alma. Salvai-me por vossa misericórdia. 

Secreta

Que este sacrifício, que oferecemos em honrado do vosso nome, nos lave, Senhor, e dia a dia nos guie na prática da virtude. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Comunhão (Sl 12,6)

Cantarei ao Senhor por todos os bens que me deu e celebrarei o nome do Altíssimo. 

Pós-comunhão

Alimentados com estes dons, humildemente Vos suplicamos a graça de encontrarmos na recepção destes mistérios aumentos de salvação. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 


PARTITURAS E ÁUDIOS