Liturgia Mensal – Setembro/2020

25

SEXTA-FEIRA DAS TÊMPORAS DE SETEMBRO

Féria de 2ª Classe- Missa própria – ESTAÇÃO NA BASÍLICA DOS SS. DOZE APÓSTOLOS

DIA DE ABSTINÊNCIA

As Leituras nos convidam à penitência, e o Evangelho mostra-nos um exemplo vivo em Maria Madalena, conduzindo-nos aos pés de Jesus. Ele também a nós dará perdão e renovará a nossa mocidade (Ofertório), depois de tirar-nos o opróbrio e o desprezo (Communio). Bem motivo temos, pois, de procurar a face do Senhor e aproximar-nos do altar com o coração alegre. 


Páginas 675 a 677 do Missal Quotidiano. 


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes. 


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sl 104, 3-4 | ib., 1)

Lætétur cor quæréntium Dóminum: quǽrite Dóminum, et confirmámini: quǽrite fáciem eius semper. Ps. Confitémini Dómino et invocáte nomen eius: annuntiáte inter gentes ópera eius. ℣. Glória Patri. Alegre-se o coração dos que procuram o Senhor; procurai o Senhor e sereis fortalecidos. Procurai sempre a sua Face. Sl. Louvai ao Senhor e invocai o seu Nome; anunciai as suas obras entre as nações. ℣. Glória ao Pai.

Coleta

Præsta, quǽsumus, omnípotens Deus: ut, observatiónes sacras ánnua devotióne recoléntes, et córpore tibi placeámus et mente. Per D.N. Concedei, Vos rogamos, ó Deus onipotente, que, observando religiosamente, cada ano, estas santas práticas, Vos possamos agradar tanto de corpo como de alma. Por N. S.

Epístola (Os 14, 2-10)

Léctio Oséae Prophétae.

Hæc dicit Dóminus Deus: Convértere, Israël, ad Dóminum, Deum tuum: quóniam corruísti in iniquitáte tua. Tóllite vobíscum verba, et convertímini ad Dóminum et dícite ei: Omnem aufer iniquitátem, áccipe bonum: et reddémus vítulos labiórum nostrórum. Assur non salvábit nos, super equum non ascendémus, nec dicémus ultra: Dii nostri ópera mánuum nostrárum: quia eius, qui in te est, miseréberis pupílli. Sanábo contritiónes eórum, díligam eos spontánee: quia avérsus est furor meus ab eis. Ero quasi ros, Israël germinábit sicut lílium, et erúmpet radix eius ut Líbani. Ibunt rami eius, et erit quasi olíva glória eius: et odor eius ut Líbani. Converténtur sedéntes in umbra eius: vivent trítico, et germinábunt quasi vínea: memoriále eius sicut vinum Líbani. Ephraim quid mihi ultra idóla? ego exáudiam, et dírigam eum ego ut abíetem viréntem: ex me fructus tuus invéntus est. Quis sápiens, et intélleget ista? intéllegens, et sciet hæc? Quia rectæ viæ Dómini, et iusti ambulábunt in eis: prævaricatóres vero córruent in eis.

Leitura do Profeta Oséias. 

Assim fala o Senhor Deus: Converte-te, ó Israel, ao Senhor, teu Deus; porque por tua própria iniquidade é que caíste. Com palavras cheias de arrependimento, convertei-vos ao Senhor, e dizei-Lhe: Tirai-nos todas a nossas iniquidades, aceitai estas boas obras e nós Vos oferecemos os louvores de nossos lábios. Assur não nos salvará. Não montaremos em cavalos, nem diremos jamais: Nossos deuses são as obras de nossas mãos, porque Vos compadecereis deste povo como do órfão que se refugia em Vós. Eu curarei as suas chagas [responde o Senhor], amá-lo-ei por pura bondade minha, porque o meu furor já se afastou deles. E serei como o orvalho e Israel florescerá como o lírio e espalhará a sua raiz como [as plantas] do Líbano. Estender-se- ão os seus ramos, e a sua coroa será como a da oliveira e o seu perfume, como o do Líbano. Eles virão repousar debaixo de sua sombra; viverão de trigo e propagar-se-ão como a vinha; a sua lembrança será como a do vinho do Líbano. Depois disto, ó Efraim, que tenho eu mais com os ídolos? Sou eu que o ouvirei [Israel] e que o farei crescer, ereto como uma faia viçosa; em mim terão origem os teus frutos [ó Israel]. Quem é o sábio que compreenderá estas coisas? Quem tem inteligência para as conhecer? Os caminhos do Senhor são retos, e por eles andarão os Justos; os prevaricadores porém, neles perecerão.

Gradual (Sl 89, 13 e 1)

Convértere, Dómine, aliquántulum, et deprecáre super servos tuos. ℣. Dómine, refúgium factus es nobis, a generatióne et progénie. Voltai-Vos um pouco para nós, Senhor, e tende piedade de vossos servos. ℣. Senhor, tendes sido o nosso refúgio, de geração em geração.

Evangelho (Lc 7, 36-50)

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Lucam.

In illo témpore: Rogábat Jesum quidam de pharisǽis, ut manducáret cum illo. Et ingréssus domum pharisǽi, discúbuit. Et ecce múlier, quæ erat in civitáte peccátrix, ut cognóvit, quod accubuísset in domo pharisǽi, áttulit alabástrum unguénti: et stans retro secus pedes ejus, lácrimis coepit rigáre pedes ejus, et capíllis cápitis sui tergébat, et osculabátur pedes ejus, et unguénto ungébat. Videns autem pharisǽus, qui vocáverat eum, ait intra se, dicens: Hic si esset Prophéta, sciret útique, quæ et qualis est múlier, quæ tangit eum: quia peccátrix est. Et respóndens Jesus, dixit ad illum: Simon, hábeo tibi áliquid dícere. At ille ait: Magíster, dic. Duo debitóres erant cuidam fæneratóri: unus debébat denários quingéntos, et álius quinquagínta. Non habéntibus illis, unde rédderent, donávit utrísque. Quis ergo eum plus díligit? Respóndens Simon, dixit: Æstimo, quia is, cui plus donávit. At ille dixit ei: Recte judicásti. Et convérsus ad mulíerem, dixit Simóni: Vides hanc mulíierem? Intrávi in domum tuam, aquam pédibus meis non dedísti: hæc autem lácrimis rigávit pedes meos et capíllis suis tersit. Osculum mihi non dedísti: hæc autem, ex quo intrávit, non cessávit osculári pedes meos. Oleo caput meum non unxísti: hæc autem unguénto unxit pedes meos. Propter quod dico tibi: Remittúntur ei peccáta multa, quóniam diléxit multum. Cui autem minus dimíttitur, minus díligit. Dixit autem ad illam: Remittúntur tibi peccáta. Et cœpérunt, qui simul accumbébant, dícere intra se: Quis est hic, qui étiam peccáta dimíttit? Dixit autem ad mulíerem: Fides tua te salvam fecit: vade in pace.metum Judæórum.  

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo, pedira a Jesus, um fariseu, que fosse comer consigo. Entrando em casa do fariseu, Ele se pôs à mesa. E uma mulher que era pecadora na cidade, sabendo que Ele se sentara à mesa, em casa do fariseu, trouxe um vaso de alabastro, cheio de bálsamo e prostrando-se a seus pés, atrás d’Ele, com- lágrimas se pôs a banhar-Lhe os pés, e a enxugá-los com os cabelos de sua cabeça, beijando-os e ungindo-os com o bálsamo. Vendo isto, o fariseu que convidara a Jesus, pensou em seu íntimo: Se este homem fosse o Profeta, saberia certamente quem é, e de que classe é a mulher que O toca, pois é uma pecadora. Compreendendo-o, Jesus lhe disse: Simão, tenho algo a dizer-te. E ele respondeu: Mestre, falai. [E Este:] Certo credor tinha dois devedores; um lhe devia quinhentos dinheiros e o outro cinquenta. Não tendo estes com que reembolsá-lo, ele perdoou a ambos a sua dívida. Qual deles lhe teria mais amor? Respondeu Simão, dizendo: Penso que aquele a quem mais perdoou. Retrucou-lhe Jesus: Julgaste bem. E voltando-se para a mulher, disse a Simão: Reparaste nesta mulher? Entrei em tua casa e não me deste água para os pés; ela porém, lavou-os com as suas lágrimas e os enxugou com os seus cabelos. Tu não me beijaste, porém ela, depois que entrou, não cessou de oscular os meus pés. Não me deste óleo para ungir a minha cabeça; ela no entanto, ungiu os meus pés com bálsamo. E por isto, digo-te que muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou. Aquele, porém, a quem se perdoa menos, menos ama. Disse então à mulher: Perdoados estão os teus pecados. E os que estavam à mesa diziam entre si: Quem é Este que até perdoa pecados? E Ele disse à mulher: Tua fé te salvou; vai em paz.

Ofertório (Sl 102, 2 e 5)

Bénedic, ánima mea, Dómino, et noli oblivísci omnes retributiónes eius: et renovábitur, sicut áquilæ, iuvéntus tua. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não esqueças nenhum de seus benefícios; e tua juventude se renovará como a da águia.

Secreta

Accépta tibi sint, Dómine, quǽsumus, nostri dona ieiúnii: quæ et expiándo nos tua grátia dignos effíciant, et ad sempitérna promíssa perdúcant. Per D.N. Nós Vos suplicamos, Senhor, que as ofertas de nosso jejum Vos sejam agradáveis, a fim de que elas, fazendo-nos expiar as nossas culpas, nos tornem dignos de vossa graça e nos conduzam à posse das promessas eternas. Por N.S.

Prefácio (Comum)

℣. Dóminus vobíscum.
℞. Et cum spíritu tuo.
℣. Sursum corda.
℞. Habémus ad Dóminum.
℣. Grátias agámus Dómino Deo nostro.
℞. Dignum et iustum est.
.
Vere dignum et justum est, aequum et salutare, nos Tibi simper, et ubique gratias agere: Domine sancte, Pater omnipotens, aeterne Deus: per Christum Dominum nostrum. Per quem majestatem Tuam laudant Angeli, adorant Dominationes, tremunt Potestates, Coeli, Coelorumque Virtutes, ac beata Seraphim socia exultatione concelebrant. Cum quibus et nostras voces, ut admitti, jubeas, supplici confessione dicentes: Sanctus, Sanctus, Sanctus…
℣. O Senhor seja convosco.
℞. E com o vosso espírito,
℣. Para o alto os corações.
℞. Já os temos para o Senhor,
℣. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
℞. É digno e justo.
.
Verdadeiramente é digno e justo, razoável e salutar, que, sempre e em todo o lugar, Vos demos graças, ó Senhor santo, Paí onipotente, eterno Deus, por Jesus Cristo, Nosso Senhor. É por Ele que os Anjos louvam a vossa Majestade, as Dominações a adoram, tremem as Potestades. Os Céus, as virtudes dos Céus, e os bem-aventurados Serafins a celebram com recíproca alegria. Às suas vozes, nós Vos rogamos, mandeis que se unam as nossas, quando em humilde confissão Vos dizemos: Santo, Santo, Santo…

Comunhão (Sl 118, 22 e 24)

Aufer a me oppróbrium et contémptum, quia mandáta tua exquisívi, Dómine: nam et testimónia tua meditátio mea est. Livrai-me, Senhor, do opróbrio e do desprezo, porque obedeci a vossos mandamentos; pois vossos preceitos são assunto de minha meditação.

Pós-comunhão

Quǽsumus, omnípotens Deus: ut, de percéptis munéribus grátias exhibéntes, benefícia potióra sumámus. Per D.N. Nós Vos imploramos, ó Deus onipotente, concedei que, rendendo-Vos graças pelos Dons recebidos, alcancemos outros ainda mais preciosos. Por N. S.

 


* Traduções e comentário principal extraídos do Missal Quotidiano de D. Beda (1962). 

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: