Liturgia Diária- Natividade de S. João Batista

FESTA DA NATIVIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA

Festa de 1ª Classe- Missa Própria com Comemoração do Domingo

Celebrando o nascimento de São João Batista, a Igreja festeja a aurora da Redenção; seis meses antes do Natal, o nascimento do Precursor anuncia o mistério da Incarnação e participa da sua grandeza. Na Idade Média era considerado como que uma espécie de Natal do verão, com três missas como o Natal; a liturgia realça a afinidade das duas festas: basta ler a secreta e a pós-comunhão, bem como a antífona do Magnificat das 2ªs vésperas. 

“Profeta do Altíssimo”, S.João Batista é figurado por Isaías e Jeremias. Como eles e melhor que eles, foi santificado desde o ventre de sua mãe, em virtude da missão que o esperava (introito, epístola, gradual). O evangelho recorda os prodígios que assinalaram o seu nascimento: este devia ser causa de grande alegria para muitos: ainda hoje o é, e a Igreja convida todos os anos os fiéis a pedir a Deus, com a graça das alegrias sobrenaturais, a de sermos sempre guiados pelo caminho da eterna salvação (coleta).

O nome de São João Batista vem no cânon da Missa, à cabeça da segunda lista. 


Páginas 1126 a 1129 615 a 617 do Missal Quotidiano.


Missa Rezada às 9:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes e Missa Cantada às 15:30 horas na Catedral Diocesana. 


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Is 49,1.2; Sl 91, 2)

O Senhor chamou-me pelo nome, desde o ventre de minha mãe. Fez da minha boca uma espada irresistível; protegeu-me à sombra de sua mão; fez de mim uma flecha acerada. Sl. É bom glorificar o Senhor e cantar o vosso nome, ó Altíssimo. Glória ao Pai.

Coleta

Ó Deus, que honrastes este dia com o nascimento do bem-aventurado João Batista, derramai sobre o vosso povo a graça da alegria espiritual, e dirigi as almas dos fiéis no caminho da salvação. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 

2ª Coleta (do Domingo)


“Nem os olhos viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração do homem pode atingir aquilo que Deus tem preparado para os que O amam”.


Ó Deus que preparastes para os que Vos amam bens invisíveis, infundi nos nossos corções o fogo do vosso amor, e fazei que, amando-Vos em todas e sobre todas as coisas, alcancemos o efeito das vossas promessas que superam toda a nossa esperança. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Epístola (Is 49, 1-3,5- 7)


O texto de Isaías aplicável ao Precursor em muitos pontos, visa na realidade o próprio Messias, “luz das nações”, incumbido de, pela pregação, levar todos os povos à adoração do único Deus verdadeiro. Mas a vocação de João Batista não faz senão uma com a do Messias e tira dela todo o sentido.


Leitura do profeta Isaías.

Ilhas, ouvi-me; povos de longe, prestai atenção! O Senhor chamou-me desde meu nascimento; ainda no seio de minha mãe, ele pronunciou meu nome. Tornou minha boca semelhante a uma espada afiada, cobriu-me com a sombra de sua mão. Fez de mim uma flecha penetrante, guardou-me na sua aljava. E disse-me: Tu és meu servo, (Israel), em quem me rejubilarei. E agora o Senhor fala, ele, que me formou desde meu nascimento para ser seu Servo, para trazer-lhe de volta Jacó e reunir-lhe Israel, (porque o Senhor fez-me esta honra, e meu Deus tornou-se minha força). Disse-me: Não basta que sejas meu servo para restaurar as tribos de Jacó e reconduzir os fugitivos de Israel; vou fazer de ti a luz das nações, para propagar minha salvação até os confins do mundo. Eis o que diz o Senhor, o Redentor, o Santo de Israel, ao objeto de desprezo dos homens e de horror das nações, ao escravo dos tiranos: diante de ti, reis se levantarão e príncipes se prostrarão, por causa do Senhor que é fiel, e do Santo de Israel que te elegeu.

Gradual (Jr 1,5.9)

Conheci-te ainda antes de te formar no ventre de tua mãe e santifiquei-te antes de vires à luz. O Senhor estendeu a mãe e tocou-me os lábios e falou-me. 

Aleluia (Lc 1, 76)

Aleluia, aleluia. Tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo. Irás diante do Senhor para preparares os seus caminhos. Aleluia.

Evangelho (Lc 1, 57-68)

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo, completando-se para Isabel o tempo de dar à luz, teve um filho. Os seus vizinhos e parentes souberam que o Senhor lhe manifestara a sua misericórdia, e congratulavam-se com ela. No oitavo dia, foram circuncidar o menino e o queriam chamar pelo nome de seu pai, Zacarias. Mas sua mãe interveio: Não, disse ela, ele se chamará João. Replicaram-lhe: Não há ninguém na tua família que se chame por este nome. E perguntavam por acenos ao seu pai como queria que se chamasse. Ele, pedindo uma tabuinha, escreveu nela as palavras: João é o seu nome. Todos ficaram pasmados. E logo se lhe abriu a boca e soltou-se-lhe a língua e ele falou, bendizendo a Deus. O temor apoderou-se de todos os seus vizinhos; o fato divulgou-se por todas as montanhas da Judéia. Todos os que o ouviam conservavam-no no coração, dizendo: Que será este menino? Porque a mão do Senhor estava com ele. Zacarias, seu pai, ficou cheio do Espírito Santo e profetizou, nestes termos: Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e resgatou o seu povo.

Ofertório (Sl 91, 13)

O justo florescerá como a palma e multiplicar-se-á como o cedro do Líbano. 

Secreta

Nós Vos apresentamos, Senhor, no vosso altar estas oblações para condignamente celebrar o nascimento daquele que profetizou a vinda do Salvador do mundo, e O mostrou depois do seu advento, Nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo Deus, vive e reina.

2ª Secreta (do Domingo)

Sede favorável, Senhor, às nossas orações e aceitai as ofertas dos vossos servos e servas, para que aproveite à salvação de todos o sacrifício que cada um de nós Vos oferece em honra do vosso nome. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Comunhão (Lc 1,76)

E tu chamar-te-ás profeta do Altíssimo; irás diante do Senhor para Lhe preparares os seus caminhos. 

Pós-comunhão

Que a vossa Igreja, Senhor, se alegre com o nascimento do bem-aventurado João Batista, por intermédio do qual conheceu o Autor da sua regeneração, Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que, sendo Deus, vive e reina. 

2ª Pós-comunhão (do Domingo)

Fazei, Senhor, que aqueles que saciastes com estes dons celestes se purifiquem dos pecados ocultos e não caiam nas ciladas do inimigo. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 


Hoje, excepcionalmente, não serão publicados os áudios e as partituras.

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: