Liturgia Diária- 18/07/2018

SÃO CAMILO DE LELLIS, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Desprovido de meios de subsistência, sofrendo desde a juventude duma chaga incurável num pé, São Camilo conheceu a miséria dos hospitais romanos do século XVI, onde os enfermeiros se recrutavam entre gente pouco recomendável. Com ele tudo mudou. Não contente em se fazer ele próprio o escravo dos doentes, fundou para eles em 1582 uma congregação de clérigos regulares consagrados ao seu serviço, obrigando-se eles a tratar de todos os doentes, qualquer que seja a sua doença ou estado. São Camilo morreu em Roma, em 14 de julho de 1614. O papa Leão XIII proclamou-o padroeiro dos hospitais e dos doentes, e Pio XI declarou-o protetor das religiosas hospitaleiras. O nome de São Camilo foi incluído na ladainha dos agonizantes. 


SANTA SINFOROSA E SEUS SETE FILHOS, Mártires

Comemoração- Missa de São Camilo com 2ªs orações da Missa “Sapientiam”

Santa Sinforosa é uma mártir romana, de época desconhecida. O seu túmulo fica junto à nona milha da via Tiburtina, com o de outros sete mártires, que a tradição posterior apresenta como sendo seus filhos. 


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Jo 15,13; Sl 40,2)

Não pode haver maior amor que dar alguém a própria vida por seus amigos. Sl. Feliz o que acolhe com bondade os pobres e pequenos: porque o Senhor será com ele no dia do infortúnio. Glória ao Pai.

Coleta

Ó Deus, que dotastes o bem-aventurado Camilo de singular caridade para socorrer as almas na última luta da agonia, dignai-Vos por seus merecimentos derramar sobre nós o espírito do Vosso amor, a fim de podermos, na hora da nossa morte, vencer o inimigo e alcançar a coroa celeste. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Coleta (da Comemoração)

Ó Deus, que nos concedeis a graça de celebrar o natalício dos bem-aventurados mártires Sinforosa e seus sete filhos, fazei que nos alegremos um dia no Céu em sua companhia. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Epístola (I Jo 3, 13-18)


O amor a nossos irmãos, para ser eficaz e verdadeiro, deve crescer até à medida do que Jesus Cristo nos dedicou: Ele deu a vida por nós. 


Leitura da Epístola de São João. 

Caríssimos, não vos admireis, irmãos, se o mundo vos odeia. Nós sabemos que fomos trasladados da morte para a vida, porque amamos nossos irmãos. Quem não ama permanece na morte. Quem odeia seu irmão é assassino. E sabeis que a vida eterna não permanece em nenhum assassino. Nisto temos conhecido o amor: (Jesus) deu sua vida por nós. Também nós outros devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos. Quem possuir bens deste mundo e vir o seu irmão sofrer necessidade, mas lhe fechar o seu coração, como pode estar nele o amor de Deus? Meus filhinhos, não amemos com palavras nem com a língua, mas por atos e em verdade.

Gradual (Sl 36, 30-31)

A boca do justo falará com sabedoria e a sua língua proclamará a justiça. A lei de Deus está no seu coração e não será vacilantes os seus passos. 

Aleluia (Sl 111,1)

Aleluia, aleluia. Bem-aventurado o homem que teme o Senhor, e que ama os seus mandamentos. Aleluia.

Evangelho (Jo 15, 12-16)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos. Vós sois meus amigos, se fazeis o que vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai. Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda.

Ofertório (Sl 20,2-3)

Na vossa força, Senhor, se alegrará o justo, e se regozijará grandemente na vossa salvação. Vós lhe cumpristes o desejo do seu coração.

Secreta

Que este sacrifício imaculado, pelo qual renovamos a obra da imensa caridade de Nosso Senhor Jesus Cristo, seja para nós, ó Pai onipotente, por intercessão do bem-aventurado Camilo, remédio salutar em todas as enfermidades do corpo e da alma, e na última agonia proteção e refrigério. Pelo mesmo Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Secreta (da Comemoração)

Nós Vos oferecemos, Senhor, este preito de nossa piedade, aceitai-o em honra de vossos santos e tornai-o, por misericórdia, útil à nossa salvação. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Comunhão (Mt 25, 36.40)

Estive doente e visitastes-Me; em verdade, em verdade vos digo: todas as vezes que isto fizestes a um os meus irmãos mais pequeninos, a Mim o fizestes. 

Pós-comunhão

Pos este celestial alimento, que recebemos com devoção na festa do bem-aventurado Camilo, vosso confessor, concedei-nos, nós Vos pedimos, Senhor, que, na hora da nossa morte, aparelhados com todos os sacramentos e purificados de nossas culpas, mereçamos entrar alegres no seio da vossa misericórdia. Vós que, sendo Deus, viveis e reinais. 

Pós-comunhão (da Comemoração)

Fazei, Senhor, Vos suplicamos, por intercessão dos bem-aventurados mártires Sinforosa e seus sete filhos, que recebemos com a alma pura o que o sacramento que em nossos lábios tomamos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: