Liturgia Diária- 18/07/2018

SÃO CAMILO DE LELLIS, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Desprovido de meios de subsistência, sofrendo desde a juventude duma chaga incurável num pé, São Camilo conheceu a miséria dos hospitais romanos do século XVI, onde os enfermeiros se recrutavam entre gente pouco recomendável. Com ele tudo mudou. Não contente em se fazer ele próprio o escravo dos doentes, fundou para eles em 1582 uma congregação de clérigos regulares consagrados ao seu serviço, obrigando-se eles a tratar de todos os doentes, qualquer que seja a sua doença ou estado. São Camilo morreu em Roma, em 14 de julho de 1614. O papa Leão XIII proclamou-o padroeiro dos hospitais e dos doentes, e Pio XI declarou-o protetor das religiosas hospitaleiras. O nome de São Camilo foi incluído na ladainha dos agonizantes. 


SANTA SINFOROSA E SEUS SETE FILHOS, Mártires

Comemoração- Missa de São Camilo com 2ªs orações da Missa “Sapientiam”

Santa Sinforosa é uma mártir romana, de época desconhecida. O seu túmulo fica junto à nona milha da via Tiburtina, com o de outros sete mártires, que a tradição posterior apresenta como sendo seus filhos.