Liturgia Diária- 11/01/2020

SANCTA MARIA IN SABBATO

Missa Votiva (4ª Classe) – Missa “Vultum tuum” (Do Natal a Purificação) com Comemoração da Epifania)

Dando graças a Deus e enaltecendo as glórias de Maria, subimos com ela ao altar para celebrar o Santo Sacrifício. Participando do augusto mistério do altar, tomamos também parte na grandeza da Mãe de Deus, recebendo em nós o Verbo Divino pela santa Comunhão. “Bem-aventuradas as entranhas da Virgem Maria”. Bem-aventurados também todos aqueles que recebem o Filho de Deus na santa Eucaristia. Assim, por Maria somos conduzidos a Jesus: “Per Mariam ad Jesum”.


Páginas 807 a 810 do Missal Quotidiano. 


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes. 


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sl 44, 13, 15 e 16 | ib., 2)

Vultum tuum deprecabúntur omnes dívites plebis: adducántur Regi Vírgines post eam: próximæ ejus adducéntur tibi in lætítia et exsultatióne. Ps. Eructávit cor meum verbum bonum: dico ego ópera mea Regi. ℣.Glória Patri. Todos os ricos do povo com dádivas suplicarão o vosso olhar; as Virgens que a seguem são conduzidas até o Rei: suas companheiras são apresentadas ao Rei, no meio da alegria e do júbilo. Sl. Exulta o meu coração em alegre canto: ao Rei dedico as minhas obras. ℣. Glória ao Pai.

Coleta

Deus, qui salútis ætérnæ, beátæ Maríæ virginitáte fœcúnda, humáno generi prǽmia præstitísti: tríbue, quǽsumus; ut ipsam pro nobis intercédere sentiámus, per quam merúimus auctórem vitæ suscípere, Dóminum nostrum Jesum Christum, Fílium tuum: Qui tecum vivit. Ó Deus, que, pela virgindade fecunda da Bem-aventurada sempre Virgem Maria, destes ao gênero humano o prêmio da salvação eterna, concedei, Vos rogamos, que, em nosso favor experimentemos a intercessão daquela pela qual merecemos receber o Autor dá vida, Nosso Senhor, Jesus Cristo, vosso Filho, que convosco vive.

2ª Coleta (da Epifania)

Deus, qui hodiérna die Unigénitum tuum géntibus steila duce reve- lásti: concéde propítius; ut, qui jam te ex fide cognóvimus, usque ad contemplándam spéciem tuæ celsitúdinis perducámur. Per eúndem D. N. Ó Deus, que no dia de hoje manifestastes o vosso Unigênito aos gentios, guiados por uma estrela, concedei propício, que conhecendo-Vos pela fé, cheguemos também a contemplar o Esplendor de vossa Majestade. Pelo mesmo J. C.

Epístola (Tt 3, 4-7)

Léctio Epístolæ beáti Pauli Apóstoli ad Titum.

Caríssime: Appáruit benígnitas et humánitas Salvatóris nostri Dei: non ex opéribus justítiæ, quæ fécimus nos, sed secúndum suam misericórdiam salvos nos fecit, per lavácrum regeneratiónis et renovatiónis Spíritus Sancti, quem effúdit in nos abúnde per Jesum Christum, Salvatórem nostrum: ut, justificáti grátia ipsíus, herédes simus secúndum spem vitæ ætérnæ: in Christo Jesu, Dómino nostro.

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo a Tito. 

Caríssimo: Manifestou-se a benignidade e o Amor de Deus, nosso Salvador, e salvou-nos, não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas por sua misericórdia, pelo batismo da regeneração e da renovação no Espírito Santo. Largamente Ele O derramou sobre nós por Jesus Cristo, nosso Salvador, a fim de que, justificados por sua graça, sejamos herdeiros da vida eterna, pela esperança no Cristo Jesus, Senhor nosso.

Gradual (Sl 44, 3 e 2 |-)

Speciósus forma præ fíliis hóminum: diffúsa est grátia in lábiis tuis. ℣. Eructávit cor meum verbum bonum: dico ego ópera mea Regi: lingua mea cálamus scribæ velóciter scribéntis

Allelúia, allelúia. ℣. Post partum, Virgo, invioláta permansísti: Dei Génetrix, intercéde pro nobis. Allelúia.

Ultrapassais em formosura os filhos dos homens; a graça expande-se em vossos lábios. ℣. Exulta o meu coração em alegre canto: ao Rei dedico as minhas obras. Minha língua é como a pena do escriba que escreve velozmente.

Aleluia, aleluia. ℣. Depois de haverdes dado à luz, permanecestes, ó Virgem, Imaculada. Intercedei por nós, ó Mãe de Deus. Aleluia.

Evangelho (Lc 2, 15-20)

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Lucam. 

In illo témpore: Pastóres loquebántur ad ínvicem: Transeámus usque Béthlehem, et videámus hoc verbum, quod factum est, quod Dóminus osténdit nobis. Et venérunt festinántes, et invenérunt Maríam, et Joseph, et Infántem pósitum in præsépio. Vidéntes autem cognovérunt de verbo, quod dictum erat illis de Púero hoc. Et omnes, qui audiérunt, miráti sunt: et de his, quæ dicta erant a pastóribus ad ipsos. María autem conservábat ómnia verba hæc, cónferens in corde suo. Et revérsi sunt pastores, glorificántes et laudántes Deum in ómnibus, quæ audíerant et víderant, sicut dictum est ad illos.

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo, diziam entre si os pastores: Vamos até Belém, e vejamos o que ali sucedeu e o que o Senhor nos manifestou. E foram com presteza, e encontraram Maria e José, e o Menino reclinado no presepe. Vendo isto, certificaram-se do que lhes fora dito acerca deste Menino. E todos os que os ouviram falar, admiraram-se do que os pastores lhes diziam. Maria, porém, conservava todas estas palavras em seu coração. E os pastores voltaram, glorificando e louvando a Deus por tudo quanto tinham visto e ouvido, conforme lhes fora anunciado.

Ofertório

Felix namque es, sacra Virgo María, et omni laude digníssima: quia ex te ortus est sol justítiæ, Christus, Deus noster. Sois feliz e digna de todo o louvor, ó santa Virgem Maria, pois de vós nasceu o sol da justiça, o Cristo, nosso Deus.

Secreta

Tua, Domine, propitiatióne, et beátae Mariae semper Vírginis intercessióne, ad perpétuam atque praeséntem haec oblátio nobis profíciat prosperitátem et pacem. Per D. N. Aproveite-nos, Senhor, esta oblação para nossa perpétua e presente paz e prosperidade, por vossa misericórdia e pela intercessão da Bem-aventurada sempre Virgem Maria. Por N. S.

2ª Secreta (da Epifania)

Ecclésiæ tuæ, quæsumus, Dómine, dona propítius intuere: quibus non jam aurum, thus et myrrha profertur; sed quod eisdem munéribus declarátur, immolátur et súmitur, Jesus Christus, fílius tuus, Dóminus noster: Qui tecum vivit et regnat. Nós Vos suplicamos, Senhor, olhai propício para as ofertas de vossa Igreja, que não mais Vos oferece ouro, incenso e mirra, porém Aquele mesmo que estes dons simbolizam, e que é agora imolado e recebido como Alimento, Jesus Cristo, vosso Filho, Nosso Senhor, que, sendo Deus, convosco vive e reina.

Prefácio (da Ssma. Virgem)

℣. Dóminus vobíscum.
℞. Et cum spíritu tuo.
℣. Sursum corda.
℞. Habémus ad Dóminum.
℣. Grátias agámus Dómino Deo nostro.
℞. Dignum et iustum est.
.
Vere dignum et justum est, æqum et salutáre, nos tibi semper, et ubique grátias ágere: Dómine sancte, Pater omnípotens, ætérne Deus. Et te in Veneratione beátæ Mariæ semper Vírginis collaudáre, benedícere, et prædicáre. Quæ et Unigénitum tuum Sancti Spíritus obumbratióne concépit, et virginitátis glória permanénte, lumen ætérnum mundo effúdit, Jesum Christum Dóminum nostrum. Per quem majestátem tuam laudant Angeli, adórant Dominatiónes, tremunt Potestátes coeli coelorúmque Virtútes, ac beáta Séraphim, sócia exsultatióne concélebrant. Cum quibus et nostras voces ut admitti júbeas deprecámur, súpplici confessióne dicéntes: Sanctus, Sanctus, Sanctus…
℣. O Senhor seja convosco.
℞. E com o vosso espírito,
℣. Para o alto os corações.
℞. Já os temos para o Senhor,
℣. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
℞. É digno e justo.
.
Verdadeiramente é digno e justo, razoável e salutar que, sempre e em todo o lugar, Vos demos graças, ó Senhor santo, Pai onipotente, eterno Deus. E que, na Veneração da Bem-aventurada sempre Virgem Maria, Vos louvemos, bendigamos e exaltemos. Por obra do Espírito Santo ela concebeu o vosso Unigênito, e permanecendo com a glória da virgindade, deu ao mundo a eterna Luz, Jesus Cristo, Nosso Senhor. Por Ele os Anjos louvam a vossa Majestade, as Dominações a adoram, tremem as Potestades. Os Céus, as Virtudes dos Céus e os bem-aventurados Serafins a celebram com recíproca alegria. As suas vozes, nós Vos rogamos, mandeis que. se unam as nossas, quando, em humilde confissão, Vos dizemos: Santo, Santo, Santo…

Comunhão

Beáta víscera Maríæ Vírginis, quæ portavérunt ætérni Patris Fílium. Bem-aventuradas as entranhas da Virgem Maria, que encerraram o Filho do Eterno Pai.

Pós-comunhão

Hæc nos commúnio, Dómine, purget a crímine: et, intercedénte beáta Vírgine Dei Genetríce María, caeléstis remédii fáciat esse consórtes. Per eúndem Dóminum. Esta Comunhão, Senhor, nos purifique de nossas faltas, e, intercedendo por nós a Bem-aventurada Virgem Maria, Mãe de Deus, nos faça participar do remédio celeste. Pelo mesmo J. C.

2ª Pós-comunhão (da Epifania)

Præsta, quǽsumus, omnípotens Deus: ut, quæ sollémni celebrámus officio, purificátæ mentis intellegéntia consequámur. Per D.N. Fazei, nós Vos pedimos, ó Deus onipotente, que alcancemos com inteligência e pureza de alma o Mistério que celebramos com tão festivo ofício. Por N. S.

Traduções e comentário principal do Missal de D. Beda Keickeisen (1947/1962). 

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: