Liturgia Diária- 25/04/2019

QUINTA-FEIRA DE PÁSCOA

Oitava de 1ª Classe (com Oitava)- Missa Própria – Estação na basílica dos Doze Apóstolos

Na igreja estacional de hoje encontra-se a sepultura do Apóstolo S. Filipe. O diácono Filipe (Epístola) e Maria Madalena (Evangelho) são arautos da Ressurreição do Cristo. A estes e aos neófitos, a Sabedoria divina abre a boca, assim como a nós (pelo Batismo), para cantarmos a Deus um cântico novo (Introito, Communio). A igreja dos Apóstolos, construída em Roma em estilo grego, simboliza a união dos povos em Cristo pelo Batismo. (Oração)


Páginas 488 a 492 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sab 10, 20-21 | Sl 97, 1)

Victrícem manum tuam, Dómine, laudavérunt páriter, allelúia: quia sapiéntia apéruit os mutum, et linguas infántium fecit disértas, allelúia, allelúia. Ps. Cantáte Dómino cánticum novum: quia mirabília fecit. ℣. Glória Patri… Todos juntos louvaram, ó Senhor, a vossa mão vitoriosa, aleluia: porque a Sabedoria abriu a boca dos mudos e tornou eloquentes as línguas das crianças, aleluia, aleluia. Sl. Cantai ao Senhor um cântico novo; porque fez coisas admiráveis. ℣. Glória ao Pai.

Coleta

Deus, qui diversitátem géntium in confessióne tui nóminis adunásti: da, ut renátis fonte baptísmatis una sit fides méntium, et píetas actiónum. Per D.N. Ó Deus, que reunistes os diversos povos na confissão de vosso Nome, concedei aos que renasceram na fonte batismal, sejam unidos no Espírito pela mesma fé e nas ações pelo Amor. Por N.S.

Epístola (At 8, 26-40)

Léctio Actuum Apostolórum.

In diébus illis: Angelus Dómini locútus est ad Philíppum, dicens: Surge et vade contra meridiánum ad viam, quæ descéndit ab Ierúsalem in Gazam: hæc est desérta. Et surgens ábiit. Et ecce, vir Æthiops eunúchus, potens Candácis regínæ Æthíopum, qui erat super omnes gazas eius, vénerat adoráre in Ierúsalem: et revertebátur sedens super currum suum, legénsque Isaíam Prophétam. Dixit autem Spíritus Philíppo: Accéde et adiúnge te ad currum istum. Accúrrens autem Philíppus, audívit eum legéntem Isaíam Prophétam, et dixit: Putásne, intéllegis, quæ legis? Qui ait: Et quómodo possum, si non áliquis osténderit mihi? Rogavítque Philíppum, ut ascénderet et sedéret secum. Locus autem Scriptúræ, quam legébat, erat hic: Tamquam ovis ad occisiónem ductus est: et sicut agnus coram tondénte se, sine voce, sic non apéruit os suum. In humilitáte iudícium eius sublátum est. Generatiónem eius quis enarrábit, quóniam tollétur de terra vita eius? Respóndens autem eunúchus Philíppo, dixit: Obsecro te, de quo Prophéta dicit hoc? de se, an de álio áliquo? Apériens autem Philíppus os suum, et incípiens a Scriptúra ista, evangelizávit illi Iesum. Et dum irent per viam, venérunt ad quandam aquam: et ait eunúchus: Ecce aqua, quid próhibet me baptizári? Dixit autem Philíppus: Si credis ex toto corde, licet. Et respóndens, ait: Credo, Fílium Dei esse Iesum Christum. Et iussit stare currum: et descendérunt utérque in aquam. Philíppus et eunúchus, et baptizávit eum. Cum autem ascendíssent de aqua, Spíritus Dómini rápuit Philippum, et ámplius non vidit eum eunúchus. Ibat autem per viam suam gaudens. Philíppus autem invéntus est in Azóto, et pertránsiens evangelizábat civitátibus cunctis – donec veníret Cæsaréam – nomen Dómini Iesu Christi.

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, disse um Anjo do Senhor a Filipe: Levanta-te e vai em direção ao sul, no caminho que leva de Jerusalém até Gaza pelo deserto. E ele levantou-se e partiu. E eis que um homem etíope, camareiro e favorito de Candace, rainha da Etiópia e administrador de todos os seus tesouros, viera adorar em Jerusalém. Ele voltava sentado no seu carro e lia o profeta Isaías. Disse pois, o Espírito a Filipe: Aproxima-te e vai junto a esse carro. Correu então Filipe, e ouviu o etíope ler o profeta Isaías. E disse-lhe: Podes tu compreender o que lês? Ele respondeu: Como o poderia, se ninguém mo explica? E pediu a Filipe para subir e se assentar a seu lado. Ora, o trecho da Escritura que lia era este: Assim como a ovelha é levada ao matadouro e como um cordeiro, mudo ante Aquele que o tosquia, Ele não abriu a boca. Por sua humilhação, consumou-se o seu julgamento. Quem poderá descrever sua geração, pois sua vida será ceifada da terra? O camareiro, respondendo a Filipe, disse: Por favor, ensina-me: De quem o Profeta fala isto? De si mesmo ou de algum outro? Então Filipe, abrindo a boca e começando por essa passagem da Escritura, anunciou-lhe o Evangelho de Jesus. E indo pelo caminho encontraram água, dizendo o camareiro: Eis aqui água; que impede seja eu batizado? Disse então Filipe: Se crês de todo o coração, isto é possível. Ele respondeu: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus. E fez o carro parar; e descendo ambos à água, Filipe batizou o camareiro. Quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou Filipe e o camareiro não mais o viu. Continuou, porém, cheio de alegria, o seu caminho. Filipe achou-se em Azot, e por onde passava, ensinava o Evangelho em todas as cidades (até chegar a Cesareia ), tornando conhecido o Nome de N. S. Jesus Cristo.

Gradual (Sl 117, 24 e 22-23| -)

Hæc dies, quam fecit Dóminus: exsultémus et lætémur in ea. ℣. Lápidem, quem reprobavérunt ædificántes, hic factus est in caput ánguli: a Dómino factum est istud, et est mirábile in óculis nostris

Allelúia, allelúia. Surréxit Christus, qui creávit ómnia: et misértus est humáno géneri.

Este é o dia que o Senhor fez, exultemos e alegremo-nos nele. ℣. A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular; esta é a obra do Senhor e é coisa admirável a nossos olhos.

Aleluia, aleluia, ℣. Ressuscitou o Cristo que fez todas as coisas e teve piedade do gênero humano.

Sequência

Víctimæ pascháli laudes ímmolent Christiáni.

Agnus rédemit oves: Christus ínnocens Patri reconciliávit peccatóres.

Mors et vita duéllo conflixére mirándo: dux vitæ mórtuus regnat vivus.

Dic nobis, María, quid vidísti in via?

Sepúlcrum Christi vivéntis et glóriam vidi resurgéntis.

Angélicos testes, sudárium et vestes.

Surréxit Christus, spes mea: præcédet vos in Galilǽam.

Scimus Christum surrexísse a mórtuis vere: tu nobis, victor Rex, miserére. Amen. Allelúia.

À vítima pascal louvor imolem os Cristãos.

O Cordeiro redimiu as ovelhas: O Cristo inocente, com o Pai, reconciliou os pecadores.

A morte e a vida se bateram. Num duelo estranho, o Rei da vida, morto, Reina vivo.

— Dize-nos, Maria, No caminho, o que havia?

O sepulcro do Cristo, que vive, e a sua glória que ante os olhos tive.

Testemunhas celestes, o sudário e as vestes.

O Cristo ressurgiu; minha esperança. Para a Galileia, antes de vos avança.

Sabemos que o Cristo ressurgiu, dos mortos, na verdade. Ó Rei vitorioso, De nós tende piedade. Amém Aleluia.

Evangelho (Jo 20, 11-18)

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Joánnem.

In illo témpore: María stabat ad monuméntum foris, plorans. Dum ergo fleret, inclinávit se et prospéxit in monuméntum: et vidit duos Angelos in albis, sedéntes, unum ad caput et unum ad pedes, ubi pósitum fúerat corpus Iesu. Dicunt ei illi: Múlier, quid ploras? Dicit eis: Quia tulérunt Dóminum meum: et néscio, ubi posuérunt eum. Hæc cum dixísset, convérsa est retrórsum, et vidit Iesum stantem: et non sciébat, quia Iesus est. Dicit ei Iesus: Múlier, quid ploras? quem quæris? Illa exístimans, quia hortulánus esset, dicit ei: Dómine, si tu sustulísti eum, dícito mihi, ubi posuísti eum: et ego eum tollam. Dicit ei Iesus: María. Convérsa illa, dicit ei: Rabbóni – quod dícitur Magíster. – Dicit ei Iesus: Noli me tángere, nondum enim ascéndi ad Patrem meum: vade autem ad fratres meos et dic eis: Ascéndo ad Patrem meum et Patrem vestrum, Deum meum et Deum vestrum. Venit María Magdaléne annúntians discípulis: Quia vidi Dóminum, et hæc dixit mihi.

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, Maria [Madalena] permanecia na parte de fora do sepulcro, chorando. Por entre lágrimas, ela curvou-se e olhou para dentro do sepulcro. E viu dois Anjos vestidos de branco, sentados, um à cabeceira, e outro aos pés do sítio onde fora depositado o corpo de Jesus. Eles lhe disseram: Mulher, por que choras? Respondeu-lhes: Porque levaram meu Senhor e não sei onde O puseram. Dizendo isto, ela voltou-se e viu Jesus de pé, Amas não conheceu que era Ele. Disse-lhe Jesus: Mulher, por que choras? A quem procuras? Julgando que era o jardineiro, disse ela: Senhor, se tu O levaste, dize-me onde O puseste; e eu O irei buscar. Jesus lhe disse: Maria! Voltando-se, ela exclamou: Rabboni (isto é, Mestre)! Disse-lhe Jesus: Não me toques, porque eu ainda não subi a meu Pai, mas vai a meus irmãos, e dize-lhes: Eu subo para o meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus. Saiu Maria Madalena a anunciar aos discípulos : Eu vi o Senhor e eis as palavras que Ele me disse. 

Ofertório (Ex 13, 5)

In die solemnitátis vestræ, dicit Dóminus, indúcam vos in terram fluéntem lac et mel, allelúia. No dia de vossa festa solene, diz o Senhor, eu vos introduzirei na terra, onde corre o leite e o mel, aleluia

Secreta

Súscipe, quǽsumus, Dómine, múnera populórum tuórum propítius: ut, confessióne tui nóminis et baptísmate renováti, sempitérnam beatitúdinem consequántur. Per D.N. Nós Vos suplicamos, Senhor, recebei propício as oferendas de vossos povos, a fim de que, renovados pela confissão de vosso Nome e pela graça batismal, alcancem a bem-aventurança eterna. Por N.S.

Prefácio (da Páscoa)

℣. Dóminus vobíscum.
℞. Et cum spíritu tuo.
℣. Sursum corda.
℞. Habémus ad Dóminum.
℣. Grátias agámus Dómino Deo nostro.
℞. Dignum et iustum est.
.
Vere dignum et iustum est, æquum et salutare, te quidem Domine omni tempore, sed in hac potissimum die gloriosis prædicare, cum Pascha nostrum immolatus est Christus. Ipse enim verus est Angus qui abstulit peccáta mundi. Qui mortem nostram moriendo destruxit, et vitam resurgendo reparavit. Et ideo cum Angelis et Archangelis, cum Thronis et Dominationibus, cumque omnia milita coelestis exercitus, hymnum gloriæ tuæ canimus, sine fine dicentes: Sanctus, Sanctus, Sanctus…
℣. O Senhor seja convosco.
℞. E com o vosso espírito,
℣. Para o alto os corações.
℞. Já os temos para o Senhor,
℣. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
℞. É digno e justo.
.
Verdadeiramente é digno e justo, razoável e salutar, que Vos louvemos, Senhor, em todo o tempo e com especia!idade, mais gloriosamente neste dia em que Cristo, nossa Páscoa, foi imolado. Porque. Ele é o verdadeiro Cordeiro que tirou os pecados do mundo. Por sua morte destruiu a nossa, e ressurgindo restaurou a nossa vida. E por isso, com os Anjos e os Arcanjos, com os Tronos e as Dominações e com toda a milícia do exército celestial, cantamos hinos à vossa glória, dizendo sem fim: Santo, Santo, Santo…

Comunhão (I Pe 2, 9)

Pópulus acquisitiónis, annuntiáte virtútes eius, allelúia: qui vos de ténebris vocávit in admirábile lumen suum, allelúia. Povo escolhido pelo Senhor, anunciai as maravilhas d’ Aquele, aleluia, que vos chamou das trevas à sua luz admirável, aleluia.

Pós-comunhão

Exáudi, Dómine, preces nostras: ut redemptiónis nostræ sacrosáncta commércia, et vitæ nobis cónferant præséntis auxílium, et gáudia sempitérna concílient. Per D.N. Ouvi, Senhor, as nossas preces para que o preço sacrossanto de nossa Redenção [a Eucaristia] nos preste auxílio na vida presente e nos alcance as alegrias eternas.

Traduções e comentários extraídos do Missal Quotidiano de D. Beda (1947).

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: