Liturgia Diária- 28/03/2019

QUINTA-FEIRA DA 3ª SEMANA DA QUARESMA

Féria de 3ª Classe – Missa própria – Estação em S. Cosme e São Damião

Na igreja dos Santos Cosme e Damião, ambos médicos,-ouvimos o Médico de nossa alma, Aquele que operou muitos milagres por meio de seus Santos. É Ele quem nos manda observar os mandamentos do Senhor (Communio), e  “em casa de Simão” , isto é, na Igreja, nos restitui a verdadeira vida (Evangelho).


SÃO JOÃO CAPISTRANO, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa do dia, com orações próprias

Nasceu na Itália, de pais alemães, e entrou na Ordem de S. Francisco. Viajou pela Itália e pela Alemanha como pregador popular e por toda a parte combateu as heresias com grande energia e ótimos resultados. A sua coragem e a seus conselhos, deve-se a grande vitória que os Cristãos ganharam sobre os turcos, perto de Belgrado em 1456 (Oração). Faleceu nesse mesmo ano.


Páginas 242 a 245; 1025 a 1027 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


PRÓPRIO DO DIA

Introito (-| Sl 77, 1)

Salus pópuli ego sum, dicit Dóminus: de quacúmque tribulatióne clamáverint ad me, exáudiam eos: et ero illórum Dóminus in perpétuum. Ps. Atténdite, pópule meus, legem meam: inclináte aurem vestram in verba oris mei. ℣. Gloria Patri. Eu sou a salvação do povo, diz o Senhor; quando por mim em qualquer tribulação clamarem, eu os ouvirei; e serei perpetuamente o seu Senhor. Sl. Povo meu, escuta a minha lei: inclina os teus ouvidos às palavras de minha boca. ℣. Glória ao Pai.

Coleta

Magníficet te, Dómine, sanctórum tuórum Cosmæ et Damiáni beáta sollémnitas: qua et illis glóriam sempitérnam, et opem nobis ineffábili providéntia contulísti. Per D.N. A feliz solenidade de vossos santos Cosme e Damião Vos sirva de glória, Senhor, pois a eles destes a glória eterna, e a nós o socorro por vossa inefável providência. Por N.S.

2ª Coleta (de S. João)

Deus, qui per beátum Joánnem fidéles tuos in virtúte sanctíssimi nóminis Jesu de Crucis inimícis triumpháre fecísti: præsta, quǽsumus; ut, spirituálium hóstium, ejus intercessióne, superátis insídiis, corónam justítiæ a te accípere mereámur. Per eúndem Dóminum. Ó Deus, que por S. João, fizestes com que vossos fiéis triunfassem dos inimigos da Cruz pelo poder do Santo Nome de Jesus, fazei, Vos suplicamos, que, tendo por sua intercessão desviado as ciladas de nossos inimigos espirituais, mereçamos receber de vossas mãos a coroa da justiça. Pelo mesmo J. C.

Epístola (Jr 7, 1-7)

Léctio Jeremíae Prophétae.

In diébus illis: Factum est verbum Dómini ad me, dicens: Sta in porta domus Dómini: et prǽdica ibi verbum istud, et dic: Audíte verbum Dómini, omnis Juda, qui ingredímini per portas has, ut adorétis Dóminum. Hæc dicit Dóminus exercítuum, Deus Israël: Bonas fácite vias vestras et stúdia vestra: et habitábo vobíscum in loco isto. Nolíte confídere in verbis mendácii, dicéntes: Templum Dómini, templum Dómini, templum Dómini est. Quóniam si bene direxéritis vias vestras et stúdia vestra: si fecéritis judícium inter virum et próximum ejus, ádvenæ et pupíllo et víduæ non fecéritis calúmniam, nec sánguinem innocéntem effudéritis in loco hoc, et post deos aliénos non ambulavéritis in malum vobismetípsis: habitábo vobíscum in loco isto, in terra, quam dedi patribus vestris a sǽculo et usque in sǽculum: ait Dóminus omnípotens.

Leitura do Profeta Jeremias.

Naqueles dias, a palavra do Senhor me foi assim dirigida: Fica de pé, à porta da casa do Senhor e ali prega estas palavras: Ouvi a palavra do Senhor, vós todos de Judá, que penetrais por estas portas, para adorar o Senhor. Eis o que diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Endireitarei os vossos caminhos e as vossas inclinações e habitarei convosco neste lugar. Não confieis em palavras enganadoras, dizendo: Eis o templo do Senhor, o templo do Senhor, o templo do Senhor. Porque se orientardes bem os vossos caminhos e as vossas inclinações, se fizerdes justiça entre o homem e seu próximo se ao estrangeiro, ao órfão e à viúva não levantardes calúnia, nem derramardes o sangue do inocente neste lugar, se junto a deuses estranhos não caminhardes para a vossa infelicidade, eu habitarei convosco neste lugar, na terra que concedi a vossos pais, por todos os tempos, diz o Senhor onipotente.

Gradual (Sl 144, 15-16)

Oculi ómnium in te sperant, Dómine: et tu das illis escam in témpore opportúno, ℣. Aperis tu manum tuam: et imples omne ánimal benedictióne.

Os olhos de todos em Vós esperam, Senhor, e Vós lhes dais o alimento, em tempo oportuno. ℣. Abris a vossa mão, e encheis de bênçãos todos os viventes.

Evangelho (Lc 4, 38-44)

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Lucam.

In illo témpore: Surgens Jesus de synagóga, introívit in domum Simónis. Socrus autem Simónis tenebátur magnis fébribus: et rogavérunt illum pro ea. Et stans super illam, imperávit febri: et dimísit illam. Et contínuo surgens, ministrábat illis. Cum autem sol occidísset, omnes, qui habébant infírmos váriis languóribus, ducébant illos ad eum. At ille síngulis manus impónens, curábat eos. Exíbant autem dæmónia a multis, clamántia et dicéntia: Quia tu es Fílius Dei; et íncrepans non sinébat ea loqui, quia sciébant ipsum esse Christum. Facta autem die egréssus ibat in desértum locum, et turbæ requirébant eum, et venérunt usque ad ipsum: et detinébant illum, ne discéderet ab eis. Quibus ille ait: Quia et áliis civitátibus opórtet me evangelizáre regnum Dei: quia ídeo missus sum. Et erat prǽdicans in synagógis Galilǽæ. 

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo, saindo Jesus da sinagoga, entrou em casa de Simão. Ora, a sogra de Simão tinha uma forte febre e houve quem intercedesse a Jesus por ela. De pé, ao seu lado, ordenou Jesus à febre e esta a deixou. E levantando-se logo, ela os servia. Quando o sol estava no ocaso, todos os que tinham enfermos de várias doenças traziam-nos a Jesus. E Ele, impondo as mãos sobre cada um, curava-os. Saíam também os demônios de muitos deles, clamando e dizendo Vós sois o Filho de Deus. Ele os ameaçava, entretanto, para que não dissessem que sabiam que Ele era o Cristo. Quando se fez dia, Jesus saiu e foi para um lugar deserto. E as multidões O procuravam e foram até Ele; e queriam retê-Lo, com medo que os deixasse. Ele porém lhes disse: É preciso que eu vá a outras cidades anunciar o Reino de Deus: porque para isso fui enviado. E assim pregava nas sinagogas da Galileia.

Ofertório (Sl 137, 7)

Si ambulávero in médio tribulatiónis, vivificábis me, Dómine: et super iram inimicórum meorum exténdes manum tuam, et salvum me fáciet déxtera tua. Se eu andar no meio da tribulação, Vós me vivificais, Senhor; contra a ira dos meus inimigos , estendeis a vossa mão, e a vossa Destra me salva.

Secreta

In tuorum, Dómine, pretiósa morte justórum sacrifícium illud offérimus, de quo martýrium sumpsit omne princípium. Per D.N. Senhor, na comemoração da morte preciosa de vossos Justos, nós Vos oferecemos este Sacrifício, no qual teve início todo martírio. Por N. S.

2ª Secreta (de S. João)

Sacrifícium, Dómine, quod immolámus, placátus inténde: ut, intercedénte beáto Joánne Confessóre tuo, ad conteréndas inimicórum insídias nos in tuæ protectiónis securitáte constítuat. Per D.N. Senhor, olhai aplacado para o Sacrifício que imolamos, e, por intercessão de vosso Confessor S. João, ele nos garanta a vossa proteção segura para repelirmos os assaltos de nossos inimigos. Por N. S.

Prefácio (da Quaresma)

Vere dignum et justum est, aequum et salutáre, nos tibi semper et ubíque grátias ágere: Domine sancte, Pater omnípotens aetérne Deus: Qui corporáli jejúnio vítia comprimis, mentem élevas, virtútem largíris et praémia: per Chrístum, Dóminum nostrum. Per quem majestátem tuam laudant Angeli, adórant Dominatiónes, tremunt Potestátes. Caeli caelorúmque Virtútes ac beáta Séraphim sócia exsultatióne concélebrant. Cum quibus et nostras voces ut admítti júbeas, deprecámur, súpplici confessióne dicéntes:

Sanctus, Sanctus, Sanctus…

Verdadeiramente é digno e justo, razoável e salutar, que, sempre e em todo o lugar, Vos demos graças, ó Senhor santo, Pai onipotente, eterno Deus, que pelo jejum corporal reprimis os vícios, elevais a inteligência, concedeis a virtude e o prêmio dela, por Jesus Cristo, Nosso Senhor. Por Ele louvam os Anjos a vossa Majestade, as Dominações a adoram, tremem as Potestades. Os Céus, as Virtudes dos Céus e os bem-aventurados Serafins a celebram com recíproca alegria. As suas vozes, nós Vos rogamos mandeis que se unam as nossas, quando, em humilde confissão, Vos dizemos:

Santo, Santo, Santo…

Comunhão (Sl 118, 4-5)

Tu mandásti, mandáta tua custodíri nimis: útinam dirigántur viæ meæ, ad custodiéndas justificatiónes tuas. Vós ordenastes que os vossos mandamentos fossem fielmente guardados; todos os meus passos se encaminhem, pois, à observância de vossa lei.

Pós-comunhão

Sit nobis, Dómine, sacraménti tui certa salvátio: quæ cum beatórum Mártyrum tuórum Cosmæ et Damiáni méritis implorátur. Per D.N. Nós Vos imploramos, Senhor, pelos merecimentos de vossos santos mártires Cosme e Damião, seja-nos eficaz a força salutar deste vosso Sacramento. Por N. S.

2ª Pós-comunhão (de S. João)

Repléti alimónia cœlésti et spirituáli pópulo recreáti, quǽsumus, omnípotens Deus: ut, intercedénte beáto Joánne Confessóre tuo, nos ab hoste malígno deféndas, et Ecclésiam tuam perpétua pace custódias. Per D.N. Nutridos com o Alimento celeste e fortalecidos pela Bebida espiritual, nós Vos suplicamos, ó Deus onipotente, que pela intercessão de vosso santo Confessor João nos defendais contra o inimigo perverso e guardeis a vossa Igreja em contínua paz. Por N. S.

Oração 

Super populum: Orémus. Humiliáte cápita vestra Deo.

Subjéctum tibi pópulum, quǽsumus, Dómine, propitiátio cœléstis amplíficet: et tuis semper fáciat servíre mandátis. Per D.N.

Sobre o povo: Oremos. Humilhai as vossas cabeças diante de Deus.

Rogamos, Senhor, que a vossa divina clemência aumente o número dos fiéis que Vos são submissos e faça com que observem sempre os vossos preceitos. Por N. S.


Traduções e comentários extraídos do Missal Quotidiano de D. Beda (1947).

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: