Liturgia Diária- Domingo de Pentecostes

Festa de 1ª Classe- Missa Própria

O dom do Espírito Santo fora anunciado pelos profetas para os tempos messiânicos. A sua descida sobre os Apóstolos é o pórtico desta era nova. Funda-se então a Igreja, e lhe é conferido o espírito de Cristo, “para renovar a face da terra”. A narrativa dos Atos recorda os acontecimentos do dia de Pentecostes: a descida do Espírito Santo sobre os Apóstolos e os fenômenos que a acompanham, particularmente o milagre das línguas, símbolo da Missão universal dos Apóstolos. Todas as nações são chamadas a ouvir a proclamação da Boa-Nova.

A esta presença do Espírito Santo, que inspira e dirige a Igreja, na sua missão de pregar o Evangelho até aos confins do mundo, acresce uma outra presença mais íntima e mais pessoal, que faz dos Apóstolos homens novos, transformando-lhes a própria natureza. A sequência da missa e o hino de vésperas descrevem e evocam esta ação penetrante do Espírito Santo no coração dos fiéis. A leitura do livro dos Atos durante toda a oitava, mostrará esta dupla ação do Espírito Santo na Igreja e na alma dos crentes.


Páginas 542 a 549 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963).


Missa APENAS às 15:30 horas na Catedral Santa Terezinha. 


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sb 1,7*; Sl 67,2)

O Espírito do Senhor encheu toda a Terra, aleluia, e porque encerra todas as coisas, possui a ciência da palavra, aleluia, aleluia, aleluia. Sl. Levante-se Deus e pereçam os seus inimigos; fujam da sua presença os que O odeiam. Glória ao Pai.

Coleta


“Recta sapere! Consolatione gaudere!” A presença do Espírito na alma é fonte de retidão e alegria.


Ó Deus, que Vos dignastes ilustrar neste dia o coração dos vossos fiéis pela efusão do Espírito Santo, fazei pelo mesmo Espírito que obremos o que é reto, e nos alegremos sempre com a proteção da sua presença. Por Nosso Senhor… que vive e reina na unidade do mesmo Espírito Santo.

Epístola (At 2, 1-11 )


Realiza-se a promessa de Cristo: os Apóstolos recebem o Espírito Santo, e, fortificados com Ele, partem até aos confins do mundo, a pregar o Evangelho e a dar testemunho de Cristo.


Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naquele tempo: Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. Achavam-se então em Jerusalém judeus piedosos de todas as nações que há debaixo do céu. Ouvindo aquele ruído, reuniu-se muita gente e maravilhava-se de que cada um os ouvia falar na sua própria língua. Profundamente impressionados, manifestavam a sua admiração: Não são, porventura, galileus todos estes que falam? Como então todos nós os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna? Partos, medos, elamitas; os que habitam a Macedônia, a Judeia, a Capadócia, o Ponto, a Ásia, a Frígia, a Panfília, o Egito e as províncias da Líbia próximas a Cirene; peregrinos romanos,  judeus ou prosélitos, cretenses e árabes; ouvimo-los publicar em nossas línguas as maravilhas de Deus!

1º Aleluia (Sl 103,30*)


O Espírito que, no princípio criou o mundo, renova agora a face da terra. É uma segunda criação, que, na ordem sobrenatural, refaz todas as coisas, segundo os planos de Deus.


Aleluia, aleluia. Enviai, Senhor, o vosso Espírito e eles renascerão em corpo e alma e então renovar-se-á a face da terra.

2º Aleluia

Aleluia (Ajoelha-se). Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor.

Sequência  (Estevão Langton, arcebispo de Cantunária, 1228)

Veni, Sancte Spiritus,                               Vinde Santo Espírito
et emitte caelitus,                                 e mandai-nos, lá do céu
lucis tuae radium.                               um raio da Vossa Luz

Veni, pater pauperum,                               Vinde até nós, Pai dos pobres,
veni, dator munerum,                               caudal de todos os dons,
veni, lumen cordium.                               e fulgor dos corações.

Consolator optime,                               Ó Consolador supremo,
dulcis hospes animae,                               hóspede santo das almas,
dulce refrigerium.                               refrigério dulcíssimo.

In labore requies,                               No trabalho sois descanso,
in aestu temperies,                               a calma na turbação,
in fletu solatium.                               sois bálsamo no pranto.

O lux beatissima,                               inundai, ó luz santíssima,
reple cordis intima,                               os lugares mais profundos,
tuorum fidelium.                               das vossas almas fiéis.

Sine tuo numine,                               Sem a Vossa proteção,
nihil est in homine,                               nada subsiste no homem,
nihil est innoxium.                               sem a jaça do pecado.

Lava quod est sordidum,                               Lavai toda a impureza
riga quod est aridum,                               fecundai toda a aridez,
sana quod est saucium.                               curai todas as feridas.

Flecte quod est rigidum,                               Curvai-nos o nosso orgulho,
fove quod est frigidum,                               fundi-nos o nosso gelo,
rege quod est devium.                               velai o nosso extravio.

Da tuis fidelibus,                               Dá a Vossos fiéis,
in te confidentibus,                               que em Vós confiam,
sacrum septenarium.                               os sete dons sagrados.

Da virtutis meritum,                               Coroai-lhes a virtude,
da salutis exitum,                               dai-lhes o porto da glória,
da perenne gaudium,                                e a alegria que não finda. 

Amen. Aleluia. 

Evangelho  (Jo 14, 23-31)


Tirado do discurso depois da Ceia, o evangelho da festa de Pentecostes é uma das mais belas perícopes do ensino de Jesus respeitante à missão do Espírito Santo. 


Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Se me amais, guardareis os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco. É o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós. Não vos deixarei órfãos. Voltarei a vós. Ainda um pouco de tempo e o mundo já não me verá. Vós, porém, me tornareis a ver, porque eu vivo e vós vivereis. Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim e eu em vós. Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é que me ama. E aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu o amarei e manifestar-me-ei a ele.

Ofertório (Sl 67, 29-30)

Ratificai isto, Senhor, que fizeste conosco. Do vosso templo que está em Jerusalém, os reis oferecer-vos-ão presentes, aleluia.

Secreta

Dignai-Vos, santificar, Senhor, este sacrifício que Vos oferecemos e lavai os nossos corações com a luz do Espírito Santo. Por Nosso Senhor…. que vive e reina na unidade do mesmo Espírito Santo.

Comunhão (Atos 2, 2;4)

Ouviu-se de repente um ruído vindo do céu, como um vento impetuoso que passasse, no lugar onde estavam sentados, aleluia. E ficaram todos cheios do Espírito Santo, a falar das grandezas de Deus, aleluia, aleluia.

Pós-comunhão

Que a efusão do Espírito Santo, Senhor, nos lave os corações e os fecunde com o orvalho da vossa graça. Por Nosso Senhor… que vive e reina na unidade do mesmo Espírito Santo. 


PARTITURAS E AÚDIOS

 

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: