Liturgia Diária- 25/12/2017- Missa do Galo

FESTA DA NATIVIDADE DE NOSSO SENHOR

Festa de 1ª Classe- Missa Própria


MISSA DO GALO (À MEIA-NOITE)

Nesta santa noite de Natal, a Igreja celebra o nascimento humano de Jesus, Filho de Deus, Salvador do mundo, em Belém. Gerado desde a eternidade pelo pai, o Verbo assumiu nossa natureza humana no seio da Virgem Maria, que lhe transmitiu , realmente, a sua carne. Nasceu num presépio. Ele, que vem partilhar de nossa vida humana, é Filho de Deus antes de o ser de Maria e agora fica a ser, rigorosamente, uma e outra coisa. A missa da noite sublinha este duplo aspecto de grandeza divina e humilde humanidade que constitui a própria essência do mistério natalício. O primeiro é particularmente vincado no introito, epístola, gradual e aleluia, ofertório e comunhão; o segundo, na admirável simplicidade do evangelho. 

A estação tem ligar em Santa Maria Maior, em homenagem à Virgem Mãe, e como preito de veneração pelo presépio de Belém. Com efeito, cinco pedaços de madeira carunchosa, considerados como fragmentos daquela manjedoura que serviu de berço ao Salvador, são, desde remotos tempos, objeto da devoção dos fiéis. 


Páginas 45 a 48 do Missal Quotidiano.


Missa às 20 horas na Capela São Judas Tadeu.


LEITURAS

Epístola (Tt 2, 11-15)


Transformado pela graça, o cristão deve levar vida santa, signa daquele que se fez homem para o arrancar do pecado, e que há de voltar glorioso, no fim dos tempos, para recompensar, com prêmio eterno, a sua fidelidade.


Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo a Tito.

Irmãos: Manifestou-se, com efeito, a graça de Deus, fonte de salvação para todos os homens. Veio para nos ensinar a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver neste mundo com toda sobriedade, justiça e piedade, na expectativa da nossa esperança feliz, a aparição gloriosa de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo, que se entregou por nós, a fim de nos resgatar de toda a iniquidade, nos purificar e nos constituir seu povo de predileção, zeloso na prática do bem. Eis o que deves ensinar, pregar e defender com toda a autoridade. E que ninguém te menospreze!

Evangelho (Lc 2, 1-14)


Eis que o Céu se une à Terra, Deus ao homem. A sóbria e comovedora descrição do nascimento em Belém é nimbada das claridades celestes e exaltada pelos coros angélicos. 


Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas. 

Naquele tempo apareceu um decreto de César Augusto, ordenando o recenseamento de toda a terra. Este recenseamento foi feito antes do governo de Quirino, na Síria. Todos iam alistar-se, cada um na sua cidade. Também José subiu da Galileia, da cidade de Nazaré, à Judeia, à Cidade de Davi, chamada Belém, porque era da casa e família de Davi, para se alistar com a sua esposa Maria, que estava grávida. Estando eles ali,  completaram-se os dias dela. E deu à luz seu filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio; porque não havia lugar para eles na hospedaria. Havia nos arredores uns pastores, que vigiavam e guardavam seu rebanho nos campos durante as vigílias da noite. Um anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor refulgiu ao redor deles, e tiveram grande temor. O anjo disse-lhes: Não temais, eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo: hoje vos nasceu na Cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: achareis um recém-nascido envolto em faixas e posto numa manjedoura. E subitamente ao anjo se juntou uma multidão do exército celeste, que louvava a Deus e dizia: Glória a Deus no mais alto dos céus e na terra paz aos homens, objetos da benevolência (divina).

 

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: