Liturgia Diária- 31/05/2019

NOSSA SENHORA RAINHA

2ª Classe- Missa própria com comemoração de Santa Petronila, Virgem (somente nas missas rezadas)

Ao se encerrar o ano mariano de 1954, o Santo Padre Pio XII instituiu esta festa para consagrar o mundo à proteção de nossa celestre e poderosa Rainha.


Páginas 1083 a 1086 do Missal Quotidiano. 


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes. Após, 1º dia da Novena do Divino Espirito Santo.


PRÓPRIO DO DIA

Introito (-| Sl 44, 2)

Gaudeamus omnes in Domino, diem festum celebrantes sub honore beatae Mariae Virginis Reginae: de cuius solemnitate gaudent Angeli, et collaudant Filium Dei. Alleluia, alleluia. Ps. Effundit cor meum verbum bonum: dico ego carmen meum Regi. ℣. Gloria Patri. Alegremo-nos todos no Senhor, festejando este dia em honra da Bem-aventurada Virgem Maria, nossa Rainha; por sua solenidade se alegram os Anjos e louvam o Filho de Deus. ℣. Glória ao Pai.

Coleta

Concede nobis, quǽsumus, Domine: ut, qui solemnitatem beatae Mariae Virginis Reginae nostrae celebramus; eius muniti praesidio, pacem in praesenti et gloriam in futuro consequi mereamur. Per D. N. Concedei, nós Vos pedimos, Senhor, aos que celebramos a festa da Bem-aventurada Virgem Maria, nossa Rainha, possamos obter, amparados com sua proteção, a paz em nossos dias e a glória no céu. Por N.S.

2ª Coleta (de S. Petronila)

Exáudi nos, Deus, salutáris noster: ut, sicut beátæ Petroníllæ Vírginis tuæ festivitáte gaudémus; ita piæ devotiónis erudiámur afféctu. Per D. N. Ouvi-nos, ó Deus, nosso Salvador, e concedei que assim como nos alegramos com a festividade de Santa Petronila, vossa Virgem, assim sejamos por ela instruídos na verdadeira devoção. Por N.S.

Epístola (Eclo 24, 5-7. 9-11. 30-31)

Léctio libri Sapiéntiae.

Ego ex ore Altissimi prodivi, primogenita ante omnem creaturam; ego in altissimis habitavi, et thronus meus in columna nubis. In omni terra steti; et in omni populo, et in omni gente primatum habui, et omnium excellentium et humilium corda virtute calcavi. Qui audit me, non confundetur, et qui operantur in me, non peccabunt; qui elucidant me, vitam aeternam habebunt.

Leitura do livro da Sabedoria. 

Procedi dos lábios do Altíssimo, gerada antes de todas as criaturas. Morei no mais alto do céu; e tive meu trono numa coluna de nuvens. Em toda terra e em todo povo estive presente, e possuí o primado sobre todas as nações. Calquei com meu poder os corações de todos os grandes e de todos os pequenos. Quem me ouvir, não será enganado, e os que agirem comigo não pecarão. Os que me estudam possuirão a vida eterna.  

Aleluia 

Allelúia. ℣. Beata es, Virgo Maria, quae sub Cruce Domini sustinuisti. Alleluia. ℣. Nunc cum eo regnas in aeternum. Alleluia.

Aleluia. ℣. Bem-aventurada és tu, Virgem Maria que permaneceste sob a cru do Senhor, aleluia. ℣. Agora reinas com ele sempre. Aleluia.

Evangelho (Lc 1, 26-38)

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Lucam. 

In illo tempore: Missus est Angelus Gabriel a Deo in civitatem Galileae, cui nomen Nazareth, ad Virginem desponsatam viro, cui nomen erat Ioseph, de domo David, et nomen Virginis Maria. Et ingressus Angelus ad eam, dixit: Ave, gratia plena: Dominus tecum: benedicta tu in mulieribus. Quae cum audisset, turbata est in sermone eius: et cogitabat, qualis esset ista salutatio. Et ait Angelus ei: Ne timeas, Maria, invenisti enim gratiam apud Deum: ecce concipies in utero, et paries filium, et vocabis nomen eius Iesum. Hic erit magnus, et Filius Altissimi vocabitur, et dabit illi Dominus Deus sedem David patris eius: et regnabit in domo Iacob in aeternum, et regni eius non erit finis. CREDO…

Sequência do Santo Evangelho segundo Lucas.

Naquele tempo, foi o Anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma Virgem desposada com um varão que se chamava José, da casa de Davi; e o Nome da Virgem era Maria. Entrando o Anjo onde ela estava, disse-lhe: Ave, cheia de graça; o Senhor é contigo: bendita és tu entre as mulheres. Ouvindo isto, ela se assustou e pensava no que significaria esta saudação. Mas o Anjo lhe disse: Não temas, Maria, pois achaste graça diante de Deus. Eis que conceberás em teu seio e darás à luz um Filho, e pôr-Lhe-ás o Nome de Jesus. Ele será grande e será chamado o Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; e reinará eternamente na casa de Jacó e seu Reino não terá fim. CREIO…

Ofertório 

Regali ex progenie Maria exorta refulget; cuius praescibus nos adiuvari, mente et spiritu devotissime poscimus. Alleluia. Descendente de linhagem real, Maria refulge. Com o coração e espírito cheios de devoção, imploramos ser auxiliados por suas preces.

Secreta

Accipe, quǽsumus, Domine, munera laetantis Ecclesiae, et, beatae Virginis Mariae Reginae suffragantibus meritis, ad nostrae salutis auxilium provenire concede. Per D.N. Aceitai, pedimos, Senhor, as dádivas da Igreja, que se alegra, e concedei que elas, em virtude dos méritos da Bem-aventurada Virgem Maria, nossa Rainha, possam ser de auxílio para nossa salvação. Por N. S.

2ª Secreta (de S. Petronila)

Accépta tibi sit, Dómine, sacrátæ plebis oblátio pro tuórum honóre Sanctórum: quorum se méritis de tribulatióne percepísse cognóscit auxílium. Per D.N. Seja aceita por Vós, Senhor, a oblação que o povo fiel oferece em honra de vossos Santos, reconhecendo ter sido socorrido em sua tribulação pelo mérito dos mesmos. Por N. S.

Prefácio (de Nossa Senhora)

℣. Dóminus vobíscum.
℞. Et cum spíritu tuo.
℣. Sursum corda.
℞. Habémus ad Dóminum.
℣. Grátias agámus Dómino Deo nostro.
℞. Dignum et iustum est.
.
Vere dignum et justum est, æqum et salutáre, nos tibi semper, et ubique grátias ágere: Dómine sancte, Pater omnípotens, ætérne Deus. Et te in festivitate beátæ Mariæ semper Vírginis collaudáre, benedícere, et prædicáre. Quæ et Unigénitum tuum Sancti Spíritus obumbratióne concépit, et virginitátis glória permanénte, lumen ætérnum mundo effúdit, Jesum Christum Dóminum nostrum. Per quem majestátem tuam laudant Angeli, adórant Dominatiónes, tremunt Potestátes coeli coelorúmque Virtútes, ac beáta Séraphim, sócia exsultatióne concélebrant. Cum quibus et nostras voces ut admitti júbeas deprecámur, súpplici confessióne dicéntes: Sanctus, Sanctus, Sanctus…
℣. O Senhor seja convosco.
℞. E com o vosso espírito,
℣. Para o alto os corações.
℞. Já os temos para o Senhor,
℣. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
℞. É digno e justo.
.
Verdadeiramente é digno e justo, razoável e salutar que, sempre e em todo o lugar, Vos demos graças, ó Senhor santo, Pai onipotente, eterno Deus. E que, na Festividade da Bem-aventurada sempre Virgem Maria, Vos louvemos, bendigamos e exaltemos. Por obra do Espírito Santo ela concebeu o vosso Unigênito, e permanecendo com a glória da virgindade, deu ao mundo a eterna Luz, Jesus Cristo, Nosso Senhor. Por Ele os Anjos louvam a vossa Majestade, as Dominações a adoram, tremem as Potestades. Os Céus, as Virtudes dos Céus e os bem-aventurados Serafins a celebram com recíproca alegria. As suas vozes, nós Vos rogamos, mandeis que. se unam as nossas, quando, em humilde confissão, Vos dizemos: Santo, Santo, Santo…

Comunhão 

Regina mundi dignissima, Maria Virgo perpetua, intercede pro nostra pace et salute, quae genuisti Christum Dominum, Salvatorem omnium. Alleluia. Digníssima Rainha do Mundo, sempre Virgem Maria, intercedei por nossa paz e salvação, vós que gerastes Cristo Nosso Senhor, Salvador de todos. 

Pós-comunhão

Celebratis solemniis, Domine, quae pro sanctae Mariae Reginae nostrae festivitate (memoria) peregimus: eius, quǽsumus, nobis intercessione fiant salutaria; in cuius honore sunt exsultanter impleta. Per D.N. Tendo celebrado estas solenidades para festejar Santa Maria, nossa Rainha, pedimo-Vos, Senhor, que elas se nos tornem salutares pela intercessão daquela em cuja honra foram realizadas com tanto júbilo. Por N. S.

2ª Pós-comunhão (de S. Petronila)

Satiásti, Dómine, famíliam tuam munéribus sacris: eius, quǽsumus, semper interventióne nos réfove, cuius sollémnia celebrámus Per D.N. Alimentastes, Senhor, vossa família com os dons sagrados. Nós Vos pedimos que a intercessão da Santa, cuja solenidade celebramos sempre nos proteja. Por N. S.

* Textos extraídos do Missal Quotidiano de D. Beda (1962). 

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: