Liturgia Diária- 18/09/2018

SÃO JOSÉ DE CUPERTINO, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

São José de Cupertino é um dos santos mais extraordinários da Ordem de São Francisco. Nascido em 1603 em Cupertino, no antigo reino de Nápoles, parecia desprovido das qualidades intelectuais indispensáveis para ser religioso. Foi, todavia, recebido pelos Franciscanos Conventuais como irmão converso, e recebeu mesmo o sacerdócio. Estava animado dum imenso amor de Deus e do próximo, duma paciência a toda prova. Tornou-se célebre pelos seus êxtases. Morreu em Osimo, na Itália Central, a 18 de setembro de 1663.

PRÓPRIO DO DIA

Introito (Eclo 1, 14-1; Sl 83,2)

O Amor de Deus é a sabedoria mais digna de louvor. Aqueles a quem ela se revela amam-na só porque vêem e conhecem a grandeza das suas obras. Sl. Como são amáveis os vossos tabernáculos, ó Deus dos exércitos. A minha alma suspira e desfalece pelos átrios do Senhor. Glória ao Pai.

Coleta

Ó Deus, que fizestes que o vosso Filho Unigênito, ao elevar-Se da terra, atraísse tudo a Si, fazei por vossa misericórdia que, a exemplo e pelos merecimentos do vosso seráfico confessor José, nos elevemos também acima das ambições terrenas e mereçamos chegar Àquele que, sendo Deus vive.

Epístola (I Cor. 13, 1-8)

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios.

Irmãos: ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver caridade, sou como o bronze que soa, ou como o címbalo que retine. Mesmo que eu tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência; mesmo que tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, não sou nada. Ainda que distribuísse todos os meus bens em sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, se não tiver caridade, de nada valeria! A caridade é paciente, a caridade é bondosa. Não tem inveja. A caridade não é orgulhosa. Não é arrogante. Nem escandalosa. Não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 8.A caridade jamais acabará. As profecias desaparecerão, o dom das línguas cessará, o dom da ciência findará.

Gradual (Sl 20, 4-5)

Vós preparaste-lo, Senhor, com bençãos de paz, colocastes-lhe na cabeça uma coroa de pedras preciosas. V. Ele pediu-Vos a vida e Vós concedestes-lhe a duração do dia que não tem fim.

Aleluia (Eclo 11, 13)

Aleluia, aleluia. V. O Senhor olhou para ele com bondade, levantou-o da sua condição humilde, e elevou a sua cabeça. Aleluia.

Evangelho (Mt 22, 1-14)


Da parábola dos convidados ao festim deve, sem dúvida, salientar-se a condenação do infeliz, que foi expulso por culpa sua, e ainda mais o apelo lançado aos mais miseráveis.


Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: