Liturgia Diária-27/12/2017

SÃO JOÃO, Apóstolo e Evangelista 

Festa de 2ª Classe- Missa Própria com Comemoração da Oitava do Natal

São João, o Evangelista por excelência da divindade de Jesus, foi, com muito acerto, colocado à beira do presépio, para nos cantar as grandezas recônditas do Menino-Deus. Autor do quarto evangelho, de três epístolas e do Apocalipse, as suas páginas sobre a preexistência do Verbo, tornado, pela Encarnação, luz do mundo e vida das almas, são das mais notáveis e mais belas do Novo Testamento. Valeram-lhe, entre os gregos, o título de Teólogo, e a liturgia latina escolhe, para introito da sua missa, o da missa dos doutores. Na iconografia cristã, é simbolizado pela águia, de olhos penetrantes, que paira acima dos mais altos cumes. 

Predileto do Senhor, João cognominou-se a si próprio, no seu Evangelho, o discípulo que Jesus amava. Foi, com Tiago, seu irmão, e Simão Pedro, uma das testemunhas da Transfiguração; encontramo-lo, na Ceia, a reclinar a cabeça no peito do Mestre, e no Calvário, onde Jesus lhe confia sua Mãe. Foi o único dos Apóstolos que não morreu martirizado, vindo a falecer em Éfeso, carregado de anos. Julga-se que passou os últimos anos a reger as igrejas da Ásia Menor. 


Páginas 66 a 69 do Missal Quotidiano.


Missa às 18:30 horas na Capela São Judas Tadeu.


LEITURAS

Epístola (Eclo 15, 1-6)


A epístola, tal como o introito, aplica a São João os textos sapienciais, que a Igreja costuma reservar à liturgia dos Doutores.


Leitura do Livro da Sabedoria.

Aquele que teme a Deus praticará o bem. Aquele que exerce a justiça possuirá a sabedoria. Ela virá ao seu encontro como mãe cumulada de honrarias, e o receberá como uma esposa virgem; alimentá-lo-á com o pão da vida e da inteligência, e o saciará com a água salutar da sabedoria. Ela se fortalecerá nele e o tornará inabalável, ela o sustentará para que não seja confundido, e o exaltará entre os seus próximos. Abrir-lhe-á a boca no meio da assembléia, enchê-lo-á do espírito de sabedoria e de inteligência, e o revestirá com um manto glorioso. Acumulará sobre ele um tesouro de alegria e de júbilo, e lhe dará por herança um nome eterno.

Evangelho (Jo 21, 19-24)


Baseados numa palavra de Jesus, cujo sentido o mesmo São João não quis revelar, os primeiros cristãos estiveram, por algum tempo, persuadidos que o Apóstolo amado, cuja velhice se ia prolongando, não morreria.


Sequência do Santo Evangelho segundo João. 

Naquele tempo, disse Jesus a Pedro: Segue-me! Voltando-se Pedro, viu que o seguia aquele discípulo que Jesus amava (aquele que estivera reclinado sobre o seu peito, durante a ceia, e lhe perguntara: Senhor, quem é que te há de trair?). Vendo-o, Pedro perguntou a Jesus: Senhor, e este? Que será dele? Respondeu-lhe Jesus: Que te importa se eu quero que ele fique até que eu venha? Segue-me tu. Correu por isso o boato entre os irmãos de que aquele discípulo não morreria. Mas Jesus não lhe disse: Não morrerá, mas: Que te importa se quero que ele fique assim até que eu venha? Este é o discípulo que dá testemunho de todas essas coisas, e as escreveu. E sabemos que é digno de fé o seu testemunho.

 

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: