Liturgia Diária- 13/01/2018

COMEMORAÇÃO DO BATISMO DE NOSSO SENHOR

2ª Classe- Comum da Missa da Epifania com orações e evangelho próprio

Epifania, manifestação do Senhor. Guiado por este pensamento, o Oriente fez do batismo de Jesus, conferido por São João Batista, o centro da festa de 6 de janeiro. A voz do Pai, a descida do Espírito Santo sob a forma duma pomba, e o testemunho de João, constituem magnífica manifestação da personalidade divina do Salvador, no momento em que vai começar a vida pública. O Ocidente, mais sensível à adoração dos Magos, transferiu a cena do Jordão para o antigo dia oitavo, mas sublinhou-a vigorosamente no evangelho e coleta da Missa, assim como nas belíssimas lições de matinas: santificadas pelo batismo de Jesus, as águas recebem, para sempre, o poder de santificar, no Espírito Santo, todos aqueles que são chamados ao batismo cristão. Nenhuma data mais indicada, desde a supressão da oitava da Epifania, para comemorar o Batismo de Cristo, manifestação de sua divindade e da obra de transformação divina que Ele vem operar nas nossas existências humanas.

LEITURAS

Leitura (Is 60, 1-6)

Leitura do livro profeta Isaías. 

Eis o que diz o Senhor Deus: Levanta-te, sê radiosa, eis a tua luz! A glória do Senhor se levanta sobre ti. Vê, a noite cobre a terra e a escuridão, os povos, mas sobre ti levanta-se o Senhor, e sua glória te ilumina. As nações se encaminharão à tua luz, e os reis, ao brilho de tua aurora. Levanta os olhos e olha à tua volta: todos se reúnem para vir a ti; teus filhos chegam de longe, e tuas filhas são transportadas à garupa. Essa visão tornar-te-á radiante; teu coração palpitará e se dilatará, porque para ti afluirão as riquezas do mar, e a ti virão os tesouros das nações. Serás invadida por uma multidão de camelos, pelos dromedários de Madiã e de Efá; virão todos de Sabá, trazendo ouro e incenso, e publicando os louvores do Senhor.

Evangelho (Jo 1, 29-34)

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, João viu Jesus que vinha a ele e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. É este de quem eu disse: Depois de mim virá um homem, que me é superior, porque existe antes de mim. Eu não o conhecia, mas, se vim batizar em água, é para que ele se torne conhecido em Israel. (João havia declarado: Vi o Espírito descer do céu em forma de uma pomba e repousar sobre ele.) Eu não o conhecia, mas aquele que me mandou batizar em água disse-me: Sobre quem vires descer e repousar o Espírito, este é quem batiza no Espírito Santo. Eu o vi e dou testemunho de que ele é o Filho de Deus.

 

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: