Liturgia Diária- 19/03/2020

SÃO JOSÉ, ESPOSO DA SSMA. VIRGEM MARIA

Festa de 1ª Classe- Missa Própria – Comemoração da Féria

Como esposo de Nossa Senhora e pai adotivo de Jesus, ele tomou parte intimamente na Redenção. Celebram-se hoje as excelsas virtudes e a santidade que lhe mereceram a predileção de Deus, enquanto a segunda festa visa mais a sua dignidade de Padroeiro da Igreja Universal.

Na santa Missa, depois de o saudarmos com o título de Justo (Introito), imploramos a sua intercessão (Oração), pois Deus ouve as suas orações como ouviu a de Moisés. A esta se referem as palavras da Leitura que são aplicadas a S. José. O Evangelho nos mostra a sua grandeza, chamando-o de Justo, e ao mesmo tempo, nos manifesta a delicadeza de seu pensamento, a sua pureza e a sua fé na palavra de Deus. Embora ornado de tantas virtudes, S. José é modelo de perfeita humildade. Pequeno aos olhos do mundo, foi grande aos olhos de Deus e é grande no Reino dos céus.


Páginas 1009 a 1012 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)



PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sl 95, 6 | ib., 1)

Justus ut palma florébit: sicut cedrus Líbani multiplicábitur: plantátus in domo Dómini: in átriis domus Dei nostri. Ps. Bonum est confiteri Dómino: et psállere nómini tuo, Altíssime. ℣. Gloria Patri. O Justo floresce como a palmeira, na plenitude da força, como o cedro do Líbano plantado na casa do Senhor, e nos átrios da casa de nosso Deus. Sl. É bom louvar o Senhor e cantar salmos em honra de vosso Nome, ó Altíssimo. ℣. Glória ao Pai.

Coleta

Sanctíssimæ Genetrícis tuæ Sponsi, quǽsumus. Dómine, méritis adjuvémur: ut, quod possibílitas nostra non óbtinet, ejus nobis intercessióne donétur: Qui vivis et regnas. Senhor, nós Vos pedimos sejamos auxiliados pelos méritos do esposo de vossa Mãe Santíssima, para que, por sua intercessão nos sejam concedidas as graças que a nossa própria força não alcança. Vós que, sendo Deus, viveis e reinais.

2ª Coleta (da Féria)

Magníficet te, Dómine, sanctórum tuórum Cosmæ et Damiáni beáta sollémnitas: qua et illis glóriam sempitérnam, et opem nobis ineffábili providéntia contulísti. Per D.N. A feliz solenidade de vossos santos Cosme e Damião Vos sirva de glória, Senhor, pois a eles destes a glória eterna, e a nós o socorro por vossa inefável providência. Por N.S.

Epístola (Eclo 45, 1-6)

Léctio libri Sapiéntiae.

Diléctus Deo et homínibus, cujus memória in benedictióne est. Símilem illum fecit in glória sanctórum, et magnificávit eum in timóre inimicórum, et in verbis suis monstra placávit. Glorificávit illum in conspéctu regum, et jussit illi coram pópulo suo, et osténdit illi glóriam suam. In fide et lenitáte ipsíus sanctum fecit illum, et elégit eum ex omni carne. Audívit enim eum et vocem ipsíus, et indúxit illum in nubem. Et dedit illi coram præcépta, et legem vitæ et disciplínæ.mea custodíerit, ut fáciat veritátem: hic justus est, vita vivet, ait Dóminus omnípotens.

Leitura do Livro da Sabedoria.

Ele foi amado de Deus e dos homens; sua memória é uma bênção. O Senhor fê-lo semelhante aos Santos na glória e engrandeceu-o pelo temor que infundia a seus inimigos; ele, com as suas palavras, fez cessar os prodígios. Glorificou-o diante dos reis; deu-lhe seus preceitos diante de seu povo e mostrou-lhe a sua glória. Por sua fidelidade e mansidão o santificou e o escolheu dentre todos os homens. Porque Deus o escutou e lhe ouviu a voz, e fê-lo entrar na nuvem. E deu-lhe, face a face, os seus preceitos e a lei da vida e da doutrina.

Gradual (Sl 20, 4-5)

Dómine, prævenísti eum in benedictiónibus dulcédinis: posuísti in cápite ejus corónam de lápide pretióso. ℣. Vitam pétiit a te, et tribuísti ei longitúdinem diérum in sǽculum sǽculi.

Senhor, Vós o prevenistes com bênçãos de doçura, pusestes sobre a sua cabeça uma coroa de pedras preciosas. ℣. Pediu-Vos a vida e largos anos lhe concedestes pelos séculos dos séculos.

Trato (Sl 111, 1-3)

Beátus vir, qui timet Dóminum: in mandátis ejus cupit nimis. ℣. Potens in terra erit semen ejus: generátio rectórum benedicétur. ℣. Glória et divítiæ in domo ejus: et justítia ejus manet in sǽculum sǽculi.

Bem-aventurado o homem que teme o Senhor e se alegra em cumprir os seus preceitos. ℣. Poderosa será a sua posteridade sobre a terra, e abençoada será a descendência dos Justos. ℣. Há em sua casa glória e riqueza, e a sua justiça permanece por todos os séculos.

Evangelho (Mt 1, 18-21)

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Matthaeum.

Cum esset desponsáta Mater Jesu María Joseph, ántequam convenírent, invénta est in útero habens de Spíritu Sancto. Joseph autem, vir ejus, cum esset justus et nollet eam tradúcere, vóluit occúlte dimíttere eam. Hæc autem eo cogitánte, ecce, Angelus Dómini appáruit in somnis ei, dicens: Joseph, fili David, noli timére accípere Maríam cónjugem tuam: quod enim in ea natum est, de Spíritu Sancto est. Páriet autem fílium, et vocábis nomen ejus Jesum: ipse enim salvum fáciet pópulum suum a peccátis eórum. — CREDO…

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Estando já desposada Maria, Mãe de Jesus, com José, antes que habitassem juntos, achou-se ter ela concebido por obra do Espírito Santo. Então, José, seu marido, como era um homem justo e não a queria difamar, resolveu deixá-la secretamente. Mas, enquanto intentava isto, um Anjo do Senhor apareceu-lhe em sonho, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria, como tua esposa, porque O que nela foi concebido é obra do Espírito Santo. E ela dará à luz um Filho, ao qual tu porás o nome de Jesus, porque Ele salvará seu povo de seus pecados. — CREIO…

Ofertório (Sl 88, 25)

Véritas mea et misericórdia mea cum ipso: et in nómine meo exaltábitur cornu ejus. Minha fidelidade e minha misericórdia estão com ele; e
em meu Nome se levantará o seu poder.

Secreta

Débitum tibi, Dómine, nostræ réddimus servitútis, supplíciter exorántes: ut, suffrágiis beáti Joseph, Sponsi Genetrícis Fílii tui Jesu Christi, Dómini nostri, in nobis tua múnera tueáris, ob cujus venerándam festivitátem laudis tibi hóstias immolámus. Per eúndem D.N. Senhor, nós Vos rendemos o tributo que Vos é devido, rogando humildemente que conserveis em nós os vossos dons por intercessão de S. José, esposo da Mãe de vosso Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, porque em sua festiva solenidade Vos oferecemos este Sacrifício de louvor. Pelo mesmo J. C.

2ª Secreta (da Féria)

In tuorum, Dómine, pretiósa morte justórum sacrifícium illud offérimus, de quo martýrium sumpsit omne princípium. Per D.N. Senhor, na comemoração da morte preciosa de vossos Justos, nós Vos oferecemos este Sacrifício, no qual teve início todo martírio. Por N. S.

Prefácio (de S. José)

℣. Dóminus vobíscum.
℞. Et cum spíritu tuo.
℣. Sursum corda.
℞. Habémus ad Dóminum.
℣. Grátias agámus Dómino Deo nostro.
℞. Dignum et iustum est.

Vere dignum et justum est, æquum et salutáre, nos tibi semper et ubíque grátias ágere: Dómine sancte, Pater omnípotens, ætérne Deus: Et te in Festivitáte beáti Joseph débitis magnificáre præcóniis, benedícere et prædicáre. Qui et vir justus, a te Deíparæ Vírgini Sponsus est datus: et fidélis servus ac prudens, super Famíliam tuam est constitútus: ut Unigénitum tuum, Sancti Spíritus obumbratióne concéptum, paterna vice custodíret, Jesum Christum, Dóminum nostrum. Per quem majestátem tuam laudant Angeli, adórant Dominatiónes, tremunt Potestátes. Cœli cœlorúmque Virtútes ac beáta Séraphim sócia exsultatióne concélebrant. Cum quibus et nostras voces ut admítti júbeas, deprecámur, súpplici confessióne dicéntes:

Sanctus, Sanctus, Sanctus…

℣. O Senhor seja convosco.
℞. E com o vosso espírito,
℣. Para o alto os corações.
℞. Já os temos para o Senhor,
℣. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
℞. É digno e justo.

Verdadeiramente é digno e justo, razoável e salutar, que, sempre e em todo o lugar Vos demos graças, ó Senhor santo, Pai onipotente, eterno Deus, e na festividade do bem-aventurado S. José, proclamemos devidamente as vossas grandezas, Vos bendigamos e Vos louvemos. Ele é o homem justo que destes por esposo à Virgem Mãe de Deus; é o servo fiel e prudente, que estabelecestes em vossa família, para guardar, como se fora pai, o vosso Unigênito, concebido por obra do Espirito Santo, Jesus Cristo, Nosso Senhor. Por Ele louvam os Anjos a vossa Majestade, as Dominações a adoram, tremem as Potestades. Os Céus, as Virtudes dos Céus e os bem-aventurados Serafins a celebram com recíproca alegria. As suas vozes, nós Vos rogamos mandeis que se unam as nossas, quando em humilde confissão Vos dizemos:

Santo, Santo, Santo…

Comunhão (Mt 1, 20)

Joseph, fili David, noli timére accípere Maríam cónjugem tuam: quod enim in ea natum est, de Spíritu Sancto est. José, filho de Davi, não temas receber Maria, como tua esposa. Porque O que nela foi concebido é obra do Espírito Santo.

Pós-comunhão

Adésto nobis, quǽsumus, miséricors Deus: et, intercedénte pro nobis beáto Joseph Confessóre, tua circa nos propitiátus dona custódi. Per D.N. Dignai-Vos assistir-nos, ó Deus misericordioso, e por intercessão de S. José, vosso Confessor, conservai-nos, propício, os vossos Dons e graças. Por N. S.

2ª Pós-comunhão (da Féria)

Sit nobis, Dómine, sacraménti tui certa salvátio: quæ cum beatórum Mártyrum tuórum Cosmæ et Damiáni méritis implorátur. Per D.N. Nós Vos imploramos, Senhor, pelos merecimentos de vossos santos mártires Cosme e Damião, seja-nos eficaz a força salutar deste vosso Sacramento. Por N. S.

Morte de S. José


Traduções e comentários extraídos do Missal Quotidiano de D. Beda (1947/1962).

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: