Liturgia Diária- 24/10/2019

SÃO RAFAEL, Arcanjo

Festa de 3ª Classe- Missa Própria

Rafael, cujo nome significa: Medicina de Deus, acompanhou o jovem Tobias (Oração) e curou seu pai (Leitura). A ele se atribui a movimentação da água na piscina em Jerusalém (Evangelho).


Páginas 1349 a 1351 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Sl 102, 20 | ib., 1) 

Benedícite Dóminum, omnes Angeli eius: poténtes virtúte, qui fácitis verbum eius, ad audiéndam vocem sermónum ejus. Ps. Benedic, ánima mea. Dómino: et ómnia, quæ intra me sunt, nómini sancto ejus. ℣. Glória Patri… Bendizei ao Senhor, vós, todos os seus Anjos, poderosos em força que cumpris ás suas ordens, logo que ouvis a sua palavra. Sl. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo que há dentro de mim, bendiga o seu santo Nome. ℣. Glória ao Pai…

Coleta

Deus, qui beátum Raphaélem Archángelum Tobíæ fámulo tuo cómitem dedísti in via: concéde nobis fámulis tuis; ut eiúsdem semper protegámur custódia et muniámur auxílio. Per D.N. Ó Deus, que destes a vosso servo Tobias o Arcanjo S. Rafael como guia no caminho, concedei que nós, vossos servos, sejamos sempre por ele protegidos e salvos por seu auxilio. Por N. S.

Epístola (Tob 12, 7-15)

Léctio libri Tobíae.

In diébus illis: Dixit Angelus Ráphaël ad Tobíam: Sacraméntum regis abscóndere bonum est: ópera autem Dei reveláre et confitéri honoríficum est. Bona est orátio cum ieiúnio, et eleemósyna magis quam thesáuros auri recóndere: quóniam eleemósyna a morte liberat, et ipsa est, quæ purgat peccáta et facit invenire misericórdiam et vitam ætérnam. Qui autem faciunt peccátum et iniquitátem, hostes sunt ánimæ suæ. Manifésto ergo vobis veritátem, et non abscóndam a vobis occúltum sermónem. Quando orábas cum lácrimis, et sepeliébas mórtuos, et derelinquébas prándium tuum, et mórtuos abscondébas per diem in domo tua, et nocte sepeliébas eos, ego óbtuli oratiónem tuam Dómino. Et quia accéptus eras Deo, necésse fuit, ut tentátio probáret te. Et nunc misit me Dóminus, ut curárem te, et Saram uxórem fílii tui a dæmónio liberárem. Ego enim sum Raphaël Angelus, unus ex septem, qui astámus ante Dóminum.

Leitura do livro de Tobias.

Naqueles dias, disse o Anjo Rafael a Tobias: É útil esconder o segredo de um rei, porém é honroso receber e publicar as obras de Deus. A oração acompanhada do jejum e da esmola é boa e vale mais do que amontoar o ouro. Porque a esmola livra da morte e é ela que apaga os pecados e faz achar a misericórdia e a vida eterna. Os que cometem, no entanto, o pecado e a maldade, são inimigos de sua alma. Eu te revelo, pois, a verdade e não te esconderei coisa alguma que seja secreta. Quando, oravas com lágrimas e enterravas os mortos, e deixavas tuas refeições, escondendo os mortos em tua casa, durante o dia, para os sepultar durante a noite, eu apresentei tua oração ao Senhor. E como eras agradável a Deus, foi indispensável que a tentação te experimentasse. E agora o Senhor me mandou para te curar, e livrar do demônio, a Sara, a esposa do teu filho. Pois eu sou o Anjo Rafael, um dos sete que estamos sempre na presença do Senhor.

Gradual (Tob 8, 3; Sl 146, 5 | Sl 137, 1-2) 

Angelus Dómini Raphaël apprehéndit et ligávit dæmonem. ℣. Magnus Dóminus noster, et magna virtus ejus. 

Allelúia, allelúia. ℣. In conspéctu Angelórum psallam tibi: adorábo ad templum sanctum tuum, et confitébor nómini tuo, Dómine. Allelúia.

Rafael, o Anjo do Senhor, segurou o demônio e o ligou. ℣. Grande é o Senhor nosso, e grande é o seu poder.

Aleluia, aleluia. ℣. Em presença dos Anjos eu Vos cantarei salmos; adorar-Vos-ei em vosso santo templo e glorificarei o vosso Nome, ó Senhor. Aleluia.

Evangelho (Jo 5, 1-4)

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Joánnem.

In illo témpore: Erat dies festus Iudæórum, et ascéndit Iesus Ierosólymam. Est autem Ierosólymis Probática piscína, quæ cognominátur hebráice Bethsaida, quinque pórticus habens. In his iacébat multitúdo magna languéntium, cæcórum, claudórum, aridórum exspectántium aquæ motum. Angelus autem Dómini descendébat secúndum tempus in piscínam, et movebátur aqua. Et, qui prior descendísset in piscínam post motiónem aquæ, sanus fiebat, a quacúmque detinebátur infirmitáte. – CREDO…

Sequência do Santo Evangelho segundo João.

Naquele tempo, num dia de festa dos judeus, subiu Jesus a Jerusalém. Ora, há em Jerusalém uma piscina Probática, que em hebreu se chama Betsaida e tem cinco pórticos. Nestes jazia uma grande multidão de enfermos, de cegos, de coxos, de paralíticos que esperavam o movimento da água, porque o Anjo do Senhor descia em certo tempo à piscina, e a água era agitada. E o primeiro que descesse à piscina, depois do movimento da água ficava curado de qualquer doença que tivesse.  – CREIO…

Ofertório (Ap 8, 3 e 4) 

Stetit Angelus Juxta aram templi, habens thuríbulum áureum in manu sua, et data sunt ei incénsa multa: et ascéndit fumus aromátum in conspéctu Dei. Junto ao altar do templo estava um Anjo com um turíbulo de ouro em sua mão. E foram-lhe dados muitos perfumes; e o perfume do incenso subia até a presença de Deus.

Secreta

Hóstias tibi, Dómine, laudis offérimus, supplíciter deprecántes: ut eásdem, angélico pro nobis interveniénte suffrágio, et placátus accípias, et ad salútem nostram proveníre concédas. Per D. N. Nós Vos oferecemos, Senhor, estas hóstias de louvor, implorando-Vos humildemente, que, benigno as aceiteis e pela intercessão do Anjo as façais
servir par a a nossa salvação. Por N. S.

Prefácio (Comum)

℣. Dóminus vobíscum.
℞. Et cum spíritu tuo.
℣. Sursum corda.
℞. Habémus ad Dóminum.
℣. Grátias agámus Dómino Deo nostro.
℞. Dignum et iustum est.
.
Vere dignum et justum est, aequum et salutare, nos Tibi simper, et ubique gratias agere: Domine sancte, Pater omnipotens, aeterne Deus: per Christum Dominum nostrum. Per quem majestatem Tuam laudant Angeli, adorant Dominationes, tremunt Potestates, Coeli, Coelorumque Virtutes, ac beata Seraphim socia exultatione concelebrant. Cum quibus et nostras voces, ut admitti, jubeas, supplici confessione dicentes: Sanctus, Sanctus, Sanctus…
℣. O Senhor seja convosco.
℞. E com o vosso espírito,
℣. Para o alto os corações.
℞. Já os temos para o Senhor,
℣. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
℞. É digno e justo.
.
Verdadeiramente é digno e justo, razoável e salutar, que, sempre e em todo o lugar, Vos demos graças, ó Senhor santo, Paí onipotente, eterno Deus, por Jesus Cristo, Nosso Senhor. É por Ele que os Anjos louvam a vossa Majestade, as Dominações a adoram, tremem as Potestades. Os Céus, as virtudes dos Céus, e os bem-aventurados Serafins a celebram com recíproca alegria. Às suas vozes, nós Vos rogamos, mandeis que se unam as nossas, quando em humilde confissão Vos dizemos: Santo, Santo, Santo…

Comunhão (Dn 3, 58) 

Benedícite, omnes Angeli Dómini, Dóminum: hymnum dícite et superexaltáte eum in sǽcula. Bendizei ao Senhor, vós, todos os Anjos do Senhor: cantai-Lhe hinos e exaltai-O por todos os séculos.

Pós-comunhão

Dirigere dignáre, Dómine Deus, in adiutórium nostrum sanctum Raphaélem Archángelum: et, quem tuæ maiestáti semper assístere crédimus, tibi nostras exíguas preces benedicéndas assígnet. Per D.N. Dignai-Vos, ó Deus e Senhor, mandar em nosso auxílio o Arcanjo S. Rafael, e por ele, que sabemos estar sempre em presença de vossa Majestade, Vos sejam apresentadas as nossas humildes preces, para serem abençoada s por Vós Por N. S.

Traduções e comentários extraídos do Missal Quotidiano de D. Beda (1947/1962).

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: