Liturgia Diária- XIX Domingo depois de Pentecostes

Domingo de 2ª classe- Missa Própria

digitalizar0001

A missa deste domingo nos lembra que todos os homens são chamados à recompensa celestial e à felicidade. Este domingo, chamado por conta de sua Evangelho, o domingo dos convidados de casamento nos lembra que todos os homens são chamados a bem-aventurança celestial, mas poucos são os escolhidos. Os judeus se recusaram a tomar parte na festa. Assim, para os Apóstolos e a Igreja, cheios do Espírito Santo em Pentecostes, se voltou também para os gentios. Mas a união beatífica é anunciada, preparada, e de uma certa forma começa, pela comunhão sacramental. 

Para participar de uma festa de casamento entre os judeus, era necessário usar uma roupa cerimonial chamado veste nupcial. Da mesma forma, para receber o corpo de Jesus à mesa santa e estar em comunhão com a Sua Divindade no céu, deve-se usar o manto nupcial do batismo e do estado de graça. Por isso o Apóstolo nos exorta a revestirmos-nos do novo homem.

LEITURAS/LESSONS

Epístola (Ef 4, 23-28) 

Leitura de São Paulo Apóstolo aos Efésios 

Irmãos: revesti-vos do homem novo, criado à imagem de Deus, em verdadeira justiça e santidade. Por isso, renunciai à mentira. Fale cada um a seu próximo a verdade, pois somos membros uns dos outros. Mesmo em cólera, não pequeis. Não se ponha o sol sobre o vosso ressentimento. Não deis lugar ao demônio. Quem era ladrão não torne a roubar, antes trabalhe seriamente por realizar o bem com as suas próprias mãos, para ter com que socorrer os necessitados.

Evangelho (Mt 22, 1-14)

Sequência do Santo Evangelho segundo Mateus.

Naquele tempo: Jesus tornou a falar-lhes por meio de parábolas: O Reino dos céus é comparado a um rei que celebrava as bodas do seu filho. Enviou seus servos para chamar os convidados, mas eles não quiseram vir. Enviou outros ainda, dizendo-lhes: Dizei aos convidados que já está preparado o meu banquete; meus bois e meus animais cevados estão mortos, tudo está preparado. Vinde às bodas! Mas, sem se importarem com aquele convite, foram-se, um a seu campo e outro para seu negócio. Outros lançaram mãos de seus servos, insultaram-nos e os mataram. O rei soube e indignou-se em extremo. Enviou suas tropas, matou aqueles assassinos e incendiou-lhes a cidade. Disse depois a seus servos: O festim está pronto, mas os convidados não foram dignos. Ide às encruzilhadas e convidai para as bodas todos quantos achardes. Espalharam-se eles pelos caminhos e reuniram todos quantos acharam, maus e bons, de modo que a sala do banquete ficou repleta de convidados. O rei entrou para vê-los e viu ali um homem que não trazia a veste nupcial.  Perguntou-lhe: Meu amigo, como entraste aqui, sem a veste nupcial? O homem não proferiu palavra alguma. Disse então o rei aos servos: Amarrai-lhe os pés e as mãos e lançai-o nas trevas exteriores. Ali haverá choro e ranger de dentes. Porque muitos são os chamados, e poucos os escolhidos.

In English

Epistle (Ephesians 4: 23-28)

Lesson from the Epistle of Blessed Paul the Apostle to the Ephesians.

Brethren, Be ye renewed in the spirit of your mind, and put on the new man, who according in God, is created in justice and holiness of truth. Wherefore, putting away lying, speak ye the truth every man with his neighbor, for we are members of one another. Be angry, and sin not. Let not the sun go down upon your anger. Give not place to the devil. He that stole, let him now steal no more but rather let him labor, working with his hands the thing which is good, that he may have something to give to him that suffereth need.

Gospel (Matt. 22: 1-14)

The continuation of the holy Gospel according to Luke.

At that time, Jesus spoke to the chief priests and the Pharisees in parables, saying: The kingdom of Heaven is likened to a king, who made a marriage for his son and he sent his servants, to call them that were invited to the marriage, and they would not come. Again he sent other servants, saying: Tell them that were invited: Behold, I have prepared my dinner; my oxen and fatlings are killed, and all things are ready: come ye to the marriage. But they neglected and went their way, one to his farm, and another to his merchandise and the rest laid their hands on his servants, and having treated them contumeliously, put them to death. But when the king heard of it, he was angry and sending his armies, he destroyed those murderers, and burnt their city. Then he saith to his servants: The marriage indeed is ready, but they that were invited were not worthy, Go ye therefore into the highways, and as many as you shall find, call to the marriage. And his servants going forth into the ways, gathered together all that they found, both bad and good and the marriage was filled with guests. And the king went in to see the guests and he saw there a man who had not on a wedding garment: and he saith to him: Friend, how camest thou in hither, not having on a wedding garment? but he was silent. Then the king said to the waiters: Bind his hands and feet, and cast him into the exterior darkness: there shall be weeping and gnashing of teeth. For many are called, but few are chosen.”

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: