Liturgia Diária- 05/07/2019

S. ANTÔNIO MARIA ZACARIAS, Confessor

Festa de 3ª Classe- Missa própria

Natural de Cremona (1502), seguiu a vocação sacerdotal. Dedicou-se ao apostolado junto aos doentes e pobres. Amou muito o Mistério da Cruz e a Santa Eucaristia. Promoveu a Comunhão frequente e era grande devoto do Apóstolo S. Paulo (Texto da Missa). Fundou os Clérigos regulares dos Barnabitas.


Páginas 1156 a 1159 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Missa às 19 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes.


PRÓPRIO DO DIA

Introito (Mt 2, 6 |Sl 77, 1)

Sermo meus et prædicátio mea non in persuasibílibus humánæ sapiéntiæ verbis, sed in ostensióne spíritus et virtútis. Ps. Confitébor tibi, Dómine, in toto corde meo, in consílio iustórum et congregatióne. ℣. Glória Patri… Minhas palavras e minhas pregações não consistiam em discursos persuasivos de sabedoria humana e sim em uma demonstração de Espírito e poder. Sl. Senhor, eu Vos louvo de todo coração no conselho dos Justos e na assembléia. ℣. Glória ao Pai…

Coleta

Fac nos, Dómine Deus, supereminéntem Iesu Christi sciéntiam, spíritu Pauli Apóstoli, edíscere: qua beátus Antónius María mirabíliter erudítus, novas in Ecclésia tua clericórum et vírginum famílias congregávit. Per eundem D. N. Senhor, nosso Deus, fazei-nos adquirir a eminente ciência de Jesus Cristo, segundo o Espírito do Apóstolo S. Paulo, pelo qual, S. Antônio Maria, ensinando admiravelmente, reuniu em vossa Igreja, novas famílias de clérigos e de virgens. Pelo mesmo J. C.

Epístola (I Tm 4, 8-16)

Léctio Epístolæ beáti Pauli Apóstoli ad Timótheum.

Caríssime: Píetas ad ómnia utilis est: promissiónem habens vitæ, quæ nunc est, et futúræ. Fidélis sermo et omni acceptióne dignus. In hoc enim laborámus et maledícimur, quia sperámus in Deum vivum, qui est Salvátor ómnium hóminum, maxime fidélium. Præcipe hæc et doce. Nemo adolescentiam tuam contémnat: sed exémplum esto fidélium in verbo, in conversatióne, in caritáte, in fide, in castitáte. Dum vénio, atténde lectióni, exhortatióni et doctrínæ. Noli neglégere grátiam, quæ in te est, quæ data est tibi per prophétiam, cum impositióne mánuum presbytérii. Hæc meditáre, in his esto: ut proféctus tuus maniféstus sit ómnibus. Attende tibi et doctrínæ: insta in illis. Hoc enim fáciens, et teípsum salvum fácies, et eos qui te áudiunt.

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo a Timóteo.

Caríssimo: A piedade é útil a tudo, tendo a promessa da vida presente e da futura. É esta uma palavra segura e digna de ser recebida, e é por isso que nós suportamos as fadigas e os ultrajes, pois esperamos no Deus vivo que é o Salvador de todos os homens, e especialmente dos fiéis. Prega estas coisas e ensina-as. Ninguém despreze a tua mocidade; sê porém, um modelo em tuas palavras, na conduta, na caridade, na fé e na castidade. Até que eu venha, aplica-te à leitura, em dar conselhos, ao ensino. Não negligencies a graça que habita em ti, que te foi concedida por uma profecia, quando os sacerdotes te impuseram as mãos. Medita estas coisas, e a elas entrega-te, para que teu progresso seja manifesto a todos. Vela sobre ti mesmo e sobre a doutrina, e sê perseverante nestas coisas. Assim fazendo, salvar-te-ás a ti mesmo e aos que te ouvirem.

Gradual (Fil 1, 8-9; ib., 10 | ib., 11)

Testis mihi est Deus, quo modo cúpiam omnes vos in viscéribus Iesu Christi. Et hoc oro, ut cáritas vestra magis ac magis abúndet in sciéntia et in omni sensu. ℣. Ut probétis potióra, ut sitis sincéri et sine offénsa in diem Christi.

Allelúia, allelúia. ℣. Repléti fructu iustítiæ per Iesum Christum, in glóriam et laudem Dei. Allelúia.

Deus me é testemunha de quanto intimamente anelo por vós todos, no amor de Jesus Cristo. E o que peço é que a vossa caridade se multiplique sempre mais em sabedoria e em toda inteligência. ℣. Para que possais julgar o que é melhor e ser puros e irrepreensíveis no dia do Cristo.

Aleluia, aleluia. ℣. Enriquecidos somos pelo fruto da justiça por Jesus Cristo, para a glória e louvor de Deus. Aleluia.

Evangelho (Mc 10, 15-21)

Sequéntia sancti Evangélii secúndum Marcum.

In illo témpore: Dixit Iesus discípulis suis: Quisquis non recéperit regnum Dei velut párvulus, non intrábit in illud. Et compléxans párvulos et impónens manus super illos, benedicébat eos. Et cum egréssus esset in viam, procúrrens quidam, genu flexo ante eum, rogábat eum: Magíster bone, quid fáciam, ut vitam ætérnam percípiam? Iesus autem dixit ei: Quid me dicis bonum? Nemo bonus, nisi unus Deus. Præcépta nosti: Ne adúlteres, ne occídas, ne furéris, ne falsum testimónium díxeris, ne fraudem féceris, honora patrem tuum et matrem. At ille respóndens, ait illi: Magíster, hæc ómnia observávi a iuventúte mea. Iesus autem intúitus eum, diléxit eum et dixit ei: Unum tibi deest: vade, quæcúmque habes, vende et da paupéribus, et habébis thesáurum in cælo: et veni, séquere me.

Sequência do Santo Evangelho segundo Marcos.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Todo aquele que não receber o Reino de Deus, como uma criancinha, ali não entrará. E abraçando os pequeninos, impunha-lhes as mãos e os abençoava. Como continuasse seu caminho, alguém veio a Ele, e, dobrando o joelho, perguntou-Lhe: Bom Mestre, que farei para obter a vida eterna? Jesus lhe disse: Por que me chamas de bom? Ninguém é bom, senão Deus. Conheces os mandamentos: Não cometas adultério; não mates; não furtes; não levantes falso testemunho; não enganes a ninguém; honra teu pai e tua mãe. Ele Lhe respondeu: Mestre, observei todas estas coisas, desde a minha juventude. Jesus, olhando-o com amor, lhe disse: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo que tens e o distribui aos pobres e possuirás assim um tesouro no céu; e vem e segue-me.

Ofertório (Sl 137, 1-2)

In conspéctu Angelórum psallam tibi: adorábo ad templum sanctum tuum, et confitébor nómini tuo. Em presença dos Anjos eu Vos cantarei hinos; adorar-Vos-ei em vosso santo templo e celebrarei o vosso Nome..

Secreta

Ad mensam coeléstis convívii fac nos, Dómine, eam mentis et córporis puritátem afférre, qua beátus Antónius María, hanc sacratíssimam hóstiam ófferens, mirífice ornátus enítuit. Per D.N. Fazei, Senhor, que nos aproximemos da mesa do celestial banquete com aquela pureza de alma e de corpo que ornou maravilhosamente S. Antônio Maria, quando oferecia esta hóstia sacratíssima. Por N.S.

Prefácio (Comum)

℣. Dóminus vobíscum.
℞. Et cum spíritu tuo.
℣. Sursum corda.
℞. Habémus ad Dóminum.
℣. Grátias agámus Dómino Deo nostro.
℞. Dignum et iustum est.
.
Vere dignum et justum est, aequum et salutare, nos Tibi simper, et ubique gratias agere: Domine sancte, Pater omnipotens, aeterne Deus: per Christum Dominum nostrum. Per quem majestatem Tuam laudant Angeli, adorant Dominationes, tremunt Potestates, Coeli, Coelorumque Virtutes, ac beata Seraphim socia exultatione concelebrant. Cum quibus et nostras voces, ut admitti, jubeas, supplici confessione dicentes: Sanctus, Sanctus, Sanctus…
℣. O Senhor seja convosco.
℞. E com o vosso espírito,
℣. Para o alto os corações.
℞. Já os temos para o Senhor,
℣. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
℞. É digno e justo.
.
Verdadeiramente é digno e justo, razoável e salutar, que, sempre e em todo o lugar, Vos demos graças, ó Senhor santo, Paí onipotente, eterno Deus, por Jesus Cristo, Nosso Senhor. É por Ele que os Anjos louvam a vossa Majestade, as Dominações a adoram, tremem as Potestades. Os Céus, as virtudes dos Céus, e os bem-aventurados Serafins a celebram com recíproca alegria. Às suas vozes, nós Vos rogamos, mandeis que se unam as nossas, quando em humilde confissão Vos dizemos: Santo, Santo, Santo…

Comunhão (Fil 3, 17)

Imitatóres mei estóte, fratres, et observáte eos, qui ita ámbulant, sicut habétis formam nostram. Sede meus imitadores, irmãos, e observai os que caminham segundo o modelo que tendes em mim.

Pós-comunhão

Coelésti dape, qua pasti sumus, Dómine Iesu Christe, eo corda nostra caritátis igne flamméscant: quo beátus Antónius María salutáris hóstiæ vexíllum, contra Ecclésiæ tuæ hostes, éxtulit ad victóriam: Qui vivis et regnas. Senhor Jesus Cristo, fazei que por este celestial Banquete com que nos saciastes, se inflamem nossos corações com aquele fogo de amor, no qual S. Antônio Maria ergueu a Hóstia salutar qual estandarte para a vitória contra os inimigos de vossa Igreja. Vós que, sendo Deus, viveis e reinais.

Traduções e comentários extraídos do Missal Quotidiano de D. Beda (1962).

Comente o post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: