Revista Benedicta – Nº 1 (2021)

O número 01 (volume 02), publicado no mês de janeiro e dedicado a Epifania do Nosso Senhor Jesus Cristo, encontra-se assim constituído:

– Seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios:

São José: Filho de Davi, Luz dos Patriarcas: 150 anos após o decreto de São José como Patrono da Igreja de Cristo, a Igreja declara 2021 como o Ano do casto Esposo de Maria. Para comemorá-lo, inauguramos uma série de artigos sobre o Santo, baseada na Ladainha a ele dedicada.

Por que somos católicos?: A Fé em Cristo e Sua religião é, primeiramente, uma graça de Deus Pai; de imediato, ela é também a prova de que nosso intelecto tende à Verdade e precisa romper com o raciocínio lógico para então negá-la e aderir a falsas religiões.

O Homem do Sudário: Embora a cautela da Igreja em declará-lo como o autêntico pano mortuário que envolveu Nosso Senhor após Sua Morte, os católicos sempre veneraram o Santo Sudário. Agora, a ciência também o tem legitimado, confirmando a Ressurreição e a divindade de Cristo.

– Seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas:

Filoteia, de S. Francisco de Sales: Em Filoteia (1609), S. Francisco de Sales (1567-1622) ensina os pormenores para a interiorização da devoção a Deus e do reto viver.

– Seção DOMINUS VOBISCUM, própria para homilias e meditações:

Terceiro discurso sobre a solenidade da Epifania: Neste sermão, São Leão Magno (?-461) explica o que os Santos Reis Magos espelham em nossa trajetória enquanto os filhos de Deus pela Fé.

– Seção YSTORIA SANCTI, espaço hagiológico:

São Francisco de Sales: Em 29 de janeiro, a Liturgia lembra de S. Francisco de Sales, bispo francês que combateu o protestantismo e, com S. Joana Francisca de Chantal, fundou a Ordem de Visitação de Santa Maria (1610), o primeiro de monjas não enclausuradas.

– Seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico-educativo:

Santos de janeiro: Cruzadinha sobre os santos da Liturgia do mês de janeiro.

NOTA:

Aniversário de sacerdócio: Em 13 de janeiro, os fiéis da Irmandade do Carmo parabenizam o Revmo. Pe. José do Prado Leles pelos 32 anos de sacerdócio.


SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).


Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Horários de Missa e Confissões

De segunda a sábado – Missa às 19 horas.

CONFISSÕES: 30 minutos antes da Missa.

Aos domingos:

  • Missa Rezada as 07 horas;
  • Missa Cantada as 09 horas.

CONFISSÕES: Entre as Missas.

Todas as Missas estão sendo celebradas na Capela Nossa Senhora de Lourdes: Rua Mario Paganini, 222, Pres. Roosevelt.

Aos domingos e Festas de Preceito, é necessário fazer inscrição.

Calendário Litúrgico- 2021

Publicamos o Calendário Litúrgico de 2021, editado anualmente pela Irmandade do Carmo, segundo as normas e rubricas aprovadas até 1962 pela Sé Apostólica, com o Próprio do Brasil, geral e de algumas localidades.

Manteve-se o estilo e a forma utilizada no ano anterior, indicando-se data, cor litúrgica, classe e festa e/ou comemoração do dia, anotando-se, ainda, quando se trata de dia santo de guarda/de preceito ou de abstinência, obrigatória ou recomendada (Têmporas).

Neste ano, acrescentamos as festas próprias de algumas localidades brasileiras, como a Festa de Nossa Senhora da Penha (1º de setembro), distinguindo-as das demais festas gerais e do Brasil, conforme tabela adiante.

Também foram incluídas imagens indicativas da devoção das nove primeiras sextas-feiras, em honra do Sagrado Coração de Jesus, e dos cinco primeiros sábados, em louvor ao Imaculado Coração de Maria. Opta-se por iniciar já no mês de janeiro, contudo, nada impede inicia-las mais adiante, desde que respeitado o número de cada uma.

Além disso, pontua-se aqui as indulgências, parciais ou plenárias, de acordo com o dia litúrgico, trazendo-se também eventuais práticas a serem observadas. Para tanto, tomamos por base Enchiridion Indulgentiarum – 3ª ed., de maio de 1986, também nominado Manual das Indulgências (leia aqui), recomendando-se ainda a leitura das normas contidas na Constituição Apostólica Indulgentiarum Doctrina (acesse aqui).

Constatando-se algum erro, ou surgindo alguma mudança, as alterações são publicadas neste site. Por isso, sugerimos o constante acompanhamento de nossas postagens e avisos.

CLIQUE AQUI E CONFIRA


NOTAS:

  • Publicado em 31/12/2020.

Liturgia Mensal – Janeiro/2021

01º

CIRCUNCISÃO DE JESUS

Festa de 1ª Classe- Missa Própria – OITAVA DO NATALEstação em Santa Maria além-Tibre

DIA DE PRECEITO

O Menino-Deus derrama as primeiras gotas de Sangue, e recebe o nome de Jesus, que indica a sua missão de Salvador. Assim, neste dia, a Cruz saúda o berço do Recém-nascido. Intimamente unida a seu Filho, é Maria Santíssima objeto de particular devoção por parte do povo católico. Por isso dela nos lembramos hoje nas Orações e na “estação”.

A festa é a da Circuncisão celebrada desde o século VI Moisés impunha este rito de purificação a todos os varões israelitas no oitavo dia depois do nascimento. Era uma figura do batismo pelo qual o homem havia de ser espiritualmente circuncidado pela extirpação dos vícios, e julgado digno do olhar do Senhor (Santo Ambrósio).

A Igreja, tendo o seu começo de ano no I Domingo do Advento, não faz menção do ano civil.

OBS.: Neste dia, concede a Igreja INDULGÊNCIA PLENÁRIA a todos aqueles que recitarem/cantarem em oratórios, capelas ou igrejas, de forma pública, o cântico Veni Creator (p. 1574 a 1575, do Missal Quotidiano). Recebem indulgência parcial, aqueles que o recitam devotamente, sem as condições acima. (Enchiridion Indulgentiarum (3ª ed., maio de 1986), Item “61”)

OBS.2: Por ser festa de 1ª classe, não se faz abstinência.


Páginas 76 a 78 do Missal Quotidiano.


Missa às 07:30 horas na Capela Nossa Senhora de Lourdes. Após, canto do “Veni Creator”