Revista Benedicta – 3ª edição

Nesta edição apresentamos As Dores de Nossa Senhora, por Santo Afonso Maria de Ligório, como principal tema.

Na seção FIDES QUAERENS INTELLECTUM, própria para artigos e ensaios, os termos passam pela formação da cristandade, pelos erros do liberalismo e do socialismo, desaguando na Comunhão Espiritual, alimento das almas devotas. 

Na seção CATHOLICAE LITTERAE, dedicada a resenhas de obras de temática católica, o texto do mês aborda tratado De Trinitate, de S. Agostinho, fundamental para combater as heresias do sabelianismo e arianismo; e, hoje, leitura obrigatória aos que buscam mais perfeitamente conhecer o mistério de Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.

Em DOMINUS VOBISCUM, seção de homilias e meditações de santos, divulgamos um profundo excerto do séc. XVIII, de S. Afonso Maria de Ligório, acerca do martírio de Maria Santíssima, iniciado em seu fiat e perdurante até sua própria morte.

No mês em que a Igreja festeja o grande São Pio X, traduzimos aos leitores,  na seção YSTORIA SANCTI, o discurso proferido pelo Papa Pio XII, em 29 de maio de 1954, após a canonização daquele Santo Pontífice, em que exalta as virtudes do Papa da Eucaristia.

Por fim, na seção EUTRAPELIAM, de conteúdo lúdico e educativo, em lembrança ao dia de São Miguel Arcanjo (29 de setembro), apresentamos um quiz sobre o Príncipe das Milícias Celestes.

SEJA MEMBRO ASSINANTE DESTE APOSTOLADO. Acesse já nossa plataforma e garanta sua assinatura. (clique aqui).

Boa leitura!

Que Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra, olhe sempre por nós e pela Revista Benedicta.

Liturgia Mensal – Setembro/2020

01º

MISSA DA FÉRIA

Féria de 4ª Classe- Missa do domingo, com comemoração de S. Egídio, Abade e Ss. Doze Irmãos Mártires de Benavente

Três pensamentos preparam-nos para a santa Missa de hoje: 1. A necessidade que temos do auxilio de deus. 2. A prontidão do auxilio divino. 3. A prova de que Deus nos auxilia. No Introito pedimos o auxílio em geral; na Oração, um aumento de fé, esperança e caridade, virtudes que, como sementes, foram pelo Batismo depostas em nossa alma, e que não se desenvolvem em nós sem a graça de Deus. Nossa súplica é baseada na Epístola que fala na fidelidade de Deus em suas promessas. Abraão é um exemplo de fé, esperança e caridade. A ele e seus descendentes dirigem-se as promessas de Deus. No Evangelho vemos como o Salvador prometido se desempenha de sua missão. E na santa Missa sabemos que Ele a continua no Sacrifício e no Sacramento, como nos mostram a Secreta, a Communio e a Postcommunio.


Páginas 648 a 651 e 1263 a 1265 do Missal Quotidiano (D. Gaspar Lefebvre, 1963)


Horários de Missa e Confissões

De segunda a sexta-feira – Missa as 07:30 horas.

Aos sábados – Missa as 08 horas.

CONFISSÕES: Após a Missa.

Aos domingos:

  • Missa Rezada as 07:30 horas;
  • Missa Cantada as 09:30 horas.

CONFISSÕES: Entre a Missa Rezada e a Missa Cantada.

Todas as Missas estão sendo celebradas na Capela Nossa Senhora de Lourdes: Rua Mario Paganini, 222, Pres. Roosevelt.

Aos domingos e Festas de Preceito, é necessário fazer inscrição.